Arquivos do autor: cardosinho

“PETISTAS” QUEREM EXPULSAR VEREADORA TATINHA DO PARTIDO

Vejam só como são as coisas. Com todos os problemas que vem enfrentando ultimamente, a nossa doce e generosa primeira-dama, Rosângela Parini, ainda encontra disposição para revirar o seu infindável saco de maldades e tentar aprontar mais uma maldadezinha qualquer. Segundo fiquei sabendo hoje, a primeira-dama, assessorada pela primeira-ministra, Marli Mastelari e pelo impoluto  secretário de Administração, José Shimomura, estão correndo um documento entre os membros da Executiva do PT local, onde pedem a expulsão da vereadora Tatinha.

O mote para tão drástica iniciativa, segundo me disseram, seria o fato de o marido da vereadora – que no caso sou eu – manter um blog, onde, ainda segundo os autores do papelucho, a administração municipal vem sendo difamada. Já começa errado por aí: se a administração está sendo difamada pelo blog, o caminho é a Justiça. Mas parece que Justiça e Parini não rimam.

Essa será a segunda vez que os áulicos do governo Parini tentam alguma coisa contra a vereadora Tatinha. A primeira vez foi por iniciativa do próprio Parini, que, em novembro de 2010, encaminhou uma carta ridícula ao partido, pedindo punição para a vereadora, por, supostamente, ela ter cometido, em dezembro de 2008, um ato de “chantagem” contra o nosso indefeso e ingênuo prefeito. Infelizmente, o meu scanner não está funcionando, mas prometo que ainda publico a carta do prefeito.

Voltando ao documento onde, segundo meu informante, a primeira-ministra estaria colhendo assinaturas, estarei esperando – muito preocupado – por ele.

JALES SEDIA JOGOS REGIONAIS PELA QUINTA VEZ

A foto aí de cima é do desfile inicial dos Jogos Regionais da Araraquarense de 1976, disputados em Jales. Reparem que, àquela época, a calça boca de sino fazia sucesso. Nesse ano, sob a administração do prefeito Honório Amadeu, Jales inaugurou o Ginásio de Esportes “Waldemar Lopes Ferraz”. Antes disso, Jales já tinha sediado os Jogos de 1968.

Os Jogos Regionais da Araraquarense foram os embriões dos Jogos Regionais do Estado, que eram disputados em oito regiões (Araraquarense, Alta Sorocaba, Nordestinos, Vale do Paraíba, Média e Alta Mogiana, Paulista e Alta Paulista). A partir de 1988, os Jogos passaram a ser disputados por regiões esportivas.

De lá prá cá, Jales já sediou os Jogos Regionais da 6a. Região Esportiva (de São José do Rio Preto) em duas ocasiões: em 1994, durante o primeiro mandato do ex-prefeito José Carlos Guisso, e em 2002, quando José Antonio Caparroz, em função do falecimento de Guisso, ocupava a cadeira de prefeito. Portanto, em 2011, Jales estará sediando os Jogos Regionais pela 5a. vez.

Infelizmente, tive que reduzir o tamanho da foto prá caber no espaço do blog. Mas, em tamanho normal, dá prá reconhecer muita gente, inclusive entre o pessoal que assistia ao desfile. O seo Otávio Miranda, pai do nosso ex-secretário de Obras, Antonio Marcos Miranda, é um deles. Entre os atletas, bem à frente está o Jack, também conhecido como Edson Vicente da Silva, hoje advogado aqui em Jales. Jack era craque no futebol, mas, nesses Jogos, deve ter integrado o time de basquete, esporte que ele também jogava muito bem.

PS: Estávamos com um pequeno problema, mas agora a foto já pode ser vista. E quem quiser aumentar o tamanho, para conferir melhor a delegação de Jales, é só clicar em cima da foto.

JUSTIÇA DE JALES TEM MÉDIA DE 2 A 3 PEDIDOS DE DIVÓRCIO POR DIA

O que Deus une, o homem separa, sim senhor! Segundo dados do Tribunal de Justiça, Jales tem uma média diária de 2 a 3 pedidos de divórcio. A notícia é do portal Região Noroeste e eu confesso que não entendi o segundo parágrafo, esse que fala de hipocrisia. Vejam se vocês entendem:

Números do Tribunal de Justiça (TJ) mostram que os municípios de Jales, Fernandópolis, Santa Fé do Sul e Votuporanga acumulam 25 pedidos de divórcio e separações por dia. Em Fernandópolis, com base no Setor de Conciliação do Fórum, a média é de quatro por dia. Em Votuporanga, o maior município entre as cidades pesquisadas, a média chega a sete. Jales e Santa Fé do Sul mantêm uma variante entre 2 e 3 diariamente.

O divórcio já é um tema consolidado no país desde a Lei do Divórcio, de 1977. A norma acabou com a hipocrisia existente de um casal que se separa hoje e amanhã leva uma testemunha para prestar depoimento falso.

A chamada PEC (Proposta de Emenda à Constituição) do Divórcio facilitou a dissolução do casamento civil ao eliminar a exigência atual de separação judicial prévia por mais de um ano ou de separação de fato por mais de dois anos para que os casais possam se divorciar.

VICE-PREFEITO DIZ QUE GUARDAVA R$ 60 MIL EM CASA PARA QUITAR DÍVIDAS DO PT

E vocês estão acompanhando o caso de Campinas? A notícia abaixo também é do EPTV. Estou reproduzindo apenas algumas partes da matéria, já que ela é bastante extensa:

Em depoimento aos promotores do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), o vice-prefeito de Campinas, Demétrio Vilagra (PT) , alega que os R$ 60 mil em dinheiro encontrados na casa dele em uma megaoperação da Corregedoria da Polícia Civil seriam usados para o pagamento de uma dívida de campanha eleitoral.

Ele foi ouvido na cadeia anexa ao 2º Distrito Policial no dia 27 de maio depois de ser preso ao desembarcar no Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos, há uma semana. O vice está na lista das 20 pessoas que tiveram a prisão decretada pela Justiça por suspeita de envolvimento em um esquema de fraudes em contratos públicos e pagamento de propina.

O vice disse aos promotores do Gaeco que os R$ 60 mil vieram da venda de dois carros, um em 2009 e outro em 2010, e do dinheiro de Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) recebido em 2008. Ele nega que recebeu qualquer quantia dos donos da Global. O nome do vice-prefeito aparece em grampos telefônicos feitos pelo MP com autorização da Justiça.

Ainda em depoimento, Vilagra informou aos promotores que os R$ 60 mil encontrados na casa dele ficaram tanto tempo guardados porque seriam usados para pagar uma multa de R$ 300 mil de campanha eleitoral. Uma multa que é do partido, não dele. Mas o vice-prefeito justificou que o PT não teria dinheiro para pagar isso. E ele então começou a juntar a quantia em casa para quitar a dívida.

Não é uma gracinha o vice-prefeito de Campinas? Enquanto alguns políticos preferem utilizar  dinheiro vivo para comprar apartamentos, ele guardava dinheiro em casa para pagar uma dívida do partido. Isso sim é que é despreendimento! Precisamos de mais políticos assim.

ARARAQUARA: VEREADORA PODE SER PROCESSADA POR MOSTRAR A LÍNGUA EM SESSÃO DA CÂMARA

A vereadora Márcia Lia(PT) está sendo acusada de quebra de decoro parlamentar. É ou não é muita falta do que fazer? A notícia é do EPTV:

Uma provocação da vereadora Márcia Lia (PT) durante a sessão ordinária da Câmara Municipal de Araraquara na terça-feira (31) levou o vereador João Farias (PRB) a acionar a parlamentar no Conselho de Ética da Câmara por quebra de decoro. Na ocasião, a vereadora mostrou a língua e fez caretas para Farias enquanto ele discursava.

De acordo com Márcia, o vereador agiu de má fé e expôs a Câmara ao ridículo. “O que tem acontecido é uma postura de agressão por parte do vereador João Farias e isso ocorre desde 2009”, afirmou a vereadora em entrevista exclusiva ao EPTV.com.

Durante a sessão, os vereadores discutiam sobre o aumento do número de parlamentares na Câmara. João Farias é a favor do aumento para 21 cadeiras, já Márcia Lia defende o número de 17 vereadores.

Márcia também disse que o gesto foi um desabafo em relação à fala do vereador. “Estávamos num debate difícil. O vereador é preconceituoso e me persegue pelo fato de eu ser mulher. A minha reação foi de alguém que já está cansada. Foi uma brincadeira com meu amigo Edio Lopes, que estava na minha frente. Se eu tivesse tido tempo de pensar, no calor da situação, talvez não a fizesse, pois não foi adequada”.

Já o vereador João Farias se defende dizendo que se sentiu agredido com a reação da vereadora. “Ela me agrediu e faltou com o respeito comigo, com o Legislativo e com a população”.

Márcia afirmou ainda que já procurou seus advogados para resolver a situação. “É uma coisa tão pequena diante de todos os trabalhos sérios que precisamos fazer. O vereador quer aparecer”, concluiu.

MAIS INTERATIVA: ESPECIATO DIZ ESTAR PREPARADO PARA SER PREFEITO DE JALES

Pois é, o vereador Luís Especiato – que aparece na foto aí do lado – disse, em entrevista ao portal Mais Interativa, que está preparado para ser o prefeito de Jales, caso os eleitores jalesenses o escolham, no pleito do próximo ano, para essa desgastante tarefa. Do alto dos seus três mandatos de vereador e após duas atuações como presidente da Câmara, Especiato acredita ter acumulado experiência suficiente para administrar a cidade sem sobressaltos.

Eu não duvido disso! O que me assustou, foi uma outra declaração de Especiato. Segundo o vereador – líder do prefeito na Câmara e único defensor declarado da administração municipal – a aprovação do governo Parini certamente será um fator que o ajudará a conquistar o cobiçado cargo de prefeito de Jales. Vou repetir, para que não haja dúvida: Especiato acha que a aprovação de Parini vai ajudá-lo a vencer as eleições de 2012.

Aprovação de Parini? Especiato só pode estar de brincadeira! Depois dessa, prefiro me dispensar de maiores comentários. Leiam vocês mesmos a entrevista que o defensor número um de Parini concedeu à Mais Interativa. É só clicar aqui.   

CAMPANHA ANTITABAGISTA DIZ QUE CIGARRO MATA MAIS QUE HITLER E BIN LADEN

A notícia está no Extra on Line, de hoje:

Cigarro é uma bomba. Se muita gente sabe disso hoje é, em parte, graças às campanhas de conscientização, cada vez mais criativas. A última delas faz uso das imagens de Adolf Hitler e Osama bin Laden para alertar que o hábito de fumar mata mais que qualquer outro inimigo da Humanidade.

Os cartazes estão em todas as partes da Coreia do Sul, onde agora quem fumar em lugares públicos vai pagar uma multa salgada, cerca de R$ 150.

Por ano, 6 milhões de pessoas morrem no mundo por causa do cigarro.

LULA E DILMA AVISAM: AGORA CABE A PALOCCI SE DEFENDER

Deu no blog do Ricardo Noblat:

Avaliação é que crise já começa a afetar governo e que ministro deve dar explicação pública sobre sua consultoria. Ministro da Casa Civil ainda tem apoio firme da presidente e de Lula, mas desgaste no PT agrava sua situação

Valdo Cruz e Natuza Nery, Folha de S. Paulo

O ex-presidente Lula disse ao ministro Antonio Palocci (Casa Civil) que fez a sua parte e que, a partir de agora, cabe a ele se defender para pôr um fim à crise política.

A presidente Dilma recomendou o mesmo a seu ministro, dizendo que ele deve dar uma explicação pública sobre seu crescimento patrimonial o mais rapidamente possível.

Os dois recados foram dados dentro de uma avaliação de que a crise já começa a deteriorar a imagem do governo Dilma e que esse processo precisa ter um “limite”.

Segundo a Folha apurou, Lula disse a Palocci que agora ele é o único que pode dar explicações sobre o caso e que, politicamente, não pode mais ficar em silêncio.

O ex-presidente comentou reservadamente que não cabe mais a ele e ao Palácio do Planalto fazerem a defesa do ministro, porque isso não teria mais o efeito esperado.

A crise envolvendo Palocci começou depois que a Folha revelou que o seu patrimônio multiplicou 20 vezes nos últimos quatro anos, período em que atuou como consultor.

EU VIM PARA CONFUNDIR E NÃO PARA EXPLICAR

Ontem à tarde resolvi visitar uns amigos no centro da cidade e, em minha caminhada, fui abordado por algumas pessoas que queriam saber o que havia sido dito pelo doutor Wanderley Garcia, na Rádio Antena 102, sobre os problemas do prefeito Parini na Justiça. Entre aqueles que tinham ouvido a notícia veiculada pela Rádio, pouco antes do almoço, cada um havia entendido uma coisa diferente. Como eu não tive o privilégio de ouvir, achei prudente não dar pitaco.

Fiquei abismado, no entanto, com a dificuldade que as pessoas tiveram prá entender e explicar o que havia sido noticiado. Mas, hoje, ao ouvir o Antena Ligada, que reprisou a notícia do doutor Wanderley, pude compreender a dificuldade daquelas pessoas. Com efeito, a explanação do doutor foi um verdadeiro “Samba do Crioulo Doido”. Misturou as estações e confundiu ainda mais o que já é bastante confuso. Até o ano da fatídica Facip foi trocado.

E já que a ordem é confundir, a Secretaria de Comunicação da Prefeitura emitiu uma nota que também não explicou nada, bem à altura do que havia sido noticiado pelo doutor. A nota oficial diz que o clima na Prefeitura é de tranquilidade e que o prefeito continua trabalhando normalmente. Imaginem se ele estivesse parado!

CLAUDIR NÃO CONSEGUE ASSINATURAS PARA DIMINUIÇÃO DO NÚMERO DE VEREADORES

O projeto de lei do vereador Claudir Aranda, que prevê a diminuição do número de vereadores da Câmara de Jales, de 10 para 09, ainda não conseguiu as quatro assinaturas necessárias para ser levado à discussão e votação. Mas não pensem vocês que Claudir está chateado com isso. Muito pelo contrário!

Na verdade, os demais vereadores estão fazendo exatamente o que o presidente da Câmara queria que eles fizessem. Prá todos os efeitos, ele propôs a redução e seus colegas não toparam, mas, no íntimo, Claudir também é contra. Ele está apenas jogando prá torcida.

Andei conversando com alguns vereadores sobre o assunto. A maioria é favorável à permanência do número atual ou do aumento para 11. É o caso do vereador Especiato que, com alguma razão, argumenta que uma cidade como Jales não pode ter o mesmo número de vereadores de cidades como, por exemplo, Aspásia ou Santa Salete. Rivelino Rodrigues também acha que o caso não é de diminuir o número de vereadores, mas de diminuir as despesas com a Câmara.

Salatiel é favorável ao aumento para treze vereadores e alega que isso não vai aumentar as despesas, uma vez que o repasse da Prefeitura à Câmara vai continuar o mesmo. Tatinha acha que o Legislativo deve continuar com o número atual, enquanto Nishimoto acha que 11 é o número ideal e Jota Erre pondera que 10 ou 11 vereadores são suficientes.

Macetão, por seu turno, acha que o número de vereadores deve ser definido após ampla discussão com a sociedade. Ele garante que não vai ser candidato a vereador na próxima eleição, mas também não concorda com a diminuição para 09. E você, o que acha? Se ainda não votou, dê a sua opinião na enquete que o blog está realizando aí do lado direito. Até hoje, 208 visitantes do blog já se manifestaram e a maioria (74%) é contra o aumento do número de vereadores para 13.

1 1.122 1.123 1.124 1.125 1.126 1.212