A TRIBUNA: MP QUER 16 ANOS DE PRISÃO, NO MÍNIMO, PARA EX-DIRETOR DO HOSPITAL DE CÂNCER, ROGER DIB

No jornal A Tribuna deste final de semana, matéria do repórter Alexandre Ribeiro, o Carioca, relata que algumas pessoas contempladas com as 99 casas do Conjunto Habitacional “Honório Amadeu”, nas proximidades do cemitério novo, estão revoltadas com a demora na entrega das chaves das residências, que já estariam prontas e aguardando apenas a liberação por parte da Prefeitura. Segundo a reportagem, a revolta é compreensível, principalmente se for feita uma comparação com o andamento de um conjunto semelhante construído em Vitória Brasil. Os sorteios de ambos os conjuntos ocorreram no mesmo dia – 08 de junho – mas o da cidade vizinha será entregue no próximo dia 13, enquanto o de Jales não tem sequer uma data prevista.

Outra matéria informa que sete pessoas morreram com o vírus da AIDS em Jales, neste ano, segundo números fornecidos pela coordenadora do programa DST-AIDS de Jales, Dieine Monise Mendes Garcia. Ela esclareceu, também, que surgiram 15 novos casos de portadores do vírus HIV durante o ano, atingindo, principalmente, jovens com idade entre 24 e 25 anos de ambos os sexos, homens que fazem sexo com outros homens, profissionais do sexo e usuários de drogas injetáveis e de cocaína. Dieine ressaltou, ainda, que, graças à evolução da ciência, a AIDS não representa mais uma sentença de morte.

As últimas novidades sobre dois casos que movimentaram a cidade nos últimos tempos: o caso do ex-diretor administrativo do Hospital de Câncer, Roger Mauro Dib, e o da ex-tesoureira da Prefeitura, Érica Cristina Carpi, ambos apanhados pela Polícia Federal em atos de corrupção explícita; a situação do viaduto “Antônio Amaro”, que vem preocupando a população e as autoridades; e as obras de substituição das galerias pluviais no bairro São Judas Tadeu, são outros assuntos de A Tribuna. O jornal traz, como encartes, um pôster do campeão brasileiro de 2018, o Palmeiras, e uma revista especial de Natal.

Na coluna Enfoque, informações dando conta de que o vereador Tiquinho(PSD) ainda não dá como certa a sua eleição para a presidência da Câmara. Tiquinho confidenciou que alguns vereadores tentam criar um racha na base de apoio do prefeito Flá, lançando outro candidato. Na página de opinião, o ex-prefeito Pedro Callado escreve sobre o mês de dezembro, quando se comemora o Natal, enquanto o artigo do bispo dom Reginaldo Andrietta diz que lutar pela vida plena é preciso. No caderno social, destaque para a lidíssima coluna do Douglas Zílio e para a visita oficial que o governador do distrito 4480 do Rotary, Luís César Rodrigues, fez a Jales.

16 comentários

  • Observador

    E para os outros???????????

  • Enfoque

    COMEÇOU

    MAIS UM CAPÍTULO DE UMA TRAGÉDIA ANUNCIADA—–DE BINHO GUIMARÃES

    Jair Bolsonaro foi eleito há apenas 41 dias e ainda sequer tomou posse como Presidente da República. Após uma campanha pouco propositiva, baseada tão somente em um discurso fácil e raso sobre moralidade e combate à corrupção e à violência, vemos o seu frágil castelo de cartas começar a desabar. Em pouco mais de um mês já tivemos: Onyx Lorenzoni com recebimento confesso de doações ilícitas em campanha eleitoral; Paulo Guedes investigado por fraudes contra fundos de pensão; Luiz Henrique Mandetta réu em ação civil pública por fraude em licitação, tráfico de influência e superfaturamento; Tereza Cristina investigada por improbidade administrativa em razão de benefícios fiscais concedidos à JBS Friboi. O discurso não se sustenta
    Agora, as acusações recaem diretamente sobre o clã Bolsonaro: o assessor de Flávio Bolsonaro, Fabrício Queiroz, teria realizado, em um ano, movimentação atípica de R$1,2 milhão, segundo o COAF. O relatório aponta que o mesmo recebera depósitos de oito funcionários do gabinete do senador eleito. A família de Queiroz, envolvida nas operações financeiras, esteve nomeada na Alerj e na Câmara Federal, no gabinete do futuro presidente. Saltam aos olhos que um quarto do valor suspeito, ou seja, R$324.000,00 foi movimentado por meio dos 176 saques – muitos deles realizados dentro da agência bancária dentro da própria Assembleia Legislativa fluminense.
    Ficam os questionamentos: qual era o interesse em ocultar os destinatários ou remetentes das quantias? Como justificar a incompatibilidade entre patrimônio e renda do assessor, que possuía uma renda de R$23 mil mensais e um patrimônio de R$700 mil? Por que Nathalia, filha de Fabrício Queiroz, nomeada no gabinete de Jair Bolsonaro, repassava quase todo seu salário para o pai? Por que a futura primeira dama recebeu um cheque de R$24 mil do ex assessor? Não é estranho? É.
    Devemos lutar sim contra o fim da corrupção, sem seletividade, de maneira ampla e geral. Que o COAF e o Ministério Público Federal avancem na investigação e, caso reunidos os indícios mínimos de autoria e materialidade, seja apresentada denúncia contra os envolvidos. Cabe a todos nós, mas especialmente a você que confiou seu voto no “17”, cobrar explicações factíveis sobre tudo isso que está acontecendo! Parafraseando o grande Cazuza, “eu vejo o futuro repetir o passado”. Espero que o PSL – Niterói, na pessoa da sua liderança, Vereador Carlos Jordy, manifeste-se sobre as graves acusações. Aguardemos os próximos capítulos dessa tragédia anunciada.
    VAI EXPLODIR LOGO LOGO.

  • Enfoque

    Enfoque

    Descobriu -se que o Natal e a Passagem de Ano, vai ser gorda na Família de psicopatas de Bolsonaro, a COAF vai contribuir para que a passagem seja inesquecível, só deveremos esperar qual vai ser a atitude do futuro Ministro da Justiça um dos chefes da entidade.
    Composição Familiar:

    1. Jair Bolsonaro***********54 milhões de reais
    2. Michelle Bolsonaro*****173 mil
    3 .Flávio Bolsonaro******30 milhões de reais
    4 .Eduardo Bolsonaro***5,5 milhões
    5. Carlos Bolsonaro*****680 mil
    6 .Ana Cristina**********1,2 milhões
    7. Andréa Valle********* 1,6 milhões
    Esta é a composição da nove trupe de corruptos do novo governo que assume no dia lº de Janeiro e já surrupiando ou roubando. O que fará o ex-juiz Sergio Moro, que só foi convidado para o ministérios para cobrir as falcatruas da Direita Fascista.
    Quero que o Brasil e seus eleitores se exploda.

  • Enfoque

    PUXA SACOS DA DIREITA O MURO COMEÇOU A CAIR, BEM FEITO E O BRASIL VAI AFUNDAR COM A DIREITA E SUA BURGUESIA ADESTRADA POR ISSO NÃO ADIANTE:
    %%%%%%%%12 h ·
    O PT fez muita lambança no poder. E está pagando por isso – não sei se vocês sabem, mas Lula está na cadeia. Dito o óbvio, o governo Bolsonaro vai ter problemas se continuar fugindo de questionamentos de jornalistas usando o PT como distração. Uma coisa é distribuir antipetismo à militância em listas de WhatsApp, outra é usar isso para não responder a indagações de profissionais de imprensa. A impressão que fica diante da falta de transparência de agentes públicos é que há algo a esconder ou que o novo governo não consegue se comunicar se não for via microtextos lacradores em redes sociais.
    é fumo MESMO.

  • Jales

    E NA CASINHA DO BOLSOMERDA—O Major Olympio brigou com a Joyce que brigou com o Eduardo Bolsonaro que é irmão do Flávio que era patrão do motorista milionário que depositou dinheiro ilícito na conta da 4° esposa neopentecostal que é casada com o Bolsonaro que passou um atestado p fugir das acusações de corrupção feitas pela Coaf
    Nesse meio tempo o Onyx se desequilibrou quase voou no pescoço do repórter e abandonou a coletiva, o Mourão saiu da toca e disse que foi eleito para substituir o Bozo
    No mesmo capítulo vazam prints do maior quebra pau no grupo dos deputados do PSL com Flávio Bolsonaro querendo esganar o Julian Lemos que por sua vez quer passar a perna no Eduardo que chamou a Joyce de louca e escutou dela que é um bebezão …
    Jogos Vorazes parte 3, assistido em tempo real por todos os brasileiros , e nem foi dada a largada heim ? Vc já raciocinaram o que vai ser esse governo ?

  • Arrependimento

    ESSE É O HOMEM DA ECONOMIA BRASILEIRA:

    Bolsonaro prova que não entende de economia e empresta R$ 40 mil a quem tinha um milhão
    Compartilhar no Facebook Tweet no Twitter
    O presidente eleito, Jair Bolsonaro, disse que o pagamento de R$ 40 mil de um assessor a sua mulher foi a quitação de um empréstimo. Bolsonaro revelou 14 mil a mais que o divulgado inicialmente. Com o anúncio, o presidente mostrou que realmente não entende de economia: o assessor tinha mais de um milhão
    As movimentações foram reveladas pelo Coaf. O pagamento foi feito pelo motorista do filho de Bolsonaro. O presidente acreditava que Coaf era o barulho de alguém tossindo.
    VIVA O BRASIL DA BURGUESIA BESTA.

  • Tico e Teco

    MORO

    O líder do MTST, Guilherme Boulos, indagou pelo Twitter neste sábado 8 se o futuro ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sergio Moro, investigará ou acobertará o futuro governo Jair Bolsonaro do escândalo do chamado ‘Bolsogate’
    “176 saques em 1 ano. R$1,2 milhões na conta de um laranja. Tudo com provas materiais. É o primeiro escândalo da presidência de Bolsonaro, antes mesmo da posse. Moro irá comandar o Coaf. Vai mandar investigar ou fazer vistas grossas ao negócio em família envolvendo seu novo chefe?”, indaga Boulos.
    Nesta sexta, ele falou ainda em “escárnio a céu aberto” ao se referir ao futuro ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, acusado de ter recebido dinheiro para sua campanha via caixa 2 – crime que ele próprio admitiu. “Onyx Lorenzoni disse hoje que já se ‘resolveu com Deus’ sobre sua acusação de Caixa 2. Primeiro tentou encerrar o processo com um pedido de desculpas, acolhido por Moro. Agora, com orações”, lembrou Boulos.
    COMO VAI FICAR?

  • Direita

    UMA PIADINHA GOSTOSA : BOLSONARO METEU ATESTADO MÉDICO, MORO FINGIU-SE DE MORTO E ONYS ABANDONOU A ENTREVISTA. O QUE UMA CORRUPÇÃO NÃO FAZ, NÃO É MESMO?

  • Tico e Teco

    CORRUPÇÃO EM FAMILIA

    O ex-assessor e ex-motorista do senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), Fabrício José Carlos de Queiroz, foi citado em 1 relatório produzido pelo Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) por movimentações financeiras atípicas em uma conta no banco Itaú. Além de Flávio Bolsonaro, o relatório apontou transações envolvendo o presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL) e sua esposa, a futura primeira-damaMichelle Bolsonaro.
    O policial militar teria movimentado, de janeiro de 2016 a janeiro de 2017, R$ 1,2 milhão. Uma das transações, 1 cheque de R$ 24.000 foi destinado a Michelle.

    O documento é fruto do desdobramento da Operação Furna da Onça, ligada à Lava Jato no Rio. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo, que revelou o caso nesta quinta (6).
    A Furna da Onça foi deflagrada há 1 mês e prendeu 10 deputados estaduais e 6 funcionários da Alerj (Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro). O ex-governador do Rio Sérgio Cabral é 1 dos alvos da operação, que investiga 1 esquema de compra de apoio político de deputados cariocas, lavagem de dinheiro, loteamento de cargos públicos e mão de obra terceirizada em órgãos da administração estadual.
    Ligações perigosas*********
    Fabrício Queiroz foi motorista e segurança de Flávio até outubro quando pediu exoneração do cargo de Assessor Parlamentar da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj).
    Já sua filha, Nathalia Melo de Queiroz era, até o mês passado, assessora lotada no gabinete do deputado federal e agora presidente eleito, Jair Bolsonaro. Em setembro, pelo gabinete dele, ela recebeu um salário de R$ 10.088,42.
    O documento não deixa claro quais são os valores das transferências, mas ao lado do nome de Nathalia está o valor total de R$ 84 mil.
    O Ministério Público Federal (MPF) divulgou nota na tarde desta quinta (6) confirmando a existência do relatório do Coaf. A nota ainda explica que “como o relatório relaciona um número maior de pessoas, nem todos os nomes ali citados foram incluídos nas apurações, sobretudo porque nem todas as movimentações atípicas são, necessariamente, ilícitas. A íntegra do documento foi juntada aos autos para confirmar que não houve edição após envio pelo Coaf”.
    O documento faz parte da operação da Polícia Federal Furna da Onça.
    ESSE GOVERNO VAI ACABAR ANTES DO TEMPO.

  • jumento eleitor do bostanaro

    o Brasil agora tem novo nome. IGREJA EVANGÉLICA FEDERATIVA DO BRASIL,. com os pastores Silas malafaia, Edir Macedo , Marco Feliciano no comando , incrível, graças aos burros católicos.

  • Bolsonaro

    Quem é ? É aquele que é intimo de sua Mutter.

  • elias

    Maravilha ver o COAF começar a trabalhar, é isso ai, se existe tem que mostrar serviço. Só me pergunto onde estava o COAF desde 1998? Estaria de férias? Dormindo em serviço? Ou tendo participação nos lucros?

  • Não vai virar nada!

    Eu não votei no Bolsonaro, no 1o. turno, porque achava que ele não estava preparado para ser presidente. Mas no turno seguinte, votei contra o PT. Sou anti Lula!
    Até agora, achei o seu ministério muito bom exceto os seu ministros “políticos”.
    Acho prematuro acusa-lo pela movimentação bancaria do motorista de seu filho, depois de muito tempo, pois acho que o motorista deve responder. Por enquanto, o Bolsonaro não tem nada com isso.
    Ou pelo deposito de R$24 mil de sua mulher. Nada irregular. Quem não recebe um deposito desse, em sua conta? Não prova nada. Isso não vai virar nada!
    Um fato estranho, o Coaf denunciar isso. Depois das eleições. Pois nunca denunciou as movimentações milionárias dos petistas, tucanos, PMDBistas, etc enfim a turma da Lava Jato.
    Parece que teve dedo em gente interessada em derrubar o futuro presidente. Mas quem?

  • Não vai virar nada 2

    Quem acha a opinião de um jumento?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *