EM FOCO: PARINI E MARLI CONDENADOS; EX-PRIMEIRA-DAMA ROSÂNGELA ABSOLVIDA

primeira-dama e primeira ministra-tribunaMatéria do jornal A Tribuna, deste final de semana, relata que o ex-prefeito Humberto Parini e sua ex-oficial de gabinete, Marli Mastelari, foram condenados pela Justiça de Jales ao pagamento de multa equivalente a dez vezes o último salário recebido por eles. Os dois poderão recorrer da sentença ao TJ-SP.

Parini, vocês sabem, não recebia salários da Prefeitura, já que ele optou por continuar recebendo o salário de agente fiscal de rendas do Estado, que era muito maior. De qualquer forma, o salário do prefeito de Jales, em dezembro do ano passado, era de R$ 9.822,22. Já no caso de Marli, o salário era de R$ 4.049,60. Isso significa que, juntando tudo, a multa deverá chegar a cerca de R$ 140 mil.

Além disso, eles tiveram seus direitos políticos suspensos por três anos e estão proibidos de contratar com o poder público durante esse mesmo período. A condenação é por conta da participação de Marli na empresa “Em Foco – Cursos Livres Ltda”, como sócia da ex-primeira-dama Rosângela Parini.

Rosângela, no entanto, não foi condenada. Para a juíza que julgou o caso, “não foram amealhados elementos suficientes para comprovar a prática de atos ímprobos por parte de Rosângela”. Já no caso de Parini e Marli, o entendimento da juíza foi bem diferente: “ambos os requeridos violaram a legalidade e a moralidade de modo intencional, ou seja, com dolo, para reciprocamente se beneficiarem em detrimento da boa administração”.

Em sua sentença, a magistrada registrou que Parini permitia inclusive que Marli se ausentasse do trabalho durante o horário de expediente para participar de licitações em cidades da região. “Obvio que o prefeito tinha conhecimento de que ela (Marli) estava à frente da gerência, uma vez que a empresa era também de sua esposa (Rosângela)”, escreveu a juíza.

Se os prezados leitores quiserem saber mais sobre o caso, vejam aqui.

6 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *