DEU NA FOLHA NOROESTE DE HOJE

A edição digital da Folha Noroeste deste sábado está destacando a aprovação do projeto de lei que classifica Jales e outros 45 municípios paulistas como “Município de Interesse Turístico”. A lei – que ainda precisa ser sancionada pelo governador Márcio França(PSB) – vai nos proporcionar o repasse de, aproximadamente, R$ 650 mil anuais do governo estadual, para investimentos no setor de turismo. O prefeito Flá disse que a classificação de Jales como MIT, às vésperas do aniversário da cidade, foi um presente para a população. O vice-prefeito Garça também comemorou a novidade e agradeceu a todos que se empenharam na aprovação do projeto.

O jornal está publicando novamente os números do “impostômetro” da Associação Comercial de São Paulo, que estima quanto os contribuintes brasileiros já pagaram em impostos no ano. De acordo com tais números, os contribuintes jalesenses já teriam pago R$ 7,8 milhões em impostos em 2018, enquanto nossos vizinhos santa-fé-sulenses já teriam contribuído com R$ 7,7 milhões. Nunca é demais lembrar que Jales possui, segundo o IBGE, cerca de 16 mil habitantes a mais que a “Capital dos Grandes Lagos”, Santa Fé do Sul. Ou seja, nossos vizinhos são melhores contribuintes que nós.

Na coluna FolhaGeral, do infatigável redator-chefe Roberto Carvalho comenta que as reclamações relativas à atuação dos nossos vereadores e à atenção que eles andam dispensando aos seus eleitores já estão partindo até de parentes dos nobres edis. Segundo o colunista, um dia desses o genitor de um vereador comentou em uma roda de amigos que alguns eleitores do seu filho estavam desapontados porque o parlamentar havia sumido do ambiente social que antes frequentava assiduamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *