JORNAL DE JALES: MOTORISTAS JÁ NÃO RECLAMAM MAIS DA NOVA ZONA AZUL

Eis a capa do Jornal de Jales deste domingo, gentilmente enviada pelo “velho Brasa”. A principal manchete, como se vê, destaca o anúncio feito pelo governador em exercício, Rodrigo Garcia, sobre a instalação, em Jales, de uma unidade do Poupatempo 4.0., a versão mais moderna do programa. O anúncio foi feito na quinta-feira, 11, durante cerimônia realizada em São Paulo. O prefeito Flá Prandi e a deputada Analice Fernandes trabalharam para que Jales recebesse a unidade do Poupatempo, que deverá ser implantado onde hoje funciona o Ganha Tempo. Técnicos da Prodesp já fizeram uma visita técnica ao prédio, no início de julho.

Destaque, igualmente, para o “Concerto Solidariedade, Saúde e Música”, realizado na sexta-feira, 05. Nascido e uma parceria entre a Santa Casa e a Orquestra Sinfônica de Jales, o evento já entrou no calendário artístico-cultural da região ao reunir no palco músicos de formação erudita, acompanhando cantores de música popular. Segundo o jornal, o final do Concerto deste ano foi apoteótico graças à ousadia do maestro Edvaldo de Paula, que, a pedido os jovens músicos, escreveu um arranjo especial e executou um funk. O evento teve, ainda, a luxuosa participação do maestro convidado, Luís Fernando Paina, de Fernandópolis.

A condenação de três pessoas que tentaram fraudar o concurso público realizado em 2017, pela Prefeitura de Jales; o poema do médico jalesense Manoel Ildefonso Paz Landim, premiado em um concurso nacional; a 9ª edição da missão Univida, da Diocese de Jales, que realizou trabalho humanitário em uma aldeia indígena; a campanha para doação de sangue e de medula óssea realizada pelo 16º Batalhão da Polícia Militar; e a penhora do prédio da Santa Casa de Fernandópolis, por conta de dívidas trabalhistas, são outros assuntos do JJ.

Na coluna Fique Sabendo, o jornalista Deonel Rosa Júnior comenta que o prefeito Flá Prandi anda todo pimpão e não é apenas por conta da conquista do Poupatempo. Consta que os números de uma pesquisa independente também ajudou a inflar o astral do prefeito. O colunista comenta, também, que o estacionamento rotativo, que tanta celeuma causou em sua implantação, parece ter caído no gosto dos motoristas. Segundo Deonel, quase já não se ouve mais reclamações contra a empresa Jales Park e a Prefeitura, por conta do funcionamento da nova Zona Azul.

6 comentários

  • Eu

    Dessa administração é a única coisa que funciona e bem.

  • Rapizodia

    Não há como e nem prá quem reclamar! Os Jalesenses e seus visitantes estão reféns e a empresa sentada em cima do contrato! Vamos respeitar até seu final e depois discutiremos se há algum abuso. Também acho que melhorou, mas multar um motorista em 15 reais iniciais, acho um abuso, mas tá no contrato, vamos respeitar e pronto.

  • Fabiana

    Uma pergunta: quantos empregos vai gerar?

  • Só um boicote resolveria a situação, dois meses sem acesso , já era, numa cidade desse tamanho é fácil derrubar essa firma eu mesmo nunca paguei e não pago um tostão se dependesse da minha família já tinha falido mas o povo é mto acomodado.

    • Rapizodia

      Concordo contigo! Eu também procuro não pagar! Ando tranquilamente 4 quarteirões sem problema! A Empresa faz o que foi contratada para fazer e até nada a desabona, então é sentar e esperar o fim do contrato. Aos vereadores que sequer leram o contrato ou a licitação, nossos parabéns pelo excelente trabalho ao custo de R$ 2.600.000,00 (dois milhões e seiscentos mil reais) anuais. Uma ninharia para os padrões regionais!

  • Rapizodia

    Concordo contigo! Eu também procuro não pagar! Ando tranquilamente 4 quarteirões sem problema! A Empresa faz o que foi contratada para fazer e até aqui nada a desabona, então é sentar e esperar o fim do contrato. Aos vereadores que sequer leram o contrato ou a licitação, nossos parabéns pelo excelente trabalho ao custo de R$ 2.600.000,00 (dois milhões e seiscentos mil reais) anuais. Uma ninharia para os padrões regionais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *