A TRIBUNA: MORADORES DAS ‘CASAS DA FEPASA’ RECEBEM ESCRITURAS

O jornal A Tribuna deste final de semana está destacando a venda do recinto de exposições “Juvenal Giraldelli”, que foi comprado por três empresários do circuito Santa Fé do Sul/Aparecida do Taboado. A notícia diz que 24 dos 72 cooperados da Unimed – a dona do recinto – compareceram à assembleia geral realizada na quarta-feira, 10. Dezenove dos cooperados presentes votaram favoravelmente à venda do recinto por quase R$ 3,3 milhões, enquanto outros quatro votaram contra. A empresária Tatyana Gondim Pereira de Souza e as empresas QMZ Patrimonial Ltda e M.A. Negócios Imobiliários prometeram pagar os R$ 3,3 milhões à vista, no ato de assinatura da escritura pública de compra e venda.

Matéria do Douglas Zílio informa que os proprietários das chamadas “Casas da Fepasa”, outrora conhecidas como “Ninho Tucano”, estão recebendo, finalmente as escrituras de seus imóveis. Segundo a matéria, há mais de 30 anos que os proprietários vinham batalhando para conseguir as escrituras. Os imóveis eram de propriedade da Rede Ferroviária Federal e durante cinco anos, a contar da assinatura do título de propriedade, os beneficiários não poderão vende-los ou aluga-los, sob pena de perder o direito à propriedade.

O sorteio dos prêmios da promoção de final de ano da ACIJ, que premiou cinco consumidores jalesenses; o reajuste da tarifa do ônibus circular, que passou para R$ 2,90, mas continua sendo a mais barata da região; os transtornos causados pelas chuvas dos últimos dias; a indenização que a Prefeitura de Jales terá de pagar a uma vítima de acidente causado por buracos no asfalto; e o caso dos primos que atropelaram e mataram um homem que tinha agredido os pais da ex-namorada, são outros assuntos de A Tribuna.

Na coluna Enfoque, a informação de que a ação criminal contra o vereador Henrique Macetão, por conta da operação “Arquivos Deslizantes”, está tramitando sob segredo de justiça. Na página de opinião, o ex-prefeito Pedro Callado fala sobre a greve de policiais no Rio Grande do Norte, enquanto o elétrico Marco Antônio Poletto sobre política nacional. De seu lado, o santista Victor Pereira comenta as perspectivas dos quatro times grandes de São Paulo em 2018. No caderno social, destaque para a coluna do Douglas Zílio.    

1 comentário

  • FLANONIMO

    E A PLATAFORMA DA ESTAÇAO???

    QUAL SERA O DESTINO???Vai continua sendo FLAvela Local para pichaçoes??????

    …..OU…………

    SERA RESTAURADA E SERA NOSSO MUSEUM DO FERROVIARIO??????????………………………..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *