JORNAL DE JALES: PREFEITURA TERÁ QUE FORNECER EQUIPAMENTOS E NOVO LOCAL PARA FUNCIONAMENTO DA RECEITA FEDERAL

Eis a capa do Jornal de Jales deste domingo, onde o principal destaque é o caso da agência da Receita Federal de Jales, que mexeu com a autoestima dos jalesenses nas duas últimas semanas. Segundo o jornal, a agência vai mesmo ser fechada e no lugar dela será instalado um posto de atendimento. Portaria nesse sentido foi publicada no Diário Oficial da União na sexta-feira, 06. O prefeito Flá informou que, mesmo com a mudança, o importante é que os serviços continuarão sendo prestados. Para tanto, a Prefeitura terá que fornecer alguns equipamentos e indicar um local para o posto, que poderá ser junto ao Ganha Tempo.

Destaque também para o “6º Concerto Solidariedade, Saúde e Música”, que, segundo o jornal, teve um final apoteótico. O Concerto, que reuniu músicos eruditos e cantores populares, repetiu o êxito de anos anteriores, confirmando que a fórmula caiu no gosto dos apreciadores de música de qualidade. A prova do sucesso foi a reação da plateia que, ao final do espetáculo, aplaudiu os artistas de pé, compensando o enorme esforço do maestro Edivaldo de Paula, regente da nossa Orquestra Sinfônica. 

O esforço da Comunidade Restaurar para se credenciar junto à Federação Brasileira de Comunidades Terapêuticas; a conclusão do curso de Jornalismo por um ex-estagiário do JJ, o jovem Rafael Honorato, atualmente na TV Tem; a final do campeonato paulista da Liga Nacional, categoria sub 16, entre o Jalesense e o Rioclarense, em Rio Claro; a visita da digital influencer e blogueira Mariana Saad ao Hospital de Amor; e a manifestação da deputada Analice Fernandes(PSDB), em resposta ao pré-candidato do PT ao governo do estado, Luiz Marinho, são outros assuntos do JJ.

Na coluna Fique Sabendo, o jornalista Deonel Rosa Júnior comenta os bastidores da contundente reação de autoridades e lideranças jalesenses contra o fechamento da agência da Receita Federal. Segundo o colunista, a reação movimentou até dois jalesenses da mesma geração que estão fora da cidade há muito tempo: Jarbas Elias Zuri Júnior, com trânsito junto ao Escritório da Presidência da República em São Paulo, e o ex-delegado da Receita Federal em Araçatuba, Odassi Guerzoni Filho, com trânsito junto ao atual delegado, Tharsis Bueno. 

8 comentários

  • Mato grosso

    Pior que a nice

  • Carlos Henrique

    Esse tal de fla…..na minha opinião….já é considerado o pior prefeito da história….consegue ser pior que o ex prefeito Rato

  • Leãozinho voltou!!!

    Certamente, a receita federal sabia que a sociedade iria gritar contra o fechamento da agencia, em Jales portanto deu essa alternativa de abrir um posto de atendimento onde vai diminuir muitos serviços a população. Era isso que eles queriam!!
    Apesar de aumentado os impostos, a prefeitura demonstra que não tem dinheiro ou capacidade nem de abrir o “Ganha Tempo”. O povo não quer saber de onde vai sair o dinheiro. Quer o escritório.
    Por outro, a receita federal paga salario inicial para um auditor fiscal de mais de R$ 20 mil e de um analista, quase R$ 12 mil. Salario alto! Como mantinha 3 funcionários, em Jales logo ela tinha uma folha salarial de mais de R$ 50 mil. Isso prova o que encarecia a manutenção do escritório é a folha de pagamento.
    A receita pediu autorização para contratar 2.083 novos funcionários para este ano. Isso prova que dinheiro tem!
    Pelo menos o PMDB jalesense calou a boca dos petistas do blog que já estavam gozando pela saída da receita federal. O que é lamentável seria o partido pedir socorro novamente, a Jarbas Elias. Eles vivem da dependência.
    Parece que o PMDB de Jales resume a só, o vice prefeito.
    Lamentável

  • Eleitor Revoltado

    Temer, o vampiro do Brasil, mandou fechar a receita federal em Jales. Para fazer economia, é a desculpa esfarrapada. Flá e Garça estão fazendo tudo o que podem para reverter essa situação. Caso consigam a prefeitura terá que gastar dinheiro para ajudar o governo federal a manter a tal receita em Jales. Enquanto isso, bilhões de dólares em petróleo do pré sal estão indo na moleza para o bolso dos gringos.

  • morador de Jales

    Fácil, só instalar lá no Ganha Tempo, que só funciona o Detran, sem custo ao município.

  • Mi

    Não tem q gastar dinheiro municipal nessa merda de receita….se for pra ser assim q fechem essa bosta….e a população de Jales é regiao param de pagar impostos….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *