JORNAL DE JALES: OS BASTIDORES DA OPERAÇÃO ‘FARRA NO TESOURO’, REVELADOS POR DELEGADO DA PF

Eis a capa do Jornal de Jales deste domingo, cuja principal manchete destaca que a Polícia Federal está apurando se a ex-tesoureira da Prefeitura, Érica Cristina Carpi, agiu sozinha (ela jura que sim!) ao desfalcar os cofres municipais de alguns milhões de reais. Segundo o delegado Cristiano Pádua, é muito difícil que os crimes perpetrados por Érica durante praticamente uma década tenham sido cometidos sem a participação de outras pessoas. A matéria diz, ainda, que, embora o caso esteja sendo investigado pela PF há sete meses e apesar de o prefeito ter aberto uma sindicância interna, os vereadores resolveram instaurar uma CEI.

Destaque, igualmente, para a doação de um “arco cirúrgico” feita pelo Rotary Internacional ao Hospital de Amor, unidade de Jales. O equipamento custou 185 mil dólares e, segundo a ex-governadora de um distrito do Rotary em Buenos Aires, Maria Tereza Neira, essa foi uma das maiores doações já feitas por aquele clube de serviços. A campanha envolveu três distritos do Rotary no Brasil e cinco no exterior, com a participação de 26 clubes, além de outros parceiros, com destaque para a AVCC de Jales. A entrega do arco ao hospital foi realizada no sábado, 04.

Os bastidores da operação “Farra no Tesouro”, contados pelo delegado da PF; o simpósio sobre cuidados com a Internet, promovido pela ACIJ e realizado na quinta-feira, 07, com a participação de quatro especialistas no assunto; a inauguração do Ginásio de Esportes da EM “Iracema Pinheiro Candeo”, no JACB; a blitz do CREA-SP, que escalou sete fiscais para dar uma geral na região de Jales; e o simpósio sobre combate à corrupção, marcado para a próxima sexta-feira, 17, com a presença do ex-procurador geral da República, Rodrigo Janot, são outros assuntos do JJ.

Na coluna Fique Sabendo, o jornalista Deonel Rosa Júnior comenta que o esforço do vereador Tiago Abra em instalar uma CEI no caso do desvio de recursos da Prefeitura não é fruto apenas da vontade de exercer seu papel de fiscalizador do Executivo. Segundo o colunista, o furor fiscalizatório de Abra tem a ver com seu projeto político de, num futuro próximo, sentar-se na cadeira de prefeito. O vereador, conta Deonel, não esconde de ninguém que pretende disputar a Prefeitura em 2020, possivelmente contra o atual prefeito Flá Prandi, caso este seja candidato à reeleição.   

14 comentários

  • Promessas de advogados

    Certamente os advogados de Érica prometeram “tira-la da cadeia” pois diante da dificuldade, vão cobrar muito caro, por isso. Acho que diante da repercussão que o caso teve, nenhum juiz terá coragem de solta-la, por enquanto!!!
    Enquanto Érica acreditar nos seus advogados, ela não fará a delação premiada enquanto não esgotar os pedido de soltura. Paga aos advogados por isso.
    Advogados já entraram com o pedido de soltura que ela é uma “boa menina” e “colabora com a justiça” . Até dizem que ela é mãe e seus filhos precisam dela. Coisa de advogado!!!
    Dependendo do seu dinheiro que sobrou, ela irá aos tribunais de SP e até de Brasilia (não sei se pode?) por isso vai assumir o assalto, sozinha, nas contas da prefeitura.
    Enquanto aqui fora, os supostos envolvidos estão preocupados.
    Muito preocupados

    • Mas com que dinheiro ela vai pagar advogados, com dinheiro q ela roubou da prefeitura, ou alguém vai pagar p a Federal ra n ser denunciado? Tem caroço nesse angu, será q pode investigar q vai pagar os advogados ?

      • elias

        Então né, todo o dinheiro está bloqueado, ou seja, não tem condições de pagarem “advogados”, ou seja, alguém está pagando. E ai pergunto, com qual “Interesse”. Já sabemos né, para que a mesma fique calada e assuma tudo sozinha.

    • Luiz

      Se ela tiver vergonha na cara ela nem volta para jales pq roubar da saúde e da educação ela tem e que ser linxada pois VC vai no UPA não tem problema VC vai na santa casa não tem seringa e essa vagabunda farriano com o dinheiro da cidade e esse vagabundo desse prefeito que não dá as caras será que não levou uma fatia do bolo e esse monte de vagabundos de vereadores que vão na prefeitura qd querem pq não recebem por hora trabalhada eu acho melhor investigar TDS obras de jales principalmente o banheiro do comboio

      • Esse banheiro do comboio é outra chave de cofre da prefeitura,agora , cadê a prestação de contas dos gastos dessa obra cujo montante da pra construir uma bela casa, vai me dize r q o prefeito tbem n sabe q tem roubo alí. Seria q o delegado da PF fizesse uma visitinha nessa obra,aposto q ele vai acharais um cofre arrombado.

      • Banheiros do comboio, mais um cofre da prefeitura arrombado,na prefeitura de Jales.Dessa vez quem será q ficou com a grana,aposto q o prefeito não sabe de nada.Sabe Nada Inoscente.

  • Abracadabra

    Tiago Abra prefeito? Tá de brincadeira né? Ele tinha 4 empresas, as quebrou, imagina sendo prefeito? Será uma Nice de cueca. Ainda bem que Jalesense não é idiota. Deixa ele se aparecer a vontade!!!

  • Cecília Antonia Barbosa

    Fiquei muito surpresa com esta notícia. Minha mãe trabalhou na contabilidade da prefeitura de Jales, junto com o Nilson. Trabalhou também na Câmara com o Luiz Abra, o Marcos. Nunca se ouviu falar dessas coisas nesta época. O que será que aconteceu com as pessoas? Aproveito pra mandar um abraço pro prefeito Fla Prandi. Fico muito feliz de saber que hoje ele governa Jales, fomos colegas de classe no COC.

  • Tadeu Faustini

    Todo mundo sabe a ligação de parentesco que o editor do jornal tem com o Flá, então a isenção dele quando se trata do atual prefeito é ZERO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *