Arquivos do autor: cardosinho

MARCHA CONTRA A CORRUPÇÃO REÚNE 25 MIL PESSOAS EM BRASÍLIA

Em Brasília, depois da absolvição da Jaqueline Roriz, parece que o espírito dos caras-pintadas está de volta. A notícia é do portal R7:

Cerca de 25 mil pessoas participaram nesta quarta-feira (7) da Marcha Contra a Corrupção, em Brasília. Com cartazes pregando o fim do voto secreto dos parlamentares e contra a absolvição da deputada federal Jaqueline Roriz (PMN-DF), os manifestantes ocuparam toda a Esplanada dos Ministérios até a praça dos Três Poderes.

Inicialmente, a Polícia Militar calculou em 10 mil o número de presentes à marcha, mas logo após o fim da manifestação admitiu que 25 mil compareceram. A organização contava com uma adesão entre 25 mil e 30 mil pessoas.

Organizada nas redes sociais – como o Facebook, o Twitter e o Orkut –, a marcha se valeu de cartazes e faixas, algumas bem-humoradas e outras mais radicais, para apelar a um sentimento de mobilização que não se via desde a época dos caras pintadas, quando houve o impeachment do ex-presidente Fernando Collor.

PAULA FERNANDES SE SURPREENDE COM VAIAS DURANTE PREMIAÇÃO

E agora, uma notícia que vai deixar o Poletto chateado e, ao mesmo tempo, alegre. Segundo eu fiquei sabendo, ele tem todos os CDs da Paula Fernandes, e, certamente, não vai gostar de saber que sua musa foi vaiada.  Mas, de outro lado, ele vai gostar de ficar sabendo que a moçoila continua sem namorado. Vamos ao registro da revista Contigo:

Além de Restart e NX Zero, Paula Fernandes também faturou duas estatuetas no 18º Prêmio Multishow, que aconteceu, no HSBC Arena, no Rio de Janeiro. Ao subir no palco para receber o prêmio na categoria Sertanejo a cantora foi vaiada e disse que se sentiu surpresa com a reação do público.

 “Fiquei surpresa com as vaias e não entendo, pois estou aqui para curtir a festa e estar com o pessoal da música e não para competir”, disse a cantora.

Solteira, Paula desmentiu mais uma vez o romance com Roberto Carlos.

“Estou há 2 anos sozinha. Nesse tempo até rolou um namorico, mas não foi com o Roberto”, esclareceu.

A NOVA SECRETARIA MUNICIPAL DE FAZENDA, MAIS UMA “OBRA” DO ESTADISTA

Já escrevi sobre esse assunto, mas aproveito o feriado, quando não se tem grandes novidades, para voltar a ele. O lançamento da pedra fundamental – uma especialidade do secretário Shimomura – aconteceu em abril de 2009, mas a novela que envolve a construção do prédio da foto começou em abril de 2005, quando o prefeito Humberto Parini conseguiu a aprovação da Câmara – com votos contrários do Pêgolo e do Gilbertão – para buscar um empréstimo junto ao BNDES, visando à modernização do setor de tributação da Prefeitura. Coisa de R$ 875 mil.

Do total acima, cerca de R$ 150 mil foram investidos na construção da nova sede da Secretaria Municipal de Fazenda, uma idéia genial do nosso premiado estadista, que permanece inacabada. Em princípio, o estadista havia determinado a construção da nova Secretaria bem ao lado do prédio do Paço Municipal, no espaço que serve de estacionamento para os carros da Prefeitura. Depois de pronto o projeto, o nosso pequeno gênio resolveu mudar tudo, após perceber que os carros, inclusive o dele, ficariam sem lugar para estacionar.

Escolheu-se, então, um novo local e determinou-se que fosse feito um novo projeto, mais de acordo com o terreno escolhido pelo prefeito, entre o comboio e a estação ferroviária. Agora, vejam vocês: enquanto algumas pessoas defendem a idéia da centralização, por exemplo, dos órgãos da Justiça em um único local – a chamada Cidade Judiciária – o nosso estadista, na contramão, faz exatamente o contrário.

