SITE COBRA PARCELAS A MAIS DE PASSAGEM AÉREA, AFIRMA MÉDICO JALESENSE

E quem foi que disse que o nome de Jales não aparece nos grandes jornais. A notícia está na Folha.com, de hoje:

O médico Márcio Okajima, de Jales (a 585 km de SP), conta que comprou uma passagem aérea no site Decolar.com no dia 22 de março. O valor, de R$ 453, seria dividido no cartão de crédito: uma parcela de R$ 171, mais três de R$ 94.

Ele se queixa, no entanto, de que recebeu duas cobranças indevidas. “Uma com quatro parcelas de R$ 169,19 e outra com quatro de R$ 113,18, totalizando R$ 1.129,48!”, diz.

Para tentar resolver o problema, o médico relata que enviou por e-mail, no dia 1º de abril, uma cópia da fatura do cartão, conforme solicitado pela empresa. “Aguardo resposta do site até hoje”, afirma.

RESPOSTA

A Decolar.com afirma que informou ao cliente o prazo para devolver o valor cobrado indevidamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *