JORNAL DE JALES: FUNDADORA DA CASA DA CRIANÇA ESPERA QUE PREFEITA CUMPRA PROMESSAS FEITAS À ENTIDADE

DSC00536 (2)No Jornal de Jales deste domingo o principal destaque é para os acidentes do final de semana passado, que  mataram sete pessoas em nossa região.

JJ entrevistou, com exclusividade, o jornalista Paulo Reiners Terron, ex-editor da revista Rolling Stone, que veio visitar a família e os amigos de Jales. Paulinho contou ao jornal como conseguiu entrevistar celebridades como Paul McCartney e Chico Buarque.

A sócia-fundadora da Casa da Criança, Aparecida Eva de Lima Silva, disse ao jornal que ainda está na expectativa de que a prefeita Nice Mistilides cumpra as promessas feitas à entidade. Como se sabe, a situação da Casa da Criança agravou-se após promover, a pedido da prefeita, a Expo Show.

Os Jogos Regionais, que começam na quinta-feira; a Festa do Motorista; a emoção da vereadora Pérola, ao ser homenageada pela Câmara; e a pré-candidatura do professor Belon a deputado estadual, são outros assuntos do JJ.

Na coluna Fique Sabendo, o jornalista Deonel Rosa Júnior está informando que a prefeita Nice Mistilides, antes de retirar o projeto do Refis – que seria rejeitado pela Câmara – ainda arriscou uma última cartada. Ela conversou com o presidente do PT local, Luís Especiato, para tentar mudar o voto dos petistas Luís Rosalino e Pérola Cardoso. 

17 comentários

  • Carlos

    A ilustríssima prefeita,tem que ter honestidade, hombridade e respeito por a entidade que tem em sua história formação de crianças e adolescentes.

  • Caio

    Querida tia Eva, pode ter certeza que a credibilidade e respeito que a senhora tem não sera abalada por uma prefeita que se julga a dona da verdade.

  • anonimo

    E se fizessem um evento beneficente com artistas de jales mesmo? Duvido que se todos ajudassem nao daria bom resultado?

  • Ex Guarda Mirim

    Tenho certeza que a diretoria aceita.
    Procure a entidade.

  • Tilápia

    Coitada, vai esperar sentada!

  • EU E ELE

    D. Eva de Lima e Silva conheço a Senhora e também o Sr Lita Amadeu outro fundador da referida Entidade desde meus 5 anos, e sei das suas honestidades,lealdade,luta pelo próximo,hombridade,humanidade etc… Precisou de Caráter Humanitário ambos tem para dar e emprestar.
    Mas é com grande insatisfação que posso lhes dizer que jamais infelizmente cumprirá suas Promessas para com a Casa da Criança, pois todos os Adjetivos que citei da Senhora e do Sr. Lita essa Mulher tem ao contrário, ou seja: Ela é:Desleal,Perseguidora,não luta pelo próximo só o Dela,Autoritária,Estraga tudo que coloca a mão e o pior de tudo cansa de colocar o nome de Deus em vão. Infelizmente essa é a verdade, quem sabe com algum Evento beneficente comandada pela Senhora daqui de Jales ,pelo Sr. Lita lá do Mato Grosso e outras pessoas com amor em Jales não pode sair alguma coisa.
    Ultima tentativa pede ajuda para: Toshiro Sakashita,Analice Fernandes,D. Pedro Calado,Valter Paulino,Julio Semeghini,Dep.Carlão,Aloisio Nunes e outros mais que ajudaram a eleger essa Prefeita.

  • Funcionario Revoltado

    Dinheiro para pagar alguns elementos que vão Organizar os Jogos Regionais a Prefeitura tem, mas para cobrir o Rombo que ela provocou na Casa das Crianças não.Por favor aprove sim esse comentário.

  • Inconformada

    Cida Eva, pessoa batalhadora e honesta de nossa cidade merece todo respeito e consideração dos cidadãos de Jales. Esta mulher é um exemplo de doação de acolhimento principalmente de amor ao próximo, Foi uma falta de respeito por parte da prefeita com esta senhora, com a entidade principalmente com as crianças que precisam ficar ali enqto suas mães trabalham.Esta senhora foi desrespeitada principalmente quando bateu ponto na prefeitura por mais de mês tentando falar com a prefeita, fou uma falta de respeito o show de cadeira que ela levou ao longo destes dias, principalmente a falta de respeito com com sua idade, ela não respeita ninguém acha que é a dona da verdade, mas graças a Deus cada dia que passa o fim do seu mandato se aproxima, afinal tudo passa até a uva.

  • anonimo

    D.CIDA EVA, antes de pedir ajuda, a população de JALES,pede explicação nas venda dos lotes e para que foi utilizado o dinheiro.

    • Ex Guarda Mirim

      Primeiro, você não tem idoneidade para falar da dona Cida e se esconde com adjetivo.
      Os terrenos foram vendidos para pagar acertos trabalhistas com funcionários.
      E o melho foi aprovado pelo Tribunal de Contas. Então lava sua boca.

    • Ex Guarda Mirim

      Primeiro lave a boca antes de falar da dona Cida.
      Os terrenos foram vendidos para pagar acertos trabalhistas. E a prestação de contas foi aprovada pelo Tribunal de Contas do Estado.
      Respondido.

  • Anônimo

    Só nos resta saber se o PT vai ceder.

  • Moacir

    A imperatriz com seus assessores inteligentes, acha que nada vai acontecer teremos muito mais para falar.

  • Funcionario Revoltado

    Sr. ANONIMO, já que se aja Honesto procure honrar seu nome, que felizmente eu não sei e não quero saber, mostre a Cara e vai procurar D.Eva e pergunte a Ela. Se é que tu és homem mesmo ou mulher não fique por traz de apelidos.Você não é digno nem de ter nascido. Lembre-se não estamos falando do filho dela mas sim de uma Digna jalesense de moral ilibada. Você não deve saber o que é isso. O que tu já fez por Jales sua ANTA, antes de criticar pessoas de moral e qualificada.

  • Amigo,
    Um dia nossos entes queridos se vão. Quando menos esperamos e sem nenhum aviso, Deus tira de nós o que mais amamos.
    Em nosso peito apenas a dor de um punhal que a cada “meus pêsames” parece pesar.
    Nossos pensamentos divulgam para cada gota de sangue em nosso corpo a culpa de nunca ter dito: “te amo”, “preciso de você”, “estou sempre aqui”, “me preocupo” e como se não bastasse vem à frase mais forte “a culpa foi minha”.
    Nossos sonhos caem por terra, nossa independência parece perder a importância.
    E a resposta para essa dor? O tempo e uma certeza: quando amamos transmitimos em pequenos atos e gestos, e as palavras não importam mais. quando precisamos de alguém, sentimos sua presença, e as palavras não têm mais sentido, quando nos sentimos sós e abandonados, surge uma palavra ou um gesto e descobrimos que nunca estaremos sós.
    E a culpa? A culpa é da vida que tem início, meio e fim. A nossa culpa está apenas em amar tanto e sentir tanto perder alguém.
    Mas o tempo é remédio e nele conquistamos o consolo, com ele pensamos nos bons momentos. E com um pouco mais de tempo, transformamos nossos entes queridos em eternos companheiros.
    Nossos sonhos ganham aliados, nossa independência ganha acompanhantes, nossa vida conquista anjos. E no fim apenas a saudade e uma certeza: não importa onde estejam, estarão sempre conosco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *