NOVA ENQUETE: A MAIORIDADE PENAL DEVE SER REDUZIDA?

Estou encerrando a enquete que tínhamos aí do lado, onde se perguntava quem seria, afinal, na opinião dos poucos e prezados leitores, o próximo aliado da prefeita Nice a abandonar o barco.

Votaram 523 pessoas, das quais 261 (50%) apostaram em Pedro Callado. E erraram! Apesar de, segundo dizem, ter sido lançado ao mar pela prefeita, o vice-prefeito continua agarrado ao barco.

Os 134 leitores (26%) que apostaram em Morió Suzuki acertaram. Como se sabe, ele pediu exoneração do cargo de secretário da Fazenda e já foi substituído pela nora da prefeita, a polivalente Angélica Boletta.

A próxima defecção deverá ser de Lúcia Callado, que já está se preparando para abandonar a alegre caravana da Ungida. Mas há também quem aposte no secretário de Obras, Oswaldo Polízio Júnior, o Vadinho, como próxima baixa. Aguardemos.

Enquanto isso, vamos a uma nova enquete. Dados do Ipea indicam que, no Brasil, cerca de 40.000 menores infratores estão cumprindo alguma medida socioeducativa, sendo que 50% deles são do estado de São Paulo. Destes, 41,2% cumprem alguma medida por roubo e 14,7% por homicídio. 

Por outro lado, no mapa mundi da maioridade penal, o Brasil, a Colômbia e o Peru são alguns dos países onde ela começa aos 18. Na Europa, a maioridade começa aos 15 (Dinamarca e Suécia), aos 14 (Alemanha, Itália e Rússia), aos 13 (França e Polônia), aos 10 (Inglaterra e Ucrânia) e aos 08 (Escócia).

Na Ásia, ela começa aos 14 (China, Vietnã e Japão), aos 12 (Coréia do Sul), aos 07 (Índia, Tailândia e Paquistão). E por aí afora… Que tal sabermos, então, o que pensam os leitores do blog sobre a maioridade penal? 18, 16 ou 14 anos? Dê a sua opinião aí do lado.  

17 comentários

  • SILAS MAL AMADO

    Sou a favor da redução penal,mas o culpado de haver tantos jovens perdidos no crime , prostituição e drogas ;é o nosso sistema sócio/econômico que no passar dos anos virou-se as costas para os menos favorecidos ,onde a educação,saneamento básico etc… ficou restrita para poucos.

  • Belo

    O Cardosinho você tem informação sobre um processo seletivo da PM de jales e para quais cargos?

  • Welton

    Olha eu acho que redução penal tem que ser para 12 anos mais tambem leis mais severas .

  • Dr.

    A redução da idade para a maioridade penal não resolve. O que resolve é deixar os jovens trabalharem, bem como dar condições para que os pais possam trabalhar e sustentar suas famílias, dando emprego e dignidade. Parar com este paternalismo “bolsas”. Como dizia o Dr. Massaru Kitayama: “Ensine a pescar, não dê o peixe”.

  • .............

    o problema é o ECA q esta criando uma geração de desocupados, impedidos de trabalhar p comprar o q querem eles roubam e matam pq sabe q ñ tem punição.

  • Fabiana

    Concordo com o comentário do “Dr”.
    Do jeito que a bandidagem está nesse país, se for reduzida para 10, colocarão crianças de 7 anos para cometer delitos! Isso sem falar desse programa “bolsa-família”, que incentiva muitos à vagabundagem mesmo.
    Meu marido teve que começar a trabalhar aos 9 anos de idade. Perdeu o pai quando não tinha nem dois aninhos, e minha sogra sofreu demais para criar os 7 filhos. Quando ele conta que uma certa vez minha sogra retirou bananas de uma lavagem para dar aos filhos, ele ainda se emociona, mas tem orgulho em dizer que o trabalho nunca o prejudicou. Empregar um menor parece soar “exploração”, “trabalho escravo”, sei lá o nome que dão, mas se for feita uma pesquisa para medir o “valor” de uma pessoa que começou a trabalhar jovem, a maioria certamente será hoje um cidadão de bem. Quanto às “bolsas”, (com raras exceções) não passam de meio de vida prá muita gente. Tenho conhecimento de pessoas que a recebem e pagam prestações de moto. Isso está certo? É de dar revolta na gente.

    • ZOIO TORTO

      NÃO CONCORDO COM OS COMENTÁRIOS QUE SE REFEREM AO BOLSA FAMÍLIA COMO O GRANDE ,OU SIMPLESMENTE O VILÃO DA DESGRAÇA QUE OCORRE EM NOSSOS DIAS , ESTIMULANDO A VAGABUNDAGEM.ACHO QUE O BOLSA FAMÍLIA FOI UM MAL NECESSÁRIO,ONDE TROUXE UM POUCO DE DIGNIDADE AS FAMÍLIAS QUE ANTES COMIAM LAVAGEM(COMO DIZ A FABIANA) ,MAS SIM UMA ALIMENTAÇÃO DIGNA.FOI UMA DISTRIBUIÇÃO DE RENDA,QUE NÃO CONCORDO MAS NECESSÁRIA.
      OS PROBLEMAS DE HOJE NADA MAIS É QUE UM REFLEXO DE UMA POLÍTICA ERRÔNEA FEITA PELOS POLÍTICOS DO PASSADO , ONDE HOUVE UMA EXCLUSÃO DOS MAIS NECESSITADOS , E ESTÁ AÍ O PREÇO QUE PAGAMOS.
      ESTES MESMOS POLÍTICOS DO PASSADO,HOJE ESTÃO BEM PROTEGIDOS EM CONDOMÍNIOS FECHADOS COM TODOS APARATOS EM SEGURANÇA ,OU EM SEUS CARROS BLINDADOS.

  • jjnatalin

    parabéns ao DR. e Fabiana. bolsas tipo PT possuem
    cunho eleitoral e estão provocando uma perda de valores
    da sociedade brasileira. Para que se esforçar para estu
    dar e trabalhar, se se pode viver bem sem trabalho e
    sem estudo graças às bolsas de inúmeras origens. o LUla
    é um exemplo disto- nunca estudou e nunca trabalhou e
    possui um patrimônio de US 2 bilhões. E ainda se aposentou
    com 45 anos de idade, por invalidez. Pode ?

  • Olivia Silveira

    Num país onde nem os maiores cumprem pena , porque penalizar as crianças ? Se a lei fosse cumprida igualmente para todos os maiores, não haveria tantas crianças envolvidas em crimes. Prendam primeiro os políticos corruptos, os traficantes, os exploradores sexuais de crianças, os manipuladores do crime . Pronto, resolvido todos os problemas! Um país que pune suas crianças, que tem mais cadeias do que escolas, não vai afundar ele já afundou!!! Triste demais!!! País infeliz!!!!

  • Felpudo

    Vamos encher a cadeia de crianças e o problema da vilolencia será definitivamente resolvido…

  • Urtigão

    Será que o DR, a Fabiana e o JJNatalin estão querendo mandar pra cadeia quem recebe o bolsa familia ?

  • informado!

    PORQUE O GOVERNO NÃO FAZ UM PLEBICITO PARA SABER A OPINIÃO DO POVO ???????????????????????

  • Urtigão

    Plebiscito? Manipulado pela televisão (Datena e outras porcarias)o povo vai pedir pena de morte para criança infratora.

  • Gabriel

    A Maioridade dos jovens no século XXI

    A maioridade dos jovens é uma questão que envolve todos os cidadãos brasileiros, porém os estados terão que investir na educação, o povo mudar seus pensamentos para as estatísticas diminuírem.
    A redução da maioridade não terá fundamentos se os jovens não tiverem uma base estruturada educativa para aliciar na educação desses jovens no comprimento do dever e da cidadania.
    Esta ideia terá que por votação não só nos órgãos competentes, mas também, pelo povo: a população brasileira que norteará sua ideia perante o assunto proposto pela comissão.
    O Brasil, Colômbia e Peru são países que a maioridade começa aos 18 anos, citando exemplos: que na Europa alguns países começam aos 08 nos (Escócia) aos 15 anos (Suécia), na Ásia. Enquanto isso as estatísticas da população brasileira cerca de 40.000 são menores infratores que cumpre medida sócio-educativa, 41% de roubo ou furto e 15% por homicídio.
    Desta maneira, observamos que o problema na redução da maioridade acarreta propostas a serem analisadas pelos Poderes do País, envolvendo uma serie de variáveis de que os jovens assumam suas responsabilidade e deveres de cidadão.

  • Eu sou a fovor da baixa pena, porque tem muitas jovens hoje em dia comentendo muitos assasinato , roubo , matando e o Brasil não vêr isso. eu acho que quando uma pessoa sabe o que é certo ou errado, sabe muito bem cumprir os seus atos. o Brasil já era pra ter feito isso a tempo. por isso que o Brasil estar uma merda. hoje tenho 17 anos ,graças a Deus sei o bom e o de melhor pra minha vida. ” certo ou errado” entam pra que isso continua 18 anos de idade . vamos mudar , com ajuda do povo. vota mesmo pessoal .rs abraços

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado