JORNAL DE JALES: RICARDO JUNQUEIRA ATACA VEREADORES COM IMPROPÉRIOS NO WHATSAPP

DSC01923Eis a capa do Jornal de Jales deste domingo, que traz como principal destaque a decisão da Justiça de Jales, que concedeu liberdade provisória ao advogado Clayton Colavite, acusado de homicídio contra o agropecuarista e comerciante João Antônio Padula. O jornal está informando que o promotor Anderson Geovan Scancelai, ao analisar o inquérito concluído pela polícia, concordou em solicitar ao juiz da 5ª Vara, Adílson Vagner Ballotti, a libertação do advogado.

Matéria do Raphael Honorato destaca o farmacêutico Bernardino Mendes Seixas, que, aos 82 anos de idade, está completando 70 anos de profissão. Ele começou a trabalhar aos 12 anos, na primeira farmácia de Jales, do senhor Simão de Souza Nobre, e continua trabalhando até hoje. Bernardino, que também já foi dono de farmácia explica que decidiu voltar a trabalhar como empregado porque “hoje em dia ser dono do próprio negócio dá muita dor de cabeça”.

O jantar show com a dupla Chitãozinho e Xororó, em prol do Hospital de Câncer; o primeiro jogo do Jalesense Atlético Clube em Jales, marcado para a manhã deste domingo; as investigações da Polícia Federal a respeito da chamada “Máfia dos Shows”; a entrevista da semana, com a diretora da escola de música EDEM, Maria Stela Guimarães Rodrigues Silva; e o mutirão cultural marcado para a próxima quarta-feira, 29, no Centro Cultural de Jales, são outros assuntos do JJ.

Na coluna Fique Sabendo, o jornalista Deonel Rosa Júnior comenta o clima de beligerância entre o auditor fiscal do município Ricardo Junqueira e alguns vereadores. Ricardo postou quatro áudios no WhatsApp “com um caminhão de impropérios e até um palavrão” endereçados, principalmente, ao petista Luís Rosalino, mas que resvalaram, também, nos vereadores Gilbertão, Jesus Batista, Júnior Rodrigues e até na vereadora Pérola Cardoso. O caso poderá render a Ricardo uma interpelação judicial.

17 comentários

  • falem mal mas falem de mim

    O Candidato a vereador, Ricardo Junqueira, está querendo mais 5 minutos de “fama” depois que o Gilbertão deu a ele, no caso, da briga com MT.
    Está dando certo pois já esta’ no jornal e no blog

    • Neto

      Na verdade é a imprensa falida de Jales que está explorando o pré candidato Ricardo Junqueira para lcurar algo.
      O Ricardo não tá nem aí para o que dizem dele, ouvi ele dizendo é reafirmando que a Câmara é fraca e que os vereadores não estão nem aí pra cidade, que alguns vereadores só pensam em prejudicar os outros como tentarame ferrar ele.
      O Ricardo está coberto de razão, virei fã do rapaz. Ganhou meu voto é de toda família.

  • Eu

    E AGORA AÉCIO O QUE FAZE?

    Com sua delação sobre o mensalão mineiro, Marcos Valério quer escapar da condenação no processo. Cumprindo pena de 37 anos pelo mensalão petista, o publicitário poderia migrar já no ano que vem, ou no mais tardar em 2018, para o regime semiaberto.
    Valério deve falar sobre a suposta tentativa de Aécio Neves (PSDB) de maquiar documentos do Banco Rural na CPI dos Correios, revelada por Delcídio do Amaral. Como benefício, quer ser transferido do presídio Nelson Hungria, em Contagem, para uma Apac, um centro de ressocialização em que celas são chamados de dormitórios, cada uma abriga no máximo cinco pessoas e há uma série de atividades para os detentos.

  • Bruce

    Engraçado, estou no grupo onde o entrever aconteceu, e ninguém fala das provocações do vereador Rosalino, da insinuações sobre fraudes em concurso que o Auditor passou.
    Dos ataques ao Fabiano Candeo…. ninguém comenta as perseguições que o Auditor sofre há alguns anos.
    O Ricardo Junqueira falou apenas a verdade, o que muitos querem falar mas não tem coragem.
    Chega o Paulo Junqueira.

  • simao

    Com o devido respeito ao querido Deonel, mas dedicar quase toda a coluna para comentar o desiquilibrio do Junqueirq, é demais. Todos tem direito de criticar, analisar a conduta de vereadores no exercico de seu mandato, mas baixar o nivel e ofender com palavras de baixo calao, é no minimo desrespeitoso, para mostrar minhas qualidades não preciso ofender ninguem, fico imaginando o comportamento que terá se for eleito. Acho que o Ricardo tem tudo para ser um bom vereador, preparado, inteligente, etc mas precisa dosar mekhior o que fala, ofender não me parece o melhor caminho, postura e respeito é sem duvida o caminho.

  • Perturbado

    Junqueira depois dessas verdades vc ganho meu voto 100%… Vc me representa e representa muitos em nossa cidade…. Parabéns amigo

  • Jb

    Ricardo eu sempre respeito acho puta de profissional mais na boa vc não precisa de ataca nigueim meu amigo sei q se ganha vai ser ótimo representante a cidade de Jales mais cuidado meu amigo quando cai na briga com esse povo vc si torna igual a eles seija vc mesmo fica dica pode conta com meu voto é da minha família

  • Cowboy do asfalto

    Isso mostra o nível daqueles que desejam assento no parlamento jalesense.
    Ofensas, palavrões, truculência etc. E o pior de tudo é que acham graça disso!

  • Ricardo Junqueira

    Não queria me manifestar acerca do assunto, mas a situação exige.
    Dias atrás vazaram pelos whattsapp alguns áudios que postei em um grupo, estes áudios foram gravados durante uma discussão envolvendo um vereador do município e participantes do grupo, no exato momento da discussão eu estava no município de Urânia.
    Um jornal local, este blog e outros canais de imprensa repercutiram o assunto e alguns publicaram matéria, está que agora me manifesto é  um exemplo.
    Todos estes canais e órgãos, de alguma forma, emitiram pré -julgamento, e pessoas se sentiram no direito de “me condenar”, enfim, darem seus “juízo de valor”.
    Toda história  tem um enredo,  personagens e um contexto, portanto senhores e senhoras antes de sair julgando procurem saber sobre todo o conteúdo da história, como já disse uma vez “não julguem um livro apenas pela capa”!!!
    Estou aberto ao diálogo  e a conversa!!!
    Mas também estou de saco cheio de ser perseguido por políticos de nossa querida Jales.
    Quanto aos impropérios e principalmente a “uma palavra” de baixo calão que pronunciei, fiquem a vontade para me condenar, mas somente aqueles que “nunca na vida pronunciaram impropérios ou palavrões”, sejam sensatos e não hipócritas!!!
    Não sou desequilibrado muito menos nervoso ou revoltado, sou “humano” cheio de defeitos e imperfeições, assim como todos que habitam este planeta!!!
    Bom dia a todos!!!

    • Prezado Ricardo, reli o que o Deonel escreveu no Jornal de Jales e não consegui achar nenhuma palavra que possa indicar um pré-julgamento. Da mesma forma, não expressei, aqui no blog, minha opinião sobre o assunto. Apenas limitei-me a resumir o que li.

    • Fica a dica

      Amigo Junqueira, não entre nas provocações de quem esta desesperado porquê vai perder a boca como vereador! Não seja inocente, seja esperto que nem aquele vereador que foi xingado e depois elogiou seus colegas com uma verdadeira tapa com luva de película!!

  • Marco Antonio Kitayama Cervantes

    Meu nome é Marco Antonio Kitayama Cervantes,médico da UBS do Oiti durante 1 ano(2014), médico do UBS São Jorge por 1 ano também, e atualmente trabalhando na UBS do Jacb há 10 meses. Estou me expondo e expressando a minha total solidariedade, apoio como cidadão jalesense e eleitor deste, caso ele seja candidato a vereador. Não estou aqui pra julgar ngm e muito menos os fatos. Porém conheço sua honestidade e a sua paixão por Jales. Ricardo Junqueira voce tem meu apoio total. Precisamos de pessoas como voçê, com amor pela cidade e pelo país. Tamo junto. Deus te abençoe.

    • Ricardo Junqueira

      Obrigado pelo apoio Doutor Marco Antônio Kitayama Cervantes!!!
      Realmente tenho paixão pela cidade que resido e trabalho.
      Tenho meus princípios e continuarei sempre defendendo Jales, seja nas minhas funções de servidor público ou como agente político.
      Poucos sabem o que passei nos últimos anos, e tão pouco estão interessados em saber, o que importa para certas pessoas é apenas criticar.
      E eu estou tranquilo, não ligo para as críticas de anônimos!
      Quanto aos áudios, apenas me arrependo do palavrão que falei (filho da puta), mas em meio a situação que passei, com perseguições, sindicancias, requerimentos, processos (boletim de ocorrência) e até uma CEI na Câmara é algo que se torna irrelevante.
      Enfim… vida que segue!!!

  • Leonardo Berta lopes

    Em vez de brigas e ofensas, vamos unir em pró do nosso Município, Jales está acima de tudo e de todos, essa união tem que começar já, está circulando nas redes sociais um manifesto em apoio ao Hospital do Câncer, credencia já, uma simples assinatura você cidadão do bem, contribui para o credenciamento do nosso Hospital e assim conquistando o tão sonhado CNPJ.

  • Sr. Conjuntura

    Jales precisa de esforço de todos os lados para conquistar emendas, obras, projetos, fortalecer hospital de câncer, santa casa. Ao invés de críticas, porque não correr atrás de algum apoio político em benefício para a cidade?

    Sei que é ano de eleições, mais ao longo do tempo aprendi que podemos ter adversários e não inimigos, em nome da cidade, reflitam o que é importante, se disputas por espaços pessoais ou se a nossa cidade.

    Quero saber quem realmente tem projeto!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *