Arquivos mensais: Janeiro 2015

PREFEITURA DE JALES COMEÇA O ANO COM PROTESTO DE TÍTULO EM CARTÓRIO

protesto-20141230_065606

O ano não está começando bem para a Prefeitura de Jales. Amanhã, quando a municipalidade volta a dar expediente normal, alguém terá que correr ao Cartório do 1º Ofício para tentar evitar o protesto de um título.

O documento – de pouco mais de R$ 800 – foi encaminhado ao Cartório por uma empresa fornecedora da Prefeitura que, pelo jeito, se cansou de esperar pelo pagamento.

Em setembro de 2013, quando o blog fez um levantamento, a Prefeitura de Jales tinha 34 títulos protestados, sendo que 13 deles – no valor total de R$ 4,5 mil – tinham sido enviados ao Cartório durante a administração da prefeita Nice, àquela época com apenas nove meses de governo. 

DESAFIO DE EDINHO É ACABAR COM BUROCRACIA

A notícia é do Diário da Região:

67b0a7241a6497ad0b9f1dc55c34ae44O ex-prefeito de Rio Preto Edinho Araújo (PMDB) assumiu ontem, oficialmente, o cargo de ministro da Secretaria de Portos da Presidência da República. O cargo antes era ocupado por César Borges. Durante o seu discurso, Edinho admitiu que um dos seus principais desafios será vencer a a burocracia e baixar preços no setor portuário.

“Trata-se de uma pasta estratégica, setor vital para impulsionar a atividade produtiva e facilitar as exportações. Vencer a burocracia, baixar preços e destravar onde for preciso os portos brasileiros são as necessidades que se impõem. Quanto mais eficientes e competitivos formos nessa área, menor será o custo Brasil”, disse o ministro.

Entre as demandas imediatas, Edinho afirmou que pretende colocar em prática a a Lei Geral dos Portos e o Programa de Arrendamentos Portuários, ambas sob exame do Tribunal de Contas da União (TCE).

“É importante dizer que a expansão e a modernização da infraestrutura dos portos brasileiros dependem de investimentos diretos da União e de parcerias estratégicas com o setor privado, além de uma sinergia entre os modais de transportes rodoviário, ferroviário, hidroviário, portuário e aeroportuário”, afirmou no seu discurso.

ADVOGADO DE TUCANO NEGA IRREGULARIDADES NA DISTRIBUIÇÃO DE BOLSAS DA FEF

neuclairSegundo informações do site Ethos on Line, o advogado criminalista e vereador de Fernandópolis Maurílio Saves “está convicto” de que seu cliente, Neuclair Félix do Nascimento, não cometeu nenhuma ilegalidade ou irregularidade na concessão de bolsas do programa “Escola da Família”, do governo estadual.

Ele não era ordenador de nada e não há relação sobre a distribuição de bolsas. Os repasses financeiros é de ordem da Fundação e não dele”, está argumentando o advogado.

Neuclair – que aparece na foto acima recebendo homenagem da Câmara de Fernandópolis, acompanhado pela deputada Analice Fernandes – foi detido pela Polícia Federal, durante a “Operação Bolsa Fantasma”, sob a acusação de ter cometido fraudes na concessão de bolsas a estudantes da Fundação Educacional de Fernandópolis – FEF.

Como consequência das suspeitas da PF, o tucano Neuclair, que estava cotado inclusive para ocupar o cargo de dirigente regional de Ensino da Diretoria de Fernandópolis, foi afastado de suas funções de coordenador do “Escola da Família”. Além dele, a dirigente regional, Adélia Menezes da Silva, também foi afastada do cargo.

Outro que perdeu o cargo foi o presidente da FEF, o advogado Paulo Sérgio Nascimento, preso preventivamente pela PF, sob a acusação de participar das fraudes. Para o lugar dele, a Justiça nomeou o interventor Titose Uehara, como administrador da Fundação.

Paulo Sérgio já foi indiciado por estelionato, apropriação indébita e participação em organização criminosa. As últimas informações da PF dão conta de que as fraudes devem ultrapassar a cifra de R$ 2 milhões.

ASSIM COM EM 2011, MARCELA TEMER CHAMA ATENÇÃO NA POSSE DE DILMA

michel temer-marcela

michel temer-marcela1

A beleza e elegância da vice-primeira-dama Marcela Temer durante a posse da presidente Dilma Rousseff chamou a atenção do público ligado nas redes sociais. Assim como em 2011, a esposa do vice-presidente da República, Michel Temer, chegou aos trending topics (assuntos mais comentados) do Twitter no Brasil.

A bela mulher do vice-presidente ganhou uma hashtag só para ela no Twitter. Entre os comentários, internautas postaram mensagens no estilo “como é gata essa Marcela”, “por favor, esqueçam a Dilma, filmem só a Marcela” ou “votei na Dilma só para rever a Marcela”.

Ela é 42 anos mais nova do que o político e, quatro anos atrás, chegou a ser comparada com Carla Bruni, esposa do ex-presidente da França Nicolas Sarkozy, por sua elegância. Formada em Direito, a vice-primeira-dama não exerce a profissão e dedica-se exclusivamente à família. Marcela e Michel Temer têm um filho juntos, cujo nome é o mesmo do pai.

OS INCRÍVEIS – “MARCAS DO QUE SE FOI”

tavitoO amigo Ademar Amâncio, de Populina, citou versos de “Casa no Campo” em um de seus comentários enviados ao blog, o que me fez lembrar do esquecidíssimo Tavito, compositor mineiro que, junto com o Zé Rodrix, fez aquela linda canção que se tornou sucesso com a Elis Regina.

Tavito, hoje com 66 anos, é autor de várias músicas, entre elas “Rua Ramalhete”, que me pedem de vez em quando lá no Brasil & Cia, que apresento na Regional FM, aos domingos. Mas uma das músicas mais conhecidas do Tavito é, sem dúvida, “Marcas Do Que Se Foi“.

Algumas pessoas acham essa canção é da dupla Dom e Ravel, que costumava compor canções de apoio aos militares. O próprio Tavito tinha alguma culpa nisso, pois, em princípio, ele não gostava de revelar que a música – utilizada pelo regime militar, do qual ele próprio foi vítima – era de sua autoria.

De qualquer forma, a música, gravada pelos Incríveis e utilizada pela Rede Globo em suas mensagens de fim-de-ano, se tornou uma espécie de hino do réveillon de 1976. Quase 40 anos depois, “Marcas Do Que Se Foi” resiste ao tempo, tendo sido regravada por grupos (The Fevers, Nenhum de Nós), pagodeiros (Thiaguinho), duplas sertanejas (Zezé di Camargo & Luciano) e até por padres-cantores (Marcelo Rossi).

Tavito (Luís Otávio de Melo Carvalho) é autor, também, de vários jingles publicitários. Um dos mais conhecidos é aquele que diz “vem pra caixa você também”. No vídeo abaixo, o amigo poderá ouvir a versão de “Os Incríveis”:

You need to a flashplayer enabled browser to view this YouTube video

1 10 11 12