GLAUBER SEIXAS, O NETO DO SEO BERNARDINO

O seo Bernardino Mendes Seixas, um dos primeiros farmacêuticos da cidade, e a dona Tereza Seixas, devem estar cheios de orgulho do neto, o Glauber Seixas. E não é para menos: o rapaz, que está radicado no Rio de Janeiro há alguns anos, já é considerado um dos maiores violonistas do Brasil. E quem disse isso, não foi um babaca qualquer. Foi simplesmente Maurício Carrilho, um gênio do violão e do choro.

Quem me manda as notícias do Glauber, é o pai dele, meu amigo Luiz Carlos Seixas, outro que deve estar muito orgulhoso por conta do talento do filho. Nos tempos em que morava em Jales, Seixas, o pai, era um papa-festivais de música. Na foto aí do lado direito, ele aparece com a Leninha Baitello recebendo o prêmio pelo primeiro lugar em um desses festivais. Nos anos oitenta, ele andou compondo com o Toquinho e o Mutinho e teve duas músicas gravadas em um disco do ex-parceiro do Vinícius.

Voltando ao filho do Seixas, o Glauber, o pimpolho já foi convidado para tocar violão em shows da Maria Bethânia. No último CD da irmã do Caetano, o Glauber toca em duas faixas. Recentemente, o garoto participou, em todas as faixas, do novo CD da cantora Amélia Rabello, mulher de Paulo César Pinheiro – um de nossos maiores compositores – e irmã do saudoso Raphael Rabello, que era considerado o maior violonista de sete cordas do mundo. Portanto, para tocar violão no CD da Amélia, só mesmo um virtuose do instrumento.

Pois bem, hoje o Seixas me mandou mais notícias do Glauber, que, no cartaz lá de cima, é o segundo da direita para a esquerda. Como diz o cartaz, nesta noite de quinta-feira, o pessoal do Camerata Brasilis, onde o Glauber é um dos violões, estaria se apresentando na praia do Flamengo, fazendo o show de pré-lançamento do CD do grupo. No repertório, só choro da melhor qualidade. É ou não é para o seo Bernardino e a dona Tereza ficarem orgulhosos?  

2 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *