Categoria: Região

LADRÕES DE GADO SÃO PRESOS POR POLICIAIS DAS DIGs DE FERNANDÓPOLIS E JALES

 A notícia é do portal Mais Interativa:

Três integrantes de uma quadrilha foram presos na madrugada desta quarta-feira(21), quando transportavam 49 cabeças de gado em dois caminhões. A abordagem aconteceu na rodovia Percy Waldir Semeghini entre os municípios de Guarani d´Oeste e Fernandópolis.

Uma denúncia anônima levou os policias das Delegacias de Investigações Gerais de Fernandópolis e Jales a montarem um forte esquema durante a madrugada para prender integrantes de um bando responsável por furtos de gado na região.

Os animais foram retirados de várias propriedades, principalmente dentro do município de Guarani d´Oeste e colocados em dois caminhões, licenciados em Floreal, região de Votuporanga.

Os três presos e os caminhões foram levados a um posto de combustível de Fernandópolis onde um novo esquema foi feito para evitar resgate. O gado foi devolvido às propriedades para que os animais não sofram pela falta de alimento e água.

COMPRA DE VOTOS EM MESÓPOLIS: JUSTIÇA MARCA AUDIÊNCIAS PARA OUVIR TESTEMUNHAS DE DEFESA

Está marcada para a próxima sexta-feira, 23, a primeira audiência programada pela Justiça Eleitoral  para ouvir as testemunhas de defesa em uma ação que envolve o prefeito eleito de Mesópolis, Leandro Polarini, por suposta compra de votos.

O caso deu-se em 2008, quando Leandro foi candidato a vice-prefeito. Além dele, outros quatro assessores da Prefeitura de Mesópolis estão sendo acusados na ação movida pelo Ministério Público Eleitoral, ajuizada com base em investigações da Polícia Federal.

Além da audiênca de sexta-feira, pelo menos outras duas já estão marcadas para os dias 30/11 e 07/12. Tudo isso porque foram arroladas nada menos que 35 testemunhas pelos advogados de defesa do acusados. Até um promotor público – Eduardo Shintani – foi arrolado como testemunha. 

Além da suposta compra de votos, alguns dos envolvidos estão sendo acusados de falsidade ideológica. Não bastasse isso, uma das testemunhas de acusação declarou ter recebido uma proposta de R$ 10 mil para mudar seu depoimento.

Caso seja condenado, o prefeito eleito Leandro Polarini poderá perder o mandato obtido nas eleições deste ano, quando ele foi candidato único. 

COMPRA DE GRAMA GERA CONDENAÇÃO A EX-PREFEITO DE URÂNIA

Vejam vocês como as coisas andam rapidamente neste país. O ex-prefeito de Urânia, Augusto Vitorelli Garcia (alguém se lembra de quando ele foi prefeito?) acaba de ser condenado por fraude em uma licitação. O detalhe: ele foi condenado pelo TJ-SP, o que significa que ainda poderá recorrer ao STJ e enrolar o caso por mais uns dez ou quinze anos. A notícia é do Ethos on Line:

O ex-prefeito de Urânia, Augusto Vitorelli Garcia, e o funcionário responsável pelo setor de compras da Prefeitura, Antonio Aparecido de Oliveira, foram condenados por ato de improbidade  administrativa ao pagamento de multa civil no valor de R$40.000,00 para cada réu, além da suspensão dos direitos políticos por cinco anos e da proibição de contratar com o poder público pelo prazo de três anos.

A condenação é resultado da ação civil pública movida pelo Ministério Público do Estado de São Paulo contra Augusto Vitorelli Garcia, Antonio Aparecido de Oliveira, Antonio Henrique Sparapagni e a Empresa Sparapagni Sementes. Ficou comprovado que o processo de licitação na modalidade carta convite nº 004/99, realizado pela Prefeitura para o fornecimento de grama a ser colada na estrada vicinal UR-10, que liga os municípios de Urânia e Paranapuã, se deu de forma irregular.

“Como o próprio representante legal da empresa vencedora da licitação afirmou, ele sequer sabia que estava participando de um processo de licitação, ratificando em juízo que teria tratado os serviços de plantio de grama diretamente com o ex-prefeito Urânia, o que demonstra que o processo licitatório foi, de fato, forjado”, registrou o desembargador Paulo Galizia, da 10ª Câmara de Direito Público do TJ-SP.

A notícia do Ethos on Line, completa, pode ser lida aqui.

PAIS FAZEM B.O. DEPOIS DE FILHO SER CHAMADO DE ‘VIADINHO’, EM FERNANDÓPOLIS

Transcrevo, abaixo, o que eu consegui entender de uma notícia do Ethos on Line:

Os pais de um aluno fizeram um boletim de ocorrência contra um professor da rede estadual, em Fernandópolis, na região de Rio Preto, depois que o filho de 17 anos, estudante do terceiro ano do ensino médio foi ofendido ao ser chamado de “viadinho” (sic).

O entrevero se iniciou depois que a classe não prestava atenção sobre a orientação de um trabalho, ministrado pelo professor. Depois do relato do boletim de ocorrência, o caso será remetido ao Fórum. Esta não seria a primeira vez que o professor vira alvo de questionamento. Uma mãe de uma outra aluna, da mesma escola, também subscreveu um boletim de ocorrência de preservação de direito, em virtude de uma suposta ameaça.

A versão original da notícia é um pouco confusa e pode ser lida no site Ethos on Line 

DIABINHA NA IGREJA ESQUENTA POLÊMICA

E as fotos tiradas em uma igreja de Catanduva continuam dando o que falar. Agora apareceu uma “diabinha”, como mostra a notícia do Diárioweb:

No dia em que o bispo de Catanduva, dom Otacílio Luziano da Silva, falou pela primeira vez sobre o uso da Igreja Matriz como cenário para fotos de um modelo vestido de anjo, com asas e apenas de cueca, uma nova foto surgiu ontem na internet. Desta vez, uma mulher em trajes sumários e com asas vermelhas, fazendo pose na porta de entrada da igreja.

Antes do vazamento de mais uma foto, o bispo falou sobre o modelo de cueca, divulgou nota com críticas e afirmou que perdoa os envolvidos. “Mas para se perdoar é preciso que a pessoa se arrependa do que fez e reconheça o erro. Não temos intenção nenhuma de prejudicá-lo. Mesmo ele tendo ofendido a nossa fé e a população, merece o perdão”, afirmou o bispo.

“Além do arrependimento queremos que o fotógrafo se comprometa a não mais divulgar as fotos onde a igreja aparece como cenário. Caso eles acatem nossa proposta, não iremos entrar com ação civil e nem com representação criminal”, disse o bispo ao Diário no início da tarde.

Mais tarde, o bispo não foi localizado para comentar o surgimento da outra foto, que está postada na rede social Facebook, na página da moça que se identifica como Hérika Santos Vilhena, uma “gogogirl”, profissional que faz performances em boates.

Em uma das dezenas de fotos fotos feitas em diferentes lugares e postadas no Facebook, ela aparece na porta da mesma igreja apenas com lingerie, meia-calça e asas vermelhas. Autor das fotos do modelo de cueca e “perdoado” pelo bispo, o fotógrafo Márcio Costa fugiu da polêmica: “Eu não sei que foto é essa, desconheço essa imagem”, garantiu.

Mais notícias sobre o caso podem ser vistas aqui e aqui.

MESÓPOLIS: TRIBUNAL REPROVA CONTAS DE TAVINHO CIANCI PELO SEGUNDO ANO CONSECUTIVO

E o prefeito de Mesópolis, Tavinho Cianci, conseguiu mais uma façanha: pelo segundo ano consecutivo, as contas anuais da Prefeitura de Mesópolis foram reprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado. A novidade foi publicada no Diário Oficial do Estado, de ontem. Eis um trecho do parecer:

A Primeira Câmara do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, em sessão 23 de outubro de 2012, pelo voto do Conselheiro Dimas Eduardo Ramalho, Relator, do Conselheiro Antonio Roque Citadini, Presidente, e da Conselheira Cristiana de Castro Moraes, decidiu emitir PARECER DESFAVORÁVEL à aprovação das contas da Prefeitura Municipal de Mesópolis, exercício de 2010, ressalvando os atos pendentes de apreciação por este Tribunal.

Como se vê, nós estamos no final de 2012 e o julgamento se refere às contas de 2010. A opinião dos conselheiros do TC é importante, mas não é a definitiva. Para que as contas sejam, realmente, rejeitadas, é necessário que o parecer do Tribunal seja aprovado pela Câmara Municipal de Mesópolis.

As contas de Tavinho, relativas a 2006, por exemplo, também foram reprovadas pelo TC, mas a Câmara rejeitou o parecer do Tribunal e a opinião dos conselheiros virou letra morta. 

Já no ano passado, o TC emitiu parecer desfavorável às contas de 2009 e o dito cujo foi confirmado, em maio deste ano, pelos bravos vereadores mesopolenses, conforme se pode ver na notícia postada naquela ocasião, aqui no blog.  

CONCURSO: MINISTÉRIO PÚBLICO AJUIZA AÇÃO CONTRA INSTITUTO SOLER E PREFEITO DE AURIFLAMA

Em março deste ano, este aprendiz de blogueiro noticiou por aqui que o concurso público aplicado pelo Instituto Soler em Auriflama estava sendo alvo de suspeitas. Segundo relato de uma candidata, alguns dos aprovados no tal concurso tinham ligações com o prefeito José Jacinto Alves Filho, o Zé Prego. O post de março pode ser visto aqui.

O caso, depois de investigado pelo Ministério Público, virou uma Ação Civil Pública ajuizada na Vara Única de Auriflama, tendo como requeridos o Instituto Soler e o prefeito Zé Prego.

MÃE DE ALUNO AGRIDE PROFESSORA EM ESCOLA DE SANTA ALBERTINA

Parece que a violência vivenciada nas escolas dos grandes centros urbanos, que a gente costuma acompanhar através do noticiário policial, já está chegando às pequenas cidades do interior.

Hoje, enquanto apresentava o Brasil & Cia, na Rádio Regional FM, recebi  uma ligação da professora Sandra Gavioli, uma amiga e ex-companheira de partido deste aprendiz de blogueiro.

E depois de pedir uma música do Chico, a professora Sandra me contou um fato lamentável: durante a semana passada, ela – que dá aulas na Escola Estadual “Carlos Celso Lenarduzzi”, em Santa Albertina – foi vítima de uma agressão física cometida pela mãe de um de seus alunos.

Tudo começou com ofensas do pai do estudante, inconformado com o fato de seu filho – um adolescente de 14 anos – ter ficado de fora de uma viagem promovida pela escola. O pai teria dito inclusive, segundo o depoimento da Sandra, que havia aconselhado o filho a “dar na cara” das professoras.

A mãe teria chegado atrasada à discussão, mas foi mais direta e violenta  que o pai: ela própria passou a agredir a professora Sandra, que saiu da contenda com alguns arranhões. A direção da escola registrou B.O. na polícia.

Como não sou especialista nesse assunto – causas e consequências da violência nas escolas” – que é bastante complexo, vou me dispensar de maiores comentários. Não resta dúvida, no entanto, que esses pais proporcionaram um péssimo exemplo ao filho e aos outros alunos, porquanto a escola é lugar de formação da ética e da moral daqueles que ali estudam.

NEUSELI TENTA NOVA AÇÃO CONTRA SARACUZA MAS DÁ COM OS BURROS N’ÁGUA

Barrada pela “Lei da Ficha Limpa” e, pior, derrotada nas urnas, a ex-primeira-dama e ex-candidata a prefeita de Urânia, Neuseli Brito Pires(PTB), continua tentando colocar pedras no caminho do prefeito reeleito, Francisco Airton Saracuza.

Há alguns dias, ela protocolou no Cartório Eleitoral de Jales uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral contra Saracuza. Neuseli argumentou que o prefeito teria incorrido no pecado da propaganda eleitoral antecipada ao promover um evento para entrega de certidões de registro de imóveis a alguns eleitores uranienses.

O evento, realizado antes do período eleitoral, contou com farta distribuição de lanches e bebidas aos munícipes. A própria Justiça Eleitoral, ao julgar a representação 1048-74/2012, reconheceu a propaganda antecipada e multou Saracuza e outros seis candidatos a vereador em R$ 37 mil, no total.

Dessa vez, porém, a Justiça Eleitoral decidiu remeter ao arquivo morto a ação proposta por Neuseli, declarando extinto o processo. O juiz eleitoral Eduardo Henrique de Moraes Nogueira, como se pode ver na decisão acima, considerou que o assunto já foi resolvido com a multa. E c’est fini!   

MENINA QUE DESAPARECEU EM URÂNIA FAZ CONTATO COM A FAMÍLIA

Segundo o site Correio Santa Fé, o desespero da família da adolescente Juliana Aparecida de Souza, de 13 anos, terminou neste feriado do Dia de Finados. Juliana está desaparecida desde o dia 30/10, quando saiu de casa por volta das 06:00 horas para ir à escola e não mais foi vista. Ou melhor, uma testemunha disse ter visto a menina entrando em um carro vermelho.

Juliana, de acordo com a notícia do Correio Santa Fé, teria telefonado nesta sexta-feira para o pai, Juliano Roberto de Souza, de 33 anos, dizendo estar bem. Segundo a mãe da menina, ainda não há certeza do local onde a filha está. Já para a Polícia Civil, a adolescente fugiu com um namorado e está em Ribeirão Preto. Para o delegado que investiga o caso, o sumiço está esclarecido.

Na quarta-feira, 31/10, o pai de Juliana teria dito à imprensa que ela não tinha namorado. “Ela não tem motivos para fugir de casa. Também não tem namorado e nem mantinha contatos pela internet com estranhos”, havia afirmado o pai.

1 86 87 88 89 90 93