CÁSSIA ELLER – “PARTIDO ALTO”

cássia ellerO samba “Partido Alto“, do Chico Buarque, é de 1972, mesmo ano de “Águas de Março” (Tom Jobim), “Pérola Negra” (Luiz Melodia), “Casa no Campo” (Zé Rodrix/Tavito), “Mucuripe” (Fagner/Belchior), “Preta Pretinha” (Moraes Moreira/Luiz Galvão), “Chuva, Suor e Cerveja” (Caetano Veloso), entre outras.

Como se vê, é de uma época em que, anualmente, eram lançadas músicas que seriam lembradas por muito tempo. Quem se lembra, por exemplo, das músicas que foram lançadas em 2015?

“Partido Alto” foi quase uma brincadeira do Chico, composta para a trilha sonora do filme “Quando o Carnaval Chegar“. Claro que ele aproveitou o clima espirituoso da letra para tirar uma onda com a ditadura militar. E é claro, também, que os censores da ditadura – que, depois de “Apesar de Você“, desconfiavam de tudo que Chico fazia – não gostaram da brincadeira.

Eles – os censores – consideraram o samba “uma ofensa ao povo brasileiro” e só consentiram em liberar a música depois de vetar algumas palavras que, na gravação original, foram alteradas por Chico. “Titica”, por exemplo, virou “coisica”. E “brasileiro” virou “batuqueiro”.

Naquela época, o povo brasileiro –  pelo menos na opinião dos censores – se ofendia por pouca coisa, principalmente quando se tratava de composições de Chico Buarque.

Dois exemplos: a palavra “pentelho”, uma das preferidas do Faustão, foi cortada pela censura na gravação de “Ciranda da Bailarina“. E em “Bárbara“, a censura cortou uma palavra para que os brasileiros não se ofendessem com a descoberta de que a música falava do amor entre duas mulheres.

Voltando ao “Partido Alto“, a versão do vídeo abaixo, com a Cássia Eller, já é dos tempos em que a ditadura militar tinha decidido deixar o povo brasileiro se ofender por conta própria. Preserva, portanto, a letra original.

2 comentários

  • Não só as músicas com teor político eram censuradas,qualquer palavrinha que ”agredissem” a moral vigente era vetada (como ”pelos” em ”Atrás da Porta”).O regime dos porões e da tortura,zelava pela moral e os costumes da sagrada família brasileira.Só rindo.

  • A trovejante Cássia Éller era uma roqueira que adorava cantar MPB,ia de Ataulfo Alves (da velha guarda),ao Chico Buarque (da não tão nova guarda),passando por Itamar Assumpção ( que fazia música de vanguarda).
    Até hoje tem gente perguntando se ela cantava rock ou samba.Com sua musicalidade poderia cantar qualquer gênero e ainda bem que cantou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *