DESTAQUES DOS JORNAIS

Estas foram as manchetes dos jornais locais, neste final de semana:

Folha Noroeste: “Em Aspásia, vereadores querem saber o destino de R$ 50 mil”

Folha Regional: “Jales se prepara para sediar os Jogos Regionais 2011”

Jornal de Jales: “Ladrões levam R$ 15 mil da Fuga Couros. Há suspeita de envolvimento de ex-funcionários”

A Tribuna: “Parini vai propor doação do campo da Fepasa”

A Folha Noroeste destacou o pedido de informações dos vereadores de Aspásia, que querem saber do prefeito Lia do Bar, onde foram aplicados cerca de R$ 50 mil vindos do Ministério do Desenvolvimento Social. O jornal também noticiou que os conselheiros tutelares de Aspásia estão pedindo equiparação de salário. Destaque também para a Audiência Pública realizada na Câmara de Jales para discussão do projeto de lei complementar 20/2010, que cria empregos públicos. Na coluna FolhaGeral, o editor fala da expectativa quanto à decisão do ministro Joaquim Barbosa, relator do “Caso Facip 97”, onde o prefeito Humberto Parini e mais quatro pessoas são réus.

Na Folha Regional, o principal destaque foi a entrevista do secretário municipal de Esportes e Cultura, Irineu de Carvalho, sobre os preparativos que sua pasta está providenciando para sediar os Jogos Regionas de 2011. Outra manchete diz que a Prefeitura de Jales vai realizar o Carnalegria 2011, no Clube do Ipê. Na página 3A, um registro dos principais momentos da viagem que o provedor da Santa Casa, José Devanir Rodrigues, o Garça, fez à São Paulo, em busca de recursos para o hospital.

No Jornal de Jales, além do assalto à Fuga Couros, que teria rendido R$ 15 mil aos bandidos, os outros destaques foram a aposentadoria do juiz Pedro Manoel Callado Moraes; o aniversário da nossa primeira-dama, Rosângela Parini, que comemorou a data rodeada de amigos; e o 2. Encontro de Mulheres, programado para a próxima quinta-feira, em comemoração ao Dia Internacional da Mulher. Na coluna Contexto, o jornalista Deonel Rosa Júnior relata que os deputados Rodrigo Garcia(DEM) e Edinho Araújo(PMDB) já começaram a mostrar serviço na Câmara Federal. Na coluna Fique Sabendo, destaque para a escolha do ex-vereador Carlos Roberto Cardoso da Silva para a presidência do PSDB local.

Na manchete principal, A Tribuna destaca a intenção do prefeito Parini, que pretende enviar projeto à Câmara para doação ou cessão do campo da Fepasa. O terreno seria utilizado para construção de prédios para os vários órgãos federais sediados em Jales. Sobre a CEI da Falsidade Ideológica, a Tribuna deu em manchete que “Funcionário diz que foi Prefeito quem determinou expedição de Certidão”. Na página A6, o repórter Alexandre Ribeiro assina matéria sobre os dados oficiais que desmentem os “critérios rigorosos” de um Instituto que premiou o prefeito Humberto Parini por ele, segundo o tal Instituto, administrar um dos cinco municípios que mais crescem no país. Na coluna Enfoque, o jornalista Paulo Reis Aruca analisa as possibilidades aventadas pela aposentadoria do doutor Pedro Callado.

11 comentários

  • marditolinofranja

    Tem-se por declínio, declive, derrocada.

    Após anos e anos de reinado, de mandato, de ordens terríveis aos subalternos, o destino apontou para o carrasco o ponto final de sua jornada.

    Depois da imposição o medo, da sensação de insegurança, o tempo fez com que o alcaide tivesse sua base enfraquecida, repartida.

    Seus aliados já não correspondem, ao contrário, aos poucos estes vão dando as costas e a dura face da solidão. Eles já estão usando saídas de fininho.

    Afinal, quanto mais alto se vai, maior é o tombo?

    E a popularidade que antes lhe assegurou o acesso e a permanência no poder, hoje grita, clama, suplica por sua saída .

    E nesta reta final de governo, neste último suspiro de poder que lhe resta, a tática é a mesma: promessas de retaliações, perseguições, ilações.

    É típico dos autoritários tal situação: se não é dos meus, não é normal, usa drogas ou é bandido!

    As ações típicas do Estado Democrático de Direito se esvaíram, restando tão somente o desespero.
    E o povo saiu às ruas, lutando por saídas, por renovação, por transparência. Lutaram pelo fim de perseguições, de retaliações, de imposições.

    E aos poucos os governantes estão caindo.

    Assim está sendo com os ditadores do nordeste e noroeste africano, que o digam Kadafi e Mubarak.

    E em sendo assim, alerto.

    Muita cautela por parte dos políticos do noroeste paulista, vai que a revolta da internet também pega por aqui.

  • Lembrando meu caro blogueiro, que a aniversário da primeira dama foi matéria de página inteira no jornal.Só não vi o último samurai?

  • Renato César Pereira

    Página interia para first lady? Isto é que é falta de assunto. Depois: surto de sarampo em Palmeira D”Oeste, Santa Casa opera fimose a baixa pressão e temperatura, canavial de Fernandóplis com canas de mais de 20 gomos, caramujo afriano faz sucesso em Santa Fé. E a tiram é pífia. Parece a torcida da Portuguesa, que tem é testemunha.

  • Renato César Pereira

    A “tiragem” do jornal é pífia, não escrevi acima…

  • E, por falar em first lady, hoje, recebi mais uma vez a visita do amigo Martini. Coincidência ou não , estava assistindo um programa sobre os famosos do cinema que deixaram suas marcas na calçada da fama de hollywood, as mãos para ser mais explicativo. Da mesma forma que os grandes jogadores deixam as marcas dos pés, como no caso o gênio Pelé que deixou suas marcas no museu do Maracanã. Tambem os jogadores de basket deixam as mãos no wall da fama. Lula por exemplo deixou as marcas das mãos banhadas de petróleo na placa do pré-sal. E por ai vamos na vida. A única dúvida que ficou em minha conversa com o Martini:- qual seria a marca que Parini deixaria na calçada da fama de Jales. Se o blogueiro deixar, estão abertas as sugestões!

  • cardoso

    Preclaro oráculo. Não faço a menor idéia sobre a marca que o nosso prefeito poderia deixar na calçada da fama. Sei apenas que a calçada dele tá ficando famosa. De tão ruim.

  • Renato César Pereira

    Teste da farinha no banco da praça também não vale.

  • Chico Espora

    A marca de Parini ja esta na calçada de Jales… A começar pela cor vermelha e pelos buracos que ja aparecem na calçada, é evidende que sua marca seja “Buraco”.
    Buraco nas ruas;
    Buraco no Telhado do ginásio poliesportivo – vide jogos regionais;
    Buraco na merenda escolar
    Buraco na licitação – vide falsidade ideológica;
    Buraco no secretariado – um mais incopetente que o outro;
    Buraco na FACIP – vide terceirização;
    Buraco no Carnaval
    Buraco nos enfeites de final de ano – vide a decoração natalina;
    Buraco que durará 8 anos.

    Em tempo:
    Buraco apresenta ordinariamente o significado de abertura, depressão, intervalo, lacuna ou orifício, artificial ou natural, subatômico, orgânico, geológico, planetário, cósmico-estelar, concreto ou mesmo abstrato, conjeturado-hipotético ou comprovado.
    Fonte: Wikipédia, a enciclopédia livre.

  • douglas zilio

    Cardoso a entrevista que fiz foi com Ilson Colombo e não com Irineu de Carvalho…
    Abraço

  • A voz do povo

    Tinha que ser com o Colombo mesmo, pois o Secretário Irineu não sabe de onde veio para onde vai nem onde está….NÃO FAZ NADA!!! Apenas recebe salários!!!
    Nesta Secretaria ridicula o único que trabalha e é merecedor do respectivo salário é o Colombo…. e ai perguntam e os funcionários que ali estão???
    Bem … um é quase analfabeto apesar de ja ter sido até vereador….. não faz nada.
    Outro usa do cargo para vender propaganda para um certa rádio que trabalha e faz umas “médiazinhas” por fora.
    O mais intrigante é o fato de funcionário público lotado nesta Secretaria mas trabalha para jales Clube, faculdade, Time de Futebol de outra cidade, Academia de Ginástica e por ai vai……
    Esta SMECT é uma bagunça só… e o prefeito não toma atitude os vereadores nunca veêm irregularidades eo sindicado funiconários públicos ainda protege estes funcionários que não trabalham….
    Eita Administração pública de Jales!!!! Uma verdadeira ZONA!!!

  • Jaime Oliveira

    alias o colombo tambem é onipresente….entende nada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *