ATENDENDO A PEDIDOS, O POLÊMICO COMENTÁRIO DE ZECA CAMARGO SOBRE CRISTIANO ARAÚJO

Atendendo ao pedido do leitor Carlos França, reproduzo abaixo a notícia mais recente – do site Purepeople – sobre a polêmica envolvendo o jornalista Zeca Camargo e a morte do cantor Cristiano Araújo:

Zeca Camargo pediu desculpas sobre as declarações polêmicas ditas a respeito do cantor Cristiano Araújo, que morreu em um acidente de carro junto com a namorada, Alana Moraes, de 19 anos, na quarta-feira(24), em Goiás.

Durante o programa “Vídeo Show” desta segunda-feira (29), enquanto falava sobre a sua volta à TV na atração “É de casa”, da Globo, o jornalista aproveitou o espaço em rede nacional para dizer que foi mal interpretado após considerar exagerada a cobertura da morte do artista, de 29 anos, que repercutiu internacionalmente.

“Escrevi um comentário na Globo News sobre essa cobertura e acabei sendo mal interpretado por alguns fãs”, disse Zeca, que ainda se confundiu e chamou Cristiano Aráujo de Cristiano Ronaldo, equívoco também cometido por Fátima Bernardes e outros artistas.

“Gostaria de deixar claro que tenho a maior admiração pelo ‘Cristiano Ronaldo’, que não está mais com a gente, que começou de uma maneira, tão honesta e tão bonita, que estourou e virou esse artista que o Brasil inteiro chorou a sua morte. Qualquer artista tenho, sobretudo, muito respeito por todos. Queria me desculpar com quem talvez tenha entendido errado”, declarou o apresentador.

Texto de Zeca Camargo sobre ‘comoção nacional’ revoltou artistas

Zeca Camargo escreveu em sua crônica no Jornal das Dez, da Globo News, que a morte de Cristiano Araújo levou uma multidão comovida por um artista “desconhecido” e que “de uma hora para outra, fãs e pessoas que não faziam ideia de quem era Cristiano Araújo partiram para o abraço coletivo”.

“Muita gente estranhou a comoção nacional diante da morte trágica e repentina do cantor Cristiano Araújo. A surpresa maior, porém, vem do fato de ser tão famoso e tão desconhecido. O Brasil, felizmente, tem um punhado de artistas que não passam pelo radar da grande mídia, nem são um consenso popular, mas que levam multidões para seus shows. (…) O que realmente surpreende neste evento triste da semana foi a comoção nacional. De uma hora para outra, fãs e pessoas que não faziam ideia de quem era Cristiano Araújo partiram para o abraço coletivo, como se todos nós estivéssemos desejando uma catarse assim, um evento maior que nos unisse pela emoção”, escreveu Zeca.

Vários artistas rebateram as declarações do apresentador. Pelo Instagram, Sorocaba, da dupla com Fernando, escreveu: “Tentando tapar o ouvido pra tanta bobagem … É triste ver em rede nacional o jornalista Zeca Camargo subestimando a força da nossa música sertaneja. Foi infeliz!”. Munhoz e Mariano publicaram uma foto e escreveram na legenda: “Quem é Zeca Camargo?”, em forma de hashtag. Por causa da campanha contra a declaração do jornalista, o nome de Zeca foi parar em primeiro lugar dos assuntos mais comentados do Twitter.

Eis o áudio com a crônica completa do Zeca Camargo:

You need to a flashplayer enabled browser to view this YouTube video

6 comentários

  • Thiago

    Não sei o que é pior.

    – Se os milhares de brasileiros, que sequer conheciam o Cristiano Araújo, vivendo um luto completamente implantado pela mídia, sendo manipulados pelos programas sensacionalistas sem ao menos se darem conta de que são usados em nome da audiência. “ou”

    – Se os milhares de brasileiros que, sem ao menos analisar o que esse mala do Zeca Camargo disse, iniciam o linchamento virtual, mais uma vez com idéias implantadas por outros.

    Enfim, de um jeito ou de outro não passam de fantoches sem qualquer senso crítico, divulgando pensamentos que lhes implantaram (sem que se dessem conta) e vivendo ideais de outros, como se fossem seus.

  • Fern@ndinho

    A pergunta é: “quem é Zeca Camargo para falar da música sertaneja?”
    A globo, como acha que resolve tudo de última hora, jogou a responsabilidade dessa crônica para ele e vejam o que deu…
    Foi consertar e ficou pior ainda!!!
    Uma crônica que gostaria de ouvir, seria do Pedro Bial. Apesar que não gosto de sua apresentação e muito menos do BBB, ele é um ótimo escritor de crônicas.
    Nossa cultura se divide em segmentos e tentar cruzar as fronteiras entre eles, pode ser perigoso e trazer resultados desastrosos. Está aí a prova do que não deve ser feito!

  • anonimo

    Que musica sertaneja é essa que o Sorocaba quis dizer, porque essa baboseira que eles cantam aí pelas FMs da vida não é sertanejo nunca, sertanejo é aquilo que fala do sertão. E ainda chamam isso de sertanejo universitário, é duro ter que ouvir isso.

    • Eu conheço dois tipos de música sertaneja; a música rais que fala da vida e das coisas do sertão e a sertaneja romântica de fala de amor de forma caipira ,esse tal de sertanejo universitário é pra essa garotada que n teve acesso ao meu tempo,é como diz o ditado quem nunca comeu bacalhau sardinha tá de bom tamanho. Agora qto ao Cristiano Araujo,foi uma pena só o conheci no dia de sua trágica morte.

  • carra

    comoção talvez nem foi pelo ídolo mas sim a morte de um jovem tão cheio de vida que foi tão tragicamente.
    muito triste com estas bobeiras que o pessoal ta postando ,como na semana passada muita gente mudou o perfil do FACE com as cores do arco iris por uma lei feita nos USA liberando casamento gay e deu o maior quebra pau nas redes .muito triste tudo isto

  • A crônica do Zeca Camargo está corretíssima.Tem uma apresentadora repercutindo a morte do desconhecido sertanejo até hoje,enquanto a morte do genial Fernando Brant passou em brancas nuvens.Consumir lixo cultural virou virtude.Minhas condolências pela morte precoce do rapaz,e pela morte do bom senso nacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *