TESTE DE HONESTIDADE: SORVETERIA DEIXA CLIENTES PAGAREM SOZINHOS E SOFRE PREJUÍZO

csm_Sorvete-Irandy-Ribas_e54da19726

A notícia é do jornal A Tribuna, de Santos:

Em meio a tantas reclamações de corrupção na política, quase um quinto do público submetido a um simples exercício de honestidade, em Santos, cedeu à tentação e não foi correto. O resultado está exposto na Alpi Gelateria, localizada na Rua Pedro Américo, 137, no Campo Grande, em Santos, que há 15 dias colocou sorvetes fora da loja, convidando os consumidores a deixar o pagamento na urna e se servirem. No total, 16% dos pagamentos foram “esquecidos”, segundo a contagem da loja.

O cenário era simples. Em vez de a pessoa entrar, se dirigir a um funcionário e pagar pelo produto, ela se dirigia a um freezer, onde acima dele há um banner com os seguintes dizeres: “A Alpi acredita em um País sem corrução. Pegue seu sorvete e deposite o pagamento no caixa ao lado”. Mesmo quem pegasse o sorvete e saísse sem pagar, não seria abordado pelos funcionários.

A gerente da loja, Sandra França, explica que hoje será colocada outra placa na frente do estabelecimento, com o resultado da contagem, além de publicação no Facebook. E a ação continuará.

“Até achei que ia ser maior a quantidade (de não pagantes), mas fiquei satisfeita com o resultado. Acredito que esse número (os 16%) deve diminuir. Na verdade, foi mais por parte de molecada que sai do colégio e pega o sorvete”, explicou ela. 

Na Universidade Tecnológica Federal de Cornélio Procópio, no Paraná, de onde a ideia foi copiada, a taxa de calote foi de 2%, mesmo com o dobro de tempo de exposição. Lá, foram 2.400 sorvetes em um mês. 

Darrell Champlin, antropólogo e professor universitário, achou os 16% santistas uma taxa altíssima, apesar de a ação não poder ser considerada um estudo e, portanto, não mostrar a realidade como um todo, cientificamente. 

“Isso mostra que praticamente um quinto da população que efetivamente participou da provocação, está pouco ligando para a corrupção”, diz Champlin.

Para ele, a divulgação dos resultados deve gerar impacto positivo para as próximas semanas. “O povo tende a ter o que chamamos de instinto de manada, que é seguir o exemplo. Ou seja, se todo mundo estivesse roubando o sorvete, mais gente ia roubar. Mas como 84% ainda é a maioria, será melhor seguir o que faz quatro, de cada cinco pessoas”, aposta.

3 comentários

  • anonimo

    Esses 16% a gente até imagina quem foi, a turma do lava jato deve ter passado por esta sorveteria,

  • Luiz Antonio

    PT, PMDB,PP como relata as pessoas presas que fizeram delação premiada na operação lava jato passaram nessa sorveteria para dar uma refrescada, achando que essa sorveteria era da petrobras, belo monte, etc. Com certeza vão dizer também que é um golpe da sorveteria…

  • CUCA BELLUDIN

    deveriam fazer la no congresso nacional essa prova.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *