FLÁVIO VENTURINI, SÁ & GUARABYRA E 14 BIS – “ESPANHOLA”

Há alguns anos, uma rádio de São Paulo, que só tocava MPB, resolveu fazer uma pesquisa entre os seus ouvintes visando saber quais seriam, na opinião deles, as músicas brasileiras mais românticas. A música que recebeu mais indicações foi “A Noite do Meu Bem”, da Dolores Duran.

Eu não me lembro qual foi a classificação de “Espanhola” (Gutemberg Guarabyra e Flávio Venturini), mas ela foi uma das músicas de um CD gravado – e comercializado – pela emissora, com as dez músicas mais votadas pelos seus ouvintes.

“Espanhola” teve um curioso processo de criação, conforme relato do próprio Guarabyra. Ele conta que lá pelos idos de 1977 estava afogando as mágoas de uma paixão não correspondida, bebendo umas biritas num bar de São Paulo, onde morava naquela época. Quando resolveu ir pra casa – a pé – já era tarde da noite e fazia muito frio. 

E como bêbado não tem desconfiômetro, Guarabyra, para fugir do frio, bateu na porta da casa do amigo Flávio Venturini, que morava ali por perto. Depois de algumas horas na casa de Venturini, ele retomou o caminho de casa.

No dia seguinte, Venturini telefonou para Guarabyra, avisando que já tinha musicado a letra que o amigo havia feito na madrugada anterior. Para sua surpresa, Guarabyra perguntou: “que madrugada? que letra?”. Ou seja, ele não se lembrava de ter passado na casa de Venturini e muito menos de ter escrito a letra de uma música.

“Espanhola”, a música que o compositor não se lembrava de ter feito, foi lançada ainda em 1977, no disco “Pirão de Peixe com Pimenta”, de Sá & Guarabyra, o mesmo que continha outro sucesso, “Sobradinho”, baseado na profecia do beato Antônio Conselheiro.

No vídeo abaixo, Guarabyra, Sá, Flávio Venturini e 14 Bis interpretam “Espanhola”:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *