NOTAS FRIAS LEVAM PREFEITOS PARA CADEIA

Sete prefeitos e dois ex-prefeitos do interior do Piauí, foram presos ontem pela Polícia Federal, durante a operação “Geleira”, que levou 30 pessoas prá cadeia. Eles estão sendo acusados do desvio de cerca de R$ 20 milhões de recursos destinados à compra de medicamentos, merenda e material escolar. Os prefeitos teriam utilizado notas frias para simular compras de produtos. As investigações da Polícia Federal duraram dois anos e foram realizadas em conjunto com a Controladoria Geral da União(CGU) e com o Ministério Público Federal. Os municípios que tiveram seus prefeitos presos estão entre os que têm a renda per capita mais baixa do Piauí, segundo o IBGE. A única exceção é o município de Uruçuí, uma cidade que se beneficia da plantação de soja. Em Uruçuí, foram presos o ex-prefeito Francisco Donato(PMDB) e o atual prefeito, Valdir Soares(PT).

Por falar em notas suspeitas, a Prefeitura de Jales – onde o secretário Rubens Chaparim é muito rigoroso com os comerciantes locais no preenchimento e emissão de notas fiscais – aceitou a prestação de contas de uma empresa que executou serviços na Facip 2009, onde foi juntada, entre outras coisas, uma nota fiscal, no valor de R$ 20 mil, cujo talonário era de 2002. Segundo informações, o Ministério Público teria apurado que a empresa emitente da nota estaria inativa há muito tempo. Resta saber agora quais providências estão sendo tomadas.

2 comentários

  • Cidinha Marques

    Seria um excelente motivo para iniciar uma CEI, não é?
    Cadê a Câmara?

  • cardoso

    A Câmara, Cidinha, bem que tentou abrir uma CPI sobre o Caso Facip 2009, mas não conseguiu as 4 assinaturas necessárias. De qualquer maneira, o caso está sendo investigado pelo Ministério Público. Que não tem pressa, até porque uma boa investigação não pode ser feita às pressas. Como você deve estar acompanhando, essas verbas distribuídas pelo Ministério do Turismo para festas de peão e outras coisas, já estão sendo alvo de suspeitas e investigações em nível de Brasil. Vamos torcer prá que se chegue a algum resultado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *