BOLSOMINIONS EXPLORAM A TRAGÉDIA DE BRUMADINHO COM FAKE NEWS

A notícia é do portal Brasil Atual:

Em meio à tragédia do rompimento da barragem da Vale em Brumadinho, grupos de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PSL) divulgam mentiras, boatos e notícias falsas – fake news – implicando desde a ex-presidenta Dilma Rousseff, a “agentes bolivarianos com explosivos”, passando pelo envio de veterinários, a pedido da primeira-dama, Michelle Bolsonaro, para cuidar de animais atingidos pela lama, o que também não ocorreu. 

O primeiro boato que começou a circular no submundo das redes sociais desde a última sexta feira (25), quando ocorreu a tragédia, acusa a ex-presidenta Dilma de ter reestatizado a Vale, e que “petistas indicados” comandariam os negócios da empresa. 

Em nota, o PT afirma que o atual presidente da empresa, Fabio Schvartsman, não tem qualquer ligação com o partido, e lembra que a estatal, criada por Getulio Vargas, em 1942, foi privatizada em 1997, durante o governo de Fernando Henrique Cardoso (PSDB), pelo valor de R$ 3,3 bilhões, e que não foi reestatizada durante as gestões petistas.

Para efeito de comparação, a ex-estatal teve R$ 11 bilhões do seu caixa bloqueados temporariamente pela Justiça para eventual pagamento de indenizações aos atingidos em Brumadinho. 

O partido também lembra que, durante as mais de cinco décadas em que a mineradora permaneceu sob controle do Estado brasileiro, “nunca houve desastre ambiental que chegasse perto dos de Mariana e Brumadinho.”

Decreto

Outra fake news ressuscitada após o ocorrido em Brumadinho é que Dilma, em 2015, teria “transformado” a tragédia de Mariana, quando o rompimento da barragem da mineradora Samarco – controlada pela Vale e pelo grupo BHP Billiton – matou 19 pessoas, em “desastre natural”, supostamente suavizando os impactos da tragédia. O decreto, editado 10 dias depois da lama da mineração devastar o distrito de Bento Rodrigues, serviu na verdade para que as famílias dos atingidos pudessem ter acesso a recursos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS).

“A má-fé dos que espalham fake news continua a mil, mesmo diante da tragédia de Brumadinho. Em 2015, assinei decreto que considera natural desastres como rompimento de barragens. Isso foi para permitir àqueles atingidos sacar o FGTS para reconstruir suas vidas”, respondeu a ex-presidenta. O boato surgiu naquele ano, sendo desmentido à época pelo site E-Farsas

Atentado

Mas talvez a mais fantasiosa versão sobre o episódio em Brumadinho envolve dois supostos agentes estrangeiros – um cubano e um venezuelano – que teriam causado o rompimento da barragem da Vale com a detonação de explosivos. Os suspeitos teriam sido detidos pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), em Minas Gerais, após troca de tiros que teria deixado um morto. 

Atribuídas à Agência Brasileira de Inteligência (Abin), e à própria PRF, as informações teriam sido divulgadas pelo Observatório Direita Brasileira. Os nomes dos supostos perpetradores do atentado, assim como o do observatório, foram inventados, e não constam de nenhuma outra publicação ou documento, senão no texto que circula pelo WhatsApp. 

“Não há qualquer confirmação da Abin das pessoas presas”, afirma o site Boatos.org. O texto lembra que uma notícia impactante como essa renderia manifestação oficial do governo brasileiro e da própria Abin. “E não há nada. Nadinha.”

A Abin divulgou nesta segunda-feira (28), três dias após a circulação da mentira, uma nota em que afirma a informação é “totalmente inverídica“. 

Veterinários

Um perfil falso da primeira-dama, Michelle Bolsonaro, diz que, a pedido dela, “com olhos cheios de lágrima”, “o ministro da Agricultura” teria enviado a Minas Gerais 100 médicos veterinários para auxiliar no tratamento de animais atingidos pela lama da Vale.

Segundo a Agência de Notícias de Direitos Animais (Anda), são apenas sete veterinários e outros seis bombeiros civis que também são auxiliares veterinários, prestando atendimento aos animais no momento. Cabe lembrar também que é uma ministra, Tereza Cristina, e não um ministro, que ocupa a pasta da Agricultura no atual governo. 

32 comentários

  • Enfermeiro cubano

    AB. LIN. PRESTE ATENÇÃO :

    QUE QUE É ISSO????????
    ADVOGADO DA VALE É SERGIO BERMUDES, EX- SÓCIO DE BEBBIANO, PRESIDENTE DO PSL, SECRETÁRIO DA PRESIDÊNCIA, CASADO COM A FILHA DO MINISTRO LUIZ FUX QUE DEU FORO PRIVILÉGIADO A FLÁVIO BOLSONARO. O CASAL TRABALHAVA COM SÉRGIO BERMUDES.

    • Abraham Lincoln

      Isto certamente é um conluio entre Bolsonaro Pai, Bolsonaro filho, Fux e Sergio Bermudes. Eles contrataram alguém para, com trabalho minucioso, fazendo parecer acidente por negligência, romper a barragem de Brumadinho. Com o rompimento, mais de trezentas vidas humanas se perderam, gerou-se um dano ambiental de proporções obscenas, ainda desconhecidas; uma das maiores mineradoras do globo terrestre, a Vale, perdeu mais de 70 bilhões em ações, quase o PIB do estado do Mato Grosso do Sul, sem falar dos prejuízos vindouros, com danos emergentes, etc. Mas aquela galera citada lá em cima, “os milicianos”, conseguiu seu objetivo, que era: Salvar o Flávio Bozonaro do escândalo com o Queiroz. Te pergunto: Se houver um roteiro assim, você produz o filme?
      Volto a dizer: Melhore, melhore. Seus argumentos, comprados da esquerda, são caquéticos.

  • Bolsominion

    Isso mesmo. Veja 3 posts anteriores neste blog quem explora o que….
    http://cardosinho.blog.br/politica/charge-121/

  • Enfermeiro cubano

    AB… LIN ……

    UMA DAS VERDADES SOBRE A VALE E U DOIS DOS CULPADOS POR ESTA TRAGÉDIA POIS ENQUANTO A VALE ERA NOSSA NADA ACONTECEU.

    PRIVATIZAÇÃO
    Venda da Vale completa 20 anos e foi um dos maiores crimes cometidos contra o Brasil.
    No dia 6 de maio de 1997, o governo Fernando Henrique Cardoso e José Serra leiloavam a principal empresa estratégica brasileira no ramo da mineração mundial., nesta época não existia ainda a Milicia dos Bolsonaros, que mandam matar, expulsão deputados e fazem FAKE NEWS contra o PT e Lula.
    Agora, nesse período quando se faz alarde que a Operação Lava Jato teria resgatado (menos de) R$ 10 bilhões para a economia, não custa recordar que a Vale do Rio Doce (hoje apenas Vale) foi vendida por R$ 3,3 bilhões, quando somente as suas reservas minerais eram calculadas em mais de R$ 100 bilhões à época.
    A empresa foi criada em 1942 com recursos do Tesouro Nacional. Durante 55 anos, foi uma empresa mista e o seu controle acionário pertencia ao governo.
    Depois do leilão de privatização da companhia, com militância ativa de José Serra, ministro do planejamento à época, a Vale passou a ser comandada pelo banco Bradesco, integrante do consórcio Valepar, detentor de 32 por cento das ações, enquanto os investidores estrangeiros passaram a somar 26,7% das ações totais da empresa.
    Qual era a justificativa da venda? A desculpa foi o pagamento de parte da dívida pública interna e externa. Sabe-se que, a exemplo de outras privatizações, isso nunca ocorreu.
    Os movimentos sociais gritaram e, uma vez mais, denunciaram um modelo exportador adotado pela transnacional, que não gerava trabalho, beneficiamento e industrialização.
    O segundo Plebiscito Popular organizado pelos movimentos sociais movimentou três milhões e 700 mil votos, em 2007, com a bandeira da anulação do leilão da Vale.
    Na realidade, controlada pelo capital financeiro e internacional, a opção feita pela empresa tem sido pelo atropelo da legislação trabalhista e aumento das práticas antissindicais; exportação com alto consumo de energia e nenhum beneficiamento dos produtos; e a intensificação da produção voltada para fora causa rápido esgotamento das reservais minerais, ao lado de impactos no meio ambiente – o caso da lama da Samarco dispensa apresentações.
    Os críticos do processo de venda da companhia apontam que o banco Bradesco montou o edital de venda da companhia e, mais tarde, tornou-se um dos seus controladores (algo proibido por lei), entre vários outros problemas jurídicos do leilão realizado.
    Tudo começou com a Direita fascista ( a venda ), para que os mesmos dividissem o $$$$$$$$$$$$ entre si e, isso continua até hoje.

    • Abraham Lincoln

      E a esquerda diz: “Queríamos a Vale, como queremos a Caixa, os correios, e diversas outras estatais, como pertences do governo, são nossas”. Eu afirmo: Só haverá culpados e condenados em Brumadinho porque não é uma estatal. A Vale só é uma das maiores empresas do mundo porque não é uma estatal. Vocês ainda estão na época do “Tutto nello Stato, niente al di fuori dello Stato, nulla contro lo Stato”, e ainda nos chamam de fascistas.

  • Enfermeiro cubano

    AB……LIN…..

    QUAL A FINALIDADE REAL DO DECRETO DE DILMA COMO PRESIDENTE: Dilma: “Assinei decreto que considera natural desastres como rompimento de barragens”
    Dilma Rousseff usou o Twitter neste sábado para dizer que em 2015 “assinei decreto que considera natural desastres como rompimento de barragens”.
    Segundo Dilma, o objetivo do tal decreto era permitir que as vítimas do rompimento da barragem em Mariana pudessem sacar o FGTS, mas “A má-fé dos que espalham fake news continua a mil, mesmo diante da tragédia de Brumadinho”, escreveu.

  • Eurico

    AR…,CON

    No meio de uma tragédia, culpa dos governos que passaram pelo Brasil, vou mostrar um pouco da governo Miliciano de Bolsomerda:::: o mesmo é tão toupeira que está pavimentando a própria queda:
    1.anuncia que vai instalar bases dos EUA em solo brasileiro que nem os militares que ficaram no poder entre 1964 e 1985 permitiram.
    2.quer se meter a invadir a Venezuela sem ter equipamentos adequados para tal empreitada..
    3.desprestigia o Exercito Brasileiro e os Fuzileiros Navais que tem ampla experiência em resgates adquiridos no Haiti- inclusive elogiado pela ONU- e me traz militares de Israel que não trouxeram equipamentos para resgate em países tropicais e só tem experiência de extermínio ao povo palestino.
    4.começa a administrar o país com a ajuda de milicianos, com as seguintes ordens: contra o governo mata ou expulsa.
    Em fim, por quanto tempo as forças armadas vão tolerar tanto desprestigio dos delírios desse maníaco miliciano.

  • eu

    AR……NC……Folha de |São Paulo

    Sergio Moro segue calado enquanto aumenta pressão para prisão de dirigentes da Vale
    Reportagem de Fabrício Lobel na Folha de S.Paulo informa que, três dias após o desastre de Brumadinho (MG), cresce a pressão para a abertura de inquéritos que visam responsabilizar criminalmente os executivos da Vale. Para especialistas ouvidos pela Folha, além de indenizações e multas, os danos causados pela tragédia podem levar a um processo penal ainda mais sério, com a implicação de executivos por homicídio com dolo eventual.
    De acordo com a publicação, se, por um lado, um relator especial da ONU afirmou que o caso Brumadinho deve ser tratado como crime, por outro, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge (no topo do Ministério Público no país) aumentou o tom de seu discurso e falou que executivos da mineradora podem ser processados individualmente por suas responsabilidades na tragédia. A fala adotada por Dodge é nitidamente mais firme do que o pronunciamento feito à imprensa em Brumadinho, quando evitou falar em crimes e disse que ainda era prematuro identificar os responsáveis.
    Nesta segunda, Dodge disse que o Ministério Público atuará nas esferas administrativa, civil e criminal. “É preciso responsabilizar severamente, do ponto de vista indenizatório, a empresa que deu causa a este desastre e também promover a persecução penal”, declarou à imprensa após um evento em São Paulo. Dodge disse ainda que, junto com o presidente do STF (Supremo Tribunal Federal) e do CNJ (Conselho Nacional de Justiça), Dias Toffoli, buscaria que a responsabilização dos infratores fosse a prioridade da Justiça, completa a Folha.
    Vamos esperar as atitudes do governo miliciano.

  • eu

    AM…..CO…….

    Equipamentos israelenses são ineficientes, diz bombeiro em Brumadinho.
    Segundo o comandante do batalhão de operações de resgate, equipamentos não servem para esse tipo de busca.
    O comandante do Batalhão de Emergências Ambientais e Respostas a Desastres (Bemad) do Corpo de Bombeiros em Minas disse que os equipamentos trazidos pela missão Israelense em Brumadinho não são eficientes para esse tipo de busca.
    O tenente-coronel Eduardo Ângelo, em entrevista ao jornal Folha de São Paulo, disse que “dos equipamentos que eles trouxeram, nenhum se aplica a esse tipo de desastre”.
    O motivo seria porque as ferramentas funcionam formando imagens a partir da temperatura e são usadas para buscas de corpos quentes. Os corpos na região, no entanto, são frios. “O imagiador que eles têm pegam corpos quentes, e todos os corpos são frios. Então esse já é um equipamento ineficiente”, disse o comandante.
    Os equipamentos seriam eficazes nas buscas por sobreviventes, mas o comandante voltou a dizer que são pequenas as chances disso acontecer. “Depois de 48h, a chance é quase nula”, disse, observando, no entanto, que há registros na história de pessoas que foram encontradas dias depois.
    Eles vieram só para o miliciano abrir uma embaixada em Jerusalém ( Israel ).

  • Eurico

    Texto da União das Esquerdas:

    AR……NC…….

    O tempo esta passando vamos exigir providências, senão será o fim.

    Prestem atenção: tem muita gente perguntando como pode ajudar. De imediato, tem muitos voluntários ajudando em Brumadinho. Mas a tragédia AMBIENTAL maior estar por vir. Se está lama entrar no São Francisco, como entrou no Rio Doce, teremos um Rio São Francisco COMPLETAMENTE MORTO.
    O São Francisco atravessa o Brasil e será um desastre ecológico sem precedentes, tanto para o meio ambiente, quanto para as populações ribeirinhas.
    De imediato, a única coisa a fazer é sacrificar a Hidroelétrica de Retiro Baixo, operada por FURNAS para não sacrificar o São Francisco. Deixem Retiro Baixo inoperante. Ela é capaz de conter a lama, pelo menos por um tempo. Depois, a médio prazo, soluções serão estabelecidas para retirar os rejeitos. Mas se eles passarem e chegar a Três Marias,, não teremos mais o que fazer.
    Então, é hora de gritar para que as autoridades fechem Retiro Baixo e não deixem chegar a lama a Três Marias. Se todos ficarem calados, vai acontecer o que aconteceu no Rio Doce, quando não fecharam a hidroelétrica Risoleta Neves e permitiram que a lama chegasse ao mar.
    O Rio Doce hoje é um Rio morto. Paraopebas é um Rio morto. Vamos deixar matarem o São Francisco também?
    Gritem, gritem muito. Não deixem que a lama chegue ao Velho Chico.

  • DESRESPEITO AOS FAMILIARES.

    Pimenta e Gleisi, juntos em Brumadinho, um desrespeito com a memória das vítimas.
    É evidente que o que ocorreu em Mariana e agora em Brumadinho é produto de anos e anos de descaso, sem a devida fiscalização e sem qualquer tipo de exigência do poder público.
    Altos lucros, descumprimento de regras básicas de segurança e acertos nos bastidores do poder, e isto não cessou, mesmo após a tragédia de Mariana.
    Infelizmente, absolutamente tudo assim durante as gestões PETISTAS.
    O QUE VALE É A PROPINA.
    O mais doloroso é ter que digerir condutas como a dos deputados Paulo Pimenta e Gleisi Hoffmann.
    Os dois estiveram nesta segunda feira (28) em Brumadinho.
    Em aparição recheada de hipocrisia foram incapazes de ao menos reconhecer a absoluta omissão do governador petista Fernando Pimentel.
    Tampouco o descaso de 14 anos de gestão petista, determinante para conduzir o país a esta situação.
    A ida de Gleisi e Pimenta a Brumadinho, além de mera e inaceitável politicagem, é um desrespeito aos familiares das vítimas.

  • Enfermeiro cubano

    DA……AB………

    Como funciona os governos de interesse no $$$$$$$$$$$$$$$$$$ no Brasil::::O PL 3729/04, a Lei Geral do Licenciamento Ambiental, foi apresentado há 14 anos por deputados da bancada do PT. Desde então, foi gradualmente desfigurado pela inclusão de projetos da bancada ruralista – essa mistura resultou em uma colcha de retalhos costurada para abarcar interesses de todos os envolvidos.
    Segundo a proposta, órgãos responsáveis poderão acelerar a concessão caso um empreendimento esteja situado em uma mesma área de influência ou em condições similares a outros que já tenham obtido a licença ambiental. Caso, por exemplo, da mineração em Morro do Pilar e Conceição do Mato Dentro.
    Além disso, de acordo com a lei, a autorização deixará de ser necessária para iniciativas em unidades de conservação de uso sustentável, tal como a Área de Proteção Ambiental do Rio Picão, em Morro do Pilar.
    NESTE MOMENTO, o projeto está engatilhado na Comissão de Finanças e Tributação da Câmara dos Deputados. Essa comissão tem, entre seus membros, velhos conhecidos das mineradoras. O deputado Leonardo Quintão, do MDB de Minas Gerais, é o mais conhecido. Ele relatou o Marco Regulatório da Mineração, depois de ter recebido generosas contribuições das mineradoras nas eleições de 2014: foram R$ 930 mil em doações de empresas como AngloGold, Cia. Brasileira de Metalurgia e Mineração e Usiminas.
    Membros da Frente Parlamentar de Mineração também estão envolvidos. Um deles, o deputado Marcos Montes, do PSD de Minas Gerais, trabalhou bastante para emplacar a Lei Geral. Em 2014, ele recebeu mais de R$ 900 mil em doações de mineradoras como AngloGold e Vale. Em 2016, quando era presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária, a FPA, Montes tentou viabilizar um acordo para a votação do projeto.
    Segundo o Ministério Público Federal, a Lei Geral oferece brechas específicas para mineradoras. Uma delas é a possibilidade de ‘testes de mineração’ do mesmo porte que os empreendimentos em seu estágio final; em outras palavras, empresas poderão minerar sem licença ambiental.
    A proposta também incentiva uma espécie de guerra fiscal por empreendimentos dos mais variados, como usinas hidrelétricas, construção de ferrovias e também mineradoras. Por exemplo: empresas podem estimular um leilão entre estados ou municípios vizinhos no momento da escolha dos pontos pelos quais um mineroduto passará. “O PL poderia gerar uma ‘corrida’ pela flexibilização do licenciamento com a finalidade de atrair investimentos”, diz Maurício Guetta, advogado do Instituto Socioambiental.
    Isso é o Brasil que não pensa em seus cidadãos.

  • Eurico

    BO………LI………..

    ISRAEL NÃO AJUDA SÓ ATRAPALHA.

    Equipamentos dos militares de Israel são ineficientes e bombeiros são barrados em Brumadinho.
    Onde o governo Bolsonaro entra, uma verdadeira desorganização acontece. Até em Brumadinho o governo aprontou a maior confusão ao trazer equipamentos de Israel que não servem para nada. Segundo o comandante das operações de resgate, tenente-coronel Eduardo Ângelo, os equipamentos trazidos de Israel para Brumadinho (MG) são ineficientes para esse tipo de desastre.
    “O ministro de Israel se pronunciou a respeito das dificuldades que eles tiveram. O imagiador que eles têm pegam corpos quentes, e todos os corpos [na região] são frios. Então esse já é um equipamento ineficiente”, afirmou ao jornal Folha de S.Paulo. Segundo o tenente-coronel, nenhum equipamento trazido de Isralel serve para esse tipo de desastre.
    Ao mesmo tempo, bombeiros de Santa Catarina e São Paulo, além de outros voluntários, estão sendo impedidos de atuar no local da tragédia.
    Tudo isso por uma embaixada em Jerusalém ( Israel ).

  • Marreta

    ASSIM SE ADMINISTRA NO BRASIL, COM TODA HONESTIDADE.

    Vale recebeu 19 multas, no ES, em 15 anos e não pagou nenhuma sanções foram aplicadas por Vitória, pela Serra e pelo Ibama
    Empresa disse que está recorrendo das multas.
    A Vale possui pelo menos 19 multas aplicadas pelos municípios de Vitória, da Serra e pelo Instituto Estadual de Meio Ambiente (Iema) ao longo dos últimos 15 anos e não pagas pela mineradora. Todas estão relacionadas de alguma forma a danos ao meio ambiente.
    O cálculo não inclui as cinco multas dadas à empresa na semana passada que somam R$ 34.236.715,96, mas que ainda estão dentro do prazo de recurso da Prefeitura de Vitória. Na ocasião, a ArcelorMittal também sofreu sanções de igual valor.
    Porto de Tubarão, administrado pela Vale em Vitória, é interditado por pó preto, Prefeitura de Vitória multa Vale e Arcelor em R$ 68 milhões
    Prejuízo do ES com paralisação no Porto de Tubarão é analisado.
    Vale consegue liminar que libera operações no porto de Tubarão, no ES.
    Antes dessas multas, a mais alta veio do município da Serra, onde a Vale também não pagou a multa de R$ 4.602.300,00 aplicada pelo município. A sanção foi por causa de vazamento de óleo na lagoa Pau-Brasil, localizada entre os bairros Hélio Ferraz e Manoel Plaza.
    “O valor ainda não foi pago e encontra-se inscrito em dívida ativa e em cobrança judicial (ajuizada pelo município)”, informou por nota a Prefeitura da Serra.
    Já a Prefeitura de Vitória informou que a mineradora tem em seu histórico 13 autos de infrações, todos de 2001, e igualmente judicializados.
    Segundo a prefeitura, a maioria das infrações estão relacionadas a descumprimento de condicionantes ambientais. A legislação da época previa multa de R$ 29.451,24 para algumas das situações infracionais listadas pela prefeitura.
    Na lista, estão lançamento de efluentes nas lagoas naturais do complexo de Tubarão, emissões atmosféricas nas áreas sem pavimentação e com solo exposto, intensa emissão de material particulado oriunda de pilhas de minério dos pátios G e H, vazão visível na descarga de gases de chaminé.
    Também fazem parte dessa lista não apresentar resultados de monitoramento semestral da qualidade das águas subterrâneas subjacentes ao aterro industrial das usinas de pelotização, remoção de parte dos equipamentos de controle com comprometimento da eficiência do sistema destinados ao sistema de exaustão da moega de grãos (desembarque de vagões) violando condicionantes da licença operacional e não cumprir prazo referente a condicionantes que tratam dos efluentes líquidos lançados no mar de Praia Mole fora dos padrões, oriundos das usinas de pelotização.
    O município de Vitória ficou 14 anos sem multar a Vale. O prefeito Luciano Rezende já havia declarado que não havia legislação que padronizasse a aplicação de multas. Isso foi modificado com decreto publicado na semana passada que prevê multa de até R$ 50 milhões para danos ambientais.

  • O governo e' o maior beneficiado

    Todas as vezes que acontece uma tragédia como essa. Sao anunciadas as medidas para se resolver o problema mas nunca se resolve.
    O governo anuncia que vai fiscalizar as 20.000 barragens das quais quase 3400 são de alto risco
    Certamente não consegue fiscalizar porque a fiscalização nesse país é corrupta
    Os deputados fingem que querem mudar as leis porém existe a bancada de mineração que é muito forte e não permite.
    O governo faz a sua parte multando as mineradoras em bilhões porém os maiores prejudicados só as famílias dos empregados que morreram e outros que se certamente estarão desempregados.
    Não se sabe se eles serão indenizados

  • E a empresa

    Com queda de 24,5% na Bolsa. Logo, as bolsas sobem e tudo volta ao normal
    Perda de RS$ 72 bilhões no patrimônio. Muito pouco para uma empresa deste tamanho
    Bloqueio de R$ 12 bilhões da mineradora é ínfima, considerando-se que empresa sempre recorre de multas e nunca as paga. Samarco deve 350 milhões de reais ao Ibama por desastre em Mariana, não pagou um centavo nestes 3 anos desde desastre.
    A empresa alemã TÜV SÜD atestou que fez vistorias na barragem que arrombou e seguiu as normas do Departamento Nacional de Produção Mineral. As normas são frouxas, a vistoria foi mal feita ou correu dinheiro
    Os engenheiros da empresa foram presos.
    O governo planeja mudar a diretoria. Ai, complica para eles
    kkkkkkkkk

  • jelas exburaco sp

    Esse blog esta uma comedia…amanha passo aqui novamente

  • Enfermeiro cubano

    AB…..LIN seu debiloide isso que escrevi no blog é a verdade tirada da Folha de São Paulo, do Estadão, do G1 e do Jornal Econômico. ( QUE QUE É ISSO????????ADVOGADO DA VALE É SERGIO BERMUDES, EX- SÓCIO DE BEBBIANO, PRESIDENTE DO PSL, SECRETÁRIO DA PRESIDÊNCIA, CASADO COM A FILHA DO MINISTRO LUIZ FUX QUE DEU FORO PRIVILÉGIADO A FLÁVIO BOLSONARO. O CASAL TRABALHAVA COM SÉRGIO BERMUDES. ) procure se informar para ver a veracidade do que foi escrito.
    O único retardado mental da direita fascista., que não sei se tu pertence a: “direita reacionária” que olha para o passado e é “aristocrática, religiosa e autoritária”.
    A “direita moderada” é tipificada pelos escritos de Edmund Burke. É tolerante a mudança, desde que seja gradual e aceita alguns aspectos do liberalismo, incluindo o Estado de direito e o capitalismo, embora veja o radical laissez-faire e o individualismo como prejudiciais para a sociedade. Muitas vezes, promove políticas de assistência social e nacionalismo
    A “direita radical” é um termo desenvolvido depois da Segunda Guerra Mundial para descrever grupos tão diferentes como macartismo, e assim por diante. Eatwell salienta que esse uso tem “grandes problemas tipológicos” e que o termo “também tem sido aplicado a evoluções claramente democráticas”, incluindo o populismo de direita e vários outros subtipos. Quem esta falando em concluio ou que foi planejado é vossa senhoria um bastardo da direita golpista que não tem argumentos verdadeiros para poder colocar onde se deve. Em nenhum momento em sã consciência minha pessoa usou argumentos do que esta fatalidade foi preparada pelo governo miliciano de Bolsonaro e seu filho Flávio, para tira-los da mídia, ( mesmo porque ele seu governo não é culpado sozinho) esses dejetos saíram de sua mente doentia numa tentativa de defender a milicia carioca, pois eu como ser humano não desejaria o mal de pessoas que conheço ou não conheço ou mesmo a falência de alguma empresa seja ela qual for, no caso a Vale.
    E se esta empresa perdeu mais de 70 milhões de ações e ainda o que vem pela frente este problema não é meu e sim da Vale que não trabalhou como se deve através das normas ambientais regidas pela Constituição e pelo ministério que o miliciano Bolsonaro queria acabar, para facilitar seus trabalhos e acabar com o IBAMA e o INCRA para que não houvesse mais o pagamento nem prisões contra o ocorrido.
    Entendeu sem inteligente ( não queira mudar o foco, pois não desejo hoje nem nunca uma catástrofe como esta, mesmo se você estiver no meio dela ), e mesmo assim não conseguiram salvar Flávio e Queiroz, pois está aparecendo mais ladroagem da milicia, agora no valor de 7 milhões na conta do 2º miliciano na escala da máfia o Sr. Flávio.
    Quem tem que melhorar e muito é o senhor dono da verdade e, meus argumentos, mesmo não sendo aceito são sim de uma esquerda moderada, que não quer ver esse tipo de catástrofe , nem falta de emprego, nem falta de alimento, nem falta de educação, nem falta de saúde, nem falta de agricultura etc….PRESTE ATENÇÃO MEDÍOCRE E CAQUÉTICO É SUA PESSOA IRRELEVANTE E ONAGRO.

  • Enfermeiro cubano

    AB……LIN……….

    CARLOS BOLSONARO BRINCA COM LUTO DE LULA E DISPARA FAKE NEWS SOBRE SEUS IRMÃOS.

    O Twitter oficial do ex-presidente Lula postou um desmentido a respeito da divulgação de que ele teria deixado de ir ao velório de dois de seus irmãos; a postagem lembra que Lula teve cerca de 20 meio irmãos por parte de pai, com os quais não conviveu; “Os únicos irmãos com os quais ele (Lula) cresceu e são amigos de toda a vida são os filhos da Dona Lindu, que cuidou dos filhos sem ajuda do pai. O Vavá, por ser o mais velho, cuidou muito de Lula”, destaca a mensagem.
    Brincando com luto alheio :::
    Carlos postou em seu Twitter uma notícia de 2004 dizendo que Lula não foi ao enterro do seu irmão. No entanto, o filho de Bolsonaro não explicou que Lula não tinha contato algum com seus irmãos por parte de pai. Apenas espalhou a fake news de que Lula possui desinteresse pelos seus familiares.
    ISSO É O QUE REPRESENTA A DIREITA ORDINÁRIA FASCISTA E MOSTRA A FALTA DE ÍNDOLE, CARÁTER, HOMBRIDADE HONESTIDADE, DIGNIDADE, INTEGRIDADE,PROBIDADE, HONRADEZ, RETIDÃO, DECÊNCIA , DECORO, RESOLUÇÃO E MORAL , da família Bolsonaro que domina a Milicia carioca junto com seus seguidores, isso sim ´um concluio desta raça que até contratam elementos de baixo nível para tentar difamar o melhor presidente que o Brasil já teve, num momento de luto e dor.
    Isto sim pertence a mafia da direita imbecil e caquética.

  • Enfermeiro cubano

    AB…..,..LIN………..Nunca se esqueça que simulação da bondade é mais nociva e perversa do que a maldade assumida. Decisão tardia e oportunista. A vida cobrará.

  • Enfermeiro cubano

    AB……LIN…… o segundo discurso de seu Bolsonaro líder da milicia carioca em Davos durou 3 minutos e terminou a frase da seguinte maneira::

    “Conseguimos dar uma retrospectiva do futuro do Brasil”.
    Gente, pelo amor de Deus, o cara é presidente da república, não tem ninguém pra assessorar o que ele fala? vai lá AB……….LIN………..A criatura não sabe o significado das palavras Retrospectiva do futuro?
    A plateuia em Davos só não riu por respeito ao evento. Somos Chacota mundial por causa da Direita Burra
    Sem falar nos degetos.!!!!!!

    *****Flávio Bolsonaro o 2º na hierarquia da milicia do Rio de Janeiro não foi depor, Queiroz não foi depor, Aécio não foi depor, Temer sumiu, Joesley Batista sumiu. Cadê o corrupto Moro.

    *****Lula pede que mostrem as provas e não as convicções, Flávio Bolsonaro pede para o STF esconder as provas, viram senhores da direita burra a diferença, faz arminha faz !!!!!!!!!!

    *****Queiroz agora descobriram movimentou 7 milhões em 3 anos na conta dos Bolsonaros da milicia. No Whatsapp eles estão falando que o Lula é ladrão.

    ******Na manhã desta terça feira, o presidente Bolsonaro comemorou a divulgação de informações sobre os maiores clientes e as maiores empresas do BNDES como se fosse um grande feito de seu governo: “! Ainda vamos bem mais longe disse”, porém o analfabeto do miliciano e ignorante não sabe que esses dados estão disponíveis há anos no site do banco.

    Vamos lá direita Burra.

  • Enfermeiro cubano

    AB…….LIN……… olha o panico do poder judiciário podre, vendido e politico do Brasil: ( Texto encontrado no Facebook ).

    O pânico do Ministério Público com a possível ida do ex-presidente Lula ao enterro de seu irmão Vavá ficou patente na própria redação e velocidade do parecer assinado por Deltan Dallagnol (a decisão do MPF saiu minutos depois do parecer da PF). O que fundamenta o não deferimento do pedido da defesa é, em linhas gerais, o poder popular de Lula (que põe em risco a ‘segurança’). Mas, o que chama mais a atenção é a associação do pedido ao crime-catástrofe da Vale em Brumadinho. O texto diz: “consultada a Coordenação de Aviação Operacional da PF, sobreveio a informação de que no momento os helicópteros que não estão em manutenção estão sendo utilizados para apoio aos resgates das vítimas de Brumadinho.”
    O parecer de Deltan Dallagnol e da Lava Jato insere a discussão no seguinte viés: “conforme a mencionada decisão, a permissão de saída pretendida esbarra em insuperável obstáculo técnico: a impossibilidade de, ao tempo e modo, conduzir o custodiado mediante escolta e com as salvaguardas devidas, aos atos fúnebres de seu irmão.”
    E complementa: “no tocante à logística necessária para sua retirada da cela em Curitiba com trajeto passando pelo aeroporto de São José dos Pinhais/PR, aeroporto de São Paulo e Cemitério de São Bernardo do Campo/SP, para que tudo fosse feito em tempo oportuno e com a devida segurança, seria necessário um transporte de helicóptero da sede da Superintendência da PF em Curitiba até o primeiro aeroporto, uma aeronave da PF – com a devida segurança e piloto próprio – para o transporte entre Curitiba e São Paulo/SP e outro helicóptero até o cemitério. Consultada a Coordenação de Aviação Operacional da PF, sobreveio a informação de que no momento os helicópteros que não estão em manutenção estão sendo utilizados para apoio aos resgates das vítimas de Brumadinho. Além disso, a aeronave de asa fixa, disponível no momento, por questões de segurança poderia voar somente a partir das 6:00 de 30/01/2019, cujo tempo estimado entre a vinda da aeronave de Brasília, chegada em Curitiba e deste local para o Aeroporto de Congonhas, demandaria no mínimo 6 (seis) horas, considerando o tempo dos vôos, movimentação em pista e abastecimento em Curitiba/PR. Sobre o deslocamento do aeroporto de Congonhas ao Cemitério de São Bernardo do Campo/SP seriam necessárias mais 2 (duas) horas. Feitas as considerações no tocante ao meio de deslocamento, o que por si só resta inviabilizado o atendimento ao pedido, seja porque os helicópteros da PF estão sendo utilizados no momento em Minas Gerais, para auxiliar nos resgastes de Brumadinho, seja pela ausência de tempo hábil para o deslocamento da única aeronave da PF disponível no momento, restam as ponderações relativas às análises de risco e do efetivo policial que seria necessário empregar para uma escolta como esta.”
    Coimo Lula põe medo na direita e no poder judiciário podre.

  • Enfermeiro cubano

    AB…..LIN………como já disse um milhão de vezes, mas não custa repetir sintam como o STF é vendido, é politico, é sem caráter, é politico, é covarde, é omisso etc………

    Sem ter mais tempo para translado, Toffoli autoriza Lula ir ao enterro do irmão.
    Assim que recebeu a notícia, no entanto, a presidente do PT, Gleisi Hofmann, disse que não há condições de esperar o ex-presidente. O cortejo já estava saindo da capela.
    Em cima da hora, sem tempo para o translado, o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), o ministro Dias Toffoli, autorizou o ex-presidente Lula a ir ao velório e enterro do irmão Genival Inácio da Silva, o Vavá.
    Segundo a decisão, “as eventuais intercorrências apontadas no relatório policial, a meu ver, não devem obstar o cumprimento de um direito assegurado àqueles que estão submetidos a regime de cumprimento de pena, ainda que de forma parcial, vale dizer, o direito de o requerente encontrar-se com familiares em local reservado e preestabelecido para prestar a devida solidariedade aos seus, mesmo após o sepultamento, já que não há objeção da lei”.
    Assim que recebeu a notícia, no entanto, a presidente do PT, Gleisi Hofmann, disse que não há condições de esperar o ex-presidente. O cortejo já estava saindo da capela.
    Toffoli frisou que, segundo a Polícia Federal, não há tempo hábil para o deslocamento de Lula ao local do sepultamento, além dos riscos à segurança dos presentes e de agentes públicos mobilizados para o deslocamento.
    “Por essas razões, concedo ordem de habeas corpus de ofício para, na forma da lei, assegurar, ao requerente Luiz Inácio Lula da Silva, o direito de se encontrar exclusivamente com os seus familiares, na data de hoje, em Unidade Militar na Região, inclusive com a possibilidade do corpo do de cujos ser levado à referida unidade militar, a critério da família”, determinou Toffoli.
    Segundo o Broadcast Político apurou, a unidade militar deverá ser próxima ao local do enterro, na região do ABC, mas isso ainda será definido pelas autoridades que estão com a guarda de Lula – ou seja, caberá à Polícia Federal definir o local.
    Chega de perder tempo com pessoas insignificantes.

  • Enfermeiro cubano

    AB…..LIN……….amigos do blog seja de esquerda ou de direita, seja de qual partido for, quero lhes mostrar que tipo de mulher de baixo nível em todos os aspectos, principalmente mostrando que caráter ali não existe e se esquecendo que ela tem parentes e inclusive filhos e que o mal de hoje pode voltar a si a qualquer hora só dependendo do criador, não esquecendo também suas corrupções com as APAES de Curitiba em mais de 200 milhões.
    Veja o ódio dessa Mesalina: :: CHEIA DE ÓDIO E RANCOR: Mulher De Moro Não Respeita Luto De Lula E O Chama De Criminoso., esquecendo que também seu marido se vendeu para o Bolsonaro da milicia carioca em troca de um ministério.
    Rosângela Moro bateu boca nas redes sociais com um seguidor que considerou criminoso o comportamento de seu marido, Sergio Moro, que grampeou a presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Lula. Rosângela afirmou que um presidente pode ser grampeado “quando é criminoso” – embora na própria sentença Moro diga que Lula foi condenado por “fatos indeterminados”. O comentário foi feito horas depois de Moro, por meio da Polícia Federal, criar empecilhos para que o ex-presidente participasse do enterro de um irmão, negando-lhe mais um direito – o que foi contestado por dezenas de juristas.

    Abaixo, o manifesto dos juristas:;;;;;;;;

    Advogados, professores universitários e defensores que assinam a presente nota, movidos pelo sentimento de justiça, repudiam veementemente a decisão do Estado Brasileiro que impediu o ex-Presidente Lula de acompanhar o velório e o enterro do irmão Edvaldo Izídio Neto, o Vavá, por ferir não apenas o direito, mas por adensar a constatação de que o caso contra Lula é um processo com motivações políticas.
    O Ex-Presidente Lula não estaria preso se o STF não alterasse indevidamente a interpretação da Constituição Brasileira. Não deveria estar preso se tivesse direito a um juiz imparcial em primeira instância. Não deveria estar preso segundo os mais respeitados Professores de Direito Penal do País. Mas se nada disso importasse, se a lei e a jurisprudência, por qualquer razão, pudessem ser deixadas de lado para condenar Lula, uma única norma deveria ser a ele assegurada:
    Ninguém pode ser submetido a torturas, nem a penas ou tratamentos desumanos ou degradantes.
    Infelizmente essas são as atitudes daqueles que só sabem carregar nas veias a Inveja e o Ódio, contra o melhor presidente que o Brasil já teve

  • Enfermeiro cubano

    AB…….LIN…..vamos mudar de assunto só para não esquecerem a Direita alguns atos de Lula em seu governo::

    Grandes realizações do governo Lula
    1) Redução da Taxa Selic de 25% ao ano para 14,75% ao ano e que continuará em queda:
    2) Redução da Taxa de Inflação de 12,5% em 2002 (IPCA) para 4% nos últimos 12 meses (IPCA);
    3) Aumento das exportações de US$ 60 bilhões, em 2002, para US$ 128 bilhões nos últimos 12 meses, crescendo 113%
    4) Maior aumento Real do salário mínimo, de 75% contra uma inflação acumulada de apenas 26%, que tem o maior poder de compra dos últimos 24 anos, segundo o Dieese;
    5) Superávit comercial acumulado de US$ 129 bilhões, contra um déficit comercial de US$ 8,7 Bilhões em 8 anos de governo FHC;
    6) Redução da Dívida Externa de US$ 210 bilhões, em 2002, para US$ 157 bilhões em 2006;
    7) Superávit em transações correntes de US$ 33 bilhões durante o governo Lula, contra um déficit em transações correntes de US$ 186 bilhões durante o governo FHC;
    8) O maior número de ações da Polícia Federal de toda sua história, prendendo mais de 3000 pessoas envolvidas em todo o tipo de crime (corrupção, sonegação de impostos, contrabando, tráfico de armas, etc);
    9) criação do ProUni, permitindo que mais de 240 mil estudantes carentes possam cursar uma Faculdade;
    10) Criação do Bolsa-Família, programa social de transferência de renda fortemente elogiado pelo ONU, FMI e Banco Mundial, entre outros, que o consideram como exemplo a ser seguido por outros países emergentes;
    11) Acúmulo de sucessivos lucros recordes pela Petrobras, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e BNDE
    12) criação do programa de crédito consignado, com taxas redudidas, bem inferiores à do mercado, que permitiu que milhões de pessoas pudessem pagar dívidas do cheque especial, cartão de crédito, que cobram juros muito mais elevados
    13) criação do programa de micro-crédito e de inclusão bancária, beneficiando vários milhões correntistas de baixo poder aquisitivo, que antes não tinham acesso à conta corrente;
    14) Crescimento econômico acumulado de 7,3% em 2004/2005, resultando num aumento de 5% na renda per capita do país em 2 anos.
    15) Redução da Relação Dívida/PIB de 55,5%, em 2002, para 50,3% do PIB em 2008
    16) Aumento da produção industrial em 11% entre 2003/2005;
    17) subida do Brasil no ranking das maiores economias do mundo, da 15a. posição em 2002 para a 11a. posição em 2005, com o PIB subindo de US$ 459 bilhões, em 2002, para US$ 795 bilhões em 2005;
    18) Queda do Risco-País de 1500 pontos, no final de 2002, para apenas 205 pontos em 2006, chegando ao menor nível da História;
    19) Queda da taxa de desemprego de 11,6% em Junho de 2002 para 10,4% em Junho de 2006;
    20) Redução de impostos para bens de capital (máquinas e equipamentos), micros e pequenas empresas (reajustando a tabela do Simples em 100%), para negociação de imóveis, materiais de construção civil, computadores pessoais (hardware e software);
    21) reajuste da tabela do Imposto de Renda em 18% em 4 anos, contra apenas 17,5% em 8 anos de governo FHC;
    22) 6 milhões de pessoas subiram para a classe média, melhorando suas condições de vida;
    23) redução da miséria para o menor patamar desde 1992, caindo de 27,26% do total em 2003 para 25,08% do total em 2004.
    Recorda um pouco que tempo bom!!!!!!!!!

  • Enfermeiro cubano

    AB…..LIN………..vejamos como age a justiça brasileira não a normal, mas sim a comprada, a politizada, a da direita, a contra somente Lula, a que prende sem provas mas por convicções, a das milícias etc…..::::

    Justiça expõe viés persecutório ao dificultar ida de Lula a enterro 3.7k Maria Carolina Trevisan 30/01/2019 17h26 Enterro do irmão do ex-presidente Lula, Vavá – Foto: Ricardo Stuckert Faltavam apenas 12 minutos para o sepultamento de Genivaldo Inácio da Silva, o Vavá, irmão mais velho do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, quando o presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, decidiu garantir o direito de Lula se despedir do irmão que morreu de câncer. O ministro do STF decidiu que o ex-presidente poderia “encontrar-se com familiares em local reservado e preestabelecido para prestar a devida solidariedade aos seus, mesmo após o sepultamento, já que não há objeçã… – Veja mais em https://mariacarolinatrevisan.blogosfera.uol.com.br/2019/01/30/justica-expoe-vies-persecutorio-ao-dificultar-ida-de-lula-a-enterro/?cmpid=copiaecola.
    Perca seu tempo que não é precioso e leia.

  • Enfermeiro cubano

    AB…..LIN……….meu garoto da verdade insolúvel perca cinco minutos de seu precioso tempo ou pare também uns cinco minutos de escrever asneiras e lei o que saiu na Folha de São Paulo e no Estadão qual a relação dos Bolsonaros com Queiroz e as Milícias do Rio de Janeiro.

    *******A conexão entre os Bolsonaros, o laranja Queiroz, as milícias e o assassinato de Marielle:::O senador americano Daniel Patrick Moynihan, morto em 2003, costumava dizer: “Todos têm direito à própria opinião, mas não a seus próprios fatos”. Jair Bolsonaro, presidente recém-empossado, e Flávio Bolsonaro, às voltas para explicar as movimentações financeiras suspeitas entre a equipe de seu gabinete, compartilham de uma opinião: “a esquerda defende bandido”. Mas os fatos são outros. Vastos são os registros de Bolsonaro e de seu filho primogênito defendendo – e até mesmo homenageando – notórios milicianos.
    Hoje, enquanto a polícia investiga a participação de milicianos de Rio das Pedras (favela na Zona Oeste do Rio) na morte da vereadora Marielle Franco, é inquietante olhar em retrospecto as moções de louvor que Flávio Bolsonaro apresentou na Assembleia Legislativa do Rio em nome do ex-policial Adriano Magalhães da Nóbrega e do ex-capitão do Bope Ronald Paulo Alves – ambos alvo, na manhã desta terça-feira (22), da Operação Os Intocáveis , que investiga a compra e venda de terrenos invadidos, agiotagem, extorsão e pagamento de propina na região de Rio das Pedras.
    Em 2003, Flávio homenageou Adriano – hoje chefe da milícia de Rio das Pedras – por sua “dedicação, brilhantismo e galhardia” . Adriano seria preso, anos depois, pela Operação Tempestade no Deserto, acusado de ser o chefe da segurança da líder de uma quadrilha de caça-níqueis. Já Ronald Paulo Alves Pereira, homenageado por Flávio em 2004, já tinha sido apontado, dois meses antes, como o autor de uma chacina de Via Show, em São João de Meriti, na Baixada Fluminense, que deixou cinco jovens mortos na saída de uma festa.
    As moções, hoje, ganham novo significado porque se conectam com duas grandes perguntas sem resposta no país: o caso Fabrício Queiroz, ex-motorista de Flávio Bolsonaro que nunca foi ao Ministério Público explicar as movimentações atípicas em sua conta, e a morte da vereadora Marielle Franco, em 14 de março do ano passado.
    A ligação de um dos milicianos com Flávio Bolsonaro está registrada na folha de pagamento da Alerj. A mãe e a esposa de Adriano Magalhães da Nóbrega eram contratadas até novembro passado pelo gabinete dele com salário de R$ 6.490,35. No relatório da Coaf sobre as movimentações suspeitas de Fabrício Queiroz, ex-motorista de Flávio Bolsonaro, há um depósito no valor de R$ 4,6 mil feito por Raimunda, a mãe de Adriano. Seja qual for o esquema de Queiroz, Raimunda participou.
    Quando o Ministério Público convocou Queiroz a depor sobre o caso, ele sumiu. Segundo noticiou na segunda-feira (21) o colunista Lauro Jardim, Fabrício Queiroz estava escondido em… Rio das Pedras .
    Os milicianos de Rio das Pedras homenageados por Flávio Bolsonaro também se conectam de duas formas possíveis com o caso Marielle. Rio das Pedras é reduto eleitoral do vereador Marcello Siciliano, que já foi acusado por uma testemunha de ter sido o mandante da morte de Marielle Franco, o que ele nega .
    Há, porém, duas perguntas sem resposta no assassinato de Marielle: quem a matou e quem a mandou matar. À polícia, o ex-PM Orlando Curicica, preso em Mossoró por envolvimento com a milícia, já disse em depoimento que os contratados para executar Marielle fazem parte do Escritório do Crime, grupo de ex-policiais que atuam como matadores de aluguéis.
    Quem são investigados de participação no Escritório do Crime ? Ronald e Adriano.
    Pode-se provar que Flávio Bolsonaro não sabia das atividades ilícitas de seus homenageados. Mas são fartos os registros em que ele e seu pai, o presidente, defendem a atuação de milicianos, sabidos criminosos.
    Em 2008, por exemplo, durante a sessão em que foi aprovada a criação da CPI das Milícia na Assembleia Legislativa do Rio – proposta e presidida pelo então deputado estadual Marcelo Freixo (Psol) –, Flávio Bolsonaro sugeriu que as milícias beneficiavam a população: “Sempre que ouço relatos de pessoas que residem nessas comunidades, supostamente dominadas por milicianos, não raro é constatada a felicidade dessas pessoas que antes tinham que se submeter à escravidão, a uma imposição hedionda por parte dos traficantes e que agora pelo menos dispõem dessa garantia, desse direito constitucional, que é a segurança pública”.
    Cinco meses depois, quando Freixo foi à Câmara dos Deputados, em Brasília, fazer uma entrega simbólica do relatório da CPI das Milícias do Rio, Jair Bolsonaro, então deputado pelo PP, queixou-se em plenário: “ Nenhum Deputado Estadual faz campanha para buscar, realmente, diminuir o poder de fogo dos traficantes, diminuir a venda de drogas no nosso Estado. Não. Querem atacar o miliciano, que passou a ser o símbolo da maldade e pior do que os traficantes. ”
    Enteu meu caro? Se não entendeu paciência.

  • Enfermeiro cubano

    AB……LIN…….para finalizar de uma vez por todas quero lhe deixar mais um ensinamento, apesar que durante 4 anos, também tentei mas o sabichão não entendeu nada: “””Só duas classes comemoram a vitória da direita burra: os ricos que não é seu caso e os idiotas.”””

  • Jalesense

    VAMOS ESTUDAR POLÍTICA?
    .
    A PREOCUPAÇÃO PRINCIPAL DA ESQUERDA – DESDE QUE O TERMO SURGIU COM JACOBINOS E GIRONDINOS – É A SUPERAÇÃO DOS PROBLEMAS SOCIAIS.
    DE LÁ PARA CÁ TORNOU-SE UMA QUASE CERTEZA A IDÉIA DE QUE O SOCIALISMO NÃO DEU CERTO EM NENHUM LUGAR.
    MAS VAMOS OLHAR O CONTEXTO EM QUE ELE FOI TENTADO.
    NENHUM PAÍS RICO, ALGUMA VEZ, UTILIZOU-SE DO SISTEMA. ELE SEMPRE FOI EXPERIMENTADO EM PAÍSES POBRES, REPLETOS DE MISÉRIA, ESCASSEZ, MÁ DISTRIBUIÇÃO DE RENDA, ETC.
    ALÉM DAS DIFICULDADES INTERNAS ENFRENTADAS, O PROBLEMA MAIOR, PORÉM. SEMPRE FOI A INTERFERÊNCIA DE PAÍSES IMPERIALISTAS, ÁVIDOS POR SABOTAR AS EXPERIÊNCIAS ESQUERDISTAS.
    O MUNDO NÃO PODERIA ASSISTIR AO SUCESSO DE OUTRO SISTEMA ECONÔMICO A NÃO SER O CAPITALISMO..
    ENTÃO, COMO VEMOS HOJE COM CHINA, CORÉIA DO NORTE, IRÃ E CUBA, A ARMA USADA CONTRA O SOCIALISMO É O BOICOTE ECONÔMICO E O ISOLACIONISMO.
    PARA UM PAÍS SAIR DE SUAS GIGANTESCAS DIFICULDADES, E AINDA SER IMPEDIDO DE GERAR RIQUEZAS, É CLARO QUE O FRACASSO É NATURAL, NÃO POR VÍCIOS DO SISTEMA, MAS PELA SABOTAGEM CAPITALISTA.
    .

  • jalesense

    Texto de procurador sobre velório do irmão de Lula conquista as redes Procurador comenta decisão que impediu o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de enterrar o próprio irmão.

    *******O texto abaixo foi publicado pelo procurador aposentado Roberto Tardelli e viralizou nas redes sociais.

    Acabo de ver que Lula, preso em Curitiba, foi impedido de comparecer ao velório de seu irmão, Vavá.
    O art. 120, da Lei de Execuções Penais é claro:
    “Os condenados que cumprem pena em regime fechado ou semi-aberto e os presos provisórios poderão obter permissão para sair do estabelecimento, mediante escolta, quando ocorrer um dos seguintes fatos:

    I – falecimento ou doença grave do cônjuge, companheira, ascendente, descendente ou irmão;

    II – necessidade de tratamento médico (parágrafo único do artigo 14).

    Parágrafo único. A permissão de saída será concedida pelo diretor do estabelecimento onde se encontra o preso.”
    Não há qualquer dúvida quanto ao direito de Lula, negado pela Polícia Federal, sob o argumento de que não conta com estrutura de transporte e escolta, temendo uma comoção pública com seu comparecimento ao velório do irmão.
    Pois bem. Desde que o samba é samba, dificuldades materiais não podem impedir o direito do preso, de dar seu último adeus a um ente querido. Se a Polícia Federal não possui condições, então que permitisse que ele fosse por conta própria, coisa que já vi acontecer.
    Amigos ou familiares do presidente que custeassem as despesas de viagem, com compromisso de retorno, assim que se encerrassem as cerimônias fúnebres, fosse de ônibus, fosse de voo de carreira, fosse de automóvel.
    Tudo o que não se poderia fazer — e se fez — seria impedir o exercício de um direito explícito na lei, de natureza evidentemente humanitária. Lula é conhecido o bastante para não ter onde esconder-se. Estaria entre amigos e parentes. Só uma mente perturbada poderia imaginar que aquelas pessoas fossem iniciar uma revolução.
    A negativa, a par de abusiva, é sobremaneira cruel e reflete uma polícia que parece se comprazer com o sofrimento atroz que impôs a seu preso mais ilustre. Foi uma demonstração de um poder tirânico, que se coloca acima da lei, que despreza a lei por razões burocráticas, tão vazias quanto impiedosas.
    Se Lula não for ao velório, se nada acontecer diante dessa absurda negativa, referendada pelo Ministério Público Federal, em um parecer desses que entrarão para a História, no que ele possui de delirante, então, a conclusão única a se permitir: vivemos em um estado de exceção, em que direitos elementares são ignorados em nome de razões oficiais carimbalistas.
    Prantear nossos mortos é um direito elementar. Chorar nossos mortos, despedir-nos de nossos mortos está acimados burocratas medíocres. Lula vive uma intensa experiência de tentativa de enlouquecimento. Com mais de setenta anos, com as limitações físicas da idade, ele é tratado como um preso de alta periculosidade.
    Que ninguém mais duvide: Lula é preso político. Jean Wyllys é exilado politico, Marielle foi vítima de um assassinato político.
    Impedi-lo de despedir-se do irmão configura tratamento indigno, desumano e opressor. Em palavras mais cruas, Lula sofre tortura psicológica, imposta pela Polícia Federal, sob proteção do Ministério Público, com o beneplácito do Judiciário.
    Onde esta a Direita fascista ordinária? Ou seja o Poder Executivo? o Poder Legislativo? e o pior e mais corrupto de todos o Poder Judiciário?

  • Enfermeiro cubano

    AB…..LIN………vamos analisa matéria do Globo:——lobo: Justiça vai amanhã “melar a festa de Flávio Bolsonaro”

    Um dos principais jornalistas do jornal O Globo, Bernardo Mello Franco informa que o ministro Marco Aurélio Mello vai determinar que continuem as investigações envolvendo Flávio Bolsonaro por suspeitas em suas contas bancárias.
    Título da coluna: “Marco Aurélio vai melar a festa de Flávio Bolsonaro”
    Essa é hoje uma das principais fontes de desgaste do governo Bolsonaro. Flávio foi aconselhado a renunciar para ajudar o pai, mas recusou.
    O filho de Bolsonaro ainda tem de responder sua sua proximidade com as milícias, suspeitas de terem matado Marielle Franco.
    O ministro Marco Aurélio Mello deve cassar a liminar do colega Luiz Fux que blindou o senador. “A decisão sai na sexta-feira. As investigações estão paradas, não podem continuar assim”, disse à coluna.
    Depois do dia 1º, a situação de Flávio tende a se complicar. Sem a proteção do foro privilegiado, seu caso deverá ser devolvido à primeira instância. Os promotores vão receber novas informações do Coaf. Se quiserem, também poderão avançar na apuração sobre os elos da família presidencial com as milícias.
    A revista Veja desta semana complicou a vida do senador, ao divulgar novo trecho do relatório Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf)
    O relatório analisa movimentações financeiras de entre 1º de agosto de 2017 e 31 de janeiro de 2018.
    Nesse período, ele movimentou uma quantia de R$ 613 mil, que seria incompatível com a renda do senador.
    O documento também mostra que a maior parte dos créditos na conta de Flávio Bolsonaro, no período analisado, veio da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro.
    Veja relata que o Coaf encontrou novos indícios suspeitos na conta de Fabrício Queiroz.
    Entre 20 de dezembro de 2016 e junho de 2018, o ex-motorista sacou R$ 190 mil em 38 operações bancárias.
    Novamente, a movimentação ocorreu em valores fracionados.
    Assim governa Bolsomerda líder da milícia carioca.

  • Enfermeiro cubano

    ABR…..INC………eagora como fica senhor da direita fascista. Acabou a mamata::

    Marco Aurélio nega recurso de Flávio e libera investigação.
    Ministro do STF já havia sinalizado que arquivaria pedido da defesa do senador em apuração do caso Coaf
    Ricardo Brito.
    O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), arquivou nesta sexta-feira (1º) pedido da defesa do senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) e liberou o Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) a prosseguir com investigações criminais que envolvem o filho do presidente Jair Bolsonaro por supostas movimentações financeiras atípicas.
    Investigação sobre Queiroz apura lavagem de dinheiro.
    ****Marco Aurélio sobre Flávio Bolsonaro: ‘Lei vale para todos’.

    ****No dia 17 de janeiro, o presidente interno da corte, Luiz Fux, tinha determinado a suspensão da apuração do MPRJ referente a um ex-assessor de Flávio Bolsonaro, tendo como principal justificativa o fato de que o Ministério Público do Rio de Janeiro teria pedido informações ao Coaf de dados bancários sigilosos sobre o filho do presidente Jair Bolsonaro mesmo após ele ter sido eleito senador.
    Marco Aurélio, relator original do caso, entendeu que Flávio não tem foro privilegiado para o caso.
    “Neste processo, a leitura da inicial revela que o reclamante desempenhava, à época dos fatos narrados, o cargo de deputado estadual na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, tendo sido diplomado Senador da República no último dia 18 de dezembro. A situação jurídica não se enquadra na Constituição Federal em termos de competência do Supremo”, disse Marco Aurélio na decisão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *