Categoria: Política

DELEY SOLICITA INFORMAÇÕES SOBRE APOIO DA PREFEITURA À COOPERSOL

A notícia é da assessoria de imprensa da Câmara:

O vereador Vanderley Vieira – Deley (PPS), na Sessão Ordinária de segunda-feira (7), apresentou um requerimento questionando sobre a contribuição dada pela Prefeitura à Cooperativa Regional Solidária de Catadores de Resíduos Sólidos (Coopersol).

A Coopersol é uma cooperativa que faz a coleta e separação de materiais recicláveis, como plástico, vidro e papéis na cidade.

“Infelizmente, se o poder público municipal não der apoio à Coopersol, ela vai fechar. Não há condições de trabalho. Começaram a ter cortes de recursos, dívidas acumuladas, quando caminhões quebram, são eles que consertam. São famílias que lutam o dia inteiro e fazem uma grande prestação de serviço para a nossa comunidade. São vinte famílias que dependem desse trabalho. No que for necessário, dentro da legalidade, nós vereadores e o prefeito vamos fazer”, completou Deley.

Deley solicitou que a Prefeitura informe quantos e quais veículos da frota municipal estão a serviço da Coopersol, quantos caminhões fazem a coleta de materiais diariamente e quantos servidores municipais trabalham diretamente na coleta seletiva em apoio à cooperativa.

O vereador pediu, também, que a Prefeitura informe qual o gasto financeiro mensal que o município tem com a coleta seletiva, considerando os quatro primeiros meses de 2018 e se houve algum corte de repasse de recursos financeiros ou de apoio de pessoal nos últimos doze meses.

JOAQUIM BARBOSA DESISTE DE SE CANDIDATAR A PRESIDENTE

Deu no Brasil 247:

O ex-presidente do STF (Supremo Tribunal Federal) Joaquim Barbosa, filiado ao PSB, informou, por meio de sua conta pessoal no Twitter, na manhã desta terça-feira (8), que não será candidato à Presidência da República. 

“Está decidido. Após várias semanas de muita reflexão, finalmente cheguei a uma conclusão. Não pretendo ser candidato a Presidente da República. Decisão estritamente pessoal”, escreveu.

Joaquim Barbosa vinha sendo apontado como um nome capaz de representar “o novo” na disputa, capaz de representar uma opção de direita ou centro-direita. Logo depois do anúncio de sua pré-candidatura, ele obteve índices ao redor de 10% nas pesquisas eleitorais.

Com a  decisão, muda todo o cenário eleitoral mais uma vez. Aparentemente, a candidatura de Ciro Gomes deve ser favorecida e Marina Silva perde sua única chance de composição na disputa. 

VEREADORES ACOMPANHAM ENTREGA DE AMBULÂNCIAS DO SAMU

A notícia é da assessoria de imprensa da Câmara:

Na última sexta-feira (4), os vereadores Fabio Kazuto (PSB), João Zanetoni (PSB), Vanderley Vieira – Deley (PPS), Luiz Henrique Viotto – Macetão (PP) e Vagner Selis – Pintinho (PRB) estiveram na Praça Euply Jalles e acompanharam a entrega de duas ambulâncias para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). 

Funcionários do SAMU, a secretária municipal de Saúde Maria Aparecida Martins e o prefeito municipal em exercício José Devanir Rodrigues – Garça estiveram presentes. 

As ambulâncias foram destinadas pelo Governo Federal com o objetivo de renovar a frota de veículos e melhorar o atendimento de pacientes do município. 

EM EVENTO COM GOVERNADOR, GARÇA ASSINA CONVÊNIO DE R$ 1 MILHÃO PARA ASFALTO

A notícia é da Secretaria Municipal de Comunicação:

O sábado, 05, foi de conquistas para Jales. Na presença do governador do Estado de São Paulo, Márcio França e do secretário Estadual de Educação, João Cury Neto, o vice-prefeito de Jales, José Devanir Rodrigues, o Garça, assinou o “Autoriza” para a celebração de convênio, inaugurou a EMEI “Professora Diva Maciel Jorge”, no Jacb, e recebeu a certificação de Jales entre os Municípios de Interesse Turístico (MIT), durante evento realizado no Teatro “Paulo Moura” em São José do Rio Preto.

Na ocasião, seis cidades da região de Rio Preto foram certificadas como MITs no sábado: Jales, Fernandópolis, Ouroeste, Paulo de Faria, Mendonça e Ubarana. “Assinamos hoje 54 convênios de pavimentação e manutenção urbana, um total de R$ 30 milhões em obras, além das certificações de Municípios de Interesse Turístico, que permitirão a essas cidades receberem recursos em torno de R$ 600 mil por ano para melhorias na infraestrutura turística”, destacou o governador.

Durante a cerimônia foi descerrada a placa de inauguração da Escola Municipal de Educação Infantil “Professora Diva Maciel Jorge”, construída através do programa Creche Escola, no JACB I (Conjunto Habitacional José Antônio Caparroz Bogaz). As aulas na escola que é considerada um modelo de sustentabilidade e aberta à visitação do público, tiveram início no dia 16 de abril deste ano.

O vice-prefeito Garça assinou o “Autoriza” para a celebração de um convênio no valor de mais de R$ 1 milhão que será utilizado em infraestrutura urbana. Ele se mostrou satisfeito. “Hoje é um dia de comemoração. Assinamos convênio junto à secretaria Estadual de Planejamento e Gestão para investirmos mais de R$ 1 milhão no asfalto de Jales, inauguramos oficialmente uma creche no Jacb que tem capacidade para atender 150 crianças com conforto, qualidade e segurança e estamos oficialmente certificados como Município de Interesse Turístico”, finalizou.

MARIETA SEVERO: “NÃO VÃO ACABAR COM A SEMENTE QUE O LULA PLANTOU”

A notícia é da revista Fórum:

A atriz Marieta Severo, que acaba de viver a malvada Sophia na novela “O Outro Lado do Paraíso” disse, em entrevista na coluna de Marina Caruso, no Globo desta segunda-feira (7), que ficou muito triste com a prisão de Lula, segundo ela “armada juridicamente como foi”.

Marieta disse ainda que “é evidente que não há prova suficiente. Independentemente dos erros, não vão acabar com a semente que o Lula plantou. Temos que prestar atenção no que está por trás do que as pessoas dizem, a quem interessa. Não deixar visitarem Lula na prisão faz parte do jogo em relação à próxima eleição. É a lama. Nos anos Lula, tinha a sensação de que alguém estava fazendo algo para diminuir a desigualdade social”, falou.

Já com relação à personagem Sophia, que viveu, Marieta lembrou que “a última frase dela, ‘tudo o que fiz foi pela minha família’, é tão atual. Que família é essa? Vimos no Congresso o maior exemplo disso (na votação do impeachment). Era um tal de ‘pela família’ e, no dia seguinte, a pessoa era presa por corrupção”, ironizou.

Sobre os ataques que sofre pela internet, Marieta confessou: “Ler que minha família é canalha dói no meu coração. Que é isso? Tenho orgulho dela! Mas esse a gente já processou, ele perdeu, se ferrou. Menos um!”, concluiu. Ela estava se referindo ao antiquário João Pedrosa, que foi condenado a pagar R$ 100 mil à família Buarque, por danos morais.

GOVERNADOR INAUGURA NOVA CRECHE DO JACB À DISTÂNCIA

Definitivamente, parece que os últimos governadores paulistas não gostam muito da água de Jales. Alckmin, por exemplo, esteve na região muitas vezes mas evitava passar por Jales. Ele preferia despachar para cá a ex-primeira-dama, dona Lu Alckmin, que o representou até em caminhadas da AVCC.

Agora é a vez do governador substituto Márcio França dispensar nossa hospitalidade. Esperado há uns dois ou três sábados em Jales para inaugurar a nova creche do JACB – a EMEI “Prof. Diva Maciel Jorge” – ele não veio e a inauguração teve que ser cancelada às vésperas do evento.

Hoje, o governador está fazendo um tour pelo interior, com o objetivo, é claro, de se tornar mais conhecido do povo paulista, já que ele tem sérias intenções de continuar repousando seu ilustre traseiro na cadeira de governador pelos próximos quatro anos.

No momento em que batuco estas mal traçadas, nosso governador deve estar em São José do Rio Preto. Mais tarde ele estará em Adolfo, Itajobi e Novais, onde entregará algumas moradias populares. Sua agenda marca como última atividade do dia a participação em um evento da Igreja Assembleia de Deus, em Santos.

Em São José do Rio Preto, França – que, segundo o calendário eleitoral, tem até o dia 07 de julho para participar de inaugurações – vai entregar as certificações que oficializam Jales, Fernandópolis, Ouroeste, Paulo de Faria, Mendonça e Ubarana como Municípios de Interesse Turístico.

O governador vai aproveitar, também, para descerrar as placas – ou seja, inaugurar à distância – de quatro creches escolas, entre elas a referida EMEI “Diva Maciel Jorge”. Uma delegação de jalesenses, comandada pelo prefeito interino Garça, se deslocou até São José do Rio Preto para nos representar na inauguração.

O detalhe da inauguração à distância é que, até onde se sabe, os parentes da homenageada – a falecida professora Diva Maciel Jorge – não foram convidados para o evento. Alguns deles chegaram a desmarcar compromissos para estar em Jales e participar da inauguração, mas…

É provável, porém, que o prefeito Flá Prandi vá promover uma inauguração in loco – sem a presença do governador – quando os parentes serão convidados. Afinal, uma inauguração com a participação da brava gente do JACB e do entorno é tudo que a deputada Analice Fernandes – pré-candidata ao seu quinto mandato – precisa para, mais uma vez, vender seu peixe.

PROCURADOR DA LAVA JATO É VAIADO EM AVIÃO

Deu na revista Fórum:

A coluna de Mônica Bergamo informa que o procurador Carlos Fernando dos Santos Lima foi vaiado e hostilizado num voo da Gol. De acordo com a coluna, um dos passageiros passou por ele e disse “que cheiro de enxofre!”. Depois, outros passaram a gritar “corrupto” e “Lula Livre” e a perguntar quando ele pediria a prisão de “um tucano”. Um comissário pediu silêncio.

O procurador, por sua vez, confirmou através de sua assessoria que estava no avião e afirma que, quando estava mudando de assento, “surgiram alguns aplausos e vaias”, de apoiadores e críticos. Credita as manifestações ao fato de muitos passageiros terem viajado a Curitiba para o 1º de Maio.

AS IMAGENS CONSTRANGEDORAS DOS ESCOMBROS DE UM GOVERNO

Tanta popularidade deve ser consequência do “milagre econômico” que, segundo o ex-urubólogo Alexandre Garcia, o governo Temer está produzindo. Do jornalista Ricardo Miranda, no site Os Divergentes:

Os escombros do edifício Wilton Paes de Almeida, de 24 andares, que pegou fogo e desabou na madrugada de terça, 01/05, no Largo do Paissandú, no Centro de São Paulo, deixando vítimas – não tinha condições mínimas de segurança contra incêndio -, tem um paralelo terrível, e inevitável, com os escombros do governo Temer. 

Não espere ver esse ângulo com destaque na mídia, que tem seus próprios critérios jornalísticos, mas como aqui cumprimos o papel de noticiar o que é notícia, não é possível, depois de assistir pela décima vez aos vídeos que viralizaram nas redes sociais, não tratar das imagens constrangedoras, exibidas em vários ângulos, de Michel Temer sendo expulso do local. 

Não se sabe que assessor deu a brilhante ideia a Temer, 3% de popularidade, de ir in loco aos restos do prédio que era ocupado por famílias de sem-teto. O ambiente era hostil. Não se sabe se Temer sonhava mesmo em tirar algum proveito do gesto de solidariedade, como sonha, por exemplo, em ser eleito presidente. O que se conseguiu foi produzir uma dessas imagens definitivas sobre o fim de um governo.

“Ladrão! Golpista! Vagabundo! Vai embora, seu FDP! Fora!”, foram os gritos mais audíveis. Um carro de bombeiros parado ao lado ajudou, involuntariamente, a fazer a barreira. Cientes do perigo de manter o presidente ali, seguranças o escoltaram velozmente de volta ao carro oficial – com placa descaracterizada -, que acelerou para longe. Foram pouco mais de três minutos de visita. Poderia ter ocorrido algo grave ali.

Há muitas filmagens – de emissoras de TV e de celulares de pessoas presentes. A mais contundente delas acompanha Temer de frente, e é possível ver o medo estampado em seu rosto. Seguranças tentavam protegê-lo como podiam, inclusive levantando uma pasta preta – que se abriu – para proteger seu rosto, nos segundos finais antes de entrar no carro. Algumas pessoas ainda deram tapas contra a lataria e os vidros do veículo, quando ele arrancava. Os PMs presentes estavam visivelmente tontos com a cena, e corriam sem ordem tentando abrir passagem ao carro. Temer não foi atingido, nem se machucou.

Você pode acreditar que Temer foi hostilizado apenas por parte das 150 famílias pobres que viviam ali, e estavam no local quando o presidente chegou – ainda há muitos desaparecidos, que podem estar mortos. Ou você pode acreditar que aquelas pessoas representavam boa parte do país. A decisão é sua.

1 2 3 4 5 313