JALES GEROU 27 NOVOS EMPREGOS EM ABRIL. FERNANDÓPOLIS FOI A MELHOR DA REGIÃO, COM 301 EMPREGOS FORMAIS

Os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados(CAGED) relativos a abril, divulgados há alguns dias, mostram que, no mês passado, Jales gerou apenas 27 novos empregos com carteira assinada. O comércio foi responsável pela abertura de 20 empregos.

Com o resultado de abril, Jales – que perdeu 65 empregos em janeiro e produziu 61 em fevereiro e março – passa a apresentar saldo positivo de 23 empregos formais produzidos em 2018. É o menor saldo entre as principais cidades da região.

Fernandópolis, por exemplo, chega ao final do primeiro quadrimestre com 614 novos empregos, 301 deles produzidos em abril. A Indústria vem sendo a principal geradora de empregos em Fernandópolis.

Santa Fé do Sul gerou 69 novos empregos em abril e, com isso, chegou a 254 empregos formais produzidos em 2018. E Votuporanga, que, em 2017, foi uma das maiores geradoras de empregos do país, não está repetindo o desempenho neste ano. Mesmo assim, já contabiliza 119 novos empregos em 2018.

Entre os demais 22 pequenos municípios que integram a microrregião de Jales, os principais destaques continuam sendo Santa Albertina, com 152 novos empregos no ano, e Paranapuã, com 77.

Os destaques negativos são nossos ex-distritos Pontalinda e Vitória Brasil. O primeiro já fechou 23 empregos em 2018, enquanto o segundo fechou 17.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *