Categoria: Esporte

A PRAÇA É DO JACARÉ

Os jornais deste final de semana deram destaque à escolha do nome do mascote dos 55. Jogos Regionais, que serão sediados em Jales, no mês de julho. Como se sabe, o pessoal dos Jogos Regionais resolveu fazer uma homenagem ao personagem que habitou a Praça “João Mariano de Freitas” durante vários anos, nomeando-o como mascote oficial e instituindo um concurso para que, finalmente, lhe fosse dado um nome de batismo.

Pessoalmente, acho tudo isso um justo desagravo ao jacaré que deu fama à Praça e que, depois de passar algum tempo se alimentando apenas de repolho, viu-se obrigado a se mudar para Araçatuba, onde, provavelmente, deve estar sendo tratado com uma alimentação um pouco mais balanceada. O lado bom da homenagem é que o jacaré está de volta à cidade, como se pode ver pelas fotos acima, mas, infelizmente para ele, o seu novo habitat é a perigosa Praça “Euphly Jalles”, onde já se decapitou até a estátua do fundador.

Voltando ao que interessa, os jornais locais estão informando que, após examinar as 35 sugestões apresentadas por estudantes do município, o júri inclinou-se por batizar o mascote com o nome de “Jaleré”, uma simpática e criativa alcunha sugerida por dois alunos – Lara Pêgolo Buso, de 10 anos, e Marcos Vinícius de Jesus Mioto, de 14 anos. Bem, pelo menos o Jaleré não nos vai dar nenhuma despesa com repolho.

JALES SEDIA JOGOS REGIONAIS PELA QUINTA VEZ

A foto aí de cima é do desfile inicial dos Jogos Regionais da Araraquarense de 1976, disputados em Jales. Reparem que, àquela época, a calça boca de sino fazia sucesso. Nesse ano, sob a administração do prefeito Honório Amadeu, Jales inaugurou o Ginásio de Esportes “Waldemar Lopes Ferraz”. Antes disso, Jales já tinha sediado os Jogos de 1968.

Os Jogos Regionais da Araraquarense foram os embriões dos Jogos Regionais do Estado, que eram disputados em oito regiões (Araraquarense, Alta Sorocaba, Nordestinos, Vale do Paraíba, Média e Alta Mogiana, Paulista e Alta Paulista). A partir de 1988, os Jogos passaram a ser disputados por regiões esportivas.

De lá prá cá, Jales já sediou os Jogos Regionais da 6a. Região Esportiva (de São José do Rio Preto) em duas ocasiões: em 1994, durante o primeiro mandato do ex-prefeito José Carlos Guisso, e em 2002, quando José Antonio Caparroz, em função do falecimento de Guisso, ocupava a cadeira de prefeito. Portanto, em 2011, Jales estará sediando os Jogos Regionais pela 5a. vez.

Infelizmente, tive que reduzir o tamanho da foto prá caber no espaço do blog. Mas, em tamanho normal, dá prá reconhecer muita gente, inclusive entre o pessoal que assistia ao desfile. O seo Otávio Miranda, pai do nosso ex-secretário de Obras, Antonio Marcos Miranda, é um deles. Entre os atletas, bem à frente está o Jack, também conhecido como Edson Vicente da Silva, hoje advogado aqui em Jales. Jack era craque no futebol, mas, nesses Jogos, deve ter integrado o time de basquete, esporte que ele também jogava muito bem.

PS: Estávamos com um pequeno problema, mas agora a foto já pode ser vista. E quem quiser aumentar o tamanho, para conferir melhor a delegação de Jales, é só clicar em cima da foto.

COMEÇAM AS OBRAS DO ESTÁDIO DO CORINTHIANS PARA ABERTURA DA COPA DO MUNDO DE 2014

O tão sonhado estádio do Corinthians começou a sair do papel nesta segunda-feira (30), com o início das obras de terraplanagem do terreno em Itaquera, na zona leste de São Paulo.

O primeiro trator foi ligado por volta das 8h15 (de Brasília). Antes, o engenheiro responsável pelas obras, Frederico Barbosa, da construtora Odebrecht, se reuniu com os operários que vão executar o serviço para explicar como será a primeira etapa.

– Os três primeiros meses serão de serviços preliminares: limpeza de terreno, terraplanagem, marcação topográfica, coleta de materiais para fazer ensaios e início dos testes de fundação.

Segundo o engenheiro, a fundação dos prédios deve começar a ser feita na segunda quinzena de julho. O objetivo é concluir o estádio em dezembro de 2013, cerca de seis meses antes do início da Copa do Mundo de 2014. O estádio, conhecido por enquanto como Fielzão, deve receber o jogo de abertura. Abaixo, um vídeo da Gazeta, sobre o início das obras:

You need to a flashplayer enabled browser to view this YouTube video

PREFEITO VISITA “OBRAS” DO CAMPO DE FUTEBOL DO JARDIM AEROPORTO

Agora vai! Segundo estou lendo no portal Mais Interativa, o nosso premiado estadista Humberto Parini esteve fazendo uma visita ao terreno onde pretende erigir o futuro campo de futebol do Jardim Aeroporto. O prefeito não foi sozinho, como se pode ver pela foto aí do lado. A acompanhá-lo, os secretários de Esportes e de Planejamento, Irineu Rodrigues de Carvalho e João Missoni Filho, respectivamente. 

Como eu já disse por aqui, essa novela já se estende por quase três anos, mas, agora, parece que a coisa é séria. Afinal o prefeito já mandou instalar até a placa da obra, que já pode ser vista por quem passa lá pelos lados da Facip. Se bem que, pensando melhor, esse negócio de colocar placa não significa muita coisa. Basta ver que, lá no Jardim Arapuã, há quase um ano nós temos uma placa anunciando a construção de um Ginásio de Esportes. Mas, por enquanto, só o que temos por lá é mato.

PENÁPOLIS HOMENAGEIA EX-CRAQUES JALESENSES

Enquanto aqui em Jales o prefeito tenta acabar com o tradicional campo de futebol da Fepasa, numa demonstração de que ele não tem respeito pela memória do esporte, em Penápolis acontece exatamente o contrário: a diretoria do Clube Atlético Penapolense, com o objetivo de resgatar um pouco da história do time, vem homenageando antigos craques que passaram por lá.

No próximo domingo, já com vaga garantida na A2 do ano que vem, o CAP estará disputando o título da A3 com o Santacruzense, de Santa Cruz do Rio Pardo. Antes do jogo, a diretoria vai homenagear três ex-craques do Penapolense, bastante conhecidos de todos nós, já que há muito tempo eles moram aqui em Jales. São eles:

1) Antonio Maurílio Gonçalves, o Murilo, que jogou em Penápolis entre 1956 e 1960. Antes de chegar em Jales para substituir Lolito, lendário goleiro do CAJ, Murilo, o famoso Gato Preto, passou pelo time do Mirassol.

2) Moacir Cardoso, o pai da vereadora Pérola. Para quem não sabe, o seo Moacir foi um craque de bola e atuou em Penápolis, onde é conhecido por Michila, entre 1959 a 1963. Depois de Penápolis e antes chegar a Jales, o seo Moacir passou pelo time de Uberlândia.

3) Deoclides Martins Lopes, também conhecido por Dinho, o mais notório malufista de Jales. Ele foi um brilhante lateral esquerdo do Penapolense entre os anos de 1949 e 1956. Dinho despertou o interesse do XV de Piracicaba – na época, na primeira divisão do campeonato paulista – mas não topou assinar com o clube por um motivo insólito: o time de Piracicaba queria que ele se dedicasse exclusivamente ao futebol, mas o Dinho achava que tinha que ter um trabalho paralelo.

DOMINGO À TARDE, NO CAMPO DA FEPASA

Ontem, um domingo de céu azul, resolvi dar uns bordejos lá pelos lados do campo da Fepasa, antes do jogo do glorioso Coringão na TV. A idéia era falar com alguns dos esportistas prá saber a opinião deles sobre a proposta do nosso premiado estadista Humberto Parini, que pretende doar o terreno do campo para a União Federal. Afinal, era importante saber o que pensa aquela gente estranha, que, mesmo com uma decisão de campeonato na TV, ainda se dispõe a sair de casa prá ver um bando de cabeças-de-bagre maltratando uma pobre bola.    

Em menos de um minuto, já notei que tinha ido ao lugar errado, na hora errada. Logo na primeira rodinha, tive que ouvir palavras nada elogiosas ao meu partido e ao prefeito. Assim que lancei a pergunta “o que vocês estão achando da idéia do Parini?”, fui alvejado por uma saraivada de respostas nem um pouco amigáveis. E foi assim em toda a arquibancada. E o pior é que algumas pessoas achavam que eu estava ali como espião do prefeito. Uma senhora, que aparentava estar um pouquinho acima do peso, foi logo dizendo: “Vocês do PT não gostam de esporte. Querem acabar com o nosso lazer”.

Pensando bem, pelo menos com relação ao prefeito, a robusta senhora tem alguma razão. Ele não gosta mesmo de esporte. E, ao que eu saiba, nunca praticou nenhum, nem mesmo xadrez ou dama. Sou filiado ao PT há mais de 20 anos e conheço o Parini desde quando ele tinha um bigode quase tão negro quanto a asa da grauna. E, nesse tempo todo, eu nunca vi o prefeito em um campo de futebol ou numa quadra de esportes. Só em época de campanha eleitoral, mas aí não vale.

Um detalhe curioso: o prefeito começou a mexer com a doação do campo da Fepasa em julho de 2009, quando ofereceu o terreno à Procuradoria da República e, já contando com a aprovação da sua fantástica idéia, mandou convidar a procuradora-chefe, Adriana Scordamaglia, para o lançamento da pedra fundamental da obra. Nesse tempo todo, ele nunca consultou ninguém a respeito do assunto, nem mesmo os vereadores que ainda o apóiam. Deve ser isso o que o prefeito chama de Gestão Participativa.

JOGOS REGIONAIS: “PRAÇA DAS BANDEIRAS” SERÁ INAUGURADA NO DIA 26

A Praça “Euphly Jalles” não está lá essas coisas, mas é possível que, nos próximos dias, ela passe por uma pequena maquiagem. Afinal, por conta dos Jogos Regionais 2011, ela será transformada na “Praça das Bandeiras”, a partir do dia 26 de maio. A notícia está no blog da Folha Noroeste:

Em reunião nessa segunda feira, 9 de maio , os integrantes do Comitê Organizador, Irineu de Carvalho, Wilter Guerzoni, Ilson Colombo e José Antonio de Carvalho definiram, em reunião com o prefeito Humberto Parini, que no dia 26 de maio, uma quinta feira, será realizado o Congresso Administrativo dos 55º Jogos Regionais da 6ª Região Esportiva da cidade de Jales.
Paralelo a este Congresso, será lançada a Praça das Bandeiras, onde cada município participante do JRs 2011 de Jales estará hasteando sua bandeira na praça Dr.”Euplhy Jalles”, repetindo a atração de 2002. Cerca de 70 bandeiras deverão fixadas naquele local.
O Congresso será importante para os chefes de delegações conhecerem todo o aparato organizacional dos Jogos, segundo o Comitê Organizador dos Jogos Regionais em Jales. Todos os parceiros na organização como Policias Militar, Civil, Rodoviária, Federal, Corpo de Bombeiros, Secretaria de Saúde, e Samu participarão dando orientações e informações pertinentes ao evento, onde todos poderão tirar duvidas sobre os locais de competições, comitê de recepção, abertura e regulamento geral da participação de cada município.
Os chefes de delegações deverão enviar a bandeira do município para a Prefeitura de Jales (Rua cinco, N.2266, centro, CEP 15700.000) até o dia 20 de maio.
 
 
 
Nas fotos, o hasteamento das bandeiras, por ocasião dos Jogos Regionais de 2002, em Jales.  Ismael Toniolli organizou o hasteamento.
 

PROJETO QUE AUTORIZA DOAÇÃO DO CAMPO DA FEPASA AINDA NÃO CHEGOU NA CÂMARA

Na segunda-feira da semana passada, a assessoria do prefeito Humberto Parini consultou a Câmara Municipal sobre a possibilidade de votar ainda na sessão daquele dia, em regime de urgência urgentíssima, o projeto de lei que autoriza a doação do terreno onde está o campo de futebol da Fepasa para a Justiça Federal. Ou para a Polícia Federal, sei lá!

Segundo fiquei sabendo, a diretoria da Câmara não autorizou a inclusão do projeto na pauta de votações daquele dia. E o pessoal do Paço não insistiu, até porque o vereador Especiato não estaria na sessão para defender o projeto. Pois bem, passaram-se quatro dias úteis e, pelo que ouvi dizer, a Prefeitura não enviou o projeto para apreciação dos vereadores. Só falta agora, os assessores do prefeito tentarem novamente – na próxima segunda-feira – que o projeto seja incluído na pauta da sessão da Câmara e votado em regime de urgência.

Se isso acontecer, vai ficar claro que o prefeito não deseja que o projeto seja discutido. Não é segredo para ninguém que Parini não gosta de esporte, principalmente de futebol, embora se declare santista. Aliás, ele só foi visto em um campo de futebol durante suas campanhas eleitorais. Então, vamos combinar o seguinte: para o prefeito, o campo da Fepasa não representa nada. Os saudosistas que me desculpem, mas é bom eles irem se despedindo daquele gramado.

JOGADORES PERUANOS TROCAM CARÍCIAS DURANTE TREINO

É muita amizade! Deu no Extra on Line:

Dois jogadores do Sporting Cristal, time do Peru, protagonizaram cenas para lá de carinhosas durante um treino do clube. Giancarlo Casas e Yoshimar Yotún trocaram carícias, abraços e até beijos nos braços. O fato foi gravado e divulgado pelo telejornal “Buenos Días”, programa local do Peru, e trouxe consequências para a dupla. 

Segundo o jornal Líbero, após verem as imagens na tv, a diretoria do Sporting teria aplicado uma multa aos jogadores por considerar inadequado o comportamento dos atletas. Porém, o clube não confirmou o fato.  

– Yoshimar é um grande amigo meu, lhe quero muito bem e no tempo que estamos juntos temos nos concentrado bem. Temos uma amizade linda, porém não passa de beijos e abraços – explicou Casas na entrevista à televisão. 

Yotún falou que tudo não passou de uma brincadeira e reafirmou ser heterossexual.

 – Foi nada mais. Ele sabe que sou bem homem. Minha filha de sete anos riu das imagens. Me sinto tranquilo – disse o jogador.

Tá a fim de conferir a amizade dos dois? Então veja o vídeo:

You need to a flashplayer enabled browser to view this YouTube video

1 27 28 29 30 31