A TRIBUNA: JUSTIÇA DÁ 60 DIAS PARA PREFEITURA INSTALAR GALERIAS E RECAPEAR RUA DO JARDIM DO BOSQUE

No jornal A Tribuna deste final de semana, a principal manchete destaca fala do prefeito Flá Prandi(DEM) em resposta às críticas (e desabafos) de alguns vereadores – inclusive de aliados, como Chico do Cartório(MDB) e Tupete(DEM) – que reclamam de uma suposta falta de atenção por parte da administração. O prefeito disse, entre outras coisas, que a sociedade não admite mais os políticos que só sabem criticar e que “tem um vereador que já está em seu sétimo ano de mandato e nunca produziu nada para a cidade”. Flá não citou nomes, mas tudo indica que ele estava se referindo ao vereador Tiago Abra, que, na última sessão da Câmara, afirmou que “nós temos um prefeito fantasma, que não dá expediente, enquanto a cidade está ao Deus dará”.

O jornal está destacando, também, a reinvindicação do Ministério Público Federal (MPF), que fez um apelo para que a sociedade civil e as autoridades locais se movimentem visando conseguir a nomeação de mais um juiz para a Vara Federal de Jales. Segundo o MPF, na Justiça Federal de Jales tramitam, atualmente, mais de 8.000 processos, dos quais pelo menos 1.200 já se encontram conclusos, aguardando a sentença, mas a Vara conta com apenas um juiz para ouvir os réus e as testemunhas e julgar todos esses processos. Os oito processos da chamada “Máfia do Asfalto”, por exemplo, têm mais de 20 réus e 20 testemunhas, cada um.

O acidente envolvendo uma viatura do SAMU, que pegou fogo e destruiu parte da UPA de Santa Fé do Sul; a condenação do ex-prefeito Humberto Parini, por ato atentatório à dignidade da Justiça; a inauguração do sistema de iluminação do campo da Fepasa; o caso da dona de casa que morreu durante o velório do filho, em Urânia; a decisão da Justiça de Jales que deu trinta dias para a Prefeitura instalar galerias pluviais em uma rua do Jardim do Bosque; a decisão dos 25 desembargadores do Órgão Especial do TJ-SP, que confirmou o congelamento dos salários dos vereadores de Jales em R$ 5 mil, são outros assuntos de A Tribuna.

Na coluna Enfoque, a informação de que o Camarada Martini, foi escolhido durante a Conferência Regional de Saúde, realizada em Rio Preto, para representar a região na Conferência Estadual, que ocorrerá em São Paulo. Na página de opinião, o artigo do doutor Valmor Bolan analisa os desafios do governo para aprovar uma reforma da Previdência “que viabilize o ajuste fiscal sem comprometer a solidariedade social”. No caderno social, destaque para a festa de aniversário da estudante Isabelle Canovas, que completou 15 aninhos. E a coluna do Douglas Zílio, acompanhou os bastidores da apresentação da repaginada Marília Mendonça no rodeio de Mirassol.

19 comentários

  • Ze ruela

    Vossa excelência Sr.Prefeito está em parte certo pois alguns nobres vereadores estão no anonimato e os outros nobres vereadores estão “produzindo” conflitos da cidade contra a administração.
    Senhores vereadores vamos parar de ser “Politicos” e TRABALHAR todos em prol aos Cidadãos Jalesenses

  • Friddo

    Vossa Excelência? Ahhhh vai te catar Zezé Ruela!

  • JOSUE

    EXISTEM DOIS TIPOS DE CRITICAS,CONSTRUTIVAS QUE VISAM UMA MELHORA EM QUALQUER SITUAÇÃO QUE VIVAMOS,OUTRA DESTRUTIVA QUE VISA SEUS INTERESSES PESSOAIS,OU PREJUDICAR REALMENTE UMA SITUAÇÃO QUE ESTAMOS PASSANDO,SE CADA DEPARTAMENTO PUBLICO SE PREOCUPASSE EM RESOLVER SEUS PROPRIOS PROBLEMAS E PROCURAR SE LIMITAR DENTRO DE SUAS ATRIBUIÇÕES,DESENVOLVER MECANISMOS,MEIOS PARA O BEM SOCIAL,NÃO TERIAMOS TEMPO PARA JULGAMENTOS E TROCAS DE GENTILEZAS ENTRE PREFEITO E VEREADORES,QUE SINCERAMENTE NÃO TRAZ NENHUM BENEFICIO PARA O MUNICIPIO,EXISTEM DIFERENÇAS QUE TENHAM HUMILDADE PARA DISCUTIR DE MANEIRA PRODUTIVA,AFINAL DE CONTAS ESPERO EU QUE TODOS DESEJEM O BEM DE JALES,DEUS ABENÇOE NOSSA CIDADE.

  • Bico de siri

    Já vimos esse filme: prefeito incompetente retrucando crítica da câmara. E já vimos a Mérida que deu. Bom mesmo é o prefeito admitir que a sua administração anda devendo,fechar a boca e ir mais ao passo municipal

  • Prefake

    Vindo de um prefake que não dá expediente na prefeitura e que obrigava o ex chefe de gabinete da secretaria de fazenda o Nelson abandonado levar documentos para ele assinar em casa de chinelos e bermuda dentro da piscina! Conta outra Fra você se igualou a estes pseudo politicos que te criticam!

    • Rapizodia

      É sério isso!? Que secretário tem que ir atrás do Prefeito para assinar documentos de sua responsabilidade? Tipo um serviçal a ‘lá Sarney’! Tô imaginando, o servidor adentrando a casa do Prefeito e ser recebido pela Secretária da casa que vai chamar o Alcaide e este aparece de chinelinho modelo pantufa às 11 horas, pois se aparecer antes, é bronca na certa. Daí ele assina os documentos sem ler e despacha o serviçal. Os eleitores jalesenses não perceberam a manobra quando da apresentação de candidatura única na última eleição e depositaram sua esperança de mudança no quadro apresentado. Agora, tem que conviver com situação como está, típica de província do século XIX.

      • Rapizodia

        Só para constar, anulei meu voto para prefeito e vereador na última eleição, pois acredito que votos brancos e nulos tem que ter valor, estes estão dizendo, ou melhor, gritando que os que se apresentam para o pleito não tem as características ou o respeito para o cargo que desejam ocupar. Este é um movimento legítimo, não concordo que são eleitores desinteressados, mas sim, que querem mudanças e não se rendem.

    • Como ele sabe que o vereador chega as dez horas se ele nem vai até a prefeitura,? Mas sempre tem os puxa saco pra passar as coordenadas em troca do cargo, mesmo o capeta não estando sempre tem um secretário aposto. Isso é comum em todo órgão público onde tem cargo de xuxado.

  • Eu

    Por causa dessas pendengas Jales sempre perdeu muito, muito mesmo, desde a época de Manda brasa e a Arena, essas briguinhas fizeram com que Jales ficasse na rabeira de Fernadopolis Votuporanga, Santa Fé do Sul enfim só se perde com essas briguinhas acorda Jales.

  • Fra do chinelin

    Fra do chinelinho Kkkkkk Kkkkkk Kkkkkk Kkkkkk Kkkkkk Kkkkkk Kkkkkk Kkkkkk Kkkkkk Kkkkkk Kkkkkk Kkkkkk Kkkkkk Kkkkkk Kkkkkk Kkkkkk Kkkkkk Kkkkkk Kkkkkk Kkkkkk Kkkkkk Kkkkkk Kkkkkk

  • Flácodobo o fascista Juramentado

    AMIGOS VEJAM QUE FELICIDADE:

    JALES TEM FLÁ
    SÃO PAULO TEM COVAS
    O ESTADO TEM DÓRIA
    E O BRASIL TEM BOLSONARO.
    É MUITA FELICIDADE.KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  • Jesus

    Muitos diziam que a câmara passada era a pior, agora só escuto nas ruas e bairros que essa e pior de todas.

  • JOSUE

    COMO DIZIA OS ANTIGOS DE BOAS INTENÇÕES O INFERNO ESTÁ CHEIO,O REALMENTE FALTA É COMPETÊNCIA E QUALIFICAÇÃO PARA EXERCER UMA FUNÇÃO PUBLICA,O GRANDE PROBLEMA E QUE EXISTE MUITOS QUE ADORAM O PODER A FAMA MAS FALTA CAPACIDADE,GOSTARIA DE FAZER UMA PERGUNTA:QUALQUER AUTORIDADE MUNICIPAL TEM PODER PARA NEGAR UMA PERICIA MEDICA QUE FAVORECE O FUNCIONARIO EM RETORNAR O TRABALHO,SE ALGUEM ENTENDER DO ASSUNTO ME RESPONDA POR FAVOR,DEUS ABENÇOE JALES.

    • Rapizodia

      Oi Josué, gosto de ler seus comentários, mas como escreve todo o texto em letras maiúsculas, ele acaba ficando um pouco confuso e cansativo. Você tem o meu respeito. É só uma sugestão.

    • Zezao

      Então meu amigo vc eles não deixam voltar ao trabalho mas é tanta gente q não tem nada e ta readptado nessa prefeitura q da medo, faz uma denúncia, existe gente q fez concurso pra trabalha com criança e hj ta de secretário do Conselho tutelar ta uma vergonha

      • JOSUE

        vou aceitar o conselho do amigo e fazer meus comentários em letras minusculas,ZEZÃO minha historia daria um capitulo de novela chega a ser comica,mas foi devastadora em minha vida,sete anos dedicados de motorista de ambulancia,sem nenhuma falta ou atestado por qualquer motivo,de tanto carregar pacientes senti certas dores na coluna pedi um afastamento para me tratar caí na labia de um advogado,qdo pedi uma nova pericia dia 20/2/2017,dr Henrique me analisou,conversou comigo e chegou a conclusão que teria plenas condições de exercer minhas funções,no laudo conclusão numero 1,retornar ao trabalho sem restrição medica,para minha surpresa a prefeitura não aceitou a pericia medica, e me encostou como um invalido,vai tomar um cafe na secretaria da saúde que terei prazer em conheço,todos que me conhecem não acreditam na minha situação,hoje aguardo o juiz decidir minha vida,pois tive que entrar na justiça com pericia judicial,sinceramente alem de destruirem minha vida financeira,acabaram com muitos sentimentos dentro de mim,mas Deus é maior,aqui se faz aqui se paga,Deus abençoe jales e todos nos.abraços

        • Rapizodia

          Oi Josué. Acho que todos conhecemos algum caso como o seu. Eu conheço pelo menos dois, um aqui em Jales e o outro em Votuporanga. As pessoas estão doentes, o médico do trabalho não autoriza o retorno, mas a Previdência simplesmente joga o trabalhador de volta como se aos leões. Suspende pagamento e torna a vida da pessoa um inferno. É lastimável.

          • JOSUE

            RAPIZODIA,o que mais me causou surpresa como pessoas sem conhecimento clinico,medicina,não repeita uma pericia medica que mandou eu retornar,ao trabalho sem restrições,eu tenho plena condições de trabalho,mas não querem,deparando com essa situação entrei na justiça para ter meu direito de trabalhar e exercer minha função de motorista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *