NEY MATOGROSSO – “POEMA”

cazuza-e-ney-matogrossoGravada em 1999, no CD “Olhos de Farol”, a música “Poema” é uma das mais belas canções do repertório de Ney Matogrosso. A música fez sucesso no rádio, mas, como nossas emissoras não costumam dizer o nome dos autores, pouca gente sabe que a letra de “Poema” é de Cazuza.

Conta a lenda que ele compôs “Poema” quando tinha 17 anos e a entregou como um presente para a avó materna, por quem era apaixonado. Quando Cazuza morreu, sua mãe, Lucinha Araújo, começou a juntar todas as coisas que pertenciam ao filho para montar um acervo. Ela então pediu o poema com que seu filho tinha presenteado a avó, mas a coroa, alegando que se tratava de um presente, se recusou a entrega-lo.

Anos depois, quando a avó de Cazuza faleceu, Lucinha recebeu uma caixinha onde estava o poema. Ela gostou muito dos versos e resolveu entrega-los ao parceiro do filho, Frejat, para que ele colocasse uma melodia. Frejat passou uma noite em claro, mas conseguiu transformar o poema em música. E foi Frejat quem sugeriu que a canção fosse entregue a Ney Matogrosso, para que ele a gravasse.

No vídeo abaixo, Ney canta “Poema”:

1 comentário

  • Letra e melodia inspiradas dos dois vocalistas do Barão Vermelho.O Frejat também abandonou o grupo.O Ney sempre cantou muito bem algumas músicas compostas pelos dois,a afinidade-musical talvez venha da relação íntima que Ney Matogrosso e Cazuza tiveram no passado,pra quem não sabe,os dois se conheceram bem a fundo… E sem querer avacalhar eu gostaria de saber quem pegava quem primeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *