A TRIBUNA: NA OPERAÇÃO “FARRA NO TESOURO”, EMPRESÁRIA E SEGURADORA DEVOLVEM R$ 54 MIL AOS COFRES PÚBLICOS

No jornal A Tribuna deste final de semana, o principal destaque é, mais uma vez, a operação “Farra no Tesouro”. A matéria diz que a Polícia Federal divulgou nota com novas informações sobre as duas fases da operação. Uma das informações diz que uma empresária do ramo de estética devolveu os R$ 14 mil que tinham sido recebidos antecipadamente por serviços que seriam prestados por sua empresa à ex-tesoureira. Outra informação diz que uma das seguradoras utilizadas pelo corretor preso na segunda fase da operação devolveu aos cofres públicos mais de R$ 40 mil que foram pagos indevidamente pela Prefeitura na contratação de seguros suspeitos. Além disso, a seguradora descredenciou a empresa do corretor de seguros.

Destaque, também, para os diversos eventos programados pela Prefeitura em comemoração ao aniversário de 78 anos de fundação de Jales. O aniversário ocorre no dia 15 de abril, mas os eventos começam ainda em março, no dia 31, com a realização do Circuito Sesc de Artes, e vai até o dia 1º de maio, quando acontece mais uma edição do Sarau no Ponto. O principal evento – o Jales Rodeio Show, que substitui a Facip – está marcado para o período de 11 a 15 de abril, mas antes disso, no dia 07 de abril, teremos a tradicional Cavalgada que reunirá diversas comitivas.

Os casos suspeitos de dengue, que cresceram bastante nos últimos dias e estão preocupando a Secretaria de Saúde; a licitação aberta pela Prefeitura para aquisição dos uniformes escolares de 2019; as críticas do vereador Tiago Abra ao prefeito Flá Prandi, em função da falta de divulgação do resultado da sindicância que apurou responsabilidades nos desvios da ex-tesoureira Érica; o início dos trabalhos de uma nova CEI, que está solicitando cópia dos contratos firmados pela Prefeitura com dispensa de licitação; e a decisão da Justiça, que mandou o prefeito Flá dar posse a candidatos aprovados em um concurso de 2017, são outros assuntos de A Tribuna.

Na coluna Enfoque, escrita por este aprendiz de blogueiro, destaque para a paralisação dos professores estaduais da região, na sexta-feira, em protesto contra a Reforma da Previdência proposta pelo governo Bolsonaro. Na página de opinião, artigo coletivo assinado pela advogada Yasmine Altimare da Silva, em que algumas mulheres jalesenses explicam um fenômeno mundial, que cresceu feito erva daninha nos últimos tempos: o feminismo. No caderno social, destaque para a coluna do Douglas Zílio e para a formatura da psicóloga Mariana Claudino, a linda filha da Débora e do Biscoito.  

3 comentários

  • Quem será que vai cuidar desse tesouro, não seria o caso de ficar depositado em juízo? Será que a prefeitura possui uma conta confiável com senha secreta? Será que já tem destino esse dinheiro? Quem é o guardião da fonte?

  • Tem raposa velha cuidando, vão ser gastos só nas próximas eleições, aguarde e confie,o postiço não vai ver nem o cheiro.

  • JOSUE

    TEM COMENTARIOS QUE FAÇO COM TRISTEZA,A PREFEITURA PRECISA TER SEU NOME LIMPO NA PRAÇA DE JALES,COMPROU PAGOU,NÃO É ASSIM EM NOSSOS LARES,DEVER É UMA PRATICA NORMAL,MAS PAGAR O QUE SE DEVE É OBRIGAÇÃO,A PREFEITURA PRECISA SER EXEMPLO NA SOCIEDADE,MUITOS NÃO VENDEM MAIS NADA PORQUE NÃO RECEBE,PRECISAMOS RETOMAR O EQUILIBRIO EM JALES.DEUS ABENÇOE ESSA CIDADE.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *