COMPORTAMENTO PASSIVO DE SANTO ANDRÉ AMEAÇA OS JOGOS REGIONAIS

Você estava pensando que passividade era um privilégio da administração Parini? O pessoal de Santo André, pelo jeito, está mais devagar ainda. Ou, o que é mais provável, não está lá muito interessado em sediar os Jogos Regionais. Vejam a notícia do Diário do Grande ABC:

(por Anderson Fattori)

Enquanto as outras sete sedes dos Jogos Regionais 2011 – Pindamonhangaba, Mogi-Guaçu, Jales, Itapetininga, Barra Bonita, Taquaritinga e Presidente Prudente – já foram oficializadas com a publicação no Diário Oficial, o impasse continua em relação ao posicionamento de Santo André, que deve ser a sede da 1ª Região Esportiva, a mais importante do Estado.

Segundo o coordenador de Esportes e Lazer da Selt (Secretaria de Esporte, Lazer e Turismo do Estado de São Paulo), Eduardo Anastasi, a cidade inicialmente aceitou a incumbência, mas até agora, estranhamente, não deu a resposta oficial.

“Estive recentemente com o Aidan (Ravin) e ele concordou com a realização dos Jogos em Santo André. Estamos apenas aguardando a oficialização”, comentou Anastasi.

A demora no posicionamento de Santo André pode trazer sérios prejuízos esportivos ao Estado, já que nesse momento, a quatro meses da disputa, o ideal seria que o planejamento estivesse feito e o município com a mão na massa, literalmente, o que tem acontecido com as outras sete sedes escolhidas.

A demora na resposta talvez esteja ligada à questão financeira. Para realizar a competição, a Selt repassa R$ 220 mil para cada sede. Os demais custos são arcados pelo município. Em 2009, quando recebeu os Regionais, Santo André gastou R$ 800 mil.

A contrapartida são os mais de 6.000 visitantes – entre atletas e dirigentes – que desembarcam na cidade, fomentando o comércio e trazendo receitas adicionais do município.

TIM MAIA TERÁ CORPO EXUMADO PARA EXAME DE PATERNIDADE

Ação foi desencadeada por uma investigação pedida por uma mulher que acredita ser filha do cantor. Irmãos e filho de Tim Maia recorreram, mas a alegação foi rejeitada. A notícia está no portal da Revista Veja

A justiça do Rio de Janeiro  autorizou, nesta terça-feira (22), a exumação do corpo do cantor e compositor Tim Maia, que morreu em 1998. O pedido faz parte de uma investigação de paternidade apresentada por uma mulher que acredita ser filha do cantor.

Os herdeiros de Tim, seus irmãos e seu filho, Carmelo Maia, recorreram da decisão, justificando que o material para o exame poderia ser fornecido por eles mesmos e alegaram que a exumação configuraria desrespeito ao sentimento da família. O desembargador relator do caso rejeitou a alegação e autorizou a exumação do corpo, que ainda não tem data para acontecer. Em primeira instância, o pedido já havia sido autorizado em dezembro passado.

Para o desembargador Guaraci Viana, relator do caso no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, o exame de DNA realizado em parentes de primeiro grau não tem a mesma precisão que aquele realizado no próprio genitor. Viana, em seu despacho, declarou que “a vida do consagrado artista é um espelho e o que se vê através dele são as suas obras, músicas, principalmente. A exumação do seu cadáver não causará qualquer sacrifício insuportável, dor ou trauma”.

E por falar em Tim Maia, que tal duas frases do Síndico do Brasil? A primeira: “Não fumo, não cheiro e não bebo. Mas, às vezes, minto um pouquinho”. A segunda: “O Brasil é o único país onde prostituta tem orgasmo, cafetão tem ciúme, traficante é viciado e pobre é de direita“.

DEPUTADO QUE CHAMOU MINISTRO JOAQUIM BARBOSA DE “MORENO ESCURO” PEDE DESCULPAS

E será que isso tem desculpa? A notícia está no site gaúcho Sul 21:

O deputado Júlio Campos (DEM-MT) que chamou (terça, 22) o ministro Joaquim Barbosa, do Supremo Tribunal Federal, de “moreno escuro” apressou-se em divulgar nota de esclarecimento sobre o episódio. Segundo o parlamentar, na ocasião em que defendia a prisão especial para autoridades, a referência não teve a intenção de “desmerecer” o magistrado.

As declarações foram feitas no início da tarde em reunião do DEM na Câmara, quando foi discutida a reforma do Código de Processo Penal, entre outros assuntos. Júlio só não imaginava que uma repórter do blog Poder Online registrava in loco suas palavras.

“Todo mundo sabe que essa história de foro privilegiado não dá em nada. O nosso amigo Ronaldo Cunha Lima precisou ter a coragem de renunciar ao cargo para não sair daqui algemado. E depois, meus amigos, você cai [sic] nas mãos daquele moreno escuro lá no Supremo, ai já viu”, disse Júlio, que na nota lembra que se posicionou contra o foro privilegiado, constante da reforma, que classificou como “uma utopia”.

JALES EM 1968, O ANO QUE NÃO ACABOU

A foto aí de cima, que eu tomei “emprestada” do Blog do Poletto, é do ano de 1968. Sob a iluminação ultra-moderna dessa quadra descoberta, localizada na esquina da Rua Seis com a Onze, onde hoje funciona o Shopping Giraldelli, desfilaram grandes craques do basquete brasileiro, como Wlamir Marques, Rosa Branca e Ubiratã, todos eles bi-campeões mundiais em cima dos Estados Unidos (1959 e 1963) e medalhistas olímpicos (bronze, em 1960 e 1964). Não me lembro se o Amaury Passos, outra lenda do basquete mundial chegou a jogar nessa quadra.

Essa foi a primeira época de ouro do basquete jalesense, em plena ditadura militar. Tivemos, naquele tempo, grandes equipes de basquete. Danilo Pozzi, Moreira, Chico, Zé Maria, Paraná, Silvinho Paz Landin, Kido Zupirolli, Zezão, Laerte, Joy e outros, sob o comando do técnico Marino Manela, deram grandes alegrias à nossa torcida, que lotava a quadra em todos os jogos, como mostra a foto. Duro mesmo era quando chovia.

Em tempo: “1968, O Ano Que Não Acabou”, é um livro do escritor Zuenir Ventura que retrata um dos anos mais violentos da ditadura militar brasileira. Em junho daquele ano foi realizada a histórica “Passeata dos Cem Mil”, no Rio de Janeiro. Entre os cem mil participantes estavam Caetano Veloso, Gilberto Gil, Chico Buarque, Milton Nascimento, Marieta Severo, Nana Caymmi, Fernando Gabeira, Paulo Autran e Dilma Rousseff. Em outubro, cerca de 1.200 estudantes foram presos em Ibiúna, no Congresso da UNE. Muitos deles nunca mais foram vistos. Em 13 de dezembro, entrou em vigor o Ato Institucional n. 5 (AI-5), que suprimiu a liberdade democrática no Brasil, fechou temporariamente o Congresso Nacional e cassou o mandato de vários parlamentares. Roberto Rollemberg, um dos grandes incentivadores do basquete em Jales, foi um dos parlamentares atingidos pelo AI-5. Abaixo, algumas imagens da “Passeata dos Cem Mil”, em vídeo.

You need to a flashplayer enabled browser to view this YouTube video

CONJUNTIVITE ATACA EM JALES

Doença pode causar cegueira, enquanto a automedicação pode provocar catarata e glaucoma.

Há alguns dias os jornais anunciam que a cidade de São Paulo vive uma epidemia de conjuntivite. Os últimos dados apontam que a conjuntivite viral já atingiu mais de 60.000 paulistanos . A região Oeste do estado de São Paulo também já registra um aumento no número de casos, mas, por enquanto, a epidemia se concentra em Presidente Prudente, onde cerca de 1.800 pessoas já contraíram a doença em 2011. Em São José do Rio Preto, a epidemia já causa prejuízos às empresas, conforme você pode ver aqui.

E em Jales, o número de casos verificados no mês de março, já preocupa. Segundo informações da Vigilância Epidemiológica Municipal de Jales, do início do ano até a presente data, o número de atendimentos por conjuntivite chegou a 117, sendo que 90 deles foram somente no mês de março. Esses dados apontam uma situação alarmante para a população jalesense.

A notícia completa sobre a situação em Jales está no site Mais Interativa e pode ser lida aqui. E, abaixo, um vídeo sobre o surto de conjuntivite em Votuporanga, logo depois do carnaval.

You need to a flashplayer enabled browser to view this YouTube video

CLAUDIR ARANDA EXPLICA O QUE FOI FAZER EM BRASÍLIA

Está no site da Câmara Municipal e, provavelmente, estará nos jornais do próximo final de semana:

O vereador e presidente da Câmara Municipal de Jales, Claudir Aranda (PDT), esteve em Brasília (DF), no dia 26 de março, na busca de recursos para o município.

Na bagagem, o vereador e presidente levou pedidos de liberação de recursos na ordem de R$ 1,5 mi que foram protocolados nos gabinetes dos deputados: João Dado (PDT), Rodrigo Garcia (DEM) e Nelson Marquezelli (PTB) e do senador Aloysio Nunes Ferreira Filho (PSDB).

Segundo Claudir, a motivação desses pedidos justifica-se pelo fato de que todos esses deputados e o senador tiveram votos em nossa cidade e que, portanto, “os pedidos são oportunos e uma forma de retribuição daqueles que receberam o voto de confiança de nossa população”, ressaltou.

Mas para o vereador, a sua principal reivindicação é em relação a um ônibus (novo) para que possa atender aos usuários da saúde que viajam para Barretos na busca do tratamento para o câncer. Segundo ele, há necessidade de se trocar o atual veículo que faz esse transporte. “Para as pessoas em vulnerabilidade física é preciso um ônibus que ofereça maior conforto e segurança nas viagens”, concluiu o presidente.

PREFEITURA DE JALES RESCINDE MAIS DOIS CONTRATOS

Na administração Parini, tudo é muito complicado. Para a construção do famigerado Portal de Entrada, por exemplo, foram necessários cerca de três anos de vai-não-vai, além de cinco ou seis licitações, um recorde para uma obra tão simples. Sobre o caso da “revitalização” do centro, nem é preciso falar. E agora, a Prefeitura está rescindindo mais dois contratos referentes a obras.

No Diário Oficial do Estado, de sexta-feira(18), a municipalidade publicou duas intimações, onde está convocando a empresa W.S.Mattos e Construções Ltda, de Guzolândia, para, no prazo de dois dias úteis, comparecer até a Prefeitura de Jales para assinar o termo de ciência da extinção dos contratos e efetuar o pagamento da multa contratual, de aproximadamente R$ 65 mil.

Um dos contratos, no valor de R$ 175.471,46, foi firmado em 15 de junho de 2010 e tinha como objetivo a construção de dois campos de futebol, com estruturas de vestiários e banheiros, um deles no bairro Big Plaza e o outro no Jardim Aeroporto, ao lado do Recinto de Exposições “Juvenal Giraldelli”. Mas a empresa, antes mesmo de iniciar as obras, preferiu, literalmente, tirar o time de campo. 

O outro contrato, no valor de R$ 150.288,94, foi firmado em 14 de abril de 2010, para execução do projeto de urbanização do Bosque Municipal “Aristophano Brasileiro de Souza”. Nesse caso, a empresa W.S.Mattos Ltda ainda chegou a iniciar os serviços e, segundo informações, teria executado cerca de 50% da obra. Depois, por algum motivo que ninguém explica (será que não estava recebendo?), a empresa abandonou a repaginação do nosso bosque e caiu fora.

PMDB QUER ELEGER 100 PREFEITOS EM 2012

Será que o Garça está nessa conta? Tudo indica que sim! Pelo que se sabe, Michel Temer já disse que, aqui em Jales, o PMDB terá candidato. Deu no site Região Noroeste, nesta terça-feira:

Em reunião na sexta-feira(18), no escritório político do vice-presidente da República, Michel Temer, em São Paulo, a direção estadual do PMDB decidiu, em resolução aprovada pela Executiva, que todos os diretórios municipais serão obrigados a lançar candidatos a prefeito ou vice-prefeito em 2012. Nos casos em que não for possível indicar candidato próprio, a decisão sobre a coligação local será tomada pelo diretório estadual, como explicou o presidente da coordenação provisória da legenda em São Paulo, deputado estadual Baleia Rossi:

 – Temos de fazer, no mínimo, 100 prefeitos.

Rossi afirmou que o partido precisa aumentar seu tamanho em São Paulo, onde tem 70 prefeitos, 01 deputado federal e 05 deputados estaduais.

DIA MUNDIAL DA ÁGUA

Hoje, 22 de março, é o Dia Mundial da Água. Reproduzo, abaixo, o comentário enviado pelo amigo Antonio Rodrigues da Grella Filho, o Dalua:

“22 de março. Dia Mundial da Água, criado em 1973.
No mundo, mais de 1,2 bilhão de pessoas não tem acesso à água. No Brasil, são, aproximadamente, 20 milhões. Com relação ao saneamento (esgotos), cerca de 100 milhões não estão servidos, segundo o Instituto Trata Brasil. A água é principal no aumento de alimentos. O Brasil precisa aumentar a produção agrícola em 40% nos próximos anos para atender à demanda mundial. Dependerá de água (no minímo 5 litros/m2 para irrigação), infra-estrutura e tecnologia.”

DILMA ANUNCIA R$ 4,5 BILHÕES PARA COMBATE AO CÂNCER

Será que o nosso prefeito vai conseguir um pedacinho dessa verba para o nosso Hospital de Câncer? Eu aposto que não! Deu no site Congresso em Foco, nesta segunda-feira:

A presidenta Dilma Rousseff anunciou hoje (21) que o governo federal investirá, até 2014, R$ 4,5 bilhões na prevenção, no diagnóstico e no tratamento do câncer do colo do útero e de mama. Em seu programa semanal de rádio, Dilma disse que determinou ao Ministério da Saúde que amplie e melhore a área de oncologia dos hospitais e realize vistoria dos aparelhos de mamografia à disposição da rede pública de saúde.

Ela estará amanhã em Manaus para lançar o programa de Prevenção ao Câncer de Mama e ao Câncer de Colo do Útero. “Essas duas doenças atingem muito as brasileiras, por isso elas precisam ser vistas com atenção redobrada. Eu não me canso de repetir: sei, por experiência própria, que o câncer tem maior chance de cura quando é tratado no início. E é para isso que o meu governo está trabalhando. Queremos que toda mulher tenha oportunidade de se cuidar, fazendo a prevenção bem feita. E se a doença, mesmo assim aparecer, queremos que toda mulher possa fazer o melhor tratamento possível, no tempo certo e com qualidade”, declarou.

O programa deve garantir, segundo Dilma, exames preventivos para todas as mulheres entre 25 e 59 anos. Os laboratórios, afirmou ela, serão incentivados a trabalhar dentro de padrões internacionais de qualidade. “Eles vão receber orientação e o dinheiro para isso. Um exame bem feito já é meio caminho andado.”

1 1.181 1.182 1.183 1.184 1.185 1.232