Estou encerrando a enquete que tínhamos aí do lado, onde se perguntava quem seria, afinal, na opinião dos poucos e prezados leitores, o próximo aliado da prefeita Nice a abandonar o barco.

Votaram 523 pessoas, das quais 261 (50%) apostaram em Pedro Callado. E erraram! Apesar de, segundo dizem, ter sido lançado ao mar pela prefeita, o vice-prefeito continua agarrado ao barco.

Os 134 leitores (26%) que apostaram em Morió Suzuki acertaram. Como se sabe, ele pediu exoneração do cargo de secretário da Fazenda e já foi substituído pela nora da prefeita, a polivalente Angélica Boletta.

A próxima defecção deverá ser de Lúcia Callado, que já está se preparando para abandonar a alegre caravana da Ungida. Mas há também quem aposte no secretário de Obras, Oswaldo Polízio Júnior, o Vadinho, como próxima baixa. Aguardemos.

Enquanto isso, vamos a uma nova enquete. Dados do Ipea indicam que, no Brasil, cerca de 40.000 menores infratores estão cumprindo alguma medida socioeducativa, sendo que 50% deles são do estado de São Paulo. Destes, 41,2% cumprem alguma medida por roubo e 14,7% por homicídio. 

Por outro lado, no mapa mundi da maioridade penal, o Brasil, a Colômbia e o Peru são alguns dos países onde ela começa aos 18. Na Europa, a maioridade começa aos 15 (Dinamarca e Suécia), aos 14 (Alemanha, Itália e Rússia), aos 13 (França e Polônia), aos 10 (Inglaterra e Ucrânia) e aos 08 (Escócia).

Na Ásia, ela começa aos 14 (China, Vietnã e Japão), aos 12 (Coréia do Sul), aos 07 (Índia, Tailândia e Paquistão). E por aí afora… Que tal sabermos, então, o que pensam os leitores do blog sobre a maioridade penal? 18, 16 ou 14 anos? Dê a sua opinião aí do lado.