Categoria: Cidade

O VÂNDALO DO CEMITÉRIO

Nesta cidade tem vândalo prá tudo! Segundo a versão oficial, o que teria feito desabar uma das casas que estão sendo construídas no conjunto habitacional “João Colodetti”, foi a ação de alguns vândalos. Agora, temos também, um vândalo praticando ataques noturnos ao nosso quase superlotado cemitério.

Hoje, estive com o Francisco Carlos Zanata, o França, responsável pela manutenção do cemitério. Ele me disse que, na semana passada, foram mais de 40 túmulos atacados. Ele garantiu, ainda, que, na quarta-feira desta semana, o vândalo voltou a atacar. Nem o túmulo do nosso ex-prefeito José Carlos Guisso escapou à ação depredadora do estranho sujeito.

Além de perturbar o sono eterno dos nossos defuntos, o maluco dedica-se, também, a pichar os muros do cemitério. Dêem uma olhada na foto lá de cima e me digam se não há algo estranho. Reparem como o sujeito escreve bem na parte superior do muro, que tem mais de dois metros de altura.

Ele, provavelmente, utiliza uma escada para escrever tão alto, certo? Errado! Segundo o França, o pichador sobe nos túmulos, do lado de dentro do cemitério, e, deitado sobre o muro, escreve de cabeça para baixo. Você conseguiria fazer isso? Convenhamos, além de vândalo, o sujeito é um artista!

AS CASAS POPULARES DE PARINI RESISTIRÃO AO SOPRO DO LOBO MAU?

Como eu já disse, não entendo nada de construção. Mas há quem entenda! Peço, então, aos entendidos, que dêem uma olhada na casa popular acima. E depois, dêem uma olhada nas fotos mais abaixo. Será que essas casas, que estão sendo construídas no conjunto habitacional “João Colodetti” oferecem alguma segurança às famílias que vão habitá-las? Será que elas resistem a um sopro mais forte do lobo mau?

Talvez fosse o caso de a Câmara se manifestar sobre isso. Se não me engano, o Legislativo tem uma Comissão para fiscalizar obras e serviços públicos. Talvez fosse o caso, também, de o CREA dar sua opinião. Enfim, é preciso que se faça algo agora, para que não tenhamos problemas no futuro.

As fotos acima foram registradas na semana passada. Já a foto abaixo foi tirada em outubro do ano passado, quando a assessoria de imprensa da Prefeitura mandou uma notícia aos jornais locais, dando conta de que o prefeito Humberto Parini tinha feito uma “vistoria” nas obras e havia ficado contente com o andamento das mesmas.

Naquela ocasião, o estadista dizia que o objetivo era entregar as 60 casas do conjunto “João Colodetti” no início de 2012. Comparem as fotos, e me digam se, de outubro para cá, as obras caminharam bem.

GRUPO SAKASHITA APRESENTA PROPOSTA PARA COMPRAR AABB

Hoje, às 15:00 horas, era o último prazo para que os interessados na aquisição da sede da Associação Atlética Banco do Brasil – AABB, apresentassem os envelopes com suas propostas. Segundo o edital divulgado na imprensa, o valor mínimo era de R$ 2,5 milhões. Antes, a diretoria da AABB local já havia tentado vender o clube por R$ 3,5 milhões, mas não apareceram interessados.

Desta vez, apenas a Comercial Sakashita, representada por seu sócio, Toshiro Sakashita, apresentou proposta. A oferta do Grupo Sakashita, que está disposto a pagar os R$ 2,5 milhões em parcelas, vai ser submetida à aprovação da Federação Nacional das AABBs, a Fenab. Na foto acima, o funcionário do Banco do Brasil, Luciano, recebe a proposta das mãos de Toshiro, observado pelo atual presidente da AABB, o Paulo.

Mesmo sendo vendida, a AABB, um dos clubes mais tradicionais da nossa cidade, não vai encerrar suas atividades. Segundo o que foi combinado com a Fenab, a diretoria da AABB de Jales terá 12 meses, após a efetivação da venda da sede atual, para iniciar a construção de uma nova sede em local mais afastado do centro da cidade. Por enquanto, é esperar para ver se a Fenab aprova a proposta do Grupo Sakashita. 

IAMSPE AUMENTA EM 30% O VALOR DO TETO PARA PACIENTES ATENDIDOS NA SANTA CASA DE JALES

(por Vívian Curitiba)

O superintendente do IAMSPE (Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual), Abrão Latif Júnior, acaba de aumentar em 30% o valor do teto repassado a Santa Casa de Jales para atendimento de pacientes conveniados.

O acordo foi firmado na segunda-feira, dia 13, após reunião no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo, com a presença do provedor da Santa Casa, José Pedro Venturini, o presidente do Conselho Deliberativo José Luiz Socorro, o 2º vice-provedor José Devanir Rodrigues (Garça), prefeito de Jales, Humberto Parini (PT), deputado estadual Itamar Borges (PMDB), secretário de Planejamento e Desenvolvimento Regional do Estado de São Paulo, Júlio Semeghini (PSDB) e a deputada estadual Analice Fernandes (PSDB).

Segundo o provedor, o valor atual de R$97,5 mil repassado para atendimento de pacientes conveniados ao IAMSPE não era suficiente para cobrir os gastos que, normalmente, ultrapassam 15% do valor do teto, ou seja, o hospital assume mensalmente um déficit de aproximadamente R$20 mil. “Diante desses dados nós pleiteamos um aumento e a partir de março vamos receber R$126,7 mil para atendimento dos pacientes. Nosso objetivo é melhorar a qualidade de nossos serviços e diminuir as dívidas do hospital”, explicou Venturini.

Em breve a Santa Casa deve receber a visita do diretor do DECAM (Departamento de Convênios e Assistência Médica), Dr.Wagner Magosso, que vai analisar a possibilidade de um aumento ainda maior do valor do teto para atendimentos pelo IAMSPE.

TV RECORD VOLTA A JALES PARA COBRIR CASO DOS TRENS DA ALL

A TV Record, que vem dedicando expressivo espaço para nossa cidade em seus telejornais, fez mais uma incursão a Jales, nesta terça-feira. No final da noite a repórter Thaís Luquese esteve entrevistando moradores do Jardim Pêgolo 2. Um desses moradores é o Betto Mariano, que aparece na foto aí do lado, sendo entrevistado pela Thaís.

Dessa vez, a vinda da reportagem da TV Record teve a finalidade de cobrir a determinação do Ministério Público Federal, que deu trinta dias para a empresa América Latina Logística-ALL, instalar cancelas ou semáforos, além de alambrados e muros nas passagens de nível da ferrovia que passa por Jales.

Os moradores revelaram à Thaís que, por incrível que pareça, depois da determinação do procurador federal, Thiago Lacerda Nobre, os buzinaços dos trens, que já eram insuportáveis, se tornaram mais insuportáveis ainda. “Agora é que os maquinistas resolveram meter o dedo na buzina mesmo”, garantiu o Betto Mariano em sua entrevista à Record. A reportagem deve ir ao ar nessa quarta-feira, no Balanço Geral. 

ASSINATURAS POR MAIS RECURSOS PARA A SAÚDE ESTÃO SENDO COLHIDAS NA PRAÇA DO JACARÉ

Depois não vale reclamar! Enquanto em Fernandópolis e Santa Fé do Sul mais de 500 eleitores já tinham colocado seus autógrafos no abaixo-assinado que pede mais recursos federais para a saúde, em Jales apenas 70 assinaturas haviam sido colhidas até o meio-dia desta terça-feira.

Por sinal, a septuagésima assinatura foi de uma tucana, a dona Dinha, também conhecida por Arminda Elisa  Gonçalves de Paiva, que aparece na foto acima dando seu jamegão. O abaixo-assinado, vocês sabem, é o passo inicial para a apresentação de um projeto de iniciativa popular que propõe o investimento de 10% da receita bruta corrente da União na saúde pública.

Aqui em Jales, as assinaturas estão sendo colhidas na Praça “João Mariano de Freitas”, a Praça do Jacaré, em um ponto instalado bem ao lado da Banca do Edu. Para assinar a lista, basta ir até a Praça, munido do título de eleitor e do RG. Que tal o amigo visitante dar um pulo até lá e ajudar a melhorar a saúde desse país?

TERRA DE NINGUÉM

Ao contrário do que o amigo visitante possa estar pensando, a calçada da foto acima não é de nenhum bairro periférico. Na verdade, é uma das calçadas mais conhecidas e utilizadas da nossa cidade. O trecho da foto está situado na Rua Oito, entre a Rua Onze e a Avenida Francisco Jalles. Quem passa por lá, é obrigado a desviar dos entulhos que estão jogados há algum tempo.

Claro que se trata de mais um exemplo de falta de educação, talvez de algum comerciante ou de algum cidadão comum mesmo. Mas é claro, também, que essas coisas acontecem porque a cidade está sem fiscalização, sem comando, abandonada à própria sorte.    

MAIS UMA PRAÇA ABANDONADA

Um amigo pediu para que o aprendiz de blogueiro fizesse uma visita à  praça localizada no início da Avenida “Maria Jalles”, bem na esquina com a Rua Um. Eu não consegui descobrir se a praça – ou o que sobrou dela – tem nome, mas registrei algumas fotos, que estão aí abaixo. Reparem no desleixo:

 

EM JANEIRO, JALES ARRECADOU R$ 2,2 MILHÕES COM IPVA

O valor repassado pelo governo estadual para Jales, por conta do IPVA, em janeiro, chegou a R$ 2.190.791,13 . Esse valor ficou cerca de 18% acima dos R$ 1,8 milhão repassados em janeiro do ano passado. O valor do repasse de janeiro corresponde, normalmente, a 1/3 do valor que será repassado durante todo o ano. Isso acontece porque muita gente paga o IPVA à vista.

Se a tendência se repetir, Jales poderá arrecadar R$ 6,5 milhões em 2012, com o IPVA. Em 2011, o repasse do IPVA proporcionou cerca de R$ 5,7 milhões aos cofres da nossa Prefeitura.

Se o IPVA repassado para Jales, em janeiro deste, cresceu 18% em relação a janeiro de 2011, em Fernandópolis e Votuporanga o crescimento foi de 19%. Já em Santa Fé do Sul, o crescimento do IPVA foi maior ainda: pouco menos de 25%.

PRIMEIRA-DAMA E PRIMEIRA-MINISTRA REGISTRAM B.O. CONTRA APRENDIZ DE BLOGUEIRO

O sol ainda vai nascer 321 vezes até chegar o dia 31/12/2012, mas parece que a possibilidade de o “poder” chegar ao fim, está deixando algumas pessoas nervosas. A nossa doce e generosa primeira-dama, Rosângela Parini, e sua fiel escudeira, a primeira-ministra Marli Mastelari, deixaram o capítulo da novela de lado, na sexta-feira à noite, e, juntas, foram até a Delegacia Seccional de Polícia, para registrar um Boletim de Ocorrências contra este aprendiz de blogueiro, por difamação.

O que teria motivado as duas distintas senhoras a se sentirem difamadas foi um post do dia 08/02 (aqui), onde este blog veicula a notícia de que o premiado estadista Humberto Parini está sendo instado pelo Tribunal de Justiça de São Paulo a afastar a primeira-ministra, Marli Mastelari, do cargo de chefe de gabinete da Secretaria da Fazenda.

Segundo o Boletim de Ocorrências, as duas vítimas informaram, na Delegacia, “que nesta data, foram alertadas por amigos de que no ‘blog do cardosinho’, o qual é de responsabilidade do indiciado, havia comentários a respeito da reputação das ofendidas”. Elas disseram, ainda, à escrivã de polícia, “que acessaram o referido ‘blog’ e imprimiram um artigo, onde o indiciado, deveras faz comentários a respeito da honra das vítimas”.

Vou me dispensar, por enquanto, de maiores comentários!

1 369 370 371 372 373 385