Arquivos mensais: Maio 2014

NO FACEBOOK: PREFEITA ESTARIA USANDO CARRO OFICIAL PARA IR A FESTAS DE PEÃO NA REGIÃO

prefeita em ferpaNossa prefeita tem se revelado uma assídua frequentadora de festas de peão. Como os prezados leitores sabem, há alguns dias ela honrou a ordeira população de São Francisco com sua ilustre presença na festa daquela cidade. Onde ela foi vaiada!

Um dia desses, em um escritório de nossa pacata cidade, encontrei um senhor revoltado com o que ele tinha acabado de ficar sabendo. Segundo lhe foi dito por uma parente, nossa prefeita teria comparecido à festa do peão de Valentim Gentil e, chamada a discursar, garantiu aos incautos que a ouviam que ela estava transformando Jales em uma cidade de primeiro mundo.

E ontem, postaram no Facebook a foto ao lado. E disseram que ela foi tirada em Fernandópolis, onde a nossa prefeita teria ido – com o carro oficial – prestigiar a Expo. Em sendo verdade, seria lamentável. 

Que a nossa prefeita tenha a mania de frequentar festas de peão, é problema dela. Agora, que ela use o carro oficial, mantido com o dinheiro dos contribuintes, para suas incursões festivas, enquanto mães trabalhadoras não têm onde deixar seus filhos, é uma falta de respeito para com aqueles que pagam impostos.

A PEDIDO DA JUSTIÇA, TCE VEIO A JALES APURAR GASTOS SUPÉRFLUOS DO GOVERNO NICE

Informações vindas do Paço dão conta de que auditores do Tribunal de Contas do Estado(TCE) fizeram, nesta segunda-feira, uma visita à nossa Prefeitura. Segundo consta, eles vieram fazer uma auditoria especial em alguns gastos da administração Nice.

DSC00406 (2)-edDeve-se a visita dos auditores a um pedido da Justiça de Jales. Na mesma decisão em que determinou que a Prefeitura retome, em 72 horas, a construção da EMEI “Antônio Di Bernardo Peres” (foto), no Jardim Maria Silveira, o juiz Fernando Antônio de Lima requisitou a presença do TCE para identificar eventuais gastos supérfluos na Prefeitura.

E sabem por quê? Porque o Ministério Público constatou, através de pesquisa no Portal da Transparência, que a administração municipal teria gasto R$ 156,5 mil com viagens em 2013 e, neste ano, até abril, já tinha empenhado, somente para as viagens da prefeita, mais R$ 39 mil.

O MP constatou, também, que a nossa Prefeitura empenhou, ao longo de 2013, R$ 159 mil para gastos com contas telefônicas. E mais: constatou-se, igualmente, que, em 2013, o orçamento municipal (que foi elaborado no governo Parini) previa R$ 937,8 mil para cobrir os gastos com o gabinete da prefeita.

No orçamento de 2014 – que foi elaborado em 2013, já sob dona Nice – a prefeita tratou de ser generosa com seu gabinete, elevando a previsão de gastos para quase R$ 1,4 milhão. Ou seja, um aumento de “apenas” 46%.

O Ministério Público e a Justiça entendem que parte desse dinheiro poderia ser aplicada, por exemplo, na construção de creches, a fim de que crianças não tenham que ficar fora da escola, como está acontecendo em Jales. Afinal, a Educação é um dever do Estado.

Mas, a decisão da Justiça não ficou somente nos dois quesitos já citados. Ela determina, também, que, enquanto a Prefeitura não constrói creches, a prefeita dê seus pulos e arrume vaga para as 290 crianças que estão na fila de espera, sob pena de, em caso contrário, ter de pagar multas diárias.

A falta de vagas nas creches do município foi alvo de matéria do jornal A Tribuna, há duas semanas, depois que uma mãe teve que recorrer à Justiça para conseguir matricular o filho. O MP relata que, semanalmente, recebe reclamações de pais, pedindo providências. Em sua ação, o MP cita relatos de conselheiros tutelares. Eis um deles:

“o quadro que deparamos é muito triste porque as mães saem chorando pois precisam trabalhar e não tem onde deixar seus filhos; esta semana atendemos uma mãe que passou em um concurso e para arrumar os documentos necessários para assumir o cargo precisou levar a filha de um ano e 10 meses na casa de parentes na cidade de São Francisco”.

Como se vê, alguém tinha que fazer alguma coisa. O Ministério Público e a Justiça de Jales estão fazendo. O que se espera é que, nas instâncias superiores, o entendimento seja o mesmo, a fim de que os políticos comecem a aprender que os direitos dos cidadãos – principalmente as crianças – precisam ser respeitados.

CENTRO DE ZOONOSES DEVE REABRIR PARCIALMENTE ATÉ O FINAL DO MÊS

DSC03917-edA caixa de contatos do blog recebeu, hoje, um e-mail enviado por um amigo leitor. Ele relata que a moradora de uma residência na Rua Otávio Graziani, no Jardim Oiti, possui 12 gatos e 03 cachorros, mas não cuida dos animais.

Segundo o relato, os animais ficam perambulando pela rua e, à noite, invadem as casas vizinhas à procura de comida. “O cheiro de urina é insuportável e a possibilidade de doenças é enorme”, diz o leitor.

Ele diz, também, que procurou a Vigilância Sanitária Municipal, mas foi informado de que nada pode ser feito, uma vez que o Centro de Zoonoses está interditado desde outubro de 2013, por decisão da justiça. “A indignação é pela Prefeitura não possuir nenhum órgão que fiscalize essa situação”, conclui o leitor.

Pois bem, a boa notícia é que, segundo informações extraoficiais, o Centro de Zoonoses poderá, se tudo correr bem, ser reaberto até o final desta semana, uma vez que já existe um veterinário contratado.

A má notícia é que a reabertura será parcial e vai atender apenas aos casos relacionados à leishmaniose. Ou seja, se depender da Prefeitura, casos como o levantado pelo prezado leitor vão continuar sem solução.

Existe, porém, uma luz no fim do túnel: a ONG “Amigo do Bicho”. Talvez a amiga Vivi Veiri, que realiza um extraordinário e voluntário trabalho de proteção aos animais possa ajudar o amigo leitor.

GOLPE TIRA 60 MIL DÓLARES DE POLÍTICOS DA REGIÃO

A notícia do Diário da Região é bem extensa e conta os detalhes sobre o golpe e sobre os depoimentos de estelionatários e vítimas à Polícia Federal de Jales. Eis alguns trechos: 

Dois candidatos a vereador na eleição de 2012, um de Mirassol e outro de Guaira – próxima a Barretos -, caíram no golpe aplicado por uma quadrilha presa pela Polícia Federal (PF) de Jales acusada de estelionato contra políticos da região de Rio Preto.

Os candidatos entregaram ao grupo US$ 30 mil cada um com a promessa de que receberiam malas recheadas com R$ 200 mil. O dinheiro, porém, era falso. A quadrilha alegava que tinha sobra de campanhas eleitorais e oferecia cotação vantajosa para o câmbio, o que despertava interesse dos políticos. A oferta chegava a R$ 4 por cada dólar, sendo que a cotação hoje está em torno de R$ 2,20. 

Em seus depoimentos na Polícia Federal, os candidatos a vereador em Mirassol e Guaira que caíram no golpe dizem que tiveram reações distintas após descobrir que os R$ 200 mil que cada um recebeu eram falsos. Um deles tentou remarcar um novo encontro com o grupo de estelionatários quando recebeu a seguinte mensagem de deboche por parte do bando: “Boa tarde. Sr ….. Kkkkk. No aguardo? Ainda…”. 

Já o político de Guaira admitiu em depoimento à Polícia Federal que ficou tão furioso que decidiu queimar as cédulas falsas em uma churrasqueira. Desse total haviam apenas R$ 1,5 mil em notas verdadeiras. Ele vendeu uma casa para comprar os US$ 30 mil dólares que entregou a Anunciada Christiane Queiroz de Macedo e José Marcos Morau, que se apresentava como sendo Francisco José Tavares.

O político de Mirassol, que terá seu nome preservado pelo Diário, afirmou que vendeu um Corolla no valor de R$ 45 mil, uma mesa de som avaliada em R$ 8 mil, pegou mais R$ 7 mil emprestado com o sogro, além de R$ 10 mil do seu cheque especial e levantou os US$ 30 mil dólares. No dia em que efetuou a troca com os integrantes da quadrilha, ele afirmou que foi impedido pelo consultor de pegar os maços de dinheiro falsos. “Francisco impediu, fechou e lacrou a mala e disse que poderia levar a mala junto, mas que era perigoso contar o dinheiro no hotel”, consta no depoimento da vítima que recebeu um pedido do golpista para ligar quando chegasse em casa “para avisar que tinha dado tudo certo.”

A agenda dos estelionatários tinha os nomes de 127 políticos de 63 cidades. A notícia completa e a relação de cidades onde a quadrilha teria feito contatos podem vistas aqui

 

JUSTIÇA MANDA NICE CONSTRUIR CRECHE

O blog noticiou, há alguns dias, a falta de vagas nas creches do município. A fila de espera por uma vaga, segundo informações obtidas pelo aprendiz de blogueiro, tinha cerca de 300 crianças. Vejam, agora, a notícia do Diário da Região:

O juiz da 3ª Vara Cível de Jales, Fernando Antônio de Lima, determinou que a Prefeitura de Jales abra 290 vagas em creches para crianças de zero a três anos, depois de ação movida pelo promotor Horival Marques de Freitas Junior. A prefeita Eunice Mistilides Silva (PTB) também tem 72 horas para retomar obras na Escola Municipal de Ensino Infantil Jardim Maria Silveira, prometida, segundo o MP, desde fevereiro.

Para o promotor Horival, a prefeita Eunice “vem fazendo vistas grossas desta realidade, pois até agora não se verifica de sua parte providência alguma para solucionar ou, ao mesmo, amenizar tal situação”, disse em trecho da inicial. Ainda segundo a decisão de Fernando, os problemas com falta de vaga em creche ocorre desde o começo do ano passado. 

Para tentar acabar com o problema, pais decidiram entrar com ações para garantir os filhos nas creches. Segundo o promotor, semanalmente pais buscam auxílio no Ministério Público, cobrando providências contra o município. Funcionários do Executivo se reuniram com Horival, mas, segundo ele, as explicações para falta de vagas não foram suficientes. “Sem resposta satisfatória no que diz respeito ao integral atendimento do direito constitucional”, disse.

JORNAL DE JALES: ESTADISTA PARINI RECEBE HOMENAGENS EM RIO PRETO

DSC00449No Jornal de Jales deste domingo, a manchete principal dá destaque aos assuntos tratados no 3º Simpósio Brasileiro de Uva e Vinho, realizado aqui em Jales nos dias 21 e 22 de maio.

Os viticultores da região poderão vender suas uvas para produção de vinho e suco, mas, para isso, vão precisar que o governo do estado baixe os impostos, a fim de que eles possam competir com os produtores gaúchos.

Destaque, também, para Vitória Brasil, que, como acontece em todos os anos de Copa do Mundo, atrai a atenção da mídia. Neste ano, a prefeita Ana Lúcia Módulo, investiu na decoração das ruas da cidade e de sua principal praça.

A reunião de uma comitiva de jalesenses com o ministro Moreira Franco, para tratar do assunto aeroporto; as manifestações do Sindicato dos Bancários para tentar evitar demissões em massa no Santander; e as conclusões da Semana Acadêmica realizada pelo pessoal do curso de Assistência Social, da Unijales, são outros destaques do JJ.

Na coluna Fique Sabendo, o jornalista Deonel Rosa Júnior está informando que o ex-prefeito Humberto Parini, que se aposentou como fiscal de rendas do Estado de São Paulo, foi homenageado pelos seus ex-colegas de trabalho, em São José do Rio Preto.

Pitaco do blogueiro: se a administração da prefeita Nice Mistilides  continuar no ritmo em que está, não demora e o Parini vai estar recebendo homenagens em Jales.

JUÍZA INTERROMPE AUDIÊNCIA AO OUVIR CASAL FAZENDO SEXO NO TRIBUNAL

A notícia é do Extra:

Uma audiência realizada em Gênova, na Itália, foi interrompida após a juíza Anna Ivaldi ouvir um casal de funcionários tendo relações sexuais em uma sala ao lado do tribunal.

Segundo o Daily Mail, o casal estava em um escritório anexo. O vidro da sala, localizada ao lado do tribunal onde a sessão ocorria, é fosco e escuro, e os dois acreditavam que do lado de fora não daria para notar o ato.

Quando percebeu o que estava acontecendo, a juíza ordenou que o Ministério Público interrompesse a sessão do julgamento do marroquino Yassin Mahmod, acusado de assassinar um morador de rua no ano passado.

O casal será investigado e deve ser punido pelo episódio. Para piorar a situação, um dos funcionários envolvidos é casado.

FLÁ PARTICIPA DE FEIRA DE TECNOLOGIA EM SÃO JOSÉ DOS CAMPOS

2-flá

O Coordenador de Desenvolvimento Regional e Territorial, da Secretaria de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo, Flavio Prandi Franco, o Flá, participou no último dia 21 de maio, da 1ª Feira de Tecnologia e Inovação da Região Metropolitana do Vale do Paraíba, realizada no Parque Tecnológico de São José dos Campos.

Na oportunidade, Flá Prandi falou sobre o apoio que o governo do Estado de São Paulo está dando às empresas do setor de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC), através da criação das APLs (Arranjo Produtivo Local). 

“No evento, cerca de 30 grandes empresas da APL de Tecnologia da Informação e Comunicação expuseram seus produtos e mais de 4 mil pessoas se inscreveram para participar”, comentou Flá.

Ele explicou também que a feira teve por objetivo permitir que as empresas de São José dos Campos e região pudessem acessar soluções tecnológicas capazes de inovar seu atendimento e melhorar a gestão de seus negócios, com base na utilização das avançadas ferramentas de Tecnologia da Informação e Comunicação.

A TRIBUNA: DENGUE CHEGA A 153 CASOS CONFIRMADOS EM JALES E PODE VIRAR EPIDEMIA

DSC00446 (2)A manchete principal de A Tribuna deste final de semana trata da dengue em Jales, que, até a sexta-feira, já tinha 153 casos confirmados, dos quais 140 são autóctones, ou seja, contraídos aqui mesmo em Jales. Segundo os critérios do Ministério da Saúde, Jales estará em situação de epidemia quando chegar aos 150 casos autóctones.

Na CEI do Lixo, um representante do Sindicato dos Garis e Varredores de Rua disse, em seu depoimento que, em janeiro deste ano, as varredoras da empresa Proposta Ltda trabalharam em regime análogo à semi-escravidão.

Outra matéria de A Tribuna diz que “faltando 40 dias para os Jogos Regionais, banheiros de praças continuam em péssimas condições”. O jornal visitou os banheiros das nossas duas principais praças – “Euphly Jalles” e “João Mariano de Freitas” – e constatou que eles deverão causar péssima impressão aos visitantes que virão a Jales por conta dos Jogos.

O Franley Machado, que esteve em São Paulo na semana passada para a inauguração da Arena Corinthians, conta como foi a experiência. O jornal traz, ainda, uma matéria sobre a troca de “gentilezas” entre a prefeita Nice e o vereador Tiago Abra.

VEREADORES COMEMORAM LIBERAÇÃO DE RECURSOS SOLICITADOS PELO DEPUTADO BOLÇONE

Bolçone e vereadores

A notícia é da fofíssima Jaqueline Zambom, assessora de imprensa da Câmara:

Os vereadores Rivail Rodrigues Junior (PSB), Gilberto Alexandre de Moraes (DEM) e Jesus Martins Batista (DEM) comemoraram nesta semana a liberação de recursos oriundos de três emendas parlamentares incluídos no orçamento do governo do estado por solicitação do deputado estadual Orlando Bolçone (PSB).

Tais recursos, no valor total de R$ 120.000,00 (Cento e vinte mil reais) serão repassados ao Lar dos Velhinhos “São Vicente de Paulo”, que receberá R$ 30.000,00 (Trinta mil reais). Este mesmo montante também será destinado à APAE – Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Jales e a terceira emenda, no valor de R$ 60.000,00 (Sessenta mil reais) será encaminhada à Santa Casa de Misericórdia de Jales.

O vereador Rivail Rodrigues Junior comemorou a liberação das emendas parlamentares. “Nós fazemos uma gestão bastante próxima ao deputado Orlando Bolçone e sempre que possível ele nos atende. Sabemos da necessidade de recursos das três instituições beneficiadas e também é de nosso conhecimento que diversas outras precisam de ajuda. Vamos sempre batalhar para fazer o melhor trabalho possível. Por ora, agradecemos ao deputado Bolçone pelo empenho” finalizou o vereador Junior Rodrigues.

1 2 3 4 5 13