Categoria: Esporte

POR QUE A CAMISA 24 É “PROIBIDA” NO FUTEBOL BRASILEIRO?

Não sei se ainda é assim que funciona, mas, nos meus tempos de ginasial, os alunos recebiam um número, em cada classe, que era utilizado na hora da chamada. O professor dizia “número 10” e o aluno respondia: “Presente!”. Ninguém queria ser o número 24.

No futebol, que é um meio machista, o preconceito com relação ao número 24 continua. Na Libertadores, onde a numeração obrigatória vai de 1 a 30, o número 24 acaba sobrando, normalmente, para o terceiro goleiro. A notícia é do portal iG:

Você sabia que, dos 20 clubes que estão disputando a Série A do Campeonato Brasileiro, apenas um deles possui jogador usando a camisa número 24? É o Grêmio. E quem utiliza é o jovem goleiro Brenno Fraga .

número 24 é praticamente proibido para os jogadores do futebol brasileiro. E também na sociedade brasileira num âmbito geral. A explicação mais provável e mais plausível para isso é folclórica, cultural e com referência bastante antiga, de mais de 100 anos.

No popular ” Jogo do Bicho “, bolsa ilegal de apostas criada no Rio de Janeiro em 1892 por João Baptista Viana Drummond, a quadra estipulada ao animal veado é a 24ª, contendo os números 93, 94, 95 e 96. Ou seja, o 24, no ambiente machista do futebol, é relacionado a homossexualidade.

Conversamos com o goleiro Brenno sobre o número de sua camisa. “Não foi uma escolha minha de ter esse número, mas também não chegaram em mim e falaram para eu usar. Não vejo problema nenhum, não tenho esse pensamento. O importante é ir para os jogos e ajudar a equipe”, disse o jovem de 20 anos ao iG Esporte .

“Foi o meu número de estreia (no Campeonato Gaúcho deste ano). Estreei em um Gre-Nal, então vai ficar marcado na minha vida como uma coisa boa. Por isso não vejo problema nenhum, é super tranquilo, não tem mistério”, continuou Brenno.

O goleiro gremista disse ainda que nunca foi alvo de piadas ou brincadeiras preconceituosas por conta do seu número. “Nunca. Pelo menos diretamente para mim, não. Nem jogador e nem torcedor, de ninguém”, finalizou.

DATAFOLHA: 1/3 DOS TORCEDORES DE FUTEBOL SÃO FLAMENGUISTAS OU CORINTIANOS

Deu no portal MSN:

Pesquisa nacional divulgada pelo Instituto Datafolha nesta terça-feira 17 aponta o Flamengo como dono da maior torcida do Brasil, com preferência de 20% dos entrevistados. A parcela que se declarou torcedora do clube carioca é um pouco menor do que o total de brasileiros que disseram não torcer por nenhum time (22%).

Em segundo lugar entre os clubes com maior torcida, o levantamento mostra o Corinthians (14%). Em relação à última pesquisa divulgada pelo instituto com essa temática, realizada em janeiro de 2018, o percentual dos que se declararam flamenguistas foi de 18% para 20% (dentro da margem de erro), enquanto o clube alvinegro paulista manteve uma taxa de 14%.

As duas agremiações aparecem com as maiores torcidas em todas as classes sociais e nas cinco regiões do país, quase sempre com vantagem flamenguista. A exceção é no Sudeste, onde o instituto diz que o Corinthians tem 18% das preferências, contra 17% do Flamengo.

As variações em relação á última pesquisa mostram estabilidade nas outras torcidas mais bem colocadas: São Paulo (8%), Palmeiras (6%), Vasco (4%) e Cruzeiro (4%) aparecem na sequência repetindo o desempenho de 2018. O Grêmio teve pequeno crescimento (de 3% no ano passado para 4%), enquanto Santos (3%), Internacional (3%) e Atlético-MG (2%) permaneceram com números iguais.

Botafogo, Bahia, Fluminense, Sport, Santa Cruz, Fortaleza, Vitória e Ceará aparecem com apenas 1%. Foram ouvidas 2.878 pessoas, todas com mais de 16 anos, em 175 municípios de todo o país, entre os dias 29 e 30 de agosto. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

NO SÃO PAULO, DANIEL ALVES TERÁ MAIOR SALÁRIO DO FUTEBOL BRASILEIRO

A notícia é do UOL:

Daniel Alves terá o maior salário do futebol brasileiro, após acertar sua transferência para o São Paulo. Ainda que as partes não falem oficialmente, valores de salário e luvas podem somar um vencimento mensal na casa de R$ 1,5 milhão – superior ao que é pago atualmente aos principais atletas do país.

Gabigol, Dudu, Diego Tardelli e Fred, por exemplo, têm ganhos mensais que variam entre R$ 1 milhão e R$ 1,2 milhão. Filipe Luis, agora no Flamengo, também se aproxima do quarteto.

Vindo do milionário Paris Saint-Germain, no entanto, Dani irá superar a turma e se consolidar como o jogador mais bem pago do país. O lateral ainda receberá pouco mais de 1 milhão de euros (R$ 4,2 milhões) de comissão pelo acerto.

TRANSMISSÃO DE FUTEBOL NO RÁDIO SE DIVIDE ENTRE ANTES E DEPOIS DE OSMAR SANTOS

Na foto histórica, aparecem Pedro Simon, Ulysses Guimarães, Brizola, Lula, Osmar Santos e Franco Montoro. Fernando Henrique não está na foto, mas também participava dos comícios das Diretas-Já. O texto em homenagem ao Osmar Santos é do jornalista Juca Kfouri, publicado pela Folha de S.Paulo:

Osmar Santos comemora 70 anos neste domingo (28). E por ser quem é, feliz da vida. Há precisamente um mês almoçamos juntos e, como sempre, sua chegada e saída do restaurante foram emocionantes. Ele vem e vai com sua cadeira motorizada que dirige com admirável perícia e é recebido com carinho por todos.

Certa vez, numa sala de cinema, o vi chegar com a sessão já começada e estacionar seu bólido ao lado da primeira fila. Quando o filme terminou, e as luzes se acenderam, a sala, lotada, o identificou e saudou com demorada salva de palmas. Foi comovente. Há quase 25 anos afastado do microfone que usou como ninguém, vítima de um motorista embriagado que tirou dele sua maior riqueza, a voz, Osmar continua popular e querido, reconhecido onde vai.

Não bastasse ter revolucionado o jeito de narrar futebol no rádio brasileiro, a ponto de existir um modo de transmitir os jogos antes dele e outro depois, o palmeirense que botou a Fiel torcida para chorar com a narração do célebre gol de Basílio depois de 23 anos de jejum ainda tem no currículo ter sido o genial mestre de cerimônias da campanha pelas Diretas Já, quando comandou comícios que reuniram multidões como jamais o país havia visto em São Paulo e no Rio.

Poucas pessoas na história da humanidade falaram para tanta gente e durante tanto tempo –sem um incidente digno de nota, tamanha sua capacidade de controlar a massa, tal seu magnetismo de comunicador sem igual. Bastava surgir um burburinho, uma tentativa de vaia para algum orador em palanque que só não reunia os favoráveis à ditadura, e lá vinha ele: “Diretas quando?”. E o povo respondia a plenos pulmões: “Diretas já!”.

“Ripa na chulipa e pimba na gorduchinha”; “um pra lá, dois pra cá, é fogo no boné do guarda”; “tiro-lirolá, tiro-loroto, e que goooool”; “capricha garotinho que o placar não é seu”; “curtindo amor em terra estranha”, quando o jogador era flagrado em impedimento; “sai daí que o jacaré te abraça” são alguns dos bordões consagrado s por ele para renovar a forma de contar o que acontecia nos gramados.

Osmar Santos fazia eco no Morumbi como João Saldanha no Maracanã, não por acaso os dois homenageados em forma de troféus, pelo diário Lance, para os campeões do primeiro e segundo turnos do Campeonato Brasileiro. “Osmar Santos vem aí, garoto bom de bola”, anunciava a vinheta da rádio Globo para alegria da galera.

O locutor virou pintor e se expressa do jeito que dá, com vocabulário restrito, mas compreensível, e a mesma lucidez de sempre, até para estar horrorizado com os dias que correm. Não se queixa, não tira o sorriso dos lábios, exemplo de perseverança. Personagem não apenas da história do futebol brasileiro, mas da história do Brasil.

Abaixo, a narração de Osmar Santos do terceiro gol de Casagrande na decisão do campeonato paulista de 1982, que começou em julho e terminou em dezembro. Naquela época, o Paulistão era mais importante que o campeonato nacional. Casagrande foi o artilheiro com 28 gols.

O Corinthians campeão tinha um jalesense, o lateral Alfinete. Depois do terceiro gol, Osmar Santos fez uma homenagem a Adoniram Barbosa (nome verdadeiro: João Rubinato), que tinha tudo pra ser palmeirense, mas era corintiano. Adoniram morreu três semanas antes da decisão.

 

CÂMARA HOMENAGEIA DELEGAÇÃO DE JALES QUE PARTICIPOU DOS JOGOS REGIONAIS DE ANDRADINA

A notícia é da assessoria de imprensa da Câmara:

A Câmara, em Sessão Ordinária (15), homenageou, com moções de aplausos, atletas, dirigentes e técnicos de Jales que participaram dos Jogos Regionais 2019, entre os dias 2 e 13 de julho, na cidade de Andradina.

A Moção de Aplausos 20/2019, proposta pelo vereador João Zanetoni (PSB), destacou a conquista das medalhas de ouro pelas equipes feminina e masculina de Handebol. Zanetoni justificou que a vitória mostra a grande evolução da equipe de Jales nessa modalidade e comprova que a equipe é uma das melhores do Estado de São Paulo.

A Moção de Aplausos 21/2019, do vereador Fábio Kazuto (PSB), homenageou os atletas, dirigentes e técnicos que integraram a delegação de Jales nos Jogos Regionais e conquistaram a 10ª posição na classificação geral. As equipes feminina e masculina de Futsal receberam medalhas de ouro e o Karatê masculino recebeu medalha de prata.

Kazuto também elogiou as boas classificações obtidas pelas equipes de Futebol Masculino, Tênis Feminino, Basquete Masculino, Natação ACD Feminino, Natação ACD Masculino, Atletismo ACD nas modalidades masculino e feminino.

Zanetoni comentou as proposituras: “É um reconhecimento aos atletas de Jales. A gente fica feliz quando a Secretaria de Esportes desenvolve um trabalho. O caminho é esse. Essa dedicação e trabalho dos atletas e da diretoria vão muito além de uma medalha”.

Kazuto falou sobre as homenagens: “Quem investe em esporte, economiza em saúde, educação e, principalmente, em segurança. As crianças que fazem esportes, com certeza, seguirão por um caminho correto. Parabéns. Isso é um incentivo para todos os atletas um dia poderem, também, disputar os Jogos Regionais”.

O vereador Bismark Kuwakino (PSDB) elogiou os participantes dos Jogos: “Quero citar a Emily, do Karatê e a Lorena, que estão na seletiva para representar o Brasil. É o trabalho dos pais, dos atletas, dos professores e de todos que fazem uma unidade. Sem uma unidade, não vamos a lugar nenhum. Quero deixar os parabéns a cada um de vocês que fizeram parte da delegação que representou Jales nos Jogos Regionais. Todos vocês têm realizado um trabalho de excelência.

As Moções de Aplausos 20/2019 e 21/2019 foram subscritas pelos demais vereadores, aprovadas por unanimidade e encaminhadas aos homenageados.

GLOBO DEMITE MAURO NAVES APÓS SUSPENSÃO POR INTERMEDIAÇÃO NO CASO NEYMAR X NAJILA

Deu no UOL:

Mauro Naves não é mais funcionário da Globo. O repórter esportivo, que trabalhava na emissora havia 31 anos, estava suspenso desde 5 de junho, quando foi retirado da cobertura da Copa América em nota oficial lida no Jornal Nacional.

A Globo informa que a rescisão de contrato foi amigável, mas o Notícias da TV apurou que ele foi demitido. Naves foi punido porque teria atuado como intermediador de uma tentativa de acordo entre Neymar Jr. e o primeiro advogado de Najila Trindade, que acusa o jogador de estupro.

Em nota, a Globo informou que o contrato de Naves foi encerrado de forma amigável. “O Grupo Globo e o jornalista Mauro Naves decidiram encerrar consensualmente o contrato de prestação de serviços que mantinham. O Grupo Globo reconhece a imensa contribuição de Mauro Naves ao jornalismo esportivo e a ele agradece os 31 anos de dedicação e colaboração”, afirmou a Comunicação.

A reportagem apurou, porém, que o desligamento não foi consensual. Naves desabafou a amigos na última quinta (4) que foi dispensado por causa de toda a confusão envolvendo Neymar. Ele vai receber todos os seus direitos trabalhistas, mas não está de saída por opção própria.

Segundo a nota divulgada ao vivo no Jornal Nacional, Naves foi afastado da cobertura porque forneceu o telefone de Neymar da Silva Santos, pai de Neymar, ao advogado José Edgard Bueno, em troca de uma posterior entrevista exclusiva. A Globo viu “evidências de que suas atitudes [as de Naves] neste caso contrariaram a expectativa da empresa sobre a conduta de seus jornalistas”.

A justificativa de Naves, de que forneceu o contato de Neymar pai em troca de um furo, não colou porque, se houvesse acordo entre o jogador e o então advogado de Najila, não haveria denúncia, não haveria escândalo, não haveria notícia.

ARGENTINA ENVIA CARTA À COMMEBOL E RECLAMA ATÉ DE BOLSONARO NO ESTÁDIO

No intervalo da partida, Bolsonaro entrou em campo, acenou para a torcida e chacoalhou uma bandeira do Brasil. Muitos torcedores à beira da arquibancada puxaram gritos de “mito, mito, mito”, mas outra parte da torcida respondeu com vaias na saída do gramado. Antes, logo em seguida à execução do hino argentino, Bolsonaro já havia sido vaiado quando apareceu no telão ao lado do ministro da Economia, Paulo Guedes.

Deu no MSN:

A Associação de Futebol Argentino (AFA) enviou na tarde desta quarta-feira uma carta de seis páginas à Conmebol com diversas reclamações sobre a Copa América. O texto, assinado por Claudio “Chiqui” Tapia, presidente da entidade, cita principalmente a não utilização do VAR em dois lances de pênalti durante o confronto com o Brasil, na semifinal de terça, no Mineirão. Há reclamações até sobre a presença do presidente Jair Bolsonaro no estádio.

“Lamentavelmente, o ocorrido na partida de ontem entre nossa seleção argentina e o Brasil merece uma profunda reflexão que põe em dúvida que se hajam observados os princípios de ética, lealdade e transparência. Ficou evidente que a Argentina foi prejudicada pela arbitragem encabeçada por Roddy Zambrano durante todo o desenrolar do jogo, e em particular pela não utilização do VAR em duas jogadas concretas que poderiam, sem dúvidas, ter mudado o resultado final.

O presidente da AFA escreveu ainda que Jair Bolsonaro fez diversas manifestações políticas, que deveriam ter sido coibidas pela organização.

“A imprudência da designação da arbitragem gerou um evitável ambiente prévio ao jogo, agravado pela presença do presidente Jair Bolsonaro no Mineirão, que não passou inadvertida por jogadores, dirigentes e público em geral, já que foram evidentes suas manifestações políticas durante o desenrolar do jogo, não podendo deixar de mencionar que no intervalo deu uma verdadeira volta olímpica no estádio”.

ATLETAS JALESENSES VÃO DISPUTAR 19 MODALIDADES NOS 63o JOGOS REGIONAIS, EM ANDRADINA

A notícia é da Secretaria Municipal de Comunicação:

Com apoio da Prefeitura de Jales por meio da Secretaria de Esportes, Cultura e Turismo (SMECT), o município de Jales vai participar da 63ª edição dos Jogos Regionais que será realizado entre os dias 2 e 13 do mês de julho, na cidade de Andradina/SP. A delegação jalesense partirá no próximo dia 2, terça-feira, com aproximadamente 200 pessoas entre atletas, comissão técnica e chefes de delegação.

Entre as 24 modalidades da competição, Jales irá participar de 19 delas, sendo todas em categorias masculinas e femininas. Atletismo, atletismo ACD (Atletas Com Deficiência), basquete livre, bocha, futebol Sub 20, futsal Sub 20, ginástica rítmica Sub 14, handebol Sub 20, malha, judô, karatê, natação ACD, tênis, vôlei de praia e vôlei livre serão as disputadas.

O evento esportivo promete reunir cerca de cinco mil atletas e dirigentes dos 37 municípios que compõem a 6ª Região Esportiva do Estado de São Paulo, na qual a cidade de Jales também está inserida.

Maria Odete Custódio, assistente de chefia da delegação jalesense, aponta que os atletas têm grande capacidade de conquistar várias medalhas e troféus. “Estamos muito entusiasmados e esperançosos para que possamos voltar com várias vitórias. Vamos disputar em 19 categorias, sendo elas masculino, feminino e atletas com deficiência”, explicou.

A vantagem dos Jogos Regionais é que os dois melhores colocados de cada modalidade terão a oportunidade de participar da primeira divisão dos Jogos Abertos do Interior.

A cerimônia de abertura dos jogos acontecerá no dia 5 de julho, a partir das 19 horas, no estádio Municipal Evandro Brembatti Calvoso, em Andrandina/SP.

BASQUETE MASTER DE JALES VENCE NOVAMENTE

A equipe de Basquete Master (40+) de Jales entrou em quadra no último sábado, 15, nas dependências do Clube Monte Líbano, em Rio Preto, para enfrentar a equipe de Tanabi, em partida válida pela 4ª rodada da IV Copa Monte Líbano de Basquete Master 2019/Liga Regional.

A equipe jalesense, que já ocupava a primeira posição na tabela, empatada com as equipes anfitriãs do Monte Líbano (A e B) foi para o jogo visando manter-se na ponta da tabela. Para isso, desde o princípio, foi bastante agressiva no ataque, convertendo muitos pontos, e postou-se de forma coesa na defesa, não permitindo que o adversário pontuasse. Ao final, o placar foi de 84 x 46.

Com o resultado, a equipe jalesense permaneceu na primeira posição da tabela, ainda junto com as duas equipes anfitriãs, que também venceram seus confrontos na rodada (vide tabela com resultados abaixo).

O próximo confronto da equipe jalesense será no próximo dia 29, onde a equipe enfrentará o time de Ilha Solteira, atual quinto colocado na tabela de classificação.

Pela equipe de Jales, que conta com apoio da Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Esportes, jogaram e pontuaram: Carlos Birigui (16), Dallmer Assis (10), Osvaldo Landim Jr. (07), Paulo Silva (33), Adagoberto Navarro, Rodrigo Rigolon (14) e Gustavo Silva (04).

1 2 3 33