DEU NA FOLHA NOROESTE DE HOJE

No jornal Folha Noroeste, edição digital deste sábado, destaque para o deputado Itamar Borges, líder do MDB na Assembleia Legislativa, que votou contra a emenda que possibilitaria o lockdown no estado, ou seja, o fechamento completo da cidade de São Paulo e dos municípios do interior e litoral paulista. A emenda foi apresentada por parlamentares, numa tentativa de alterar o projeto vindo do governador, que falava exclusivamente da antecipação do feriado do dia 09 de julho para a próxima segunda-feira, 25 de maio, com o objetivo de aumentar o percentual do isolamento social. Segundo o deputado, a bancada do MDB na Alesp é contra o lockdown. “Acreditamos que é preciso cuidar da economia do nosso estado, dar emprego e renda para a população, sem deixar de pensar na saúde e na vida”, disse o deputado.

Destaque, igualmente, para as eleições municipais deste ano, que podem ser adiadas. Para reduzir aglomerações e a exposição de eleitores ao novo coronavírus, uma das hipóteses em discussão é que as eleições tenham dois dias de votação, disse na sexta-feira (22), em Brasília, o ministro Luís Roberto Barroso, que assume a presidência do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na próxima semana. Para isso, seria preciso um gasto adicional de R$ 180 milhões, que é o custo estimado pelo TSE de um dia adicional de eleição. Diante do quadro de crise fiscal, porém, outra possibilidade seria expandir o horário de votação, para que dure 12 horas, o que teria um custo menor.

Na coluna FolhaGeral, o abespinhado redator-chefe Roberto Carvalho está informando que, manhã da quinta-feira (dia 21), sete vereadores participaram de uma reunião com representantes do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais e da Prefeitura para discutir alterações no regime de previdência municipal. O sindicato sugeriu alterações para o projeto e enviará à Prefeitura um documento contendo as modificações pretendidas, como o aumento da alíquota de contribuição de forma gradativa até que atinja os 14% estipulados pela Emenda Constitucional 103/2019. Após incluir as alterações propostas pelo Sindicato, a Prefeitura encaminhará o projeto para que seja lido, discutido e votado na Câmara Municipal.

1 comentário

  • Itamar mas poderia estar pior

    Certamente o deputado Itamar seguiu os seus companheiros pois a maioria dos deputados estaduais votaram contra o lockdown, em SP
    Votação virtual teve 72 votos contrários, 4 a favor e 1 abstenção. Alguns partidos tentaram impedir o andamento da proposta do Executivo, que tambem antecipou o feriado de 9 de julho para segunda-feira.
    A proposta da instituição de barreiras sanitárias nas rodovias de acesso aos litoral sul e norte do Estado, a restrição do tráfego de veículos no perímetro de 150 km em torno do Centro da capital e até mesmo a proibição, nos primeiros 15 dias de junho, da circulação de pessoas e automóveis no Estado – é o chamado lockdown.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *