AVCC ORGANIZA MANIFESTAÇÃO E ABAIXO-ASSINADO PEDINDO CREDENCIAMENTO DO HOSPITAL DE CÂNCER. ASSINE AQUI

HC03

A AVCC de Jales, em parceria com as AVCC’s de Fernandópolis e de Urânia, e o apoio da Prefeitura de Jales, está organizando uma manifestação – batizada de CREDENCIA JÁ – para o próximo domingo, 03 de julho, em apoio ao Hospital de Câncer.

Segundo a presidente da entidade, Cidinha Iglesias, o objetivo é sensibilizar o Ministério da Saúde para que o órgão autorize o credenciamento das unidades do HC de Jales e de Fernandópolis junto ao SUS. Ela alerta que, a exemplo do que estaria acontecendo em Fernandópolis, a unidade de Jales poderá ser fechada ao final do ano, caso essa situação não seja regularizada.

Inaugurada há mais de cinco anos, a unidade de Jales ainda não conseguiu – por conta da burocracia e da má vontade das autoridades estaduais e federais – o credenciamento junto ao SUS. O governo estadual culpa o governo federal, que, de seu lado, garante que o pedido de credenciamento só chegou ao Ministério da Saúde em fevereiro deste ano.

Enquanto isso, a direção do hospital tem que se virar, fazendo empréstimos bancários, organizando campanhas e promovendo shows – como o de Chitãozinho e Xororó, realizado no dia 15, aqui em Jales – para cobrir o déficit mensal, que não é pequeno. A sociedade, que já paga pesados impostos, tem feito a parte dela, mas os governos…

Além da manifestação marcada para o próximo domingo, a AVCC está patrocinando, também, um abaixo-assinado on line onde pede o credenciamento do Hospital de Câncer. Até a hora em que este aprendiz de blogueiro escrevia estas mal traçadas, o abaixo-assinado já tinha 2.124 assinaturas. Se o prezado leitor ainda não assinou, basta acessar aqui para fazê-lo. A AVCC e o Hospital de Câncer contam com o seu apoio. 

1 comentário

  • Agora, sim!

    Parabens, à presidente da AVCC que não saiu criticando o governo que até agora não aprovou o credenciamento do hospital do empresário Henrique Prata pois com essa briga de Prata com o governador, só a população será prejudicada.
    Politica partidária com saúde não deve se misturar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *