Arquivos do autor: cardosinho

OS AFLITOS DO TURISMO

Deu na coluna Radar on Line (Veja), do Lauro Jardim:

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

6:03 \ Congresso

As prisões no Ministério do Turismo tiraram o sono de muita gente no Congresso. Não há como dimensionar o tamanho do grupo dos aflitos, mas é possível imaginar que ele seja grande. No ano passado 417 deputados e 53 senadores apresentaram emendas ao ministério. Somando com emendas de bancadas e de comissões, o total destinado ao Turismo chega a 2,7 bilhões.

E os problemas do Ministério do Turismo teriam tirado o sono de algumas pessoas também aqui em Jales, segundo o jornalista Roberto Carvalho, da Folha Noroeste. Desde que Parini assumiu a Prefeitura, aquele Ministério já liberou cerca de R$ 2,8 milhões para Jales.

Entre outras emendas, foram liberados R$ 950 mil para a Facip; R$ 450 mil para o Arraial da Antena 102; R$ 150 mil para a Festa do Caminhoneiro; R$ 100 mil para a Festa da Uva; R$ 65 mil para o Reveillon 2007. Nesses valores não estão computadas as contrapartidas. Registre-se, também, que, no caso da Festa do Caminhoneiro, boa parte da verba não foi utilizada.

O primeiro convênio assinado por Parini no Ministério do Turismo foi o do famoso Portal da Cidade. E pelo menos duas obras patrocinadas pelo dinheiro do Ministério do Turismo estão paralisadas. A reforma da Praça “Euphly Jalles” (R$ 70 mil) e a Urbanização do Bosque Municipal (R$ 150 mil).  

PESSOAS MAIS ALTAS SÃO MAIS PROPENSAS AO CÂNCER

Pelo menos nisso os baixinhos, como eu, estão levando alguma vantagem. A novidade está no portal Super Notícia, de Minas Gerais: 

Segundo pesquisa realizada pela Universidade de Oxford, pessoas mais altas têm maior risco de desenvolver câncer ao longo da vida. A cada 10 cm a mais de altura, o risco de ter um dos dez tipos mais comuns de câncer aumenta em 16%, defende o estudo publicado na revista científica “Lancet Oncology”.

Cerca de 1,3 milhão de mulheres de meia-idade na Grã-Bretanha foram acompanhadas pelos pesquisadores entre 1996 e 2001. O estudo registrou 750 casos de câncer por grupo de 100 mil por ano entre as mulheres mais baixas (com menos de 1,52 m), enquanto, entre as de altura mediana, com 1,62 m, o número subiu para 850 casos de câncer. No grupo mais alto, com 1,75 m, houve mil casos. Os tipos de câncer que seriam afetados pela altura são os de cólon, retal, melanoma maligno, mama, útero, ovário, rim, linfoma, linfoma não hodgkin e leucemia.

Apesar de o estudo ter analisado apenas dados de mulheres, os pesquisadores dizem que a relação com a altura também está presente nos homens. Eles reuniram outras dez pesquisas que mostravam resultados similares com homens. “Claro que a altura em si não pode afetar o câncer, mas pode ser um indicador para outra coisa”, diz Jane Green, responsável pela pesquisa.

Especialistas acreditam que a explicação pode estar na quantidade de células. Pessoas mais altas têm mais células no corpo, logo, há mais células que podem sofrer mutações, o que levaria ao câncer. Outra possibilidade é que os hormônios aumentam a taxa de divisão celular, o que aumentaria o risco de câncer. 

SOLTO VEREADOR SUSPEITO DE ESTUPRAR ADOLESCENTE

Ubá, nas Minas Gerais, a terra natal do grande Ary Barroso, já teve dias melhores. Vejam a notícia do portal Hoje em Dia

O vereador Antero Gomes de Aguiar (PT) preso na quinta-feira (11) suspeito de estupro de uma menina de 12 anos está em liberdade por decisão da Justiça de Ubá. Ele foi solto por um habeas corpus, expedido na sexta-feira, após pagamento de fiança. Ao que tudo indica, o vereador retorna à Câmara Municipal de Ubá já na segunda (15).

Autuado em flagrante, Antero do Ônibus, como era conhecido, passou três dias na prisão, assim como a mãe da menor, de 31 anos. Os dois foram detidos após denúncia de um homem que fotografava a região do Horto Florestal, em Ubá, que percebeu uma movimentação estranha dentro Fiat Uno azul, placa GNA-6973.

Apesar de ter afirmado aos policiais que havia levado a mulher e a filha para mostrar os macaquinhos na floresta, Antero foi detido depois de a adolescente admitir que havia sido abusada pelo vereador. A testemunha chegou a gravar um vídeo do suposto abuso e entregou à polícia. Ambos foram autuados por estupro de vulnerável e conduzidos ao presídio da região, onde aguardavam julgamento.

TOURO RATÓN FAZ TERCEIRA VÍTIMA FATAL NA ESPANHA

O touro Ratón é tão famoso na Espanha, quanto o touro Bandido era no Brasil. A diferença é que o Bandido, apesar do nome, nunca matou nenhum peão. Vejam o vídeo que está correndo na internet e a notícia do G1:

You need to a flashplayer enabled browser to view this YouTube video

Um touro chamado Ratón fez sua terceira vítima fatal na Espanha, matando um homem durante uma tradicional festa popular do mês de agosto na cidade de Xativa – um evento voltado para toureiros amadores. Ratón é um animal renomado na Espanha, onde seu temido histórico fez dele uma lenda frente a toureiros profisionais e amadores nas arenas do país.

A vítima deste sábado, cujo nome não foi revelado, era um homem de 30 anos e o terceiro participante da festa morto pelo touro de 500 quilos nos últimos dez anos. O homem ferido por Ratón morreu no hospital após ter sido lançado pelo animal ao redor da arena. Segundo relatos, o toureiro amador aparentava estar embriagado.

Imagens filmadas na arena e que vêm sendo exibidas com regularidade na TV espanhola mostram o touro levantando o homem com os chifres e o atirando ao chão antes de voltar a atacá-lo. O toureiro foi imediatamente retirado da arena, mas acabou morrendo no hospital.

Relatos da mídia local afirmam que ele aparentava estar bêbado e já havia sido retirado da arena várias vezes antes de o animal ter aparecido. Touradas profissionais e de eventos voltados para amadores como o deste final de semana representam uma parte central da festa anual de verão em Xativa, que reúne tradições que remontam há décadas.

Ratón, cujo nome estava estampado em cartazes espalhados pela cidade, é muito requisitado nas ‘fiestas’, o que, segundo seus proprietários, elevou o valor de cada uma de suas participações para mais de US$ 14 mil (cerca de R$ 22,5 mil).

GAÚCHA VENCE CONCURSO MISS MUNDO BRASIL

A notícia nem é tão importante, mas as fotos da bela gaúcha merecem ser vistas. Deu no G1:

A representante do Rio Grande do Sul, Juceila Bueno, de 23 anos, venceu neste sábado (13) o concurso Miss Mundo Brasil, em evento realizado em um hotel de Angra dos Reis. Em segundo lugar ficou a candidata de Sergipe, Mariane Silvestre, e em terceiro lugar ficou a representante de São Paulo, Ana Cecília Cunha.

A nova Miss Mundo Brasil vai representar o país no concurso Miss Mundo 2011 que será realizado em Londres, Inglaterra, em novembro.

BENITO DI PAULA – “RETALHOS DE CETIM”

O Poletto e o professor José Antonio Carvalho não vão gostar disso, mas acho que devo essa pro Ziquinho. O Ziquinho, também conhecido por Paulo César Turazza, é um dos maiores fãs do Benito Di Paula e, durante a semana, me presenteou com uma cópia do primeiro disco do Benito, gravado em 1971. Por conta desse disco, o Benito teve problemas com o regime militar, que censurou e retirou a bolacha das lojas, porque, entre as músicas gravadas, estava “Apesar de Você”, do Chico Buarque.

Depois dessa primeira experiência, o Benito, que nasceu com o nome de Uday Veloso e cantava na noite prá garantir o leite das crianças, gravou um segundo disco, que não foi censurado, mas também não fez nenhum sucesso. Mas no terceiro, gravado em 1973, ele acertou a mão. A bolacha chamava-se “Um Novo Samba” e trazia a música “Retalhos de Cetim”, que estourou nas paradas. Às vesperas de completar 70 anos (28/11/1941), Benito já tem 35 discos gravados. Abaixo, um vídeo recente, onde ele e a platéia cantam “Retalhos de Cetim”:

You need to a flashplayer enabled browser to view this YouTube video

 

DESTAQUES DOS JORNAIS

Estas foram as manchetes dos jornais locais, neste final de semana:

Folha Noroeste: “Até julgamento do mérito, liminar mantém prefeito Parini no cargo”

Folha Regional: “STF devolve cargo de prefeito a Humberto Parini”

Jornal de Jales: “Médico propõe instalação de hospital estadual em Jales”

A Tribuna: “Liminar do STF ampara volta de Parini ao cargo”

A Folha Noroeste destacou a cerimônia que marcou a volta de Parini ao comando da Prefeitura, que teve as presenças de Clóvis Viola, Claudir Aranda, do bispo dom Demétrio Valentini, de assessores e funcionários. Outras manchetes da Folha Noroeste: “Quase 30 anos de escola e milhares de ‘filhos’: o lendário seo Zezinho”;  “Favaleça encontra-se com ministro Haddad, em Votuporanga”. Na coluna FolhaGeral, o editor Roberto Carvalho registrou que as investigações da Polícia Federal no Ministério do Turismo estaria tirando o sono de muita gente por aqui e por aí.

Na Folha Regional, o destaque também foi a volta de Parini ao cargo de prefeito. Outras manchetes: “Euclides da Cunha mata 15 em seis meses na região”;  “Delegado lança cartilha alertando sobre o perigo das drogas”; “27a. Romaria acontece dia 21”;  “Produtores de Pontalinda vão participar do Projeto Microbacia II”. E na coluna Ella, o Marcos Oliveira e o Douglas Zílio demonstraram, mais uma vez, competência e bom gosto: eles escolheram a bonitérrima Evellin Zacheo, de 16 anos, para enfeitar a coluna.

Apesar da manchete destacar outro assunto, a recondução de Parini ao cargo de prefeito mereceu uma página inteira do Jornal de Jales , que ressaltou a fala do bispo dom Demétrio Valentini, segundo a qual “é hora de serenar os ânimos”. Outras manchetes do JJ: “Liminar de ministro do Supremo devolve mandato a Parini”;  “Grupo investe em moda masculina”;  “Catadores fazem lixo virar dinheiro”. Na coluna Fique Sabendo, o jornalista Deonel Rosa Júnior informou que, segundo a reitora da Unijales, Maria Christina Soler Bernardo, são absolutamente improcedentes os rumores de que a Faculdade de Jales estaria sendo vendida à Unip. 

Em A Tribuna deste domingo, mais uma vez o destaque foi o cai-não-cai do prefeito Humberto Parini. O jornal também fez um resumo dos outros 10 processos contra Parini, que estão em andamento. Outras manchetes de A Tribuna: “Clóvis Viola diz que fez o que tinha que ser feito”;  “Moradora reclama de matança de gatos no São Jorge”;  “Prefeitura pagou R$ 2 mil por prêmio dado a Parini”;  “Casa abandonada vira ponto de tráfico em pleno centro”. Na coluna Enfoque, o jornalista Paulo Reis Aruca ressaltou que a decisão do STF, que devolveu a cadeira de prefeito a Parini, deve ser aceita como algo democrático e justo. Pelo menos até que o ministro Lewandowsky analise os documentos referentes ao processo.  

CINCO PERSONAGENS A PROCURA DE UM AUTOR

Acho que o Pica-Pau tem razão! Este blog não seria nada sem personagens como o nosso premiado estadista, Humberto Parini, a prefeita, digo, a  primeira-dama Rose Parini, a primeira-ministra Marli Mastelari, o czar das finanças, Rubens Chaparim, e outras figuras menos interessantes. Afinal, nas duas semanas em que se deu o entra-e-sai de prefeitos, o blog alcançou números expressivos.

Entre a segunda e a sexta-feira desta semana, por exemplo, foram 8.329 visitas de gente interessada – provavelmente – em saber as novidades do Caso Facip 97. Já nos sete dias da semana anterior, foram 8.890 visitas. Lembrando que, nos finais de semana, o número de visitantes cai a pouco mais da metade.

Devo torcer, então, para que os meus personagens preferidos tenham vida pública longa. Acho até que, como vem sugerindo alguns comentaristas, devêssemos mudar a lei, a fim de permitir um terceiro mandato à nossa pref…, aliás, primeira-dama. Prá ser sincero, se eu tivesse metade do talento do Pirandello, o autor do clássico “Seis Personagens à Procura de Um Autor”, me arriscaria a escrever uma brochura sobre os  quatro personagens lá de cima. E, prá garantir alguma graça ao enredo,  completaria o quinteto com o patético Pica-Pau.

Voltando aos números, fico agradecido a todos vocês que ajudam a fazer este blog, inclusive àqueles que o visitam para nos espinafrar.    

MINISTRO DA AGRICULTURA REBATE ACUSAÇÕES E DIZ QUE REVISTA VEJA PRATICA ‘ASSASSINATO DE REPUTAÇÃO’

Parece que Ribeirão Preto está mesmo na moda! Neste sábado, tivemos  duas interessantes matérias jornalísticas envolvendo o ministro da Agricultura, Wagner Rossi. A primeira é da Veja, com acusações sobre multiplicação de patrimônio. Para ilustrar a matéria e reforçar as acusações, a Veja mostrou a casa do ministro, em Ribeirão Preto-SP, avaliada em R$ 9 milhões. Abaixo, a casa e um trecho da matéria:

Amigo há 50 anos e leal servidor do vice-presidente Michel Temer, Wagner Rossi entrou para a política em 1982, quando concorreu pela primeira-vez a deputado federal. Até então, levava uma vida modesta de professor universitário. Morava em uma casa de classe média em Ribeirão Preto, tinha uma Kombi, uma Belina e um Fusca Laranja, com o qual fez a campanha. “Ele não tinha dinheiro nem para bancar os santinhos”, lembra João Gilberto Sampaio, ex-prefeito de Ribeirão Preto. Depois de dois mandatos como deputado estadual, dois como deputado federal, a presidência da Codesp, da Conab e dois anos como ministro (funções cujo salário máximo é de 26 mil reais), sua ascensão patrimonial impressiona.

O homem do fusca laranja e sua família são, hoje, proprietários de empresas, emissoras de rádios, casas e fazendas. Wagner Rossi mora numa das casas mais espetaculares de Ribeirão Preto, no alto de uma colina, cercada por um bosque luxuriante, numa área de 400 mil metros quadrados. Adquirida em 1996, quando ele era deputado, a mansão é avaliada hoje em 9 milhões de reais. Tudo, nas palavras do ministro, conquistado com o esforço de 50 anos de trabalho e uma herança recebida.

A matéria completa da Veja pode ser lida aqui. Já a outra matéria é do portal Brasil Atual, onde o ministro se defende e acusa a Veja de praticar assassinato de reputação. Vamos ao que saiu no Brasil Atual:

O ministro da Agricultura, Wagner Rossi, emitiu comunicado neste sábado (13) lamentando o jornalismo praticado pela revista Veja, da editora Abril, e desmentindo as novas acusações publicadas contra si.

“Isso não é jornalismo. É assassinato de reputação. Vou pedir à Justiça o direito de resposta”, afirma o integrante do PMDB na nota. Ele diz haver sido procurado pela publicação nas últimas quinta e sexta-feiras. “Todas as perguntas enviadas a mim na quinta-feira foram respondidas em menos de 24 horas. Nada, porém, foi aproveitado por repórteres e editores.”

É a terceira semana seguida em que a revista investe em denúncias contra Rossi. A primeira foi feita por Oscar Jucá Neto, irmão do líder do governo no Senado, Romero Jucá, que acusou haver um esquema de irregularidades dentro da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), o que resultou na demissão do secretário-executivo do ministério, Milton Ortolan. Esta semana, Rossi esteve no Congresso para explicar a situação da Agricultura, e recebeu o apoio de seus colegas de partido.

Agora, Veja se debruça sobre o patrimônio pessoal de Rossi para assegurar que o ministro tem uma vida repleta de irregularidades. No comunicado, o peemedebista se defende, garantindo que não cometeu desvios nas passagens pela Conab e pela Companhia Docas de São Paulo (Codesp). Ele acredita que fere o bom senso a acusação de que cobrou R$ 2 milhões de propina em um contrato no valor de R$ 2,9 mi. “Pior. É lançada sem qualquer prova ou indício de materialidade”, defende-se, lamentando que a publicação se baseie unicamente na declaração de um funcionário demitido.

“Essa é mais uma campanha orquestrada com interesses políticos. Não querem apenas desconstruir minha credibilidade ou acabar com minha imagem, mas destruir a aliança política vitoriosa nas urnas em outubro do ano passado”, conclui.

SIMON ARTICULA SESSÃO DE SOLIDARIEDADE A DILMA

José Célio Martini, o profeta do apocalipse, dizia, antes das eleições, que os aliados desonestos se arrependeriam de ter votado em Dilma, enquanto, de outro lado, os oposicionistas éticos se arrependeriam de não ter votado  nela. Vejam se não é isso que está acontecendo. A notícia é do portal Congresso em Foco:

Aos poucos, começa a se formar uma corrente de apoio à presidenta Dilma Rousseff no Congresso. Ela vem de senadores que ficaram à margem dos entendimentos que levaram seus partidos a compor a base de sustentação do governo. Não estão no grupo os principais líderes dos partidos aliados, incomodados com as seguidas denúncias de corrupção e com a disposição de Dilma de reagir a elas afastando dos cargos aqueles que são apontados como responsáveis.

Diante da informação, divulgada pelo Congresso em Foco, de que a cúpula do PMDB reuniu-se para arquitetar “um susto” em Dilma, o senador Pedro Simon (PMDB-RS), um dissidente no partido, iniciou as articulações para que, na segunda-feira (15), um outro grupo de políticos reveze-se na tribuna em apoio à presidenta, numa demonstração de que ela não está isolada.

“Eu vou dizer de cara: eu gosto da presidenta”, disse Simon, em discurso no plenário na quinta-feira (11). “Porque ela está fazendo o que o Lula não fez, o que o Fernando Henrique não fez. Ela está tendo coragem de agir contra a corrupção, o que eles não fizeram”, fuzilou Simon. Para Simon, o problema de Dilma é que a composição do Ministério e a divisão do poder antes do início do governo foram feitas tomando por base referências meramente políticas. Daí, a reação dos partidos. Nesse sentido, Simon até recomenda: “Vá com calma, presidenta. Não tente mudar tudo da noite pro dia. Mas não recue”. 

A notícia do Congresso em Foco, completa, pode ser lida aqui.

1 1.122 1.123 1.124 1.125 1.126 1.252