AMANHÃ, 14 DE ABRIL, UM MÊS DA EXECUÇÃO DE MARIELLE FRANCO E NENHUM SUSPEITO

Um mês depois da morte da vereadora Marielle Castro, muitas incógnitas, muita indignação e nenhum suspeito. Da coluna da Hildegard Angel, no Jornal do Brasil:

Amanhã é o dia. No 14 de abril, um mês de morte de Marielle, todas nós, mulheres, seremos Marielle Franco. Abraçaremos a mesma causa, vestiremos a mesma luta. Sairemos às ruas, empunharemos bandeiras, vestidas de Marielle. Um turbante, um xale, um colar ou brincos que a evoquem.

Símbolo pelas suas propostas, a vereadora da Maré soube seduzir também pela forma. E produziu imagens ricas de beleza, através de uma iconografia expressiva, que reforçou seu conteúdo mítico.

Marielle, com inteligência, instrumentalizou os símbolos étnicos da moda afro, o turbante, os panos de cabeça, as cores intensas e estampas, e listras, xales, colares, em prol de seu discurso. Amanhã será dia de lembrá-la. “Se pensaram que arrancariam as flores, semearam ainda mais a primavera!”.

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *