JUSTIÇA REVOGA PRISÃO DE SECRETÁRIA DE SAÚDE DE JALES

A secretária de Saúde, Maria Aparecida Moreira Martins, sempre me pareceu uma pessoa correta. Tudo indica que ela não obteve vantagens com os desvios praticados pela tesoureira, mas foi ingênua e negligente ao assinar cheques em branco.

A ingenuidade e negligência vai custar a ela muitas dores de cabeça. Ela não será, no entanto, a única a passar por isso. As ex-secretárias Élida Barison e Nilva Rodrigues também são pessoas corretíssimas, mas estão sofrendo as consequências de assumir um cargo público.

E algumas pessoas estão espinafrando o atual prefeito, Flá Prandi, mas é bom não esquecer que a ex-tesoureira Érica se criou na administração Parini. No início do primeiro mandato de Parini, a tesoureira da Prefeitura era uma funcionária de carreira, mas, por volta de 2007 ou 2008, a servidora foi transferida para outro setor.

A responsabilidade pela Tesouraria foi entregue, então, à funcionária contratada  Érica Cristina, que era, naquela época, apenas uma auxiliar da tesoureira. É provável que foi à partir daí que os desvios começaram. Ela foi sendo mantida na função – inclusive pela ex-prefeita Nice – graças aos padrinhos fortes que tinha. Deu no que deu. A notícia é do G1:

A Justiça revogou, na tarde desta terça-feira (31), a prisão da Secretária de Saúde de Jales (SP), suspeita, em princípio, de participar dos desvios de R$ 5 milhões dos cofres públicos, de acordo com as investigações da Polícia Federal durante a operação Farra do Tesouro.

Maria Aparecida Martins havia sido presa no período da manhã, mas a PF pediu a revogação da prisão da secretária. Ela confessou para a polícia que foi negligente ao assinar cheques em branco e entrega-los para a diretora financeira da prefeitura de Jales, Érica Cristina Carpi Oliveira, que também foi presa na operação.

“Para que os cheques fossem emitidos, precisava da assinatura da tesoureira e da secretária. A confissão da secretária não a exime de responsabilidade por negligência, mas não identificamos que ela foi beneficiada. Então, pedi que fosse revogada a prisão temporária apenas dela”, disse o delegado da PF Cristiano de Pádua.

9 comentários

  • Natalia

    Grande irresponsabilidade de uma secretaria deixar documentos assinados visto que sua função seria coordenar o setor. Muita incompetência do prefeito em não fazer auditoria, fiscalizar o dinheiro do povo, que hoje está sendo prejudicado por serem privados de vários recursos como ruas limpas, asfaltos em ruas e distritos, saúde….

  • Morador de Jales

    Alguém consegue explicar
    Como passou 4 prefeitos em 3 mandatos e ninguém percebeu a fraude?
    Se alguém tiver a informação pq ela foi mantida no cargo por esses 4 prefeitos diferentes tbm ??
    Nesse angu vai aparecer muitos caroços
    Ou será que assim como na esfera federal , logo a moça vai estar solta com o marido postando fotos em baladas e pagando de rica ??

  • É pracabá

    Enquanto ocorreu a farra do tesouro na prefeitura, foi cortado as funcionárias terceirizadas da limpeza dos postinho de saúde, as funcionárias concursadas do posto e que tem que fazer a limpeza, além de fazer o serviço delas. Será que o dinheiro da terceirização não estava sendo utilizado indevidamente. Absurdo total. Cadê os vereadores pra fiscalizar isso, cadê o prefeito, abrem o olho.

  • A impressão que dá é que todos estavam levando vantagem, ninguém tinha interesse de denunciar ninguém pra n perder a boquinha,essa pessoa que denunciou pode ser uma prejudicada do esquema, essa prefeitura é um verdadeiro ninho de chupins, cadê os vereadores que sempre querem se aparecer com ideias e projetos mirabolantes, não vão sepronunciar? Ou estão todos envolvidos,o prefeito então,deve estar escondido debaixo da cama Z
    fala alguma coisa,corja de malandros.

  • Envergonhado

    Vejam: para fazer qualquer pagamento e baixar da conta bancaria deve existir no mínimo um empenho, que em tese é de responsabilidade do departamento de licitação ou do departamento de compras, cujos devem estar assinados pelo responsável desses setores e no mínimo pelo secretário de finança e pelo contador. ai eu pergunto: a coisa ai na prefeitura esta bagunçada ou estão todos coniventes?
    Se não houve participação ou conivência, todos esses servidores envolvidos com esse setores devem ser exonerados pela incompetência. Nada justifica devidos nesta monta que não seja percebido pelo Secretario de Finança, Contador, Prefeito etc.

    • E vc acha q eles tinham interesse e fiscalizar serviço de limpeza? O negócio deles e outro, doente, limpeza, funcionário. Que trabalha honestamente,isso pra eles não tem valor nenhum, aquela secretaria da saúde tem, ela é parente de uma das raposas BN mais velhas da prefeitura:Ari Dalto Martins,n tem nenhuma inoscecia ali não são tudo raposas e macacos velhos.

    • Isso tudo só q manuseia esses recursos são raposas velhas, já teriam q ter saído há muito, por saberem dos poderes n há quem tire eles dali, essa coitada teve o azar de ter sido denunciada ou por inveja ou por alguém que ela deixou de fazer algum favorzinho.Vitima da gula,se isso n acontece ela ia ficar milionária.foi ostentar aqui em Jales,lugar de povo invejoso emorto de fome. Bem feito,fosse eu tinha comprado um belo apartamento na praia,comprar chácara em Pontalinda,eita sonho de pobre,será que o Fla ainda n comprou o apê dele lá em Guarujá?

      • elias

        Coitada? Meu vc já demonstrou no seu comentário que é farinha do mesmo saco que ela, ao chama-la de “coitada” e ao dizer que se “fosse vc teria comprado um apartamento na praia”. Tu é porcaria igual ela.

  • ANONIMO

    Só um conselho: não demorará muito e choverão processos solicitando indenização por danos morais. Muitas pessoas comentando o que acham, sem embasamento algum, fazendo acusações. Cuidado minha gente. Calúnia é crime!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *