Categoria: Região

PARINI É DESTAQUE EM PROGRAMA ELEITORAL DE VALDOMIRO LOPES, NA TV

Destaque negativo, evidentemente. Nesta sexta-feira, o programa de TV do prefeito Valdomiro Lopes(PSB),  candidato à reeleição em São José do Rio Preto, a pretexto de mostrar como o PT governa mal, dedicou dois minutos do horário eleitoral gratuito à atuação do nosso premiado estadista à frente da Prefeitura de Jales.

Quem viu, deve ter ficado com péssima impressão da nossa cidade. Valdomiro mostrou ruas esburacadas, praças abandonadas, conjuntos habitacionais sem infraestrutura e moradores dizendo que PT, em Jales, nunca mais. À certa altura, o programa mostra os frigoríficos fechados e diz que a administração petista fracassou também na geração de empregos.

Se quisesse, Valdomiro poderia ter dedicado mais uns dois minutos à administração do estadista. Ele não mostrou a revitalização do centro da cidade, nem o conjunto habitacional “João Colodetti”, onde algumas casas caíram antes mesmo de finalizadas. Aliás, tudo indica que elas ainda vão demorar muito para ficarem prontas.

Abaixo, o vídeo com o programa de Valdomiro. A parte em que Parini recebe o merecido destaque começa depois dos onze minutos, bem no finalzinho do programa. Caso você não tenha visto, vale a pena ter um pouquinho de paciência e dar uma espiada:

You need to a flashplayer enabled browser to view this YouTube video

DEPUTADO ITAMAR BORGES PARTICIPA DE CAMPANHAS NA REGIÃO

E o deputado estadual Itamar Borges(PMDB) andou fazendo um tour pela região, participando da campanha eleitoral em algumas cidades. Durante as visitas, Itamar tem levado as mensagens do presidente estadual do partido, deputado Baleia Rossi e do vice-presidente da República Michel Temer.

Em visita ao município de Pontalinda, Itamar participou de uma caminhada pela praça principal da cidade com o candidato a prefeito Elvis e sua vice Nereide.

Em Dolcinópolis, o deputado Itamar Borges esteve com o candidato a prefeito Américo e seu vice Bila. Itamar gravou um vídeo em apoio aos candidatos e participou de uma reunião com correligionários.

EM PARANAPUÃ, MACUMBEIRA É CONVOCADA E ENTRA NA CAMPANHA ELEITORAL

Coisas estranhas andam acontecendo em Paranapuã, onde os marqueteiros estão sendo trocados por macumbeiros. Ontem, recebi uma ligação dando conta de que, por lá, já começou a temporada de mandingas contra os adversários.

Segundo o relato, o atual prefeito, Antonio Melhado, teria sido surpreendido, um dia desses, com um “despacho” nas proximidades do seu gabinete. O detalhe é que a macumbeira convocada para fazer a “bruxaria” não utilizou os artefatos comuns nesses casos, como aquela velha galinha preta ou o tradicional litro de cachaça.

Segundo a versão que me chegou, além das velas e dos “santinhos” do candidato a prefeito, o despacho continha apenas uma boa quantidade de Bombril. Tudo indica que, em Paranapuã, o velho e eficiente Bombril tenha mais que 1001 utilidades. Resta saber se a mandinga vai funcionar.  

JULGAMENTO DE NEUSELI PIRES, DE URÂNIA, OCORREU HOJE NO TRE-SP

O julgamento da ex-vereadora e candidata a prefeita de Urânia, Neuseli Maria de Brito Pires(PTB), esposa do ex-prefeito Joaquim Pires, estava previsto para hoje, no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SP). O resultado ainda não consta do site do Tribunal, mas, segundo informações extraoficiais, a candidatura de Neuseli teria sido indeferida.

Em Jales, a candidatura de Neuseli havia sido deferida pelo juiz eleitoral, mas a coligação “Para Urânia Continuar Crescendo”, do atual prefeito Francisco Ayrton Saracuza, interpôs recurso, pedindo o indeferimento da adversária. Os problemas de Neuseli é com a Lei da Ficha Limpa, uma vez que ela teria renunciado ao seu mandato de vereadora para escapar a um processo de cassação.

De acordo com o jornal Folha Noroeste, de domingo passado, pesquisa de intenção de votos realizada pelo Instituto Realidade, de Presidente Prudente, apontava que Neuseli estaria em segundo lugar na preferência dos eleitores de Urânia, 15 pontos atrás do primeiro colocado, o prefeito Saracuza.

Caso se confirme o indeferimento pelo TRE-SP, ainda restará a Neuseli recorrer ao TSE. Advogados não lhe faltarão: segundo o que consta do site do Tribunal, nada menos que seis advogados estariam atuando na defesa da candidata.

Post Scriptum: o resultado do julgamento foi publicado às 20:56 horas desta quinta-feira e confirmou as notícias extraoficiais que davam conta do indeferimento da candidatura de Neuseli Pires. Abaixo, a publicação:

20/09/2012 20:56 Resultado da decisão: indeferimento do registro de candidatura.

JUSTIÇA ELEITORAL APLICA MULTAS EM CANDIDATOS DE ASPÁSIA

O total das multas aplicadas em Aspásia ultrapassa os R$ 21 mil. O juiz eleitoral de Jales, Eduardo Henrique de Moraes Nogueira, julgou, ontem as representações apresentadas pelo Ministério Público Eleitoral contra todos os 33 candidatos de Aspásia, por propaganda irregular.

O promotor havia pedido uma multa para cada um dos candidatos, mas o juiz aplicou uma multa coletiva de 7.500 UFIR’s (R$ 7,9 mil) para todos os candidatos de cada uma das coligações.

Em Aspásia, duas coligações disputam as eleições: “Confiança e Transparência”, que tem José Eduardo Assunção, o Calango, como candidato a prefeito e mais 16 candidatos a vereador; “Uma Aspásia Melhor Para Todos”, que tem Vanderlei Antonio Conejo como candidato a prefeito e mais 15 candidatos a vereador.

Além das multas coletivas, o juiz eleitoral também aplicou uma multa individual de 5.000 UFIR’s (R$ 5,3 mil) ao candidato a vereador Jonas Gomes Pacheco(PT), o Chicão. Segundo a denúncia, Chicão teria sido flagrado com propaganda eleitoral dentro de seu próprio estabelecimento comercial. A lei proíbe propaganda em lojas comerciais, igrejas, cinemas, etc.  

 

ADVERSÁRIOS PEDEM QUE JUSTIÇA ELEITORAL EXPLIQUE SITUAÇÃO DE CAJU

A coligação “Unidos Para o Progresso”, de Paranapuã, encaminhou correspondência ao juiz eleitoral de Jales, solicitando que a Justiça Eleitoral esclareça a comunidade daquele município sobre a real situação do candidato Cláudio Pereira da Silva(PT), o Caju.

Os adversários alegam que Caju estaria se utilizando da estratégia de, nas visitas aos munícipes de Paranapuã, afirmar que o Cláudio Pereira da Silva que está com a candidatura indeferida seria um homônimo dele, ou, em linguagem popular, um xará.

Em seu despacho, o juiz eleitoral Eduardo Henrique de Moraes Nogueira confirmou que a candidatura de Caju permanece sub judice, uma vez que ele recorreu ao TSE. O juiz disse também que somente após eventual confirmação do indeferimento, pelo TSE, a Justiça Eleitoral de Jales, poderia tomar providências administrativas.

Pitaco do aprendiz de blogueiro: a candidatura de Caju foi indeferida pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SP), que o incluiu em um dos artigos da “Lei da Ficha Limpa”, já que ele teve algumas contas públicas rejeitadas. Caju já recorreu ao TSE, mas seu recurso saiu de São Paulo no dia 10/09 e, aparentemente, ainda não chegou em Brasília.

Não será surpresa, no entanto, se Caju conseguir reverter o caso em Brasília, pois, há alguns dias, o Diário Oficial do Estado publicou despacho do Tribunal de Contas de São Paulo, que acolheu um recurso de Caju e mudou a decisão que havia rejeitado as contas de um consórcio presidido pelo ex-prefeito de Paranapuã.

O TCE está dizendo, agora, que as contas do referido consórcio, relativas a 2006, estão regulares. A menos que Caju tenha outras contas rejeitadas, não haveria mais motivos para que sua candidatura continue indeferida.

É importante reafirmar, no entanto, que o Cláudio Pereira da Silva que está – até o momento – com sua candidatura indeferida pela Justiça Eleitoral é mesmo o Caju. Não se trata de nenhum homônimo.   

JUSTIÇA ELEITORAL DIVULGA PORTARIA QUE PROÍBE COMÍCIOS EM ASPÁSIA, DIRCE REIS E PONTALINDA

A Justiça Eleitoral divulgou, nesta quarta-feira, a Portaria 007/2012, que determina o imediato fechamento dos comitês eleitorais em Aspásia, Dirce Reis e Pontalinda, além de proibir a realização de comícios, carreatas, passeatas e outras aglomerações de cunho político-partidário naquelas cidades.

A decisão da Justiça é consequência do clima de guerra que se instalou nos três municípios com a proximidade das eleições. A Portaria registra, entre outras coisas, relatos que indicam perturbação da ordem pública, com incitamento de atentados contra pessoas e/ou bens.

A desobediência à determinação da Justiça Eleitoral implicará em multa de R$ 5,3 mil. Abaixo, o inteiro teor da Portaria:

PROMOTOR ELEITORAL PROPÕE A PROIBIÇÃO DE COMÍCIOS EM ASPÁSIA, DIRCE REIS E PONTALINDA

O Ministério Público Eleitoral da Comarca de Jales, através do promotor  Rodrigo Pereira dos Reis, está propondo medidas preventivas em três municípios da região – Aspásia, Dirce Reis e Pontalinda – visando coibir abusos por conta das disputas eleitorais.

As medidas incluem a proibição da realização de comícios, carreatas, passeatas e a promoção de qualquer tipo de reunião ou aglomeração esporádica de cunho político-partidário aberta ao público, principalmente aquelas em que haja acesso a bebidas alcoólicas.

As medidas estão sendo propostas pelo promotor, com base em relatório preparado por fiscais da Justiça Eleitoral que visitaram as três cidades no final de semana. Segundo os fiscais, policiais militares de Aspásia, Dirce Reis e Pontalinda noticiaram ser prática comum e reiterada, nas três municipalidades, a propaganda eleitoral com incitamento a atentados contra pessoas e/ou bens.

Ainda de acordo com o relatório, o sossego público nessas três cidades vem sendo acintosamente perturbado por meio de algazarras regadas ao consumo abundante de bebidas alcoólicas, além do uso abusivo de instrumentos sonoros.  

SUPLENTE TOMA POSSE HOJE EM SÃO FRANCISCO, NO LUGAR DE VEREADOR INFIEL

A infidelidade é apenas partidária, registre-se. O agora cidadão de São Francisco, Murilo Pohl, publicou em seu blog, a notícia abaixo:

A informação oficiosa corre pelas ruas da cidade. Segundo as conversas o suplente do infiel seria Nercio Sanga e a posse se daria hoje, na Câmara Municipal de São Francisco – SP.

Pessoalmente estou como São Tomé, só acredito vendo. Não consigo acreditar que o Procurador Jurídico do cassado Vereador Horácio não tenha conseguido impetrar recurso com efeito suspensivo da sentença do TRE-SP perante o TSE.

Afinal, Horácio declarou, agora em 2012, perante a Justiça Eleitoral um patrimônio pessoal de mais de dois milhões de reais, cujo valor foi praticamente multiplicado por 3 nos ultimos 4 anos. Logo, é natural presumir-se que tenha bons advogados.

É esperar pra ver.

EM URÂNIA, OPOSIÇÃO FLAGRA SUPOSTA ENTREGA DE CESTAS BÁSICAS A ELEITORES

Recebi, ontem, a foto acima, que me foi enviada – via e-mail – por um morador de Urânia, o qual usou o pseudônimo de “Oposição Urânia”. Segundo o relato que chegou junto com a foto, ela registra o momento em que dois servidores daquele município estariam entregando cestas básicas a moradores de um conjunto habitacional. Reparem que o veículo é da Educação.

Registro a suposta entrega de cestas básicas com a devida reserva, uma vez que apenas a foto não prova nada. Caso os fatos sejam verdadeiros, espero que eles tenham sido levados – acompanhados das devidas provas – ao conhecimento da Justiça Eleitoral, que é o foro adequado para esse tipo de denúncia. 

1 86 87 88 89 90 91