E o que é pior: passados mais de seis anos do início da novela e mais de dois anos do lançamento da pedra fundamental, a nova Secretaria Municipal de Fazenda continua sendo apenas um esqueleto, como se pode ver pelas fotos que ilustram este post. Seguramente que o estadista vai deixar para o seu sucessor a incumbência de concluir o monstrengo que ele, sem consultar ninguém, inventou. Resta saber se os próximos prefeitos vão querer dar sequência a essa “idéia de jerico”. 

EMPRESÁRIO CERCA TERRENO QUE INCOMODAVA VIZINHANÇA

Como disse que faria, o empresário Irineu Amadeu, o “Cabelim”, providenciou um tapume e cercou o terreno localizado na esquina das Ruas 10 e 11, onde ficava a residência – recentemente demolida – da tradicional família Moraes. Como foi veiculado neste blog, o terreno vinha sendo utilizado como estacionamento e a poeira levantada do local estava causando transtornos à vizinhança. Com o tapume, os problemas devem ter diminuído. Só falta agora restaurar a calçada.

DILMA ANUNCIA INSTALAÇÃO DE 208 INSTITUTOS FEDERAIS. JALES ESTÁ FORA DA LISTA

O amigo visitante deste blog já deve ter visto uma publicidade do Ministério da Educação, que está sendo veiculada pela mídia televisiva em horário nobre. Nela, diz-se, entre outras coisas, que a presidenta Dilma está criando mais 04 universidades federais, 47 câmpus universitários e 208 unidades de institutos federais de educação, ciência e tecnologia – IFET.

E o amigo visitante já deve ter lido, também, alguma coisa sobre a vinda de uma extensão da UFScar para Jales, mas nem vamos falar sobre isso, pois, aparentemente, nem o nosso prefeito acredita nessa possibilidade. Falemos sobre a possibilidade da vinda de uma unidade do Instituto Federal de São Paulo, coisa que está sendo reivindicada pelo vereador Luís Especiato(PT), conforme se pode ver aqui.

Pois bem, das 208 unidades de institutos federais anunciadas pela presidenta Dilma, 88 já estão sendo construídas e deverão iniciar suas atividades até o final de 2012. No estado de São Paulo estão sendo construídas 08 unidades, nenhuma em Jales. E no dia 16 de agosto passado, a presidenta chamou a Brasília os prefeitos das cidades que serão beneficiadas com as outras 120 unidades, as quais começarão a ser construídas em 2012 e deverão estar prontas até o final de 2014.

O amigo visitante deve estar imaginando que, com certeza, o nosso premiado estadista foi um dos prefeitos chamados a Brasília para a assinatura dos convênios para instalação do chamado IFET, correto? Afinal, ele é do PT e consegue coisas até no STF… Ledo e Ivo engano! Em que pese o esforço do vereador Especiato e o prestígio do nosso prefeito, Jales não está na lista das cidades  contempladas com uma unidade do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia.

A relação completa das 16 cidades paulistas contempladas com um IFET vai estar no jornal A Tribuna, de domingo.     

JUSTIÇA BLOQUEIA PAGAMENTO DE SHOW DE DUPLA SERTANEJA EM MATO GROSSO

Deu no portal Diarioweb

A Justiça de Mato Grosso determinou hoje o bloqueio de contas de organizadores de evento para evitar o pagamento com dinheiro público do show da dupla Zezé di Camargo e Luciano realizado no último domingo, 4, na 5ª Expodiamantino, no município de Diamantino.

A decisão atende ao pedido da promotora de Justiça Anne Karine Louzich Hugueney Wiegert, da 2ª Promotoria de Justiça Cível de Diamantino. O MPE argumentou que o evento é da iniciativa privada, mas o show da dupla sertaneja foi custeado com recursos públicos da Prefeitura de Diamantino. O show da dupla custa R$ 210 mil.

Wiegert disse que decidiu propor a ação cautelar depois de ter recebido denúncia anônima sobre “a irregularidade”. Ela disse que requisitou informações ao prefeito Juviano Lincoln. O prefeito respondeu e encaminhou a nota de empenho, mas não esclareceu se o recurso já havia sido repassado integralmente à dupla. Diante disso, a promotora entrou com a ação cautelar para tentar “impedir eventual repasse e assegurar o bloqueio das contas” dos organizadores da feira e da empresa responsável pelos shows “Maciel & Santana Ltda ME” e da bilheteria do show da dupla sertaneja Zezé di Camargo e Luciano.

Segundo Wiegert, os patrocinadores da Expodiamantino receberam patrocínios para divulgação e arrecadaram com o aluguel dos espaços cujos preços variaram entre R$ 500 e R$ 7 mil, sem contar a venda dos ingressos. A medida cautelar é preparatória para a ação principal que, segundo a promotora, “buscará responsabilização por atos de improbidade administrativa”. Procurada pela reportagem, a assessoria de imprensa do prefeito não quis se pronunciar.

BRASIL É O SEGUNDO PAÍS MAIS SEXUALMENTE ATIVO DO MUNDO, DIZ PESQUISA

A notícia é do Jornal do Brasil:

O Brasil é o segundo país onde mais se tem relações sexuais no mundo. A informação é da fabricante de camisinhas Durex, que aproveitou o “Dia do Sexo”, comemorado nesta terça-feira (6), e divulgou uma lista com os dez países que mais sexualmente ativos.

Quem ficou com a primeira posição foi a Grécia, onde 87% dos entrevistados afirmaram ter relações pelo menos uma vez por semana. O Brasil chega perto, com 82%.

O objetivo do levantamento era traçar um perfil da sexualidade em cada país. Segundo a pesquisa, ainda que 60% das pessoas considere o sexo uma prática essencial, menos da metade (44%) está completamente satisfeita com suas vidas sexuais.

Além disso, a pesquisa mostrou que apenas 48% dos entrevistados afirmaram ter orgasmos com frequência. De acordo com o estudo, a satisfação sexual é consequência de uma série de fatores, como a saúde física e mental e a regularidade com que as pessoas fazem sexo.

DIRETORIA DE SINDICATO É AFASTADA PELA JUSTIÇA POR DESVIO DE DINHEIRO

Isso é o que podemos chamar de sindicalismo de resultados. A notícia é do portal Região Noroeste

O juiz da 2ª Vara Criminal de Fernandópolis, Vinícius Castrequini Bufulin, afastou toda a diretoria do Sindicato dos Empregados Rurais por indícios de apropriação indébita dos recursos arrecadados nas mensalidades dos associados.

Uma denúncia feita no dia 26 de agosto ao Ministério Público, apontou que havia um esquema de desvio de dinheiro dos cofres do Sindicato para finalidades particulares o que motivou a sequência da ação do promotor Eduardo Caetano Querobim.

Uma medida cautelar afastou o presidente Clarismino de Jesus Flávio, mais conhecido como Lúcio, o tesoureiro Amadeu Bussolo Filho e o secretário Valdomiro Neto Siqueira das funções administrativa além do bloqueio dos bens dos três envolvidos.

O processo 601/2011 que tramita no Fórum de Fernandópolis deve ter desdobramento nos próximos dias já que um inquérito policial deve ser instaurado para apurar as denúncias contra a diretoria. A justiça deve pedir perícia nos documentos onde comprovam irregularidades.

Até que as investigações não concluam, o Sindicato dos Empregados Rurais de Fernandópolis passa a ser comandado pelo funcionário Marcos Antônio Coltro, gestor nomeado pela Justiça.

COM A VOLTA DE BARBOSA, LIMINAR QUE MANTÉM PARINI PENDURADO AO CARGO SEGUE ANDANDO

Não está parada a liminar obtida por Parini no STF. A Reclamação 12247, aquele recurso que rendeu ao prefeito Humberto Parini a liminar que o mantém no cargo, deu mais um passo à frente na semana passada. O ministro Joaquim Barbosa, que voltou ao batente no dia 31/08, deu um despacho já no dia 02/09, determinando a solicitação de informações. 

No mesmo despacho ele determinou que, depois de transcorrido o prazo legal para apresentação das informações, a Reclamação seja remetida ao procurador-geral da República para manifestação. E por falar em Joaquim Barbosa, vejam a matéria do jornalista Eliomar Lima, publicada pela revista IstoÉ, desta semana:

Ao regressar ao Supremo Tribunal Federal na quarta-feira 31, depois de mais de dois meses de licença, o ministro Joaquim Barbosa, 56 anos, convocou assessores para uma conversa importante em seu gabinete. Na reunião de mais de duas horas de duração, o ministro manifestou um grande aborrecimento. Não bastasse ter perdido relatorias de processos rumorosos, afirmou ter percebido no tribunal um ambiente envenenado, principalmente por rumores sobre sua aposentadoria precoce. Disse enxergar uma “conspiração” para mandá-lo de vez para casa.

Nos diálogos reservados, Barbosa desabafou: “Isso acontece com quem incomoda.” Aos que desejam vê-lo fora do Supremo, no entanto, Barbosa foi taxativo. Nas mesmas conversas particulares, o ministro garantiu que não tem intenção de se aposentar. Foi além. Disse que vai transformar o seu gabinete num bunker de resistência.“Só saio do Supremo antes dos 70 anos se eu morrer”, afirmou, referindo-se à idade limite para todos os servidores públicos.

Quem conhece Barbosa sabe o que o move. Filho de um pedreiro com uma dona de casa, ele passou a sustentar a mãe e seus sete irmãos aos 16 anos, quando o pai foi embora. Deixou no passado seus dias de auxiliar gráfico para se tornar um dos 11 membros da mais alta Corte da Justiça brasileira. Hoje, Barbosa tem nas mãos uma das principais relatorias do STF, que trata do mensalão do PT, e prevê que, apesar das dificuldades, seu parecer estará pronto no início de 2012. Ele suspeita que talvez seja exatamente esse o motivo da boataria a seu respeito. O próprio ministro considera que estão criando pretexto para retirar do caminho “quem não agrada”.

MPF EM JALES MOVE AÇÃO PARA QUE DEFICIENTE APROVADO EM CONCURSO SEJA NOMEADO

Uma equipe da TV Record esteve em Jales, nesta terça-feira, entrevistando o veterinário João Paulo, que é funcionário da Secretaria Municipal de Agricultura. O assunto, provavelmente, deve ter sido o mesmo da notícia veiculada pela assessoria de imprensa do Ministério Público Federal, abaixo reproduzida:

Ele venceu a maratona dos concursos públicos e foi aprovado em primeiro lugar para o cargo de médico veterinário do Conselho Regional de Medicina Veterinária. Mas, quando se preparava para “colher os louros da vitória”, João Paulo Fernando Buosi viu seu nome ser preterido no concurso sob o argumento de que a paralisia nos membros inferiores o impediria de exercer o emprego para o qual se candidatou.

O caso vem sendo acompanhado desde 2009 pelo Ministério Público Federal em Jales, que chegou a expedir duas recomendações para que o candidato fosse submetido a perícias médicas com o cumprimento das exigências legais. Mas, mesmo com os pareceres favoráveis das juntas médicas, que consideram-no apto a realizar trabalho interno e externo com apenas uma restrição – visitação a fazendas ou locais de terra em dias chuvosos e restrição a visitação de locais de difícil acesso – sua nomeação não aconteceu.

“Em uma verdadeira saga de horrores e preconceito, o candidato foi preterido pela comissão do concurso, que tenta de todas as maneiras justificar sua postura absurda perante o candidato, contrariando todos os laudos e afrontando os preceitos legais pertinentes ao caso”, afirmou o procurador da República Thiago Lacerda Nobre, responsável pelo caso.

Na ação, o procurador pede que seja determinado, através de liminar, a nomeação de Buosi para o cargo em que foi aprovado em primeiro lugar na lista de candidatos com deficiência. Nobre também pede que o CRMV seja condenado ao pagamento de uma multa de R$ 1 milhão, que será revertida para medidas de inclusão de pessoas com deficiência.

1 1.057 1.058 1.059 1.060 1.061 1.199