MACETÃO É ASSALTADO EM CASA

Presidente da Câmara até a meia-noite desta segunda-feira, o vereador Luiz Henrique Macetão já está dando como certa a sua nomeação para a coordenação da UAB, embora alguns dos meus amigos petistas estejam garantindo que o mandato do atual coordenador, Nílton Marques, só termina em junho.

E, se o ano de 2013 começar, para Macetão, do jeito que terminou 2012, é melhor ele botar as barbas de molho. Segundo consta, ontem, logo após voltar da missa, Macetão teria sido vítima de um assalto em sua residência.

Segundo a versão que corre, ao chegar em casa – com a esposa, o filho e a mãe – ele foi rendido por um assaltante que estava armado e com o rosto coberto pelo capacete de motoqueiro. O assaltante teria levado o celular, a aliança de casamento e alguns reais que Macetão carregava no bolso.

7 comentários

  • LH

    como aconteceu com ele pode acontecer com qualquer um. cuidado é pouco, está cada dia pior e mais perigoso. mesmo em cidade pequena

  • Anônimo func pub

    Em Jales a tendência é piorar. Mude de Jales este é o novo slogan.

  • Anônimo

    Em Jales a tendência é piorar. Mude de Jales este é o novo slogan.

  • Claudio Landim

    Aquele campinho de futebol da vila união vive cheio de usuários de drogas, todo mundo sabe e ninguém faz nada! Eles ficam zanzando pelos bairros vizinhos caçando coisas pra roubar para poder comprar mais droga. Alguma providência tem de ser tomada!

    Tá cheio de nóia invadindo casa pra roubar coisas pra comprar CRACK e a polícia fazendo blitz pra verificar documento de moto!

    A casa de uma conhecida minha foi invadida enquanto ela dormia por dois desses drogados, que parecem ter assistido o vídeo do roubo do Bradesco e aprendido muita coisa! Ela teve que fingir que dormia enquanto assistia o marginal levar seu computador e jogar pela janela para o comparsa que esperava do lado de fora e ir embora.

    • Você tem razão, Cláudio, mas culpa maior nem é dos policiais que não podem fazer muita coisa, já que os “usuários” estão protegidos pela lei. Eis aí o grande problema: a frouxidão das nossas leis, que é rigorosa contra quem mata uma capivara e, ao mesmo tempo, protege muito vagabundo.

  • FALTA DE SORTE

    FALTA DE SORTE O EX VEREADOR NÃO SER SERVIDOR PUBLICO MUNICIPAL, POIS DO CONTRÁRIO O ASSALTANTE SAIRIA DECPCIONADO COM UM CELULAR SEM CRÉDITO E SEM DINHEIRO ALGUM POIS SOMENTE ISSO QUE UM SERVIDOR PUBLICO MUNICIPAL TEM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *