Arquivos do autor: cardosinho

ESPECIATO QUER DETALHES SOBRE ACUSAÇÕES CONTRA IRMÃO DO VEREADOR MACETÃO

A briga entre o vereador Macetão e o prefeito Humberto Parini promete novos e interessantes capítulos para os próximos dias. Como se sabe, numa nota emitida por uma tal de AIPMJ –acredito que a sigla se refira à Assessoria de Imprensa da Prefeitura Municipal de Jales, um órgão que deixou de existir com a instalação da Secretaria de Comunicação – o Paço acusou André Luiz Viotto, irmão do vereador Macetão, de tentar extrair alguma vantagem pessoal em troca da retirada da assinatura do irmão-parlamentar do pedido de abertura da CEI da Falsidade Ideológica.

Neste final de semana, Macetão distribuiu um artigo à imprensa contestando a nota do Paço, mas, de outro lado, não desmentiu diretamente as acusações feitas ao irmão. Lembrou, porém, que sua família já foi vítima de um panfleto difamatório distribuído nas vésperas das eleições de 2008. A citação ao panfleto escroto – que também espalhou mentiras sobre os candidatos Nice Mistilides e Gilbertão, adversários de Parini naquelas eleições – não foi de graça. Macetão sabe exatamente quem foram os autores daquela peça difamatória. 

Pois bem, todo esse disse-me-disse levou o vereador Luís Especiato(PT) a apresentar um requerimento pedindo informações ao nosso digníssimo prefeito sobre o episódio supostamente protagonizado pelo irmão do Macetão. Especiato quer saber quando se deu a conversa entre o prefeito Parini e o irmão do vereador; quem foram as pessoas que participaram dessa tal conversa e quais são as providências que o Executivo estaria tomando com relação ao caso.

Claro que Especiato, ao fazer tais perguntas, já deve saber quais serão as respostas do prefeito. De qualquer forma, o pedido de informações do vereador petista ainda vai demorar para ser discutido, já que, antes dele, existem outros quinze requerimentos para serem analisados.

REDE TV! COMEMORA VITÓRIA NA LICITAÇÃO DO CLUBE DOS 13

Era só o que faltava! A Rede TV! ganhou a licitação para transmissão do Campeonato Brasileiro nos próximos três anos. Isso talvez explique porque ontem mesmo, num telejornal da Globo, já apareceu um denúncia de corrupção envolvendo um diretor da Rede TV! A notícia sobre a licitação está no site de notícias Sul21, do Rio Grande do Sul:

A RedeTV! comemora a vitória na licitação do Clube dos 13 pela compra dos direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro para o triênio 2012 a 2014. José Alberto Rancoli, diretor comercial da emissora, exaltou a vitória e disse que a “RedeTV!  é a nova emissora do esporte no Brasil”. Rancoli disse que o campeonato brasileiro será “a novela da emissora paulista com sede em Barueri”. 

Quer continuar lendo a notícia? Então clique em Leia mais

LICITAÇÃO VENCIDA POR LARANJA ENVOLVE DEPUTADO DO PSDB EM SÃO PAULO

Investigações do Ministério Público Estadual e da Polícia Civil de São Paulo mostram que uma dona de casa foi utilizada como laranja para abrir uma empresa vencedora de uma licitação fraudulenta. 

Reportagem do jornal Folha de S. Paulo neste sábado indica que o presidente da Assembleia Legislativa Paulista, o deputado Barros Munhoz (PSDB), é acusado de participar do desvio de R$ 3,1 milhões da Prefeitura de Itapira, que ele administrou até 2004. Foram identificados R$ 933 mil em depósitos na conta do parlamentar.

O Ministério Público detectou que quatro licitações fraudulentas foram vencidas pela Conservias, empresa que tinha como sócia uma dona de casa que vive na periferia de Campinas e que diz jamais ter pisado em Itapira. Joleide Ramos Lims afirmou aos repórteres Daniel Roncaglia e Silvio Navarro que apenas emprestou seu nome a um amigo da família, o já falecido José Cardoso, administrador de fato da empresa.

Munhoz considera que a Conservias venceu as licitações porque cumpriu todos os requisitos e defende que os serviços foram efetivamente realizados em Itapira. Sobre o dinheiro depositado em sua conta, o tucano pondera que a quantia é compatível com suas atividades empresariais e que resulta de empréstimos obtidos em 2003.

Quer mais detalhes? Então leia aqui.

DUPLICAÇÃO: GOVERNADOR ALCKIMIN PEDE MAIS TRINTA DIAS

O Diário Oficial do Estado publicou hoje o decreto n. 56.825, do governador Geraldo Alckimin, que declara de utilidade pública, para fins de desapropriação pelo DER, os bens imóveis localizados entre os municípios de Mirassol a Rubinéia, necessários à complementação da duplicação da SP-320, Rodovia Euclides da Cunha. O quilométrico decreto, com data de 11/03/2011, ocupou simplemente 70 páginas do Diário Oficial.

Cerca de 500 áreas contíguas à rodovia – entre Mirassol e Rubinéia – estão sendo declaradas de utilidade pública pelo governador. Elas totalizam 3,3 milhões de metros quadrados e vão custar, aproximadamente, R$ 26 milhões ao governo do Estado.

Segundo o governo, essa era a última etapa do processo burocrático para obter da Secretaria Estadual do Meio Ambiente as licenças ambientais que possibilitarão o início das obras. A estimativa é de que serão necessários mais trinta dias para que as licenças sejam emitidas pelo órgão ambiental.

Resta saber se a Prefeitura de Jales já fez a lição de casa. Segundo matéria do jornal A Tribuna, da semana passada, Jales era uma das duas cidades que ainda não haviam aprovado o projeto de doação de uma área à beira da rodovia, para o governo do Estado. A doação da área, segundo foi informado pelo secretário de Transportes, Saulo de Castro, é imprescindível para a emissão da licença ambiental que antecede ao início das obras.

EM BAURU: PROFESSORA JALESENSE CRIA MÚSICA SOBRE DENGUE

Isso é o que podemos chamar de exportação de talentos. Vejam a notícia que está na edição digital do Jornal da Cidade, de Bauru:

“É o fim da picada”. Esse é o título da música educativa que a professora Rúbia Carla Donda da Silva, de 25 anos, atualmente em Bauru, compôs para poder transmitir aos seus alunos como evitar a procriação do mosquito Aedes aegipty, e, consequentemente, prevenir a dengue. A música foi gravada em 2007, em um estúdio de São Paulo, com uma melodia que traz traços de rap e hip hop bastante animados.

Tudo começou em 2002, quando Rúbia ainda estudava no antigo Centro Específico de Formação e Aperfeiçoamento do Magistério – CEFAM, em Jales. Ela e outros colegas participaram de um concurso de canções sobre a dengue, promovido pelo CEFAM em parceria com a Prefeitura de Jales, onde a professora residia na época.

“Na minha cidade, tinha o Dia de Combate à Dengue e então foi feito um campeonato entre as turmas do CEFAM para premiar as três melhores letras; e a minha estava entre as premiadas”, contou a professora.

A notícia completa do Jornal da Cidade pode ser lida aqui.

FLÁ, NICE, VENTURINI: SUCESSÃO TÁ ESQUENTANDO

Uma fonte bastante fidedigna me garantiu, ontem, que o ex-vereador Flávio Prandi Franco, o Flá, e a sempre candidata Nice Mistilides, teriam uma reunião conjunta agendada para este final de semana. O tema da reunião, é claro, são as eleições municipais de 2012. Flá e Nice tentam afinar os instrumentos para, se for o caso, tocarem juntos na mesma banda. Dizem os “comentaristas políticos” locais que, no momento, ambos estariam à frente na preferência do eleitorado jalesense para a sucessão municipal.

Na definição do Millôr Fernandes, “comentarista político” é aquele sujeito que diz hoje o que vai acontecer amanhã; e quando é amanhã, ele explica porque não aconteceu aquilo que havia previsto hoje. De qualquer forma, sabe-se que – apesar de estarmos a uns 18 meses das eleições – alguns partidos andam providenciando pesquisas para consumo interno, e, de vez em quando, os “comentaristas políticos” divulgam boatos sobre os possíveis números dessas pesquisas.

Por outro lado, a coluna FolhaGeral, do jornal Folha Noroeste, divulgou hoje que o futuro presidente do PSDB, Carlos Roberto Cardoso da Silva, anda conversando muito com o prefeito Humberto Parini. E mais: o colunista disse que, por trás de um suposto lançamento do nome do empresário José Pedro Venturini como candidato a candidato, estaria o dedo do atual prefeito. 

Pelo que sei do Zé Pedro, no momento ele está mais preocupado em cuidar das suas empresas, mas até entre petistas de alta patente existe a suspeita de que Parini não vai fazer muito esforço para eleger o candidato do PT à sua sucessão. De minha parte, não tenho a menor dúvida quanto a isso, mas esse é um problema do Especiato.

DOMINGO, NA TRIBUNA: PREFEITURA DEVE R$ 15 MILHÕES AO INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA

A dívida da Prefeitura de Jales com o Instituto Municipal de Previdência Social já ultrapassa os R$ 15 milhões. Esse será o assunto da matéria assinada pelo jornalista Paulo Reis Aruca, no jornal A Tribuna, edição de amanhã, domingo. Este aprendiz de blogueiro não tem idéia de qual era o valor dessa dívida em 2005, quando Parini assumiu a Prefeitura, mas, segundo fiquei sabendo, em 2009 a dívida era de R$ 11,2. Isso significa que, em menos de dois anos, o débito da Prefeitura com o Instituto cresceu cerca de 37%.

A Tribuna trará matéria do Alexandre Ribeiro, o Carioca, sobre as suspeitas de que os assaltantes da Fuga Couros tenham assaltado também um posto de gasolina, em Jales. Em outra matéria, o assunto vai ser a contenda Parini x Escola Livre de Teatro – Elite, que teve um novo capítulo durante a semana. O lixo que está sendo despejado na estrada municipal que leva ao antigo Lixão também é assunto prá uma outra matéria de A Tribuna. E ainda tem o artigo do Poletto que, nesta semana, estará falando sobre “Os Caminhos (esburacados) do PT de Jales”.

A PRAÇA É DO POVO?

A Praça é do povo, já dizia Caetano Veloso. Mas só se for a Praça Castro Alves, lá na Bahia. Aqui em Jales, a Praça é do mato. Vejam os dois casos das fotos abaixo. A da esquerda, é da Praça Genésio Vicente da Silveira, no Jardim Maria Silveira, ali pros lados da Igreja Santo Antonio. É um bocado difícil de ver na foto, mas no meio do matagal tem um daqueles montes de terra – de razoável tamanho – feito por cupins. E a foto da direita é da Praça Japonesa, ao lado do Terminal Rodoviário. Na verdade, a Praça tem outro nome, mas eu não me lembro. O fato é que, há algum tempo, ela foi reinaugurada com motivos nipônicos e, por inspiração do secretário José Shimomura, imagino eu, passou a ser chamada de Praça Japonesa. E, convenhamos, já que ninguém conhece a Praça por seu verdadeiro nome mesmo, não custa a gente chamá-la de Praça Japonesa, ao invés de Praça da Rodoviária.

ARIADNA NA “PLAYBOY”: O SEGREDO DA EX-BBB AINDA NÃO FOI REVELADO

Nem tudo é tragédia! Numa sexta-feira em que o mundo e os telejornais falaram apenas de terremotos e tsunamis, temos, finalmente, uma boa notícia para comemorar.  A boa nova está na edição digital do jornal carioca Extra. Vejam com os próprios olhos e me digam se o Brasil não é mesmo um país abençoado por Deus e bonito por natureza:  

“A edição deste mês da ‘Playboy’ traz um aperitivo do ensaio de Ariadna, que chega no próximo dia 25 às bancas. São seis fotos, todas em preto e branco, que revela pouco da transexual do “BBB 11”. Tem foto do bumbum, dos seios, mas nenhuma revela ainda o segredo da morena.”

Pergunta do blogueiro: e, afinal de contas, quem é que está interessado no segredo da Ariadna?

A CRÔNICA DO PASCHOALINO – “SONHOS DE VERÃO”

E o Paschoalino S. Azords acaba de me mandar a crônica que vai sair no jornal Debate, de Santa Cruz do Rio Pardo, neste final de semana. Começa assim:  

Por que não pensei nisso antes? Eis uma pergunta cada vez mais freqüente no mundo de hoje. E não é pergunta para ser feita somente em congressos e feiras de ciência. A qualquer hora, qualquer um de nós pode escorregar nessa indagação abismal: diante das bobagens da TV, calado no banco da igreja, falante na mesa do bar…

A crônica por inteiro você pode ler clicando em Leia mais

1 1.057 1.058 1.059 1.060 1.061 1.102