Arquivos mensais: novembro 2011

PRONTO! JÁ TEMOS O BLOG DO ESTADISTA PREMIADO

Temos novidades na net! Já está no ar o blog do prefeito H.Parini. E, se o Vinícius transformou em música a história de “Um Homem Chamado Alfredo”, o nosso premiado estadista julgou oportuno começar sua carreira de blogueiro com a comovente história de um senhor chamado Inácio.

Nos dois primeiros posts, Parini revelou-se – ao contrário do que as más línguas espalham por aí – um incansável defensor do meio ambiente. O desavisado que ler as duas primeiras matérias jamais poderá supor que o mesmo sujeito mandou derrubar árvores em plena Semana da Árvore e quase matou um jacaré de fome, com uma dieta à base de repolho. 

Eu não deveria fazer isso, mas, como sou moço democrático, estou adicionando a novidade à relação de links deste modesto blog. Então, para ler as mal traçadas escritas pelo prefeito, bastará ao preclaro e curioso visitante clicar no Blog do Parini, na relação aí do lado direito. Boa leitura!   

ADVOGADO DE JALES PEGA 18 ANOS DE PRISÃO POR TRÁFICO

A notícia é da Agência Bom Dia e só traz as iniciais do advogado Valdecir Cardoso. Vamos a ela:

O advogado V.C., de 52 anos, morador de Jales, foi condenado nesta segunda-feira (28) pela Justiça de Santa Fé do Sul a 18 anos de prisão por envolvimento com o tráfico de drogas.

De acordo com a Justiça, ele coordenava um megaesquema de distribuição de drogas na região, que foi desmontado pela Polícia Federal em maio do ano passado. A PF de Jales também quer que o advogado perca o registro e seja impedido de voltar a atuar como advogado.

CAMPO DE FUTEBOL DO BIG PLAZA: OBRAS VÃO DE VENTO EM POPA

Se é verdade que as obras do campo de futebol do Jardim Aeroporto estão paralisadas, sempre nos resta o consolo de que – por outro lado – o campo de futebol do Big Plaza já está praticamente pronto. Vejam, na foto abaixo, que até as traves de um dos gols já foram colocadas.

CAMPO DE FUTEBOL DO JARDIM AEROPORTO: PARINI CONFIRMA PARALISAÇÃO DE OBRA

Como já foi informado por este aprendiz de blogueiro, a construção do campo do Jardim Aeroporto, a cargo da empresa Sanecc, de Votuporanga, vinha sendo feita a passos de tartaruga e, há quase dois meses, está completamente paralisada.

Pois bem, na sessão da Câmara, da semana passada, o vereador Luís Especiato – a propósito de defender a administração municipal – disse que havia conversado com o prefeito Humberto Parini a respeito do assunto. E o prefeito teria confirmado ao vereador que a obra está paralisada porque a Caixa Federal e o Ministério do Esporte estariam atrasando a liberação dos recursos.

Só para lembrar, a construção de dois campos – o outro é no Big Plaza – vai custar R$ 208 mil, dos quais R$ 192 mil virão do Ministério do Esporte. É sempre bom lembrar também, que a história do campo do Jardim Aeroporto começou em 2008, quando o prefeito Parini, pensando na sua reeleição, prometeu construir a praça esportiva. Ele chegou a mandar umas máquinas para fazer a terraplenagem, mas, assim que foi reeleito, as máquinas desapareceram.

Àquela época, o dirigente esportivo Aparecido Dutra da Silva, o Fião, acreditou na falácia do prefeito e foi ao rádio para, num depoimento no horário eleitoral, dizer que Parini era o cara. Fião, com certeza, deve estar arrependido. Ele e todos os esportistas da cidade sabem que fazer um campo de futebol não é coisa tão difícil assim. Basta ter vontade e um terreno.

Nossa Prefeitura tem o terreno, tem máquinas (sucateadas, é verdade!), tem engenheiro, tem topógrafo, tem pedreiro, tem grama, tem o pessoal para plantar a grama e tem até um assessor com experiência suficiente (o Colombo, que coordenou a construção do Clube dos 40). Enfim, a Prefeitura tem tudo em mãos para fazer os campos de futebol, sem depender das verbas do Ministério do Esporte, mas falta ao prefeito interesse, capacidade e vontade.

No ano que vem teremos eleições e pode ser que o Fião, quatro anos depois, seja convidado para a inauguração do campo. Aguardemos!     

OPORTUNIDADES DE EMPREGO NA SANTA CASA DE JALES

A Vívian Curitiba, assessora de imprensa da nossa Santa Casa, me mandou um e-mail com o comunicado que reproduzo abaixo:

A Santa Casa de Jales acaba de abrir processo seletivo para contratação de profissionais para Auxiliar de Farmácia, Almoxarifado, Financeiro e Faturamento. Os currículos podem ser entregues para a psicóloga Jihan Said, no Setor de Recursos Humanos do hospital ou no e-mail: rh@santacasajales.com.br. Mais informações pelo telefone: 17 36225000 – ramal 5038.

PREFEITURA RECOMEÇA RECAPE EM RUAS DO CENTRO

Agora vai! Hoje pela manhã algumas máquinas já estavam a postos na Rua Cinco, abaixo da Avenida João Amadeu, para recomeçar as obras de recape asfáltico prometidas pelo prefeito Parini no final do ano passado. Aparentemente, as máquinas não pertencem à Demop Participações Ltda, de Votuporanga, que foi a empresa contratada pela Prefeitura para fazer os serviços. Deve ter rolado uma subempreita. Um funcionário me disse que trabalha para uma tal Supav, se entendi bem.

Ótimo que os serviços tenham recomeçado, mas, com certeza, ainda vão sobrar muitos buracos naquela região da cidade. Um dia desses, uma moradora da Rua Dezoito reclamou, em uma emissora local, do asfalto no seu quarteirão. E um morador da Rua Vinte, entre as ruas Sete e Nove, reclamou a este aprendiz de blogueiro que o asfalto lá pros lados da casa dele está uma vergonha. Nos dois casos, estive por lá fotografando. As fotos vão logo abaixo.

A foto não consegue mostrar toda a situação da Rua Dezoito, entre a Um e a Três

   A Rua Vinte, na esquina com a Nove está assim. E na esquina com a Sete, assim. 

Essa é a visão de quem sobe a Rua Nove.      E essa, a visão de quem desce.   

EQUIPE DE ELETRICISTAS DA PREFEITURA JÁ TRABALHA NA DECORAÇÃO NATALINA

O dedicado Joab, devidamente assessorado pelos demais membros da experiente equipe de eletricistas da Prefeitura de Jales – flagrados na foto acima – começou a instalar, hoje à noite, os primeiros enfeites da decoração natalina. Serão 28 estrelas iguais a essa que aparece na foto, totalmente confeccionadas com garrafas pet.

PRODDADOS LANÇA JORNAL ‘MAIS EDUCAÇÃO’ EM 43 MUNICÍPIOS

O amigo Robson Aparecido Bocchi, da Proddados Educacional, já está distribuindo a primeira edição do jornal  “Mais Educação”. Trata-se de uma proposta inovadora que visa contribuir para a melhoria do ensino básico e a valorização dos profissionais da Educação.

O expediente do jornal mostra que serão distribuídos, gratuitamente, 3.000 exemplares aos profissionais (professores) da Educação Básica em, pelo menos, 43 municípios, inclusive do Mato Grosso do Sul e das Minas Gerais.

E, pelo que se nota da primeira edição e do gabarito dos colaboradores, o jornal “Mais Educação” vai mesmo contribuir – e muito – para a melhoria da Educação regional. Parabéns ao Robson pela iniciativa.     

RUA JUVÊNCIO PEREIRA DE BRITO

Outrora, a estreita e charmosa via localizada na Chácara dos Bandeirantes, lá pelos lados do Jardim Oiti, era conhecida como Rua do Café. Ou Coffee Street para os íntimos, como é o caso do Ismael Tonholi, um antigo morador daquelas plagas.

Em maio de 1989, um atento vereador resolveu sugerir que a Rua do Café passasse a se chamar Rua Juvêncio Pereira de Brito, uma modesta e merecida homenagem a um dos pioneiros desta cidade de céu sempre azulado, àquela altura do campeonato, recém-convocado a prestar serviços no andar de cima.

Pois bem, a ex-charmosa Coffee Street, onde as famílias ainda guardam o costume de – nos domingos calorentos, como ontem – reunirem-se embaixo das árvores para colocar a conversa em dia, transformou-se nisso que vocês estão vendo na foto acima. Um conglomerado de buracos, onde o que resta do asfalto está se esfarelando.

Não custa lembrar que, há alguns dias, o prefeito gabou-se de estar recapeando as ruas do Jardim Oiti. Mas a Rua Juvêncio Pereira de Brito – assim como a Rua dos Sabiás, já mostrada aqui no blog – foi esquecida.

 Rua Juvêncio Pereira de Brito, ex-Rua do Café: muitos carros e pouco asfalto.

PREFEITO DE FERNANDÓPOLIS ATENDE 123 MUNÍCIPES NO ÚLTIMO ‘GABINETE DE PORTAS ABERTAS’ DO ANO

Enquanto em Fernandópolis o criticado prefeito Luiz Vilar abre as portas de seu gabinete às sugestões e reclamações dos contribuintes, aqui em Jales, o que temos é o “gabinete de portas fechadas”. Quem já tentou falar com o prefeito Humberto Parini sabe o quanto isso é difícil. 

Quando ele está por lá, a quase intransponível secretária do prefeito,  Marli Mastelari, não deixa ninguém chegar perto. Ninguém do populacho, fique claro! Mas isso é quando, repito, o prefeito está em seu gabinete. Normalmente, ou ele está viajando, ou está despachando do gabinete da primeira-dama, no Fundo Social de Solidariedade.

Mas, deixemos o estadista de lado e leiamos a notícia da assessoria de imprensa da Prefeitura de Fernandópolis. Vejam a diferença:

O prefeito Luiz Vilar recebeu 123 munícipes no Gabinete de Portas Abertas, realizado nessa sexta-feira (25/11). O atendimento começou por volta das 9 horas e se estendeu até o final da tarde.

Moradores de diversos bairros passaram pelo gabinete e tiveram a oportunidade de falar direto com o prefeito Luiz Vilar e apresentar sugestões, indicações e outras manifestações acerca da Administração.

Este foi o último Gabinete de Portas Abertas de 2011, que volta a ser realizado no início de 2012. Neste ano, mais de 1 mil pessoas foram atendidas pelo prefeito Vilar através deste programa, que visa dar voz à população.

Para o próximo ano, a expectativa é que o número seja, ainda, maior. “O Gabinete de Portas Abertas desse ano foi muito bom. Recebemos muitos munícipes e solucionamos muitos problemas. Mas gostaríamos de receber muito mais pessoas no Gabinete de Portas Abertas, pois é através deste programa que ficamos sabendo dos problemas e necessidade da cidade de uma maneira muito rápida”, explicou o prefeito Luiz Vilar.

Quem não teve a oportunidade de participar do Gabinete de Portas Abertas desta sexta-feira, pode também fazer sua sugestão ou reivindicação pelo FALA CIDADÃO ou aguardar a próxima edição do Gabinete de Portas Abertas em 2012. 

1 2 3 4 14