PROCURADOR GERAL DE JUSTIÇA INGRESSA COM AÇÃO CONTRA OITO CARGOS DE CONFIANÇA DA PREFEITURA DE JALES

O procurador geral de justiça do Estado, Gianpaolo Poggio Smanio, protocolou, no final de setembro, uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADin) contra alguns cargos existentes na Prefeitura de Jales.

Ao contrário do que deu a entender o vereador Tiago Abra(PP), durante a sessão de ontem, a ação não é contra a lei aprovada pela Câmara em junho, que criou 16 cargos de confiança na Prefeitura, em substituição a outros 31 que foram extintos a pedido do MP.

Na verdade, o procurador geral está enxergando inconstitucionalidade em apenas seis dos cargos criados pelo prefeito Flá, todos com a nomenclatura de “chefe” e salários de R$ 1,5 mil.

Além dos seis cargos recém-criados, a ação aponta ilegalidades também no cargo de “chefe de oficina”, criado em 1989, e em um outro cargo – “supervisor de controle de vetores” – que existe desde os tempos do ex-prefeito Guisso.

A ação, que tramita na Câmara Especial do TJ-SP, terá como relator o desembargador João Negrini Filho, o mesmo que está analisando, também como relator, a ADin que pede o fim do 14º salário – ou gratificação de Natal – na Prefeitura de Jales.

11 comentários

  • morador de Jales

    Prefeitura, cada um que entra lá acha que pode fazer o que quiser, são portarias, cargos para os pelegos, tudo pra dar um jeitinho, extingue os cargos e quem os criou que devolva os valores pagos.

  • Observador

    E os desvios de função?

  • Égua

    É parece q ele esqueceu de um cargo q tá cedido lá pra justiça eleitoral…mas é a prefeitura quem.paga os salários……ahhh, um cargo estranho de sub procurador tmb…

  • Maurílio José

    Ai eu me pergunto, onde estao esses vereadores de Jales que nao fazem nada??? Só vejo o Thiago Abra trabalhando, investigando, apontando erros e o restante de braços cruzados ganhando seus graciosos salários no fim do mês!
    Aproveita e investiga esse concurso caro procurador, já que está uma verdadeira piada. Quem fez esse edital mal feito?
    Baseado em que foram estipulados essas merrecas de salários e uns cargos tem plano de carreira e outros nao. Se pegar p edital no pé da letra, dá pra enumerar no mínimo uns 10 erros absurdos!
    Porque o edital q nem teve licitaçao circulou na cidade inteira via Whatsapp, antes de ser lançado no site da organizadora?
    Nossa regiao tem um histórico grande de Prefeituras que lançam concursos pra colocar lá dentro os famosos “cargos prometidos”, foi o que soubemos recentemente da Persona Capacitaçao que teve fraude em diversos concursos das Prefeituras ao nosso redor. De olho neles Thiago!

  • Observador

    E os cargos de confiança do CONSIRG ninguém fala nada, vai la Tiago, verifica,

  • Mãe

    E o acúmulo de função das coordenadas de creche? Cadê a fiscalização dos senhores vereadores?

    • Mãe preocupada

      Mãe não é só as Coordenadoras de Creche que acumula cargos. As supervisoras da secretaria de educação acumula cargos e chega sexta feira ainda tem folga pra tirar. Cadê os vereadores pra ver isso.

  • Funcionário Público

    Em agosto de 2016 huove concurso para secretário de escola e antes mesmo de completar 1 ano dois destes foram cedidos para o Sebrae deixando as creches desfalcadas. Portanto a creche do Dercilio e da Professora Gema estão sem secretários. Cadê a fiscalização pelo menos do vereador do bairro, o Senhor Deley?

  • Marcos

    Creche desfalcada? Meu filho frequenta o Gema e até onde eu sei tem na secretaria outras 2 funcionárias além dessa q saiu e ainda colocaram uma estagiária, isso fora a diretora. Nao é possível q tem tanto serviço em uma secretaria de creche. Aposto q só a diretora e uma outra qualquer já dava conta.

  • Eleitor do Deley

    Deley é o pior vereador da história de Jales!
    Se arrependimento matasse!

  • Eleitor

    Parece que tem gente que não sabe que a Educação em Jales está entre as melhores do Brasil..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *