JORNAL DE JALES: EM ARTIGO, PROFESSOR DEFENDE SANTA CASA E FAZ REPAROS A REPORTAGEM DA TV GLOBO

Eis a capa do Jornal de Jales, gentilmente enviada pelo velho Brasa, cujo principal destaque é a aprovação, pela Assembleia Legislativa, do projeto que inclui Jales como Município de Interesse Turístico (MIT), junto com outros 45 municípios paulistas. O projeto foi assinado pelos 94 deputados estaduais e, com a aprovação, Jales passará a receber cerca de R$ 600 mil por ano para investir no segmento turismo. Segundo o jornal, para merecer a classificação como MIT, a cidade deve ter atrativos turísticos, serviço médico emergencial e serviços de hospedagem e alimentação, entre outras coisas.

Em editorial de capa com o título “Tardou, mas não falhou“, o jornal trata do arquivamento, pelo Tribunal de Justiça de São Paulo, do processo administrativo disciplinar aberto contra o juiz da Vara Especial Cível e Criminal de Jales, Fernando Antônio de Lima. O editorial explica que o processo foi aberto porque o magistrado, em entrevista ao JJ, em maio de 2015, “fez duros reparos ao processo de privatização do país e defendeu o direito do povo contra serviços públicos mal prestados por bancos e grandes corporações econômicas”.

O leilão da Santa Casa, realizado no domingo passado, que teve uma camisa do Corinthians arrematada por R$ 2,3 mil (horas depois, graças ao Palmeiras, ela já estava valendo o dobro!); o início da Facip Rodeio Show na quinta-feira, 19, com show da dupla Henrique e Juliano; a ação do MPF que obriga o Hospital de Base a fazer cirurgia de emergência em idoso de Jales; e um brilhante artigo do meu querido professor José Cláudio Christophe, em que ele defende a Santa Casa de Jales e aponta falhas em reportagem veiculada na TV, são outros assuntos do JJ.

Na coluna Fique Sabendo, o jornalista Deonel Rosa Júnior comenta que poderemos ter uma saia justa durante a sessão solene da Câmara Municipal marcada para a quarta-feira, 18, quando serão entregues 05 medalhas XV de Abril e um Título de Cidadão Jalesense. Ocorre que dois dos homenageados são os advogados Fábio Canton e Caio Augusto Silva Santos, ambos diretores da OAB-SP, que integram a mesma diretoria mas não jogam no mesmo time. Segundo o colunista, os dois estão em campanha e querem a mesma coisa: a presidência da OAB, hoje ocupada por Marcos Costa.

Obs.: a edição do JJ deste domingo inclui um caderno especial de aniversário da cidade, com entrevistas e matérias dedicadas à atuação de alguns jalesenses.  

7 comentários

  • Crispin Araújo

    Cadê a alvorada em homenagem ao aniversário de JALES, Santa incompetência, vai de mal a pior. Depois dizem por aí que quer ser deputado, faça me o favor.

  • AQUINO PINTO

    A CIDADE TA UMA BOSTA, A ADMINISTRAÇÃO TÁ UMA BOSTA, MELHOR PRESENTE PRA CIDADE??? BOSTA NA CIDADE INTEIRA. FIM DE FEIRA MESMO.

  • Otávio

    Falando em bosta…porra!…7 da manhã aquele bando de cavalos e seus idiotas montadores lotando as ruas da cidade de merda de cavalo..
    Será que dá pra pedir pra esses idiotas pra fazerem cavalgadas na zona rural?. A quem interessa aquele monte de trocas em cima de um cavalo sujando a cidade?..
    Ou o novo status de cidade turística tem de ter letra de cavalo no asfalto??

    • RACHID

      Realmente uma vergonha..A Cidade esta abandonada! não tem asfalto, iluminação.. vivemos uma pobreza de cultura e espírito muito grande.. Ai coloca aquele monte de cavalos na rua, um monte de merda na cidade inteira.. Jales é uma vergonha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *