Arquivos do autor: cardosinho

JOÃO BOSCO – “PAPEL MARCHÊ”

O poeta João Carlos Capinam foi fazer uma visita ao João Bosco, numa tarde de sábado, e ficou encantado com algumas esculturas em papier marché, feitas pela mulher do anfitrião, a artista plástica Ângela Bosco. Com aquelas esculturas na cabeça, ele foi prá casa e compôs os versos de “Papel Marchê” e depois deu para o João Bosco colocar a melodia. Assim surgiu um dos maiores sucessos do mineiro João Bosco. A canção alcançou maior popularidade ainda, quando foi incluída na trilha sonora da novela “Corpo a Corpo”, exibida em 1984/85. No vídeo abaixo, uma das interpretações de “Papel Marchê”:

You need to a flashplayer enabled browser to view this YouTube video

DESTAQUES DOS JORNAIS

Estas foram as manchetes dos jornais locais, neste final de semana:

Folha Noroeste: “Decisão torna Parini inelegível”

Jornal de Jales“Prefeito perde mandato. Advogados recorrem ao Tribunal de Justiça para recuperá-lo”

A Tribuna: “Juíza determina cassação de Parini”

A Folha Noroeste destacou a cassação de Parini e registrou que os advogados do prefeito tentariam reverter a decisão na sexta-feira, ingressando com um mandado de segurança com liminar junto ao TJ-SP. Outras manchetes: “Vereadores aprovam para 2012, receita de R$ 79 milhões para Jales”;  “Urânia conquista ouro no voleibol masculino”. Na coluna FolhaGeral, o editor informa que, para a oposição ao governo Parini, a cassação do prefeito não é nada salutar. Segundo a nota, a oposição acha que a continuidade do petista no cargo seria melhor.

O Jornal de Jales lembrou que a perda do emprego público é o maior risco de Parini, já que ele é auditor fiscal concursado da Secretaria Estadual de Fazenda. Em comentário, o jornalista Deonel Rosa Júnior avalia que as oposições deveriam torcer pela permanência de Parini, uma vez que, sentado na cadeira de prefeito, Clovis Viola se tornaria um forte candidato à reeleição. Outras manchetes: “São José do Rio Preto conquista Jogos Regionais por antecipação”;  “Estudo projeta população de Jales em 2020”;  “Jalesenses em São Paulo para tentar permuta do prédio do fórum”. 

No jornal A Tribuna, a cassação de Parini foi o principal destaque. O jornal registrou também que o prefeito de Jales perdeu mais dois recursos referentes aos casos “Carroça” e “Reforma das Praças”. Em ambos os casos, Parini foi condenado, em segunda instância, por improbidade administrativa. Outras manchetes: “Viola diz que preocupação é administrar a cidade”;  “CEI da merenda termina sem apontar culpados”;  “Repetência em Jales é 50% menor que a média estadual”. Na coluna Enfoque, o jornalista Paulo Reis Aruca focou o caso Parini e registrou que a dificuldade para a consolidação da sentença deveria continuar no início desta nova semana.

BLOG TEVE RECORDE DE VISITAS NA SEXTA-FEIRA

Tenho bons motivos para torcer por uma sobrevida do nosso grande estadista. O que seria deste aprendiz de blogueiro se não fosse o Parini e outros personagens ligados a ele? Quase nada! Nessa sexta-feira, como era de se imaginar, a novela do prefeito cai-não-cai rendeu um novo recorde de visitas a este modesto blog.

Foram 1.843 visitas em 24 horas. No dia anterior, quinta-feira, haviam sido 1.420 visitas. No final de semana, o número de visitantes cai, normalmente, à metade, mas, neste sábado, a liminar obtida pelo principal personagem  do blog fez com que os números se mantivessem lá em cima.

E como vocês devem ter observado, o post “Parini consegue liminar para continuar no cargo” bateu recorde de comentários. Devo fazer, porém, uma ressalva: pelo menos 30% dos comentários foram feitos por uma mesma pessoa, que utiliza vários pseudônimos, mas não troca de IP. Vocês são capazes de adivinhar quem é o sujeito? Ele é fã do Parini!

SEGREDO DE JUSTIÇA: QUAL SERÁ A SURPRESA?

Como já informei por aqui, a Segunda Vara Judicial de Jales guarda a sete chaves uma nova ação que estaria sendo proposta contra o governo Parini, ou contra o prefeito, sei lá. O caso está correndo sob segredo de justiça e não é possível obter informações oficiais. Mas, a serem verdadeiros os boatos que circulam à boca pequena, muita gente vai ficar de queixo caído quando as coisas vierem à tona. Aguardemos.

PARINI PERDE OUTROS DOIS RECURSOS NO TRIBUNAL DE JUSTIÇA

Enquanto alguns admiradores do prefeito Humberto Parini comemoram a liminar obtida hoje junto ao Tribunal de Justiça-SP, outros dois casos onde o prefeito já foi condenado em segunda instância – também por improbidade administrativa – vão tendo prosseguimento e, com certeza, ainda vão render muita dor-de-cabeça. A parte ruim nesses dois processos – “Caso Carroça” e “Reforma das Praças” – é que este aprendiz de blogueiro está condenado junto com o prefeito. A parte boa é que, em pelo menos um dos casos, a primeira-dama e o czar das finanças, Rubens Chaparim, também estão condenados.

No mês passado, tivemos duas derrotas. O Tribunal de Justiça-SP, em decisão do desembargador Luiz Ganzerla, não admitiu os dois recursos especiais interpostos pelos advogados do prefeito. De quebra, o mesmo desembargador mandou também ao cesto de lixo um recurso extraordinário interposto no caso da “Reforma das Praças”. Este caso, para quem não se lembra, originou-se nas reformas que a nossa doce e generosa primeira-dama, Rosângela Parini, providenciou em algumas praças da cidade. As reformas custaram cerca de R$ 30 mil e foram feitas sem licitação.

AOS 77 ANOS, BRITÂNICO TEM TRÊS FILHOS MENORES DE TRÊS ANOS

Aos 77 anos e casado com uma mulher mais de 30 anos mais nova, o britânico Dennis Ealam tem três filhos menores de três anos. Além da recém-nascida Violet, Ealam é pai de Johnathon, que faz três anos em agosto, e de Jessie, de 17 meses, segundo a agência “Barcroft Media”.

Além dos três filhos com Cora, de 36 anos, Ealam tem outros cinco de seu primeiro casamento, com Ros, de 69 anos. Ele tem ainda 16 netos e três bisnetos. O britânico destacou que está feliz por ser pai pela oitava vez. Ele afirmou que tem vida sexual ativa e que pretende ter mais filhos.

PARINI CONSEGUE LIMINAR PARA CONTINUAR NO CARGO

Fontes confiáveis dizem que o prefeito Humberto Parini conseguiu uma liminar junto ao Tribunal de Justiça de São Paulo que vai permitir a ele continuar no cargo por mais algum tempo. Não estou ouvindo rádio, mas me disseram que o chefe de gabinete, Léo Huber, já anunciou a novidade em uma das emissoras locais.

Parece que esse assunto ainda vai longe, o que é ruim para a cidade. De outro lado, é preciso reconhecer que o prefeito tem o direito de utilizar-se de todos os instrumentos legais possíveis para se defender. Afinal, não está em jogo apenas o seu cargo de prefeito, mas também o seu cargo de fiscal do Estado.

A liminar de hoje foi concedida pelo juiz substituto em 2. grau, José Luiz Germano, do plantão judiciário de segunda instância. A decisão suspendeu os efeitos do despacho da juíza da 4a. Vara de Jales, Renata Longo Vilalba Serrano Nunes, até segunda-feira. O juiz substituto fundamentou sua decisão de conceder a liminar no fato de o processo estar tramitando já há treze anos e, portanto, não haveria nenhum problema em se esperar mais um final de semana.

Na segunda-feira, a liminar será distribuída para uma Câmara de Direito Público, que nomeará um relator para analisar o caso. Normalmente, a liminar seria distribuída, por prevenção, para a mesma Câmara que já julgou o prefeito Parini. Ou seja, o prefeito continua respirando por aparelhos.    

EX-PADRE ZECA VAI SE CASAR NOS ESTADOS UNIDOS

Em agosto, José Luiz Jansen de Mello Neto subirá ao altar novamente. O ambiente é familiar para ele. Mas desta vez a emoção será diferente. O ex-padre Zeca ocupará uma posição distinta da que estava habituado há alguns anos: a de noivo.

Zeca vai se casar com uma americana, em Nova York. Atualmente, o ex-sacerdote está no interior do estado descansando numa propriedade de sua família. Ele negou que será pai, como já foi dito.

Desde 2007, quando afastou-se da Igreja Católica, Zeca trocou o sermões oferecidos aos fiéis pelas lições de gestão dadas aos estudantes. Atualmente ele é professor da área de administração na Coppe/UFRJ e na Fundação Dom Cabral. Também ministra palestras em empresas.

Mais jovem padre diocesano ordenado no país — aos 25 anos — , Zeca ficou conhecido como “padre-surfista”. De classe média alta do Leblon, ele criou o movimento “Deus é Dez”. Mas os holofotes já não o atraem. Tudo que ele quer agora é deixar de ser “padre Zeca” para ser “professor José Luiz”:

— Estou tentando construir uma nova vida. Não quero me expor.

LULA SE EMPOLGA COM UMA MILITANTE EM SÃO PAULO

Dona Marisa não vai gostar. O flagra também é do Extra on Line:

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi fotografado em uma situação desconfortável. Ao sair de um congresso da União Geral dos Trabalhadores, nessa sexta-feira, o ex-presidente cumprimentou uma militante com um beijo bastante empolgado. O evento aconteceu no Centro de Convenções do Anhembi, em São Paulo.

1 1.055 1.056 1.057 1.058 1.059 1.169