Categoria: Região

MPF DE JALES PEDE QUE MILITARES DO TIRO DE GUERRA AJUDEM NO COMBATE AO CORONAVÍRUS NA REGIÃO

O Ministério Público Federal de Jales está solicitando que militares do Tiro de Guerra de Fernandópolis e de Votuporanga sejam disponibilizados, “com a máxima presteza possível”, para apoio aos quadros das vigilâncias sanitárias de municípios da região, atuando na fiscalização e adoção de medidas de combate à pandemia do coronavírus.

Ofícios nesse sentido foram encaminhados na sexta-feira, 03, aos sargentos Adílson Alezando Mosquer e Mário Denis Machado, responsáveis, respectivamente, pelas unidades do Tiro de Guerra em Fernandópolis e Votuporanga. Os ofícios estão assinados pelo procurador da República em Jales, José Rubens Plates (foto).

Nos documentos, o procurador ressalta que a pandemia “tem capacidade de causar prejuízos aos interesses nacionais, bem como comprometer a ordem pública e a incolumidade das pessoas, além de representar uma ameaça concreta e real à segurança nacional”.

Plates ressalta, também, que os municípios atendidos pela Procuradoria da República de Jales – num total de 44, Votuporanga e Fernandópolis entre eles – vem sofrendo “com o aumento vertiginoso de infectados e ocupação de leitos hospitalares”. 

POLÍCIA DE RIO PRETO INVESTIGA SUPOSTA PROPINA A PREFEITO DE BÁLSAMO. CHEQUES FORAM DEPOSITADOS NA CONTA DE EMPRESÁRIO DE JALES

A notícia foi publicada pelo Diário da Região, edição de quarta-feira, 1º de julho. A matéria não cita o nome do empresário de Jales, em cuja conta foram depositados os cheques da suposta propina. Eis a notícia:

O Tribunal de Justiça (TJ-SP) acatou o pedido do Ministério Público (MP) e encaminhou para a Polícia Civil as investigações envolvendo o prefeito de Bálsamo, Carlos Eduardo Carmona Lourenço (MDB), o Du Lourenço (foto).

Ele foi denunciado pelo vereador Bruno Xavier (DEM) por um suposto pagamento de propina na doação de um terreno no Distrito Industrial “João Soares Geraldes”. A decisão é do desembargador Luiz Augusto Siqueira.

A investigação passa agora para o Setor de Combate ao Crime Organizado e Lavagem de Dinheiro (Seccold) da unidade de Rio Preto do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic). A suspeita é que o prefeito de Bálsamo teria recebido R$ 50 mil por uma área de 1,9 mil metros quadrados doada a um comerciante de Rio Preto.

O empresário do ramo de carnes teria feito o pagamento em cinco cheques de R$ 10 mil, compensados na conta de um empresário de Jales. A denúncia feita pelo vereador apresentou um cópia do que seria a declaração do contrato de doação.

Segundo o MP, a situação do terreno também gera dúvidas. A área não estaria regularizada no Cartório de Imóveis, sem ter sido formalmente loteada e não haver projeto para tanto. Além das pendências judiciais, o loteamento é falho.

Por telefone, o prefeito Carlos Eduardo disse que não ia comentar o assunto. “Já disse tudo o que tinha pra falar”, afirmou. Anteriormente, o prefeito falou ao Diário da Região que a denúncia tinha cunho político e que iria processar o comerciante.

MPF E PF INVESTIGAM RECEBIMENTO INDEVIDO DO AUXÍLIO EMERGENCIAL NA REGIÃO DE JALES

Após pedido do Ministério Público Federal (MPF), a Polícia Federal está investigando se o auxílio emergencial concedido pelo governo federal foi pago a moradores da região de Jales, que não têm direito ao benefício. As averiguações têm como objetivo identificar tentativas de fraude, que caracterizam crime de estelionato majorado, previsto no Código Penal (artigo 171, §3º).

Para evitar problemas, até mesmo no âmbito judicial, a orientação é que os cidadãos façam a devolução espontânea do montante que eventualmente tenham recebido de forma indevida. O governo federal disponibilizou um endereço eletrônico para esse tipo de devolução, cujo formulário está disponível aqui.

ESTRELA D’OESTE REGISTRA A 6a MORTE POR COVID, VOTUPORANGA CHEGA A 13 ÓBITOS E URÂNIA TEM MORTE SUSPEITA

O coronavírus continua fazendo vítimas na região. Em Estrela d’Oeste a 6ª vítima da doença foi o lendário professor Zan, que faleceu no sábado. Zan, que tinha 83 anos e estava internado na Santa Casa de Fernandópolis desde o dia 20, foi um dos responsáveis pela disseminação do basquete na região, na década de 70.

E na madrugada deste domingo morreu mais um morador de Urânia com sintomas da covid, mas o caso ainda é tratado como suspeito. Ele estava internado na Santa Casa de Jales, que colheu material para exame e encaminhou ao Instituto Adolfo Lutz.

Em Votuporanga, o número de vítimas fatais chegou a 13 neste domingo. A 13ª vítima é um homem de 49 anos, que apresentava comorbidades e estava internado desde o dia 24, em outra cidade. E a situação em Votuporanga não é realmente das melhores: nas últimas 24 horas, a cidade registrou 27 novos casos positivos da covid, sendo que 09 dos contaminados tem idade superior a 60 anos. No total, a cidade já contabiliza 458 casos, sendo que 296 estão curados.

Em Santa Fé do Sul, a Secretaria de Saúde registrou 08 casos positivos nas últimas 24 horas e, com isso, a cidade chega a 74 casos confirmados da covid-19, dos quais 30 são considerados curados. Santa Fé do Sul registra, até o momento, 03 óbitos.

Em Fernandópolis, que era a campeã da região em número de contaminados, a situação parece estar mais tranquila. Nas últimas 24 horas, a cidade registrou apenas mais 01 caso positivo. Com isso, o município soma agora 419 infectados por covid, com 210 curados.

PREFEITO DE SANTO ANTONIO DO ARACANGUÁ MORRE DE COVID. E JALES REGISTRA SEGUNDO ÓBITO PELA DOENÇA

O prefeito de Santo Antônio do Aracanguá (SP), Rodrigo Aparecido Santana Rodrigues (DEM), de 35 anos, morreu por covid-19 nesta sexta-feira (26), após ficar internado em um hospital particular de Araçatuba.

Rodrigo estava entubado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e respirava com auxílio de máquinas desde o dia 2 de junho.

Aqui em Jales, o boletim do coronavírus divulgado pela Prefeitura confirmou o segundo óbito registrado na cidade, em consequência da covid. A vítima é uma mulher de 59 anos, que estava internada na UTI da Santa Casa.

O boletim confirmou, também, que a Vigilância Epidemiológica de Jales recebeu 42 novas notificações de casos suspeitos, nas últimas 24 horas. Confirmou, ainda, os resultados de 24 exames, dos quais 08 testaram positivo. Assim, a cidade já contabiliza 184 casos positivos, com 83 curados, 94 em isolamento domiciliar e pelo menos 05 pessoas hospitalizadas, uma delas na UTI. Por sinal, além do paciente de Jales, a Santa Casa tem apenais mais um paciente – de Santa Salete – internado na UTI.

Entre os 08 casos positivos de hoje, um se refere a uma criança de cinco anos, enquanto os outros 07 são de pessoas com idade entre 19 e 48 anos.

APÓS RECOMENDAÇÃO DO MPF E DO MP-SP, FRIGOESTRELA VAI REALIZAR TESTES DE COVID EM 1,5 MIL FUNCIONÁRIOS

Da assessoria de imprensa do MPF:

Após recomendação do Ministério Público Federal (MPF) e do Ministério Público do estado de São Paulo (MP/SP), o frigorífico FrigoEstrela, em Estrela D’Oeste (SP), vai realizar testes para detecção do novo coronavírus em todos os seus 1,5 mil funcionários. A medida foi recomendada pelos MPs depois de ser verificado que um número considerável de trabalhadores da empresa está entre os infectados pela covid-19 no município e em outras cidades do noroeste paulista. A recomendação também foi direcionada à prefeitura de Estrela D’Oeste, para que intensifique a fiscalização e verifique se o frigorífico está de fato executando os testes conforme informado.

O MPF e o MP/SP esclarecem que não foi feita nenhuma solicitação ou acordo para que os demais municípios da região realizem a testagem de seus cidadãos que trabalham no FrigoEstrela, ao contrário do que vem sendo divulgado pelo gestor de Estrela D’Oeste. Em vídeo veiculado na imprensa e nas redes sociais, bem como em ofício encaminhado às prefeituras de 16 cidades do noroeste paulista, Marcos Antonio Saes Lopes diz que os prefeitos desses municípios ficariam responsáveis por efetuarem os testes da covid-19 semanalmente em todos os seus munícipes que são transportados até a unidade do FrigoEstrela em Estrela D’Oeste.

No documento, o prefeito afirma que a medida foi definida em reunião com o MPF, o MP/SP e a diretoria do frigorífico. Contudo, tal acordo envolvendo outras cidades da região não ocorreu. “A realização de testes foi recomendada apenas ao FrigoEstrela, que deverá ser fiscalizado pela prefeitura de Estrela D’Oeste. Não poderíamos estabelecer responsabilidades para os gestores dos demais municípios sem que eles também participassem da reunião”, esclarecem os autores da recomendação.

Cumprimento – Atendendo aos pedidos dos Ministérios Públicos, o frigorífico informou que os testes serão feitos por um laboratório particular entre os dias 24 de junho e 3 de julho, tendo em vista a capacidade do estabelecimento em atender até 200 pessoas por dia. Além da testagem em massa, o MPF e o MP/SP solicitaram que a empresa adotasse diversas medidas sanitárias e de distanciamento entre os funcionários para conter a propagação do novo coronavírus em suas instalações. O FrigoEstrela comunicou que todas as providências elencadas na recomendação já foram implementadas, conforme disposto em seu Plano de Contingência no Combate a Covid-19, revisado periodicamente segundo as orientações dos Ministérios da Economia, da Saúde e da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Veja a resposta da empresa na íntegra.

JALES BATE NOVO RECORDE DE CASOS POSITIVOS EM 24 HORAS

De acordo com o balanço do coronavírus divulgado pela Prefeitura nesta terça-feira, 23, Jales confirmou nada menos que 20 casos positivos de covid-19 nas últimas 24 horas. Trata-se de um recorde. O recorde anterior tinha ocorrido no dia 10 de junho, quando foram registrados 13 casos positivos.

Com os 20 casos desta terça-feira – 09 mulheres e 11 homens – Jales já contabiliza 150 casos positivos, dos quais 74 já são considerados curados, enquanto 71 estão em isolamento domiciliar. 

A boa notícia do dia diz respeito ao Lar dos Velhinhos São Vicente de Paulo. A Prefeitura está informando que a Vigilância Epidemiológica visitou a entidade, realizando testes nos funcionários e nos idosos e todos os resultados deram negativo para covid-19.

Enquanto Jales bateu recorde com 20 novos casos positivos, Santa Fé do Sul não registrou nenhum caso nas últimas 24 horas. A cidade tinha 46 casos confirmados de covid-19 na segunda-feira e continua com os mesmos 46 neste terça.

Em Fernandópolis, as últimas 24 horas registraram muitos casos novos. Segundo o boletim divulgado pela Prefeitura, foram confirmados 28 novos casos positivos de ontem pra hoje. Fernandópolis soma 345 casos positivos, sendo que 147 estão curados. 

Já Votuporanga registrou 17 novos casos positivos nas últimas 24 horas e chegou a 324 casos, dos quais 211 são considerados como curados. Votuporanga contabiliza 10 óbitos pela doença.

DECRETO PROÍBE A VENDA DE BEBIDAS GELADAS EM PONTALINDA

A notícia é do Diário da Região:

A prefeitura de Pontalinda, na região de Jales, publicou um decreto proibindo a venda de bebidas geladas em estabelecimentos comerciais do município. O documento assinado pelo prefeito Elvis Carlos de Sousa foi publicado no Diário Oficial do Município na última terça-feira, 17, e tem validade até o dia 28 de junho.

Nesse período, os estabelecimentos comerciais devem vender apenas bebidas em temperatura ambiente. A medida tem como objetivo desestimular o consumo nos locais e, portanto, evitar aglomerações.

No documento, o prefeito justifica que a medida é necessária, já que uma parcela da população de Pontalinda não estaria respeitando as regras de isolamento e distanciamento social, principalmente próximo aos bares e praças públicas, conforme orientações da Vigilância Sanitária.

A prefeitura afirma ainda que, nos últimos sete dias, houve um aumento de 40% no número de infectados pela Covid-19, sendo que o número de pessoas infectadas subiu de 6 para 10 pessoas, sendo que três delas estão internadas.

O decreto municipal, no entanto, libera o funcionamento de mercados, mini-mercados, mercearias, padarias, açougues, lojas, salão de beleza e barbearias de segunda a sábado, com fechamento às 19h, e também aos domingos, com encerramento das atividades ao meio dia.

Lanchonetes, sorveterias, trailers e quiosques podem funcionar até às 23h na cidade. O mesmo decreto proíbe, até o dia 28 de junho, o funcionamento de bares, igrejas e academias.

JALES REGISTRA 20 CASOS POSITIVOS DE COVID EM 48 HORAS. E FERNANDÓPOLIS É O EPICENTRO DO CORONAVÍRUS NA REGIÃO

Nas últimas 48 horas, ou nos dois últimos dias, a Vigilância Epidemiológica de Jales recebeu nada menos que 81 notificações de casos suspeitos para a Covid-19. Nesse mesmo período, foram registrados 20 novos casos positivos, sendo 09 ontem e 11 nesta quarta-feira. Com isso, Jales já totaliza 105 casos positivos da Covid, dos quais 55 são considerados curados.  

Região:

Um levantamento realizado pela Rádio CBN Grandes Lagos, que incluiu 48 municípios da região, mostra que Fernandópolis lidera o ranking regional de infestação do coronavírus. O levantamento realizado com dados de ontem, 16/06, coloca Fernandópolis em primeiro lugar, com 250 casos positivos, seguida por Votuporanga (214) e Jales (94).

A surpresa está no quarto posto: Estrela D´Oeste que, com 8.200 habitantes, já registrava 50 confirmações, ou 20 casos a mais que Santa Fé do Sul, com seus 30.800 habitantes.

Outro dado importantíssimo extraído do levantamento é o comparativo entre os índices de vítimas fatais da pandemia. Votuporanga, com seus 94,5 mil habitantes, tem nove mortes registradas, empatando na liderança com – pasmem! – Gastão Vidigal, que tem população de 4 mil habitantes. 

Em seguida vem Urânia, com 8,8 mil moradores e 05 óbitos, seguida de Fernandópolis e Estrela D´Oeste com 03 vítimas fatais, cada uma. Jales registra 01 óbito, enquanto Santa Fé do Sul não tem nenhum óbito.

Outro dado interessante do levantamento é que 12 cidades da região ainda não tiveram um único caso positivo de Covid 19: Marinópolis, Mesópolis, Nova Canaã Paulista, Parisi, Pontes Gestal, Riolândia, Rubinéia, Santa Albertina, Santa Clara D’Oeste, Santa Rita D’Oeste, Suzanápolis e Vitória Brasil.

Em tempo: Nesta quarta-feira, Fernandópolis contabilizou mais 11 casos positivos, chegando a 261, enquanto Votuporanga, com mais 14 novos casos, chegou aos 228. Santa Fé do Sul registrou 07 novos casos hoje, chegando aos 37. E Jales, como dito acima, chegou a 105. 

CORONAVÍRUS: MPF RECOMENDA TESTAGEM EM MASSA NO FRIGOESTRELA

A notícia do portal O Extra, de Fernandópolis, cita apenas o MPF, mas a recomendação partiu também do Ministério Público Estadual (MPE) e está assinada pelo procurador José Rubens Plates, do MPF de Jales, e pela promotora Priscila Longarini Alves, do MPE de Estrela D’Oeste: 

O Ministério Público Federal estabeleceu o prazo de 48 horas para que o FrigoEstrela e a Prefeitura de Estrela d’Oeste realizem uma série de medidas visando a prevenção de casos do novo coronavírus no município.

Nos últimos dias Estrela d’Oeste registrou um grande crescimento de casos de Covid-19, chegando ao total de 50 – de acordo com o último boletim -, em uma população de apenas 8 mil habitantes.

O FrigoEstrela também preocupa as autoridades sanitárias. Diversos casos de coronavírus identificados na região tem origem no frigorífico. Em São João das Duas Pontes, de onde migram diariamente diversos trabalhadores para a unidade, já são vinte e duas confirmações para uma população de apenas 2,6 habitantes – ainda que não exista um padrão científico que estabeleça um nexo causal com o estabelecimento.

Em Guarani D´Oeste, também conhecida pela migração pendular, são oito casos confirmados, sendo que destes, seis trabalham no FrigoEstrela.

O MPF recomenda, entre outras coisas, ao frigorífico que:

– realize a testagem de detecção de coronavírus, com uma frequência mínima semanal, de todos os funcionários de sua unidade situada no Município de Estrela D’Oeste;

– proceda ao imediato afastamento e isolamento social dos trabalhadores cujos testes resultem positivo, os quais deverão permanecer em isolamento por prazo indeterminado até liberação médica;

– proceda ao isolamento, por pelo menos 14 dias, dos funcionários que tiverem familiares testados positivamente;

– proceda à desinfecção sanitária, com frequência diária de todas as instalações que tenham acesso de funcionários.

1 2 3 115