Categoria: Cidade

MOTORISTA DE APLICATIVO É RENDIDO E ASSALTADO DURANTE CORRIDA EM JALES

A notícia é do G1:

Um motorista de aplicativo foi rendido e assaltado na madrugada deste sábado (15), em Jales (SP).

De acordo com a Polícia Militar, criminosos pediram uma corrida, entraram no carro e anunciaram o roubo. Em seguida, fugiram com o celular e dinheiro da vítima.

Os ladrões estavam armados, mas a polícia não soube informar se portavam revólver ou arma branca. A quantia roubada também não foi revelada.

Ainda de acordo com a PM, o celular da vítima foi recuperado e os suspeitos estão sendo procurados.

A TRIBUNA: EM DIREITO DE RESPOSTA, PREFEITURA CONTESTA MATÉRIA SOBRE GASTOS COM PUBLICIDADE

O jornal A Tribuna deste final de semana está destacando as últimas novidades envolvendo a Universidade Brasil. A matéria explica que a Justiça Federal de Jales determinou, em medida liminar, que o Ministério da Educação nomeie novos administradores para a Unibrasil, de Fernandópolis, no prazo de cinco dias. O pedido de intervenção foi feito pelo MPF no âmbito da ação que visa apurar as suspeitas de fraudes na obtenção de financiamentos do FIES, cometidas por organização criminosa supostamente chefiada pelos donos da Universidade. Segundo a decisão judicial, o atual reitor – Adib Abdouni – estaria fazendo uso indevido da função, para atender interesses particulares de pessoas já denunciadas pelo MPF. Além disso, ele estaria ameaçando testemunhas.

O jornal destaca, também, que a Prefeitura está reabrindo a licitação para instalação de semáforos, que foi aberta em setembro do ano passado e, logo em seguida, suspensa. O certame será realizado na modalidade pregão eletrônico e as propostas serão conhecidas no dia 03 de março. Os novos semáforos, orçados em R$ 530 mil, serão instalados nos cruzamentos da avenida “João Amadeu” com as ruas Três e Quinze e no cruzamento da Rua das Palmeiras com a avenida “Maria Jalles”. Além disso, o projeto prevê a troca dos semáforos do cruzamento das avenidas “Francisco Jalles” e “João Amadeu”.

As obras de recapeamento que transformaram o visual do bairro São Judas Tadeu; a contestação apresentada pela empresa Noromix na ação do vereador Macetão que pede a paralisação das obras no Jardim do Bosque, Parque das Flores e distritos industriais I e III; a decisão da Justiça de Jales que obriga a Universidade Brasil a devolver dinheiro aos irmãos Macetão; o direito de resposta da Prefeitura a respeito da matéria “Em ano eleitoral, gastos com propaganda sobem 405%” e as explicações do repórter Alexandre Ribeiro, o Carioca, sobre a mesma matéria, são outros assuntos de A Tribuna.

Na coluna Enfoque, a informação dando conta de que a chefe do Cartório Eleitoral de Jales, Liliane Lemes dos Santos, está solicitando à Justiça Eleitoral o cancelamento de 5.070 títulos de eleitores que não providenciaram o recadastramento biométrico. Com isso, o eleitorado de Jales poderá diminuir para 33.700 eleitores. Na página de opinião, o blogueiro Hélio Consolaro escreve sobre as enchentes que inundaram São Paulo durante a semana, enquanto o bispo emérito dom Demétrio Valentini fala do que viu em seus 80 anos de vida. No caderno social, destaque para a coluna do Douglas Zílio e para o casamento dos jovens Tamires Miguelão Mancusi e Jean Ferreira.   

PROGRAMA TURISMO RURAL IRÁ CAPACITAR PRODUTORES DE JALES E REGIÃO

Da assessoria de imprensa do Sindicato dos Trabalhadores Rurais:

Será realizada na próxima segunda-feira, dia 17 de fevereiro, reunião de sensibilização destinada a produtores rurais de Jales e região, com o objetivo de convidar interessados em aderir ao Programa Turismo Rural, que irá oferecer gratuitamente diversos módulos de capacitação a todas as pessoas que já trabalham nessa área, bem como estudantes, empresários do ramo de turismo, produtores de leite, vinho, sucos, cachaças artesanais, biscoitos, bolachas, artesanato, agroindústria e a quem mais se interessar pelo assunto.

O Programa Turismo Rural é uma parceria entre a Prefeitura Municipal de Jales, o SENAR – Serviço Nacional de Aprendizagem e o Sindicato dos Trabalhadores Rurais, que oferecerá três vezes por mês, durante aproximadamente um ano, assistências aos produtores que fizerem sua adesão.

Dividida em dez módulos, a capacitação contará com vários temas, como Identidade e Cultura, Gestão de empreendimentos, Atividades turísticas em áreas naturais, Meios de hospedagem, Meios de Alimentação, Pontos de venda de produtos artesanais, Atendimento ao cliente, Resgate gastronômico e, ao final, a Consolidação do programa.

O Programa possui adesão máxima de 25 produtores, independente da área de atuação.

A reunião de segunda-feira, dia 17, será realizada às 19h30 na sede da Coordenadoria de Desenvolvimento Rural Sustentável – CDRS, no EDR – Escritório de Desenvolvimento Rural de Jales, localizada na Rua 08, nº 1959. O prédio está localizado na antiga sede da CATI, em frente a Escola Municipal Elza Pirro Vianna. Mais informações podem ser obtidas no Sindicato dos Trabalhadores Rurais, através do telefone (17) 99628-5196.

DEU NA FOLHA NOROESTE DE HOJE

No jornal Folha Noroeste, edição digital deste sábado, destaque para os 85 contratos firmados entre a Secretaria Estaudal de Infraestrutura e Meio Ambiente e 72 municípios do Estado de São Paulo. Foi a primeira liberação de recursos do Fehidro em 2020 e, no total, serão R$ 52 milhões para investimentos em ações para melhoria dos recursos hídricos dos municípios beneficiados. Jales assinou um contrato de R$ 394 mil, que serão investidos em obras de drenagem urbana nas ruas Amazonas, Joaquim Catarino, João Batista de Melo e São José, todas no São Judas Tadeu. O detalhe da notícia é que o prefeito de Jales, Flávio Prandi Franco, foi quem discursou em nome dos prefeitos dos 72 municípios beneficiados. “Para nós é um prazer estar aqui e já começar o ano com notícia positiva”, disse Flá em seu discurso.

Destaque, igualmente, para o curso de Direito da Unijales, que marcou o início do calendário escolar com uma aula especial, preparada para receber os novos alunos e os alunos que ingressaram no ano passado. O coordenador do curso, Dr Guilherme Soncini da Costa, presenteou os novos alunos com uma aula magna, que foi ministrada por Paulo Younes, especialista em Direito Constitucional pela USP. Os novos universitários tiveram o primeiro contato com conceitos das ciências jurídicas, que foram transmitidos na palestra. A aula, que teve o apoio da OAB de Jales, aconteceu na terça-feira, dia 11 de fevereiro, na Casa do Advogado Laurindo Novaes Neto.

Na coluna FolhaGeral, o plangente redator-chefe Roberto Carvalho lamenta a falta de um legítimo representante de Jales na Assembleia Legislativa do estado, que já passa de 45 anos. O inconformado colunista lembra que Jales elegeu Roberto Rollemberg para deputado estadual na legislatura 1967-1971, mas ele foi cassado pelos militares em 1969. Depois, elegemos o radialista Oswaldo Carvalho (irmão do Roberto) em 1974, mas ele morreu em um acidente 45 após sua posse. Depois disso, vários tentaram – João Arnaldo Avelhaneda, Dirceu Rezende, Oswaldo Soler, Masaru Kitayama, José Edson Nogueira, José Devanir Rodrigues, Fábio Amaral, José Carlos Guisso, Luís Especiato, Claudir Aranda, Anicleia Robles Rúbio, Paulo Cesar Mariani, Luiz Henrique Moreira e Delegado Sakashita – mas ninguém conseguiu.

NOROMIX SUSPEITA DE MÁ-FÉ E INTERESSE POLÍTICO EM AÇÃO DE MACETÃO

Lembram-se daquela ação do vereador Macetão, que tenta paralisar as obras que estão sendo executadas no Jardim do Bosque, Parque das Flores e distritos industriais I e III? A Justiça local e o Tribunal de Justiça-SP indeferiram os pedidos de liminar de Macetão, mas ainda está faltando o julgamento do mérito.

Por conta disso, a Prefeitura e as duas empresas que estão executando as obras – a Noromix Concreto Ltda e a Carvalho Garcia Construção e Empreendimentos, ambas de Votuporanga – estão tratando de contestar as alegações de Macetão.

A Prefeitura se limitou a refutar as afirmações do vereador. Já a Noromix não poupou críticas à iniciativa do vereador, afirmando que ele “lança acusações a seu bel prazer e deverá ser responsabilizado por suas alegações, respondendo por eventuais danos causados à imagem da empresa”.

A Noromix acha que Macetão está agindo de má-fé e lança suspeitas sobre as verdadeiras intenções do vereador, afirmando que a ação ajuizada por ele tem cunho político ou é fruto de atos de alguma empresa concorrente.

Os detalhes sobre as contestações da Prefeitura e da Noromix estarão no jornal A Tribuna, neste final de semana.

ETEC JALES COMEMORA APROVAÇÃO DE 31 ALUNOS EM UNIVERSIDADES PÚBLICAS

A Etec “Dr. José Luiz Viana Coutinho”, de Jales, está comemorando os resultados de aprovações em vestibulares dos alunos concluintes em 2019: são 31 aprovações em Universidades Públicas – como UFSCar, Unesp, Usp/Esalq e Fatec – além de mais 40 aprovações em instituições privadas.

Os resultados demonstram que as práticas pedagógicas desenvolvidas na Unidade de Ensino, com a contextualização do conhecimento acadêmico com a prática profissional de cada formação técnica, são capazes de desenvolver plenamente os talentos de cada aluno.

A Escola oferece os cursos de Técnico em Administração, Técnico em Agropecuária, Técnico em Desenvolvimento de Sistemas e Técnico em Informática, todos integrados ao Ensino Médio.

Um dos destaques deste ano foi o aluno Lucas Matoso Duca, que cursou o Técnico em Agropecuária Integrado ao Ensino Médio e foi aprovado em 3 grandes instituições públicas: Unesp, UFGD e UFSCar.

Outro destaque foi o jovem Lucas Pires da Cunha, que também se formou no curso de Técnico em Agropecuária Integrado ao Ensino Médio e foi aprovado em Agronomia na USP/ESALQ, uma das melhores e mais concorridas faculdades de Agronomia do País.

Para este ano, com os investimentos realizados na melhoria dos ambientes educacionais e capacitação docente, a expectativa é que o número de aprovações seja maior ainda.

GOVERNADOR EM EXERCÍCIO, RODRIGO GARCIA, VISITA HOSPITAL DE AMOR

A notícia foi enviada pela simpática e competente Dara Freitas, assessoria de imprensa do Hospital de Amor:

O Governador em exercício do Estado de São Paulo, Rodrigo Garcia, visitou na manhã do último sábado, dia 8, as instalações da unidade de Jales do Hospital de Amor – referência no tratamento de câncer. 

Acompanhado pelo presidente da instituição, Henrique Prata; da gerente administrativa da unidade de Jales, Camila Venturini; da gerente de relações governamentais, Adriana Mariano; e do diretor clínico da unidade, Dr. André Luiz Silveira, o governador visitou ambientes como centro cirúrgico e uma das salas de tomografia, além de percorrer os corredores de diversas alas.

Durante visita, Henrique aproveitou a oportunidade para apresentar toda a demanda do hospital, solicitando recursos para as unidades do Hospital de Amor Jales e Fernandópolis (que integram a rede de atendimento do Hospital de Amor Barretos), para que possam oferecer mais serviços. 

Além do governador, estiveram presentes lideranças importantes, como o deputado federal, Eugênio José Zuliani; os deputados estaduais Itamar Borges e Carlão Pignatari; o Prefeito Municipal de Jales, Flavio Prandi Franco; além de outras autoridades que também acompanharam a visita.

Referência 

O Hospital de Amor é referência no país em tratamento oncológico, atendendo de forma gratuita pacientes com câncer da rede pública. Com a finalidade de oferecer aos seus pacientes um atendimento humanizado, mais próximos de suas casas, a instituição conta com unidades espalhadas por vários municípios do país.

Inaugurado em junho de 2010, o centro oncológico que o Hospital possui na cidade de Jales (SP), localizado a 250 Km de Barretos (região noroeste do Estado de São Paulo), tem um papel fundamental no acolhimento de milhares de pessoas diariamente, vindas de 96 localidades diferentes.

Em 2019 foram realizados 370.070 atendimentos e procedimentos, sendo eles 12.937 pequenas e grandes cirurgias, 40.986 atendimentos e procedimentos da equipe multidisciplinar (enfermagem, odontologia, fonoaudiologia, psicologia, nutricionista, fisioterapeuta e serviço social), 36.148 atendimentos médicos, 20.348 tratamentos quimioterápicos, 31.985 radioterápicos, aproximadamente 156 mil exames (laboratoriais, de imagem, biopsias, endoscopia, e outros) e 2.207 internações, além de contar com serviços de cuidados paliativos.

JORNAL DE JALES: ASSALTADO EM PLENA LUZ DO DIA, GERENTE DA FUNERÁRIA ROSA MÍSTICA VIVE MOMENTOS DE TERROR

Eis a capa do Jornal de Jales deste domingo, cujo principal destaque é a operação conjunta da Polícia Civil e da Polícia Militar, que resultou na prisão de sete pessoas suspeitas de tráfico de drogas e na apreensão de 2,3 quilos de maconha, 402 gramas de cocaína, 223 gramas de crack, além de uma arma de fogo, duas balanças de precisão e mais de R$ 2,8 mil em dinheiro. A operação para o cumprimento de 14 mandados de busca e apreensão e quatro mandados de prisão por tráfico de drogas envolveu cerca de 85 policiais civis e militares, segundo informou o delegado Sebastião Biazi, encarregado das investigações. Entre os sete presos, dois são de Jales, dois de Paranapuã e três irmãos (dois homens e uma mulher) de Dolcinópolis.

O jornal destaca, também, o relato do ex-goleiro do Tanabi, com passagem pelo Palmeiras, e gerente regional da funerária Rosa Mística, Carlos José Maschio, o Carlão, que viveu momentos de terror na manhã tranquila de sábado, 1º, quando foi assaltado em seu local de trabalho. Em plena luz do dia, ele foi surpreendido por um rapaz que, de revólver em punho, anunciou o assalto. O assaltante amarrou Carlão com as mãos para trás, antes de vasculhar as gavetas e encontrar R$ 403,00. Antes de ir embora, o meliante, enfurecido porque Carlão não tinha a senha do cofre, ameaçou mata-lo e o agrediu com o revólver. Carlão disse que foram os piores momentos já vividos por ele.

A homenagem da Igreja Presbiteriana de Jales, que batizou sua Casa de Apoio com o nome do pioneiro Adolfo Marques Dantas; a final do campeonato aberto de futsal, que foi decidido nos pênaltis por duas equipes de Jales; as melhorias prometidas pela Prefeitura no transporte de pacientes para outras cidades; o empreendedorismo do jovem chef Bruno Schadeck – filho do médico Joaquim Severino de Almeida e da psicóloga Arilda Schadeck – que criou uma empresa de alimentação congelada em São Paulo; e a incursão do provedor da Santa Casa, Toshiro Sakashita, a Brasília em busca de recursos para o hospital, são outros assuntos do JJ.

Na coluna Fique Sabendo, o jornalista Deonel Rosa Júnior está informando que o irrequieto auditor-fiscal da Prefeitura, Ricardo Junqueira, está se preparando para colher assinaturas em um projeto de lei de iniciativa popular com o objetivo de reduzir os salários dos vereadores de Jales, atualmente em R$ 5 mil. Segundo o colunista, o projeto pretende propor que os vereadores passem a ganhar o mesmo salário de um professor da rede municipal com jornada de 25 horas semanais, algo em torno de R$ 2,5 mil. Para conseguir seu intento, Ricardo pretende instalar, a partir de abril, uma mesa na Praça do Jacaré para colher as 2.000 assinaturas necessárias.

A TRIBUNA: VEREADORA DE MESÓPOLIS QUER DIMINUIR PROVENTOS DE VEREADORES PARA UM SALÁRIO MÍNIMO

No jornal A Tribuna deste final de semana, a principal manchete destaca a inauguração da unidade do Poupatempo de Jales, com as presenças do governador em exercício, Rodrigo Garcia, e do superintendente da Prodesp, Ernesto Mascellani Neto, entre outros. O governador disse que “essa unidade começou a funcionar de forma experimental em dezembro e agora, na sua plenitude, está sendo inaugurada com os serviços do Estado e da Prefeitura de Jales”. O Poupatempo de Jales oferece 77 tipos de atendimentos, sendo 34 deles digitais. O prefeito Flá Prandi agradeceu o governador em exercício Rodrigo Garcia e o superintendente Neto, e destacou que o Poupatempo significa “serviço de qualidade, com tecnologia”.

Destaque, igualmente, para mais um capítulo da operação “Farra no Tesouro”, envolvendo a ex-tesoureira Érica Cristina Carpi, o marido Roberto, a irmã Simone Paula e o cunhado Marlon Fernando. O quarteto – que já responde a uma ação criminal – foi mais uma vez denunciado pelo Ministério Público de Jales, agora na esfera cível. A ação protocolada na segunda-feira, 03, está assinada pelo promotor Horival Marques de Freitas Júnior e detalha como foram feitos os desvios e os valores desviados ano a ano. O maior valor (R$ 1,9 milhão) foi desviado em 2016. Ao final, o promotor pede que os acusados sejam condenados a, entre outras coisas, devolver os R$ 9,2 milhões desviados entre 2012 e julho de 2018. 

O reajuste salarial de 5% para os servidores públicos municipais; os gastos com o funcionalismo que alcançou 60% do total das despesas pagas pela Prefeitura em 2019; as três ações civis públicas ajuizadas pelo MP de Urânia contra um vereador de Aspásia; as ações das polícias civil e militar de Jales, que prenderam 04 traficantes na semana passada e mais 07 nesta semana; os gastos da Prefeitura com publicidade, que, segundo matéria do repórter Alexandre Ribeiro, tiveram um crescimento de 405% entre 2017 e 2020; a ação do MP que acusa o ex-prefeito de Urânia, Francisco Airton Saracuza, de pagar salários a um assessor fantasma, são outros assuntos de A Tribuna.

Na coluna Enfoque, informações sobre a iniciativa da vereadora Vânia Domingues, de Mesópolis, que está apresentando um projeto de lei propondo a redução dos salários dos vereadores que serão eleitos em outubro para a legislatura 2021-2024. Atualmente, os vereadores mesopolenses ganham cerca de R$ 2,5 mil por mês e a vereadora quer diminuir para apenas 01 salário mínimo. A página de opinião não traz a crônica do blogueiro Hélio Consolaro, mas, em compensação, traz artigos da Taísa Selis, do estudante de Teologia Jean Ferreira e do professor Sílvio Luiz Lofego. E no caderno social, destaque para a coluna do Douglas Zílio. 

SETE PESSOAS SÃO PRESAS EM OPERAÇÃO DA POLÍCIA DE JALES CONTRA O TRÁFICO DE DROGAS

Sete pessoas foram presas na sexta-feira (7) durante uma operação conjunta entre as polícias Civil e Militar da região de Jales. Os alvos dos trabalhos eram suspeitos por tráfico de drogas nos municípios de Jales, Paranapuã e Dolcinópolis.

Segundo informações do delegado responsável pelas investigações, Sebastião Biazi, o grupo começou a ser monitorado há pelo menos quatro meses. Desde as primeiras horas da manhã, as equipes cumpriram 12 mandados de busca e apreensão em diversos endereços.

A Polícia Militar contou com o apoio do Canil e do Baep (Batalhão de Ações Especiais da Polícia). Foram encontradas porções de maconha, crack e cocaína, além de dinheiro do crime e uma espingarda. Os detidos vão responder por tráfico de drogas, associação ao tráfico e posse ilegal de arma de fogo.

Em um dos cumprimentos de mandados, os cães farejadores localizaram drogas escondidas em um quintal e em malas de viagens. As investigações apontaram, ainda, que os criminosos compravam os entorpecentes no estado de Mato Grosso do Sul e revendiam, principalmente, nas três cidades alvos da operação.

Os trabalhos duraram toda a manhã. Os presos foram ouvidos na CPJ (Central de Polícia Judiciária) de Jales e deverão passar por audiência de custódia ainda na manhã deste sábado (8). Depois, eles deverão ser transferidos para unidades prisionais da região, onde devem aguardar vaga em alguma penitenciária. A Dise (Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes) de Jales continuará com as investigações.

1 2 3 4 482