MILTON NASCIMENTO – “TRAVESSIA”

Quando compôs a melodia de “Travessia“, Milton Nascimento – que nasceu no Rio de Janeiro e foi criado em Minas Gerais – morava em São Paulo, em uma pensão. Numa ida a Belo Horizonte, ele mostrou a música ao amigo Fernando Brant e pediu a ele que fizesse uma letra.

Moço sensato, Fernando Brant, que nunca tinha escrito letra para uma música, recusou a incumbência. Teimoso, Milton insistiu e, antes de voltar a São Paulo, sugeriu a Brant um tema para a canção, àquela altura já batizada de “O vendedor de sonhos”: a história de um caixeiro viajante que vendia sonhos.

Tempos depois, de volta a BH, Milton foi ter com Brant e encontrou a música pronta. Brant, no entanto, não aproveitara a ideia do tal vendedor de sonhos. Ele preferiu contar uma história sobre o rompimento de um namoro. Milton gostou da letra e do novo nome dado à canção: “Travessia“, última palavra do livro “Grande sertão: veredas”, de Guimarães Rosa.

A música foi inscrita no II Festival Internacional da Canção (1967), classificando-se em segundo lugar e dando a Milton o prêmio de melhor intérprete. “Travessia” foi regravada por inúmeros cantores e instrumentistas brasileiros, como Elis Regina, Leny Andrade, Agostinho dos Santos, Luís Eça, Paulo Moura, etc. No exterior, recebeu o nome de “Bridges” e foi regravada por diversos artistas, como Sarah Vaughan, Joe Williams e outros.

No vídeo abaixo, Milton canta “Travessia” no show em que comemorava 50 anos de carreira.

4 comentários

  • A música tinha tudo pra virar um clássico,uma linda melodia,a voz sagrada de Milton Nascimento e uma letra de superação.Além de tudo,fazia referência ao ”pé-na-estrada” contracultural,movimento que inspiraria os hippies,o desbunde,o psicodelismo e tudo mais.

  • Quanto ao precioso material vocal do cantor há algumas frases interessantes.Segundo a Elis Regina,Se Deus cantasse cantaria com a voz de Milton Nascimento.E segundo Caetano Veloso,O falsete de Milton Nascimento é um dos sons mais bonitos produzidos sobre a terra.

  • Uma pena que as cordas vocais,por ser um tecido muscular,envelheça com o tempo.No vídeo acima,a tessitura da voz do cantor está quase intacta.

  • Diga, malandro!

    Soltttto a vozzzz na estraaadaaa…já não quero mais pararrrr..
    Hehehe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *