Categoria: Esporte

TENISTA BRASILEIRO BANIDO DO ESPORTE POR CORRUPÇÃO ERA ‘CIDADÃO DE BEM’

Já dizia um pensador, cujo nome me foge à memória: “Onde houver um moralista, há um hipócrita. E, não raro, um corrupto”. Deu no Diário do Centro do Mundo:

O brasileiro João Souza, conhecido como Feijão, ex-número 1 do Brasil, foi banido do tênis profissional pelo resto da vida.

Também foi multado em US$ 200 mil.

Feijão, 31 anos, foi considerado culpado em casos de manipulação de resultado em torneios das séries Challenger e Future no Brasil, no México, nos Estados Unidos e na República Tcheca.

Entre outras presepadas, a TIU, Unidade de Integridade do Tênis, relata que ele pediu a outros atletas que não dessem seu melhor dentro de quadra.

Feijão, já foi 69º no ranking da ATP estava suspenso desde abril.

Em 2018, deu entrevista para o UOL sobre seu candidato nas eleições.

“Bandido não vai ter vez com ele, velhão”, disse.

Adivinhe quem era:

Bolsonaro na cabeça, malandro. Trocar seis por meia dúzia? Não vou trocar seis por meia dúzia. Haddad? Tá de brincadeira. Tiveram 16 anos para governar, não fizeram merda nenhuma, o país está um lixo, o dólar passou de R$ 4,30.

Cara, eu parto dos seguintes princípios: o cara [Bolsonaro] tem a ficha limpa; não tem rabo amarrado com ninguém; o cara é a favor de porte de arma, que eu também sou; ele é praticamente a favor da pena de morte, e também sou…

Os artistas ficam aí dizendo “ele não, ele não”… Lógico. Vão perder a mamata da Lei Rouanet. Qualquer showzinho que eles façam, é tudo aprovado pela Lei Rouanet. Óbvio, vai acabar a mamatinha. Lei Rouanet, aprovado pelo governo do “campeão” do Lula. 

Ah, “que ele é racista e machista”. Ele vai fazer o quê? Matar os gays? Não vai. Vai bater nos negros? O cara quer ajudar, velho. Está de coração lá. O cara é rico, milionário, não vai querer roubar. Tem a ficha limpa. Estou postando coisas dele porque gosto dele. Eu me identifiquei muito…

RECORD É CONDENADA A PAGAR INDENIZAÇÃO A EX-GOLEIRO DO GUARANI

A Rede Record de Televisão, do bispo Edir Macedo, foi condenada a indenizar o ex-goleiro do Guarani de Campinas, Sérgio Neri, em R$ 150 mil. A sentença é do juiz Valdeci Mendes de Oliveira, da 4ª Vara Cível da Comarca de Marília(SP).

O juiz considerou ofensiva uma reportagem sobre a carreira do ex-jogador, exibida pela Record, em 2018. A reportagem tratou do envolvimento de Neri com o álcool e para ilustrar a matéria, a Record utilizou-se de atores que representavam o ex-goleiro vivendo em estado de mendicância.

Para o juiz, a liberdade de expressão e de informação possui limites, não podendo ultrapassar os princípios da dignidade da pessoa humana. As cenas da Record mostravam um homem sentado no chão, com uma garrafa ao lado, levando os telespectadores a acreditar que se tratava de Néri.

Sérgio Néri iniciou a carreira no Guarani e começou a ganhar destaque no Campeonato Brasileiro de 1986, no qual o Guarani foi vice-campeão. Em 1988, Sérgio Néri voltou a viver grande momento no Guarani, ao disputar o título do campeonato paulista com o Corinthians.

O Guarani perdeu, é claro, ficando com o vice-campeonato paulista. Três anos depois, Sérgio Néri foi negociado para o Bahia, mas não conseguiu jogar o mesmo futebol dos tempos do Bugre. Também atuou em equipes de menor expressão do interior paulista.

A foto lá de cima mostra um dos times do Guarani da época de Sérgio Neri, com craques como Ricardo Rocha, Evair, Marco Antônio Boiadeiro e João Paulo. O grandalhão agachado, ao lado do Evair, é o Tite, atual técnico da seleção brasileira.

MULHER DE DUDU APRONTA BARRACO COM SUPOSTA AMANTE DO JOGADOR DURANTE JOGO COM FLAMENGO

Como diria o conhecido narrador: “que fase!!!”. Deu no portal iG:

Uma cena inusitada foi flagrada na partida entre Palmeiras e Flamengo, neste domingo, no Allianz. Segundo o colunista Leo Dias, Malu Ohanna , de 28 anos, mulher do atacante Dudu , do Verdão, teria feito um barraco ao perceber que a suposta amante do jogador estava presente assistindo a partida. Malu já teria percebido a suposta relação entre o jogador e a outra mulher há uma semana.

O caso teria sido descoberto há cerca de uma semana e ela não contava que a moça, que não teve o nome nem o rosto revelados pelo colunista, estaria dentro do estádio acompanhando a partida dentro da área especial para as mulheres de atletas do time.

Ainda segundo Leo Dias, ao perceber que a suposta amante estava ali, Malu teria ido até a moça e xingado ela. O pai da suposta amante teria filmado tudo ao perceber a confusão. Com o clima de desentendimento, alguns torcedores chamaram os seguranças da partida, que afastaram a mulher do jogador.

A coluna ainda revela que o caso não fica apenas nesta situação, que seria uma relação antiga de Dudu , contudo, não foi revelado nenhuma outra informação sobre o histórico do atacante do Verdão fora dos gramados. Dentro de campo, o Flamengo goleou o Palmeiras por 3 a 1, com gols de Arrascaeta e dois de Gabigol.

INTERNACIONAL ALFINETA ARQUIRRIVAL GRÊMIO COM HOMENAGEM A EX-JOGADOR LULA

O Internacional de Porto Alegre(RS) publicou hoje, em sua página oficial, uma homenagem ao ex-ponta-esquerda Lula, campeão brasileiro de 1976. Trata-se, é claro, de uma indireta ao rival Grêmio, que está abraçando Bolsonaro.

Luís Ribeiro Pinto Neto, o Lula, é pernambucano, como o ex-presidente Lula, e, entre 1974 e 1977, integrou um dos melhores times do Internacional de todos os tempos, que tinha Manga, Figueroa, Marinho Peres, Batista, Falcão, Carpegiani e Dario Maravilha, entre outros.

Antes, ele jogou no Fluminense, que também tinha um grande time, entre 1966 e 1973. O ex-jogador está completando 73 neste sábado. Vejam a alfinetada:

 

SAMPAOLI AMEAÇA SE DEMITIR SE TIVER QUE CUMPRIMENTAR BOLSONARO. E TORCIDAS SANTISTAS REPUDIAM PRESENÇA DO BOZO NA VILA BELMIRO

A notícia é da revista Fórum:

O técnico do Santos, o argentino Jorge Sampaoli, estaria disposto a deixar o clube caso seja obrigado a cumprimentar Jair Bolsonaro, que insiste em assistir ao clássico contra o São Paulo que acontece neste sábado (16) na Vila Belmiro. As informações são do Blog do Paulinho, do jornalista Paulo Cezar de Andrade Prado.

Segundo o blogueiro, Sampaoli teve uma “áspera discussão” com cartolas do Santos, deixando claro que é contra o uso da Vila Belmiro como palanque político e que deixará o clube se for obrigado a cumprimentar Bolsonaro.

Informações do Twitter de Lucas Musetti Perazolli, setorista do Santos FC pela Gazeta Esportiva, o técnico do Santos, Jorge Sampaoli, está incomodado com a ida de Bolsonaro ao jogo e espera não ter nenhum contato direto com ele.

Sampaoli, que se define como de “centro-esquerda” e peronista e, em eleições argentinas passadas apoiou Néstor e Cristina Kirchner, presidentes entre 2003 e 2015, não aprova o governo de Bolsonaro.

Por seu lado, torcidas organizadas do Santos estão protestando contra a presença de Jair Bolsonaro no estádio do time. A Torcida Jovem do Santos e a Torcida Sangue Jovem protestaram e emitiram notas contra a presença de Bolsonaro.

Segundo a nota da Torcida Jovem, os posicionamentos de Bolsonaro são incompatíveis com a “pluralidade social, racial, étnica e cultural da torcida santista”. A nota cita inclusive a luta contra a ditadura militar por parte da torcida.

A Torcida Sangue Jovem afirmou que Bolsonaro agride “bandeiras plurais” da torcida e do clube que são “alvo de constantes ataques pelos posicionamentos de Bolsonaro”. A nota registra que “repudiamos sua presença [de Bolsonaro] em nossas arquibancadas”.

MARCELO D2 IRONIZA BOLSONARO POR DESMENTIDO DO FLAMENGO: “SAI PRA LÁ FASCISTA! AQUI NÃO, BOZO…”

Se o Bozo mente em coisas tão simples, imagina se ele vai falar a verdade em assuntos mais complicados, como o do Queiroz. Deu na revista Fórum:

Torcedor entusiasta do Flamengo, o músico Marcelo D2 foi ao Twitter para ironizar Jair Bolsonaro, que havia declarado ter sido convidado por dirigentes do clube carioca para assistir à final da Libertadores. Nesta sexta-feira (25), foi desmentido. “Querendo surfar nossa onda! Sai pra lá fascista. Aqui não, Bozo!!!”, tuitou o cantor.

O Flamengo vai disputar a decisão da competição sul-americana contra o River Plate, da Argentina, no dia 23 de novembro, no Chile. No entanto, segundo o jornalista Mauro Cezar Pereira, da ESPN-Brasil, o clube não convidou o presidente e não pensa em fazê-lo.

Em visita à China, o presidente entregou um agasalho do clube ao mandatário Xi Jinping. A assessoria do Flamengo negou ter fornecido o material esportivo.

E já que estamos falando de futebol, que tal ver no vídeo abaixo a comitiva de Bolsonaro, que veio a São Paulo no dia 12 de outubro para ver um jogo do Palmeiras:

POR QUE A CAMISA 24 É “PROIBIDA” NO FUTEBOL BRASILEIRO?

Não sei se ainda é assim que funciona, mas, nos meus tempos de ginasial, os alunos recebiam um número, em cada classe, que era utilizado na hora da chamada. O professor dizia “número 10” e o aluno respondia: “Presente!”. Ninguém queria ser o número 24.

No futebol, que é um meio machista, o preconceito com relação ao número 24 continua. Na Libertadores, onde a numeração obrigatória vai de 1 a 30, o número 24 acaba sobrando, normalmente, para o terceiro goleiro. A notícia é do portal iG:

Você sabia que, dos 20 clubes que estão disputando a Série A do Campeonato Brasileiro, apenas um deles possui jogador usando a camisa número 24? É o Grêmio. E quem utiliza é o jovem goleiro Brenno Fraga .

número 24 é praticamente proibido para os jogadores do futebol brasileiro. E também na sociedade brasileira num âmbito geral. A explicação mais provável e mais plausível para isso é folclórica, cultural e com referência bastante antiga, de mais de 100 anos.

No popular ” Jogo do Bicho “, bolsa ilegal de apostas criada no Rio de Janeiro em 1892 por João Baptista Viana Drummond, a quadra estipulada ao animal veado é a 24ª, contendo os números 93, 94, 95 e 96. Ou seja, o 24, no ambiente machista do futebol, é relacionado a homossexualidade.

Conversamos com o goleiro Brenno sobre o número de sua camisa. “Não foi uma escolha minha de ter esse número, mas também não chegaram em mim e falaram para eu usar. Não vejo problema nenhum, não tenho esse pensamento. O importante é ir para os jogos e ajudar a equipe”, disse o jovem de 20 anos ao iG Esporte .

“Foi o meu número de estreia (no Campeonato Gaúcho deste ano). Estreei em um Gre-Nal, então vai ficar marcado na minha vida como uma coisa boa. Por isso não vejo problema nenhum, é super tranquilo, não tem mistério”, continuou Brenno.

O goleiro gremista disse ainda que nunca foi alvo de piadas ou brincadeiras preconceituosas por conta do seu número. “Nunca. Pelo menos diretamente para mim, não. Nem jogador e nem torcedor, de ninguém”, finalizou.

DATAFOLHA: 1/3 DOS TORCEDORES DE FUTEBOL SÃO FLAMENGUISTAS OU CORINTIANOS

Deu no portal MSN:

Pesquisa nacional divulgada pelo Instituto Datafolha nesta terça-feira 17 aponta o Flamengo como dono da maior torcida do Brasil, com preferência de 20% dos entrevistados. A parcela que se declarou torcedora do clube carioca é um pouco menor do que o total de brasileiros que disseram não torcer por nenhum time (22%).

Em segundo lugar entre os clubes com maior torcida, o levantamento mostra o Corinthians (14%). Em relação à última pesquisa divulgada pelo instituto com essa temática, realizada em janeiro de 2018, o percentual dos que se declararam flamenguistas foi de 18% para 20% (dentro da margem de erro), enquanto o clube alvinegro paulista manteve uma taxa de 14%.

As duas agremiações aparecem com as maiores torcidas em todas as classes sociais e nas cinco regiões do país, quase sempre com vantagem flamenguista. A exceção é no Sudeste, onde o instituto diz que o Corinthians tem 18% das preferências, contra 17% do Flamengo.

As variações em relação á última pesquisa mostram estabilidade nas outras torcidas mais bem colocadas: São Paulo (8%), Palmeiras (6%), Vasco (4%) e Cruzeiro (4%) aparecem na sequência repetindo o desempenho de 2018. O Grêmio teve pequeno crescimento (de 3% no ano passado para 4%), enquanto Santos (3%), Internacional (3%) e Atlético-MG (2%) permaneceram com números iguais.

Botafogo, Bahia, Fluminense, Sport, Santa Cruz, Fortaleza, Vitória e Ceará aparecem com apenas 1%. Foram ouvidas 2.878 pessoas, todas com mais de 16 anos, em 175 municípios de todo o país, entre os dias 29 e 30 de agosto. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

1 2 3 34