ADERJ VAI DEMITIR MAIS FUNCIONÁRIOS EM DEZEMBRO

Em outubro, a ADERJ – Associação dos Deficientes Físicos da Região de Jales – demitiu cerca de 100 funcionários, em função do fim das parcerias firmadas com a Prefeitura de Jales, desde março de 2005, para gerenciamento dos programas “Saúde da Família” e “Combate a Vetores”. Os demitidos em outubro eram, em sua maioria, agentes.

Segundo fui informado pelo Sindicato dos Trabalhadores em Saúde, todos os demitidos receberam corretamente as suas verbas indenizatórias, que não eram de valor expressivo, uma vez que o salário dos agentes é baixo. Além disso, a ADERJ, ao contrário da Prefeitura, não deixava os funcionários acumular férias, de modo que ninguém tinha muita coisa a receber. Se trabalhassem na ADERJ, o Chaparim e o Ronaldo, por exemplo, jamais conseguiriam ficar cinco anos sem gozar férias.

Agora em dezembro, a ADERJ deverá demitir cerca de mais uns 100 funcionários. Dessa vez são os funcionários, digamos assim, mais graduados – enfermeiras, farmacêuticas, dentistas,  auxiliares, fisioterapeutas, etc – e as verbas indenizatórias serão, com certeza,  mais robustas. Mas o que preocupa é saber como vai ficar o atendimento nos postos do programa Estratégia de Saúde da Família, no início de 2012.

No caso do programa de “Combate a Vetores”, a falta de planejamento da Prefeitura – e, principalmente, do prefeito – levou a cidade a ficar sem equipe de controle da dengue durante todo o mês de novembro. E, no caso dos ESFs, os novos funcionários ainda terão que ser treinados e, por consequência, o atendimento poderá ficar prejudicado durante a fase de transição.      

5 comentários

  • Dispensado

    Ai te pergunto caro blogueiro pq não aproveitou de alguma forma esse pessoal que ja estava na ativa? Não diga que não havia jeito, política sempre se tem jeito. Preocupado estamos em entrar 2.012 sem emprego e sem perspectiva de arrumar outro, ja que Jales é um fracasso em termos de emprego. Tomara q o senhor prefeito não durma com peso na cosciência com tantos pais de familias desempregados.

    • Anônimo

      Pois é… 2012 vai começar com muitos pais de familias empregados, empregos estes conquistados pela via legal ou seja aprovados em concurso público ao contrário dos pais de familias desempregados que foram colocados ou por indicação de vereador, de secretario ou por amizade com o prefeito. Muitos destes dispensados foram cabos eleitorais ou postes de bandeiras de candidatos em vias públicas.
      Ainda bem que existe o Ministério Público e mesmo que tarde agiu e fez com que a Prefeitura fizesse o que é certo e justo.

      E que venha 2012!

  • Funcionário

    E ai Cardosinho pesquisou sobre a reunião do funcionalismo???? estamos contando com vc pra botar a boca no trombone… Qro ver esses vereadores pulando igual pipoca…kkkkkkkkkk

  • jalesence nato

    bbbrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrr

  • jalesence nato

    e cada uma que a gente ve em ?? esta enquete por exemplo pura armaçao tentando manipular o nosso povo so aqui mesmo sem nenhum fundamento real rrrsss deixe pro dia 7 de outubro do proximo ano estarei aqui pra dizer qual a real situaçao rrs abraço a aqueles que tbm pençao como eu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *