SIMONE – “A NOITE DO MEU BEM”

Terça-feira, 12, é o “Dia dos Namorados”, que em outros países é comemorado no dia 14 de fevereiro. Aqui no Brasil, a data começou a ser comemorada em 1949, graças ao publicitário João Dória – isso mesmo, o pai do candidato tucano – que trouxe a ideia dos Estados Unidos para aumentar as vendas do comércio.

Evidentemente que a data nos faz lembrar músicas românticas, como é o caso de “Endless Love“, música gravada originalmente em 1981, por Lionel Richie e Diana Ross. Há alguns anos, a revista Billboard resolveu fazer uma pesquisa entre seus leitores sobre qual seria a música mais romântica do planeta. Deu “Endless Love”.

Gosto não se discute. Frank Sinatra, por exemplo, dizia que a melhor música de amor que ele cantou foi “Something”, que o George Harisson fez para sua então esposa, Pattie Boyd. A mesma Pattie que, anos depois, trocou o George pelo Eric Clapton e inspirou outra linda canção (“Layla”).

Aqui em terras tupiniquins, uma emissora de rádio também resolveu perguntar a seus ouvintes qual seria a mais romântica das músicas brasileiras. Deu “A Noite do Meu Bem”, da Dolores Duran, lançada por ela em setembro de 1959.

Dolores não conheceu o sucesso de sua música, uma vez que, um mês depois do lançamento, a cantora e compositora morreu. Ela tampouco conheceu o sucesso de “Eu Sei Que Vou Te Amar”, do Vinícius e do Tom – outra classificada entre as mais românticas – que, igualmente lançada em 1959, já tinha, um ano depois, nada menos que 24 regravações de diferentes intérpretes.

“A Noite do Meu Bem” também tem diversas regravações. Alcione, Maria Creuza, Cauby, Clara Nunes, Leila Pinheiro, Jair Rodrigues, Elizeth Cardoso, Leila Pinheiro, Jessé, Nelson Gonçalves, Nana Caymmi, Bethânia e Quarteto em Cy estão entre seus intérpretes. A versão de Milton Nascimento é uma das mais bonitas, mas, no vídeo abaixo, quem canta é a Simone:

2 comentários

  • Cada casal apaixonado deve ter o seu hino particular,mas tem algumas canções que se consagram como hino universal ao amor,e acaba servindo à todos,como as citadas acima.
    Quanto a música ”A noite do meu bem”,que foi gravada por Elis Regina numa versão em francês,e em que pese a linda interpretação da Simone,quem deu o recado definitivo foi a própria Dolores Duran,na minha opinião,claro.

  • O tema do amor-romântico é o mais visitado na música de todo planeta,e com isso o clichê predomina.Vez ou outra aparecem alguns compositores criativos que surpreendem ao tratar do assunto,como Tom Jobim e Chico Buarque em ”Eu te amo”,que entre tantos versos inusitados diz ”Se na bagunça do teu coração,meu sangue errou de veia e se perdeu” – Ou o Caetano Veloso em ”Você é linda” que declara à mulher amada ”Você é todas as músicas que ainda hei de ouvir”.
    É claro que o povão prefere a declaração direta e rasgada (válida também) tipo ”Eu te amo e vou gritar pra todo mundo ouvir”,sucesso-popular do grupo Roupa Nova.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *