SANTA FÉ DO SUL ULTRAPASSA JALES NA GERAÇÃO DE EMPREGOS

carteiras de trabalho3

Os números do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) relativos a junho, divulgados na quinta-feira, 28, mostraram que, no mês passado, Jales perdeu 21 empregos formais, a maioria deles no setor de Serviços. Mesmo assim, o saldo de Jales no primeiro semestre do ano é positivo, com a criação de 63 novos empregos.

Antes de junho, Jales vinha apresentando a melhor performance no quesito “geração de empregos”, entre as principais cidades da região. Em junho, no entanto, fomos ultrapassados por Santa Fé do Sul, que somente naquele mês, gerou nada menos que 88 empregos formais, o que elevou para 143 os novos empregos criados no primeiro semestre. Em Santa Fé do Sul, o Comércio foi o maior gerador de empregos em junho.

Fernandópolis também apresentou números positivos em junho, com a criação de 19 postos de trabalho, mas, no somatório do primeiro semestre, o saldo ainda é negativo, com o fechamento de 74 empregos, a maioria deles no Comércio.

Mas os piores resultados da região, em 2016, são os de Votuporanga. Em junho, a cidade das brisas suaves fechou 15 empregos. E nos primeiros seis meses do ano, Votuporanga sofreu com os ventos fortes da crise econômica, que já levaram embora 576 empregos.   

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *