O INFERNO É AQUI!

Agora eu entendo a aflição do pessoal do Jardim Oiti, por conta do barulho de uma festa. Acho que os meus amigos do Rotary e os demais que promovem essa Festa do Caminhoneiro precisam repensar o evento. Nada contra o fato de as pessoas festejarem o que bem entendam, mas penso que essa carreata e esse buzinaço pelo centro da cidade é perfeitamente dispensável.

Aliás, eu nem fui ao centro da cidade, mas, pelo que vi aqui por perto, imagino o transtorno que deve estar causando essa tal carreata. A festa é bonita? É tradicional? É beneficente? Tudo bem, mas creio que deve haver algum outro jeito de chamar a atenção, sem perturbar o sossego de quem está tentando trabalhar ou descansar.    

32 comentários

  • Universitário

    Estava em plena aula de Pós Graduação na UNIJALES, é lamentável o que aconteceu, festa tudo bem!!! mas atrapalhar os outros, é falta de respeito. Cidade de ninguém !!!!

  • Clarice

    Ah Cardosinho….deixa o povo festar!!!
    Esse evento acontece uma única vez no ano.E esses desbravadores das estradas merecem vai…rs

  • Anônimo

    concordo em numero genero e grau, a festa é dos caminhoneiros e nao de toda a população, é preciso repensar este tipo de evento que trava a cidade, o direito de ir e vir de todos. Acompanhei uma parte do evento e presenciei duas ambulancias tentando entrar na rotatoria perto do antigo P.socorro e verifiquei que demorou uma eternidade. Se for um caso urgente, de quem seria a culpa pela demora no atendimento?

  • Previdente

    Ah vá… Os caminhões deixavam um lado da rua para os que não estavam festejando passarem. Sem essa desculpa! E só umas três horinhas de barulho não é quase nada!Foi legal! Prefiro o barulho durante o dia, do que nas altas horas com música de zona acima dos decibéis permitidos! Isso sim é sacanagem.Cuidado com São Cristovão, ele pode se aborrecer com vocês!

    • Alexandre Ribeiro (Carioca)

      Previdente, gostaria de convidá-lo para vir à minha casa, na rua vinte e quatro, na próxima festa.Mas tem que ser no sábado de manhã.Pode ficar na sala,no quarto, no banheiro, na cozinha, na garagem, na área dos fundos. aí vai ver o que são “só umas três horinhas”. Como eu já disse antes e o Cardosinho ratificou, esse buzinaço é totalmente dispensável e não estragaria a festa de ninguém. Apenas preservaria o direito sagrado e legal ao sossego.

  • Anônimo

    Cardosinho, isso aconteceu pela manhã e já incomodou! Imagina o pessoal dos arredores do Clube do Ipê que teve que aturar a perturbação de sossego a noite toda na tal FESTA DO BRANCO!?
    kkkkkkkkk

  • anonimo

    Sou a favor da festa, mas contra o barulho.

  • Rudson Danilo

    Gente em Jales não tem porcaria nenhuma,e quando tem a própria população eh contra!!! pq toda semana praticamente morre jovens de Jales em Rodovias entre jales santa fe e jales fernandopolis,pq aqui nao tem nada ai eles querem se divertir e acabam estravazando na bebida e perde a vida tirando que pode até tirar de mais pessoas,entao vamos começar a pensar melhor em organizar eventos em lugares que não atrapalhe a população e eventos para nossa cidade,que alem de nao ter emprego nao tem se quer festas boas,a Regiao toda tem comemorações e tudo mais e aqui nunca tem nada!!! Pensem Nisso Boa Tarde

    • Alexandre Ribeiro (Carioca)

      Duvido que seja o Rudson que escreveu que escreveu essas bobagens. ele é um cara inteligente, de familia inteligente e eu o conheço pessoalmente.Não acho que seja tão cego a ponto de não entender o que está escrito.Mas vamos repetir, em caso de dúvida: Ninguém tem absolutamente contra a festa que é tradicional, bonita e beneficente. Eu já participei até apresentando e hoje memso passei boas horas da tarde lá com a minha famlía. O PROBLEMA É A PORCARIA DO BUZINAÇO!! NÃO A FESTA!!

  • Clarice

    Concordo com você Rudson Danilo…Jales quase não tem evento e quando tem o povo reclama.Tenha paciencia viu!!!
    É por isso que o povo fala que Jales é cidade para aposentado.

  • devanir jales

    Minha gente, temos que ter em mente que os participantes desta granciosa festa são pessoas de bem, trabalhadores e contribuem com o progresso de nosso pais. Presenciei e gostei, eles merecem, nós dependemos deles e també, meresse nosso respeito e gratidão, peço que Deus Pai proteja a todos os motoristas.
    CARO leitor, a frase usado neste texto “O INFERNO É AQUI” é desreipeitosa, exagerada e acredito que não deve ser usada por esse motivo, CONCORDA COMIGO, ÓTIMO FINAL DE SEMANA A TODOS….

  • Leitor

    Quem quiser muito sossego é só mudar pra uma vila.

  • eu

    CARDOSINHO, e das cavalgadas que os selvagens fazem todos os anos em jales, vc esvreveu alguma coisa??? nao me lembro. mão ha a menor comparação entre os dois eventos. caminhão passa, buzina e vai embora. os selvagens dos cavalos e bois passam com o som absurdo, os animais sujam a cidade toda, os boiadeiros bebem muito, jogam as latinhas nas ruas, urinam nas ruas, deixam os animais amarrados em postes e ficam bebendo ate a noite. quando nao é atropelado na rua como ja aconteceu na joão amadeu. esse é bem pior do que os caminhões e a prefeitura aceita.

  • Neguinha

    Gente tds somos a favor da festa. o problema eh o barulho.
    Isso eh apenas questao d bom senso dos organizadores.

  • Bom Bril

    Pior que isto são aqueles que usam o som muito alto nas camionetes, com músicas e falatórios de palavrões.
    Proibiram carros de som na zona central da cidade, mas permitem que incomodem os que moram nos bairros. Quem mora nos bairros tem pessima limpeaa pública e muito barulho de carros de som.
    Quem mora nos bairros são pessoas inferiores?

  • CREDU

    Acho que voces ai de Jales tinha que tentar impedir também a F1 em Interlagos, vai que chega um pequeno rossar de um motor de mais de 500 cavalos por ai….. são mto mais cavalos do que os que estavam na cavalagada!!!! ou então vai mora na roça, lá é mto tranquilo!!!!kkkkkk

  • Crovão do Oiti

    O som alto, o barulho incomoda até quem esta gozando de boa saúde, imaginem quem esta acamado, as crianças de colo, as pessoas com outras dificuldades, o povo do Oiti sofreu e muito com o som alto,isso é certo?
    Então devemos esforçar para viver em sociedade e em equilíbrio.
    Somos sabedores que não devemos viver nos extremos, tudo que é demais é prejudicial. Nem pouco nem muito, devemos ser prudentes.
    Se existe a Lei que trata da extrapolação dos decibeis, então aplica-se o rigor da Lei. Procurem as autoridades.

  • Anônimo

    Não se pode comparar festa com bagunça, concordo com quem díz que quase não tem festa, só que quando tem procure fazer só a festa e não incomodar os demais. O que acontece nesta festa do caminhoneiro todos os anos é isso aí mesmo, transtorno, incomodações e falta de respeito com esse tal buzinaço a quem está no aconchego de seus lares por onde passa isso aí. Tres horinhas é uma eternidade.

  • Putz

    Ué…os camioneiros não estavam em greve?
    Quem quizer defender a maneira que a festa é conduzida que defenda
    Quanto a mim , o buzinaço só serviu para encher o saco…
    Será que os camioneiros acham que todo gosta de estourar os tímpanos com buzina de caminhão?
    Quando estou festejando , procuro não incomodar niguém …

  • Fernando

    Totalmente dispensável e desnecessário.

    A Festa do Branco, foi realizada em uma área mais isolada, onde algumas centenas de pessoas, que pagam, e muito bem, seus impostos estavam se divertindo.

    Agora, atrapalhar o sono das pessoas em um sábado de manhã é ridículo, é falta de bom senso, é ser primitivo, isso não é cultura, é viver na idade média, comportamento de cidade pequena.

  • eduardo

    cala a boca!!

    to cansado de pessoas que soh sabem reclamar…e reclamar.. acho que a cidade tem problemas bem maiores doq a carreata dos caminhoneiros…

  • Alonso

    Senhores essa festa existe por que a diocese quer fazer frente a sua concorrente na midia, que e a antena,

  • Parabéns sim senhor !!!

    São 25 anos de tradição, numa festa que reuni pessoas de toda a região e motoristas de diversos estados do Brasil. Antes das críticas, vamos lembrar naqueles que auxiliam no progresso de nosso país e transportam nossos alimentos, roupas, produtos de uso e consumo etc… Não existe motivo para tamanho estardalhaço, e a comemoração é saudável, com participação de mulheres e crianças (famílias dos motoristas), veículos de dezenas de empresas de Jales (que pagam impostos, geram empregos e divisas para Jales). Parabéns a todos os motoristas de Jales e região, que transportam o progresso de nosso país. Parabéns também a todos os voluntários do Rotary Club de Jales, Rotaract, Interact, e demais colaboradores, que fizeram uma festa maravilhosa.

    • Chico

      Parabéns aos motoristas de todo o Brasil. Mas não nos esqueçamos dos demais profissionais que também pagam impostos e precisam ser respeitados

  • E a buzina do Trem?

    Gente, vocês ficaram incomodados com um buzinaço de 3 horas?????? Vem morar nas proximidades da linha do trem pra vocês verem o que é um buzinaço incomodar!!!!

  • buzina do trem infernal. a noite duas ou três vezes.e pra acabar…

  • Anônimo

    EU AXO QUE VCS DEVERIAO IR MORAR NUMA FAZENDA BEM GRANDE PQ LA NAO TEM BARULHO NENHUM
    CAMBADA DE GENTE QUE NAO TEM O QUE FAZER

  • Maria

    Esse governo municipal acabou com a nossa cidade.
    Os poucos eventos estão sendo muito mal planejados… cadê uma proposta cultural pra essa cidade?
    Nunca tem nada que presta aqui: nem trabalho, nem evento, nem nada…
    Fora, Parini, toma vergonha nessa tua cara!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *