Categoria: Política

ITAMAR BORGES DÁ UMA MÃOZINHA A PARINI

Parece que o deputado Itamar Borges se sensibilizou com o fato de o prefeito Parini estar muito longe de cumprir aquela promessa eleitoreira de construir 1.000 casas populares. Segundo andei lendo nos jornais deste final de semana, Itamar teria solicitado, junto à Secretaria Estadual da Habitação, a construção de 200 moradias populares aqui em Jales, pelo sistema da CDHU.

Pelo que li, assim que o prefeito indicar um terreno para a construção das 200 casas, o governo estadual inicia a liberação dos recursos. Em futebolês, significa que Itamar fez toda a jogada e deixou Parini na cara do gol, praticamente sem goleiro, para que ele estufe as redes. O problema é que Parini, além de ser um jogador muito pesado e lento, não tem nenhuma intimidade com a bola. Não custa ele chutar prá fora!

Ah!, e os mesmos jornais que anunciaram as possíveis 200 moradias para Jales, também anunciaram que Pontalinda foi contemplada com 100 casas.

COMUNIDADE EM POLVOROSA: KASSAB ESTÁ POSSUÍDO

O que será que anda acontecendo com o prefeito Gilberto Kassab? Só pode ser algum problema amoroso! Nesta semana, ele bateu boca com seu ex-aliado Rodrigo Garcia. Antes, já tinha se desentendido com o Gabriel Chalita. Vejam a notícia do Poder on Line:

Os próximos rounds da luta declarada pelo prefeito Gilberto Kassab a seus adversários promete momentos de revelações e deve ocorrer, na avaliação de políticos paulistas, na campanha eleitoral do ano que vem.

De acordo com testemunhas do primeiro destempero público do prefeito Gilberto Kassab, revelado por Poder Online e ocorrido no dia 23 de maio, nas Faculdades Metropolitanas Unidas, durante palestra sobre bullying, ele travou o seguinte diálogo com o deputado Gabriel Chalita (PMDB-SP):

– Eu vou quebrar o seu pescoço, o do [Geraldo] Alckmin, do Alexandre [Moraes] e o do Rodrigo [Garcia].

– O que é isso Kassab ? – teria dito Chalita, surpreso com a agressividade do prefeito.

– Tá tudo grampeado – respondeu Kassab.

– Grampeado o quê? Você está me ameaçando? – devolveu o deputado.

Dali pra frente foi Kassab acusando Chalita de fazer e acontecer contra ele e Chalita dizendo que nunca tinha feito nada. Aí o ministro Marco Aurélio Mello, do STF, que mediaria o debate sobre bullying, chamou os dois para começar o evento.

E mais.

No diálogo, se é que a definição seja esta, de quarta-feira, no gabinete do secretário de Desenvolvimento Social, Rodrigo Garcia, Kassab ameaçou:

– Eu sei seus podres.

E ouviu:

– Se eu tenho podres foram feitos ao seu lado.

Muita gente ouviu também. Chalita e Rodrigo Garcia preferiram não comentar os fatos. Alckmin também, de acordo com sua assessoria, calou-se. 

LULA CRITICA GRANDE MÍDIA E AGRADECE BLOGUEIROS

O ex-presidente Lula reconheceu, mais uma vez, o importante papel dos blogs, nas eleições do ano passado. A notícia é da Agência Estado/iG:

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva criticou a atuação da imprensa e agradeceu a blogueiros por terem, nas suas palavras, revelado “uma farsa que estava acontecendo” durante a campanha eleitoral do ano passado. Lula referia-se ao episódio em que o então candidato do PSDB, José Serra, teria sido atingido por um objeto durante uma passeata no Rio de Janeiro.

No 2º Encontro de Blogueiros Progressistas, em Brasília, o ex-presidente disse ter viajado por 16 países desde que saiu do governo e afirmou que o comportamento da mídia, especialmente na América Latina, “é quase lamentável”. “Eu nunca me preocupei com a crítica se ela é verdadeira, o que me preocupa são as inverdades, a má-fé, as difamações, como aquela pedra, aquele meteorito de papel que caiu na cabeça de um candidato no ano passado”, afirmou Lula.

“Foi quando eu disse que nosso adversário tinha que ter a coragem de pedir desculpa ao povo brasileiro”, acrescentou. “É o único momento em que um candidato sai mais fraco do que quando entrou (na campanha eleitoral)”, disse.

Lula afirmou que foram os blogueiros que impediram que esse episódio gerasse prejuízo eleitoral para a então candidata Dilma Rousseff. “Vocês tiveram papel extraordinário. Vocês demonstraram uma coisa fantástica: o povo não precisa mais de intermediários”, afirmou sob aplausos dos participantes do encontro.

O ex-presidente pediu aos blogueiros que ajam com seriedade e façam críticas sérias, sem perder a razão, “porque a direita não brinca em serviço”. E, novamente, criticou José Serra: “Quando vocês foram xingados de blogueiros sujos (por Serra durante a campanha eleitoral), vocês foram xingados por quem promovia a sujeira”.

VIXE!! KASSAB INVADE GABINETE DE RODRIGO GARCIA, AOS BERROS

Deve ter voado plumas prá todos os lados. A notícia é do portal Último Segundo (iG):

No início da noite de quarta-feira, o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, surpreendeu o secretário Estadual de Desenvolvimento Social, Rodrigo Garcia (DEM), ao chegar sem aviso prévio em seu gabinete, na região central da capital paulista, e disparar – aos gritos e palavrões – uma série de acusações. “Se você quiser me destruir, vou te destruir primeiro”, disse Kassab, segundo relatos.

Kassab responsabilizou Garcia e Alexandre de Moraes (DEM), seu ex-braço direito na prefeitura, pelo vazamento de informações que motivaram reportagens sobre ilegalidades na coleta de assinaturas de apoio para criação de seu novo partido, o PSD. Às 16h52 de ontem, o iG revelou que até eleitores mortos assinaram fichas de apoio à fundação da sigla. Na véspera, o jornal O Estado de S.Paulo havia publicado reportagem apontando suposto uso da máquina municipal na coleta de assinaturas.

Segundo testemunhas, o prefeito chegou à sede da secretaria, na rua Bela Cintra, com carro oficial poucas horas depois da publicação da reportagem do iG e praticamente invadiu o gabinete de Garcia. Visivelmente destemperado, aos berros, Kassab acusou o DEM de tentar minar a viabilização do PSD.

Gilberto Kassab e Rodrigo Garcia têm uma relação próxima há mais de 15 anos. Os dois fizeram “dobradas” eleitorais desde a campanha de 1998, quando ficaram conhecidos pelo jingle “Quem sabe, sabe, faz o que eu digo. Federal é Kassab, estadual é Rodrigo”. Em 2004, a Justiça determinou a quebra dos sigilos bancários de Kassab e Rodrigo Garcia, de quatro empresas das quais eles eram sócios, a pedido do Ministério Público, que investigava suposto enriquecimento ilícito do prefeito. O processo foi arquivado.

MAIS PERSEGUIÇÃO: VEREADORES E EMPRESÁRIA PRESOS POR SUPOSTA FORMAÇÃO DE QUADRILHA

A notícia está no G1, de hoje:

Foram presos na manhã desta sexta-feira (17) três vereadores e uma empresária do ramo de comunicação na cidade de Sorriso, a 418 quilômetros de Cuiabá. Todos são investigados por supostamente cometerem crimes de formação de quadrilha e concussão, ou seja, tirar vantagem do executivo municipal.

A operação ‘decoro’ foi desencadeada pelo Grupo Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco). Também foram cumpridos três mandados de busca e apreensão em vários pontos da cidade.

Segundo denúncia do Ministério Público, além do prefeito do município de Sorriso, o secretário de Indústria e Comércio e o procurador município estariam sendo coagidos a pagar propina, que chegaria a R$ 500 mil. Neste momento os presos estão sendo encaminhados para a sede da Polinter em Cuiabá, onde devem permanecer à disposição da justiça.

PREFEITA TUCANA DE AVANHADAVA É INVESTIGADA POR DESVIO DE VERBA PÚBLICA. E ALEGA PERSEGUIÇÃO…

Chego à conclusão que a nossa pobre e indefesa classe política vem sendo vítima de uma onda de perseguições. O premiado estadista, Humberto Parini, por exemplo, vive repetindo que está sendo perseguido por representantes do Ministério Público. Logo ele, um santo homem. Já o deputado Adriano Diogo(PT) acredita que a perseguição do MP é uma exclusividade consagrada às prefeituras petistas.

E agora, para provar que a temporada de caça a prefeitos não inclui apenas os eleitos pelo PT, é a prefeita de Avanhandava, Suely Navarro Jorge(PSDB), que, após ser apanhada com a boca na botija, está se dizendo vítima de perseguição política. A verdade é que vivemos num país de perseguidos. A notícia sobre a prefeita de Avanhandava, ilustrada por um áudio mui interessante, está no blog do Murilo Pohl e pode ser vista aqui:

PARINI DEFENDE “MORDAÇA” E ACUSA MP DE “PERSEGUIÇÃO”

O DiárioWeb de hoje publicou matéria com o prefeito Parini, onde ele, segundo o jornal, defende a aplicação da chamada “Lei da Mordaça” contra ações do Ministério Público.

“Lei da Mordaça” é a denominação de um projeto de lei do deputado Paulo Maluf, um dos políticos mais “injustiçados” pela ação do Ministério Público. O prefeito Parini também acusa o MP de perseguição.

A matéria completa, do DiárioWeb, pode ser lida aqui.

RICARDO MADALENA, O SUPERINTENDENTE DO DNIT

Um dia desses, reproduzi uma notícia sobre o encontro do prefeito Humberto Parini com o Ricardo Madalena,  superintendente do DNIT de São Paulo. Na oportunidade, eu disse que o Ricardo Madalena é um político de Santa Cruz do Rio Pardo. Pois bem, o amigo Pascoalino S.Azords, que escreve no jornal O Debate, lá de Santa Cruz, não gostou e mandou um email esclarecedor.

Na parte publicável do email, o Pascoalino diz que o Madalena não é político em Santa Cruz, mas em Ipaussu, a 18 quilômetros daquela cidade. O pai de Ricardo, o senhor Mário Madalena, foi prefeito de Ipaussu, de 1989 a 1992, e, segundo o Pascoalino, teria aprontado tantas que até hoje enfrenta problemas com a Justiça Eleitoral. Ricardo Madalena é engenheiro civil e, durante o mandato de seu pai, foi o secretário de obras de Ipaussu, uma cidadezinha de 12 mil habitantes.

Segundo o Pascoalino, o patrimônio do Madalena filho aumentou razoavelmente durante os quatro anos em que foi secretário de Ipaussu. Condenado em uma ação, o castigo de Ricardo Madalena foi – pasmem – curtir algum tempo de prisão domiciliar, na companhia da esposa, uma senhora muito bonita e distinta. Há vinte anos, Madalena é “o homem do deputado Milton Monti” na região de Santa Cruz. Ele foi indicado para o Dnit na cota do deputado. Eis aí o homem em quem Parini deposita as esperanças de conseguir os dois pontilhões prometidos em campanha. 

MACETÃO AMPLIA GOLEADA NA DISPUTA COM PMDB

A briga PMDB x Macetão teve mais uma movimentação, segundo o Diário Eletrônico do Tribunal Regional Eleitoral-SP, desta quinta-feira(16). E o placar da disputa agora está em 4 a zero para o polêmico vereador. Explico melhor: o PMDB local havia entrado com um recurso no TRE, contra as decisões anteriores, que deram ganho de causa ao vereador no processo de infidelidade partidária, movido pelo partido.

Para tristeza do meu amigo João Missoni, presidente do PMDB local, o desembargador Walter de Almeida Guilherme, presidente do TRE, considerou que o recurso peemedebista foi apresentado fora do prazo, quando já ocorrido o trânsito em julgado. Não sei dizer se ainda cabe algum recurso, mas parece que está um pouco difícil para o PMDB conseguir virar esse jogo. Abaixo, o despacho do desembargador:

Despacho: “Fls. 332/376: “Nego seguimento ao recurso, em razão de sua apresentação intempestiva. Com efeito, publicado o acórdão guerreado no Diário de Justiça Eletrônico, em 19/05/2011 (cf. certidão de fl. 330), e apresentado o recurso somente em 24/05/2011, quando já escoado o tríduo legal (CE, art. 276, § 1ºc.c. art. 3º da Resolução TRE/SP nº 210/2009) e operado o trânsito em julgado (cf. certidão de fl. 331), “flagrante é a intempestividade. São Paulo, 6 de junho de 2011. (a) Des. Walter de Almeida Guilherme -Presidente”

CÂMARAS QUE DÃO BONS EXEMPLOS

Acabo de ler duas novidades no EPTV Notícias. A primeira:

A Câmara de Vereadores de Porto Ferreira votou e aprovou novos salários para os membros do poder executivo e legislativo que assumirão em 2013. Os reajustes são variados.

Hoje, o salário do presidente da Câmara é de R$ 2.880, e vai passar para 5.500,00 – um aumento de 90,97%.

O prefeito, que agora ganha R$ 14 mil, passa a receber R$ 16 mil – aumento de 26,5%. O vice sobe de R$ 3.240 para 4.100 – aumento de 26,5%. Os secretários municipais passam de R$ 4.536 para R$ 7.720 – aumento de 70,19%. Já os vereadores, de R$ 2.159 para R$ 3.689 – aumento de 70,9%.

Em 2013, além dos aumentos salariais, a Câmara passa dos atuais 10 para 11 vereadores.

E agora, a segunda:

A Câmara de Vereadores de São Joaquim da Barra terá mais dois parlamentares a partir de 2013. A cidade tem nove vereadores e passará a ter 11, por força de uma emenda na lei orgânica do município, votada nesta terça-feira (15). Foram seis votos a favor e três contra.

A cidade chegou a ter 15 vereadores, mas teve o número reduzido por uma ação do Superior Tribunal Federal em 2004.

1 300 301 302 303 304 